Estranho, muito estranho, Vox Populi diminuiu peso dos eleitores de Curitiba | Fábio Campana

Estranho, muito estranho, Vox Populi diminuiu peso dos eleitores de Curitiba

A nova pesquisa Vox Populi, divulgada ontem, carrega uma sutiliza que é suficiente para produzir alterações no resultado final, mesmo que a comparação seja com outra pesquisa Vox Populi, divulgada na semana passada.

Para começar, a pesquisa reduziu o peso do eleitorado da Região Metropolitana de Curitiba na amostra do levantamento.

Sabidamente, é na RMC que o candidato do PSDB, Beto Richa, tem seu maior potencial eleitoral. De um total de 800 eleitores, a amostra do Vox de ontem ouviu somente 236 na RMC, ou seja, 29,5% do total, quando o peso demográfico correto da região é de 33,5%. São 32 entrevistas a menos, que representam 4% dos eleitores pesquisados. Se a amostra foi reduzida, é lícito supor que o resultado foi fraudado.

E esse resultado aponta uma redução da vantagem de Beto Richa sobre Osmar Dias, de nove pontos para cinco pontos, na comparação com a Vox Populi da semana passada.

E se o peso dos eleitores da Grande Curitiba foi reduzido, o dos pequenos municípios foi aumentado. Por exemplo, os municípios com até 25 mil eleitores representam 34% do eleitorado do Paraná, mas na pesquisa Vox o peso é de 36%. São pequenos movimentos que produzem as distorções que servem a uns e prejudicam outros. E nunca é demais lembrar que, embora o contratante da nova pesquisa seja a TV Band, o instituto fechou um contrato para fornecer 10 pesquisas para uso interno da campanha de Osmar Dias.

Outro detalhe: o novo levantamento foi feito entre os dias 17 e 20 de julho. O anterior, feito a pedido do jornal O Estado do Paraná, era de 14 a 17 de julho. Portanto, os pesquisadores do Vox nem saíram de campo. Continuaram o trabalho…


27 comentários

  1. Jose Carlos
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 11:29 hs

    O miserê intelectual desta eleição está estampado nas notícias sobre a mesma… a discussão é centrada sobre as pesquisas, sobre a cara dos contendores, sobre a roupa que usam, o cabelo penteado e o perfume… nada sobre idéias, projetos, futuro, desenvolvimento… só blá, blá, blá, fofoquê, diz-que-me-disse, etc e tal… é o Paraná de ontem, hoje e amanhã, com seu destino manifesto de eterna roça política, coronelismo, atraso, compadrio e tristeza do jeca… o Piauí do Sul em sua trajetória impávida…

  2. Professor Neymar
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 12:01 hs

    So tem uma palavra para isso tudo…
    vergonha…
    Infelizmente os Institutos em sua grande maioria está aserviço de grupos e não objetivemanete buscando balizar a população. Pior do que tudo isso são as manchetes: Beto despenca e Osmar em ascendência… por favor… Vamos lá…

  3. Indio
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 12:03 hs

    Os Institutos estão a serviços das “Pesquisas Encomendadas”, então os resultados modificam-se a gosto do freguês, que escolhe a metodologia que melhor lhe convem para aquele determinado instante, portanto o trabalho continua, e as pesquisas vão se sucedendo dia apos dia, com numeros dantescos, e dificeis de interpretar pois a metodologia muda de minuto em minuto!
    O interessante e que a população do estado do Parana ja recebeu e esta a verificar que so Beto Richa e que pode ser diferente de tudo que esta por ai, pois os outros estão a 40 anos se revesando no Governo do estado e de novo e produtivo quase nada!
    Da-lhe Beto no Primeiro Turno!

  4. Bagrinho de Antonina
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 12:07 hs

    Neste puteiro que é a pesquisa eleitoral não têm virgem.

  5. Paulo Ricardo B. Juniorp
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 12:08 hs

    Concordo, lamentavelmente o debate de ideias esta bem longe ser foco principal das campanhas.

  6. RST
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 12:11 hs

    Q uando o DataFolha dá peso 50% para Curitiba aí vale as pesquisas?

