A população quer respeito com sua identidade regional, diz Osmar | Fábio Campana

A população quer respeito com sua identidade regional,
diz Osmar

Em Cascavel, Osmar Dias afirma que quem não conhece as características regionais de um estado terá dificuldade para governá-lo

Para cerca de 300 lideranças políticas reunidas em Cascavel nesta quinta-feira (19) para reafirmar apoio a sua candidatura ao governo do Estado, Osmar Dias disse que há 30 anos anda pelo Paraná e que, em cada viagem, tem um aprendizado diferente sobre cada cidade e região que passa.

“Mesmo achando que conheço bem o lugar, a cada nova visita que faço descubro outras características de identidade e vocação da região”, afirmou Osmar.

Ele alertou que candidatos que começaram a andar só agora no interior do Paraná, em campanha, terão dificuldade de entender as diferenças existentes entre uma região e outra, as prioridades para cada uma. “Não é possível dizer ‘vou fazer no Paraná o que fiz numa cidade’ porque o povo quer ser respeitado de acordo com sua identidade”.

O candidato recordou episódios de sua história no Oeste do Paraná e de trabalhos lá realizados, como projetos de estradas rurais e de melhoramento do rebanho. “Me identifico com essa gente porque gosto muito de três palavras: trabalho, verdade e compromisso”, afirmou.

Osmar observou que a baixa credibilidade de alguns políticos é porque muitos não cumprem suas promessas, principalmente em período eleitoral. “Quando assumimos compromisso temos que cumprir, e vejo muita gente falhando nesse quesito, que é importante para qualquer atividade, especialmente na política”, disse. E garantiu: “Eu costumo cumprir todos”.

PROPOSTAS – Em clima de festa, com muitas bandeiras e adesivos, as pessoas reunidas no comício também ouviram as propostas de Osmar para a região nas áreas de infraestrutura, saúde e educação.

Na área da Saúde, Osmar citou investimentos nos hospitais universitários e regionais, de forma a garantir qualidade e descentralização do atendimento da saúde. Os hospitais universitários vão atender a alta complexidade, e os regionais, a média complexidade.

“Vamos equipá-los para evitar o passeio das ambulâncias, o sofrimento dos enfermos em fazer deslocamentos de grandes distâncias até Curitiba, onde os hospitais estão saturados, com filas enormes e sofrimento das famílias”.

Na infraestrutura, Osmar apresentou alguns dos projetos que serão feitos junto com o governo federal na região Oeste, como a construção do aeroporto, a terceira faixa da rodovia estadual que liga Santa Helena a Toledo e a construção da Ferroeste de Cascavel até Guaíra e Maracaju (MT), que está prevista no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC).

São projetos que vão impulsionar o desenvolvimento da região, barateando frete, reduzindo custos e atraindo novos empreendimentos que vão gerar emprego, renda e segurança para a população.

Osmar destacou que estes investimentos serão garantidos no governo federal através da presidente Dilma Roussef, de quem é parceiro aqui no Paraná. “A nossa eleição garante essas obras com o governo federal”, afirmou.

O candidato garantiu que também vai brigar pela duplicação da BR 277, de responsabilidade da concessionária que a administra, a Ecocataratas. “Está no contrato. O governador tem que exigir que o contrato seja cumprido. E isso vamos fazer”.

O desenvolvimento também será impulsionado com as micro e pequenas empresas. Osmar vai ampliar a faixa do programa de isenção e redução do ICMS dos atuais R$ 360 mil por ano de faturamento para R$ 480 mil, no caso das micro empresas; e de R$ 3,6 milhões para R$ 4,8 milhões para as pequenas.

“Assim atrairemos mais empresas, abriremos mais empregos”, previu, ao frisar que as micro e pequenas empresas são responsáveis por 80% dos postos de trabalho do Paraná.

A educação também ganhará atenção especial na gestão de Osmar. O candidato afirmou que vai avançar nas políticas estaduais do governo de Roberto Requião, como o Plano de Cargos e Salários, e vai aumentar a hora-atividade das atuais 20 para 25 horas, atendendo solicitação dos professores.