  7. anonimo
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 12:47 hs

    é Beto richa e jose serra.

  8. salete cesconeto de arruda
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 12:54 hs

    Eu conheço um grupo que era BETO e deixou de ser por ele não ter CUMPRIDO o COMPROMISSO assumido – com os eleitores de Curitiba.

    Um grupo de umas 160 familias que trabalharam para ele – na eleição passada.

    Quer entrevistá-los?

    Sem contar que SERRA derruba BETO.

    Sugiro VOTO CAMARÃO já que BETO não pode ser LULA – declarado!

  9. Diogo Lima
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 13:04 hs

    Pior com essas “pesquisas” duvidosas, são as pessoas indecisas que acreditam, e para não perder o voto acompanham “a maioria” !!!!!E diz no Estado de SP, que a Dilma vai atacar as coisas boas do Serra!!! Pois é, ao inves de se preocupar em fazer propostas, vai destruir o outro…com mentiras e difamações!! Tática alias, sempre usada por PMDB(RR) e PT(caso dos dossies)!!!Osmar, ex bom ´politico…depois desse ano…se aposente!!! Olha a turma boa que voce se uniu……..e pra isso, inclusive mudou seus bons ideias, e o que voce achava correto!! Meus parabens….tera bons anos a partir de 2011 pra curtir seu sítio! Torço sinceramente, para as pessoas procurarem escolher a melhor opção, o Candidato que tenha carater, honra, e procure fazer o melhor….que nao sejam levado por essas pesquisas, que alem de incomendadas, nao refletem o CENARIO POLITICO REAL…nem AQUI, NEM PELO BRASIL!!!!e TORÇO para UMA CAMPANHA com PROPOSTAS, e nao igual a palhaçada de 2006, onde o RR ficou atacando Osmar, e onde o PT fez os dossies!!Os políticos deveriam se preocupar em mostrar que são melhores, que tem boas propostas…e NAO ganhar porque o outro é PIOR!!!! Porque dai, teremos um presidente e governadores, que entrarão nos cargos NÃO por serem melhor, mas por serem o “menos pior”!!!! Isso é deprimente!!!

  10. Eduardo Subway
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 13:09 hs

    José Carlos, ajude a eleger Beto Richa e vamos sepultar esse atraso da “província”. Chega não de não pensarmos grande e não crescermos, inclusive na auto-estima. O parananese típico é o “cabeça de ervilha” que é contra a Copa do Mundo em Curitiba, contra um parananese no STF, contra isso, contra aquilo. Vamos ser a favor de nós mesmos. Vamos expurgar essa caterva dos Requiões e Dias da política do Paraná!!!

    PESQUISINHA FAJUTA ESSA!!!!

  11. Lauro
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 13:21 hs

    Caro Campana, as proporções são as seguintes:

    Curitiba : 1.309.961 eleitores ou seja, 17.14 % do eleitorado do PR.
    Região Metropolitana + Litoral: 1.135.601 eleitores ou seja, 14.86%

    Já Interior : 5.195.991 eleitores, o que dá 67.99%

    portanto está correto a pesquisa, sem contar é claro que você não citou a pesquisa passada, no qual todos os blogueiros citaram que foi feita uma pesquisa absurda de

    – Curitiba – 400 entrevistas – 33.33% do total

    – RMC + Litoral – 200 entrevistas – 16.66% do total

    – Interior – 600 entrevistas – 50,00% do total

    Aquela pesquisa sim foi feita de modo a influenciar a favor do Beto, tanto que eles tiverem que fazer uma nova pesquisa para consertar o que os analistas enxergaram.

  12. Bete Gouveia
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 13:31 hs

    Se o Beto tivesse aumentado a diferença estaria ótimo e você não reclamaria. Estas pesquisas deveriam ser proibidas. São todas tendenciosas, todas feitas para atender o desejo de quem as paga. A pesquisa deveria ocorrer apenas no dia da eleição, na urna.

  13. quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 13:41 hs

    _ lulla vem aí e ELLES precisam mostrar serviço, afinal é muito
    dinheiro público gasto na campanha da Candidata.