Também vai implantar o ensino em tempo integral em pelo menos 30% das escolas públicas, localizadas nas comunidades mais carentes. “Vamos colocar as crianças mais pobres para comer direito, ter acesso a cultura, ao lazer e ao esporte. Assim, quando chegarem nas escolas de ensino médio, terão melhores condições para aprender”, disse.


10 comentários

  1. Vivi
    quinta-feira, 19 de agosto de 2010 – 20:59 hs

    Dilma Goela Abaixo –

    A História que o PT não mostrará na TV

    http://www.youtube.com/watch?v=j_HWHFrrkxg&feature=player_embedded

  2. quinta-feira, 19 de agosto de 2010 – 21:07 hs

    Respeito se conquista, não se exige.

  3. alex ribeiro
    quinta-feira, 19 de agosto de 2010 – 21:25 hs

    Quem e ele para falar de respeito,perguntem aos agricultores o que ele fez com o respeito se unindo ao MST

  4. Teo
    quinta-feira, 19 de agosto de 2010 – 22:25 hs

    Osmar só não localiza a sua identidade, pois mudou tanto suas alianças e maneira de pensar e falar, mudou suas convicções, aliou-se ao capeta Requião a quem deu o beijo da morte, se uniu também ao PT do MST e ao que há mais podre em matéria de política no nosso estado, agora descaracterizado e abandonado pela população que não aceita suas novas escolhas e forma de agir quer a salvação, mais o Povo do Paraná já optou pelo Novo Paraná de BETO RICHA GOVERNADOR, e GUSTAVO FRUET E RICARDO BARROS SENADORES EM BRASÍLIA!!!!!!

  5. SherlocK Holms
    quinta-feira, 19 de agosto de 2010 – 22:33 hs

    Então, hoje assisti um video no youtoby onde o Requião afirmou querer comprar a Fazenda do Osmar por R$ 2.500.000,00.
    Afinal quanto vale essa Fazenda?
    Foi proposta seria ou foi mais uma lorota do Requião?
    A questão é o Requião tem esse dinheiro para comprar a Fazenda ou o dinheiro é aquele do irmão mais velho que a empregada surrupiou uma parte?

  6. Emerson
    quinta-feira, 19 de agosto de 2010 – 22:36 hs

    1) Mentiroso! Não cumpre não! Ele disse que iria ser candidato a Senador, ao Serra, e mais de uma vez. Com mãos dadas para selar e tudo.

    2) Porque o Governo Requiao, de que pretende ser continuidade, nao obrigou a concessionaria a duplicar? E porque ele acha que vai conseguir, sendo farinha do mesmo saco?

  7. Nei
    quinta-feira, 19 de agosto de 2010 – 22:56 hs

    Sou de Cascavel e posso afirmar que o Osmar Dias sai com mais de 20 pontos na frente do segundo colocado, se na primeira pesquisas o Osmar Dias estava com 10 pontos na frente do Beto Richa, agora outra pesquisa interna aponta Osmar Dias com mais de 20 pontos na frente, e na região oeste o Osmar Dias leva ampla vantagem em relação a Beto Richa em quase toda região, outro dados na pesquisa é que o candidatoa deputado federal Kaefer, aparece muito bem nas pesquisas internas, e para senado Requião é absoluto, sempre sendo o 1º ou 2º voto para o Senado.

  8. pescador
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 11:56 hs

    Ele fala em respeito mais que respeito ele teve com seus eleitor da eleição passada.Vai tomar uma baita lavada do Beto Richa .

  9. sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 12:49 hs

    O QUE OSMAR DIAS FOI ISSO _“Mesmo achando que conheço bem o lugar, a cada nova visita que faço descubro outras características de identidade e vocação da região”, afirmou Osmar.
    E NÃO O QUE VOCÊ INTERPRETOU!
    DIZENDO QUE ELE AFIRMOU QUE TERÁ DIFICULDADES DE GOVERNAR !

  10. Reinaldo
    sexta-feira, 20 de agosto de 2010 – 12:52 hs

    Bem “se” ele conhece bem, e a cada vez que chega na cidade encontra algo novo, então… tá igual ao Beto Richa; Quando chega lá e novo também.
    Esse Osmar não ganha uma…. aposto que a brilhante conclusão dele vem o Entubado Mauricio REQUIÃO.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*