    _A ” pesquisa” foi feita pela Vox , cujo dono M.Coimbra trabalha na campanha da Candidata. (foi elle quem ficou no lugar de Branco)

    _Através da Band, onde quem comanda é o sócio de Zé Dirceu.

    Mas o bom é que elles enganam a si próprios

  14. j.k.lott
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 14:01 hs

    Beto Richa não gosta de trabalhar e muito menos estudar, tem 20 anos de política e ainda é uma promessa. Dá-lhe tinta no cabelo !!!

  15. FICHA LIMPA
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 14:15 hs

    É muito pouco para uma eleição de tão grande importância a nossa mídia ficar debatendo e noticiando sobre índices de IBOP, Datafolha, Vox Populi e outros institutos de pesquisa. O que isso irá ajudar ao eleitor em sua análise pessoa e particular sobre que realmente merece a sua confiança na descisão de outubro.
    Isso na agrega nada a uma eleição. O que realmente irá agregar são os debates que vão acontecer na televisão se os mesmos forem imparciais e onde poderemos ter pelo menos a noção de que está preparado ou não para governa o Paraná e o Brasil. Isso de pesquisa é só para deixar o eleitor mas confuso e nada mais. Pois não constroi nada e sim só trás mais dissabores a uma campanha eleitora tão importante como está.
    Uma pobreza está nossa mídia.

  16. m
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 14:17 hs

    ……. é ………

    ja estão querendo passar a mão no meu candidato “45”

    agosto está chegando ……….

  17. Anônimo
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 14:34 hs

    ISSO NÃO PASSA DE INVEJA NEH FABIO. PROXIMO IBOPE OSMAR 37% E BETO 39%.

  18. sarna
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 14:42 hs

    Quero muito um comparativo, em colunas paralelas, e do modo mais imparcial possível,
    a)- do histórico do partido de cada candidato;
    b)- do histórico de cada candidato;
    c)- das grandes causas em que cada partido e candidato estiveram envolvidos, se apoiaram ou detonaram;
    d)- dos grandes escândalos em que cada partido e candidato estiveram envolvidos;
    e)- das propostas que cada um está defendendo – no que são coincidentes, no que são divergentes.

  19. Jonathan Mewes
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 14:46 hs

    Não é dessa eleição que os institutos de pesquisa deixa a desejar uns para suprir outros!

  20. aposentado
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 14:46 hs

    O Lauro, quer dizer então que você concorda que esse institutozinho realiza pesquisas tendenciosas.
    A primeira deu uma vantagem para o Beto e as seguintes serão a favor do Osmar.Faz sentido.
    Eu só queria entender

  21. aposentado
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 14:49 hs

    J.K.Lott, quem gosta de trabalhar e estudar é o lulla sarney de mello.Falou m….
    KKKKKKKKKKK

  22. O Povo
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 14:56 hs

    Como teremos, daqui pra frente, uma pesquisa seguida da outra, é bom esclarecer àqueles que não são afeitos a este assunto, alguns detalhes básicos, para se perceber se há distorções ou não nelas.
    Até porque se compreende que do eleitor, na sua maioria, não se pode exigir que tenha tanto discernimento quanto ao assunto.
    Mas o que tem de pseudo-comentaristas políticos, do alto de sua ignorância, escrevendo verdadeiras heresias, absurdas e tendenciosas, para confundir os eleitores, é uma grandeza !
    Repito aqui, uma máxima que sempre é bom relembrar: “os números nunca mentem; os mal intencionados mentem com eles.”
    Agora, direto no assunto em foco: pesquisas eleitorais no Paraná.
    O básico do básico é ter os números corretos do total de eleitores.
    Vamos a alguns deles, muito utilizados pelos institutos, ao dividir o Paraná, quase sempre, em três ou quatro regiões:
    Curitiba, Região Metropolitana e/ou Litoral e Interior.
    De acordo com o TSE – Julho/2010 – o Paraná tem 7.641.553 eleitores.
    Estes, pelas regiões acima enumeradas, estão assim distribuídos:
    -Curitiba : 1.309.961 eleitores > 17.14%
    -Região Metropolitana: 923.103 eleitores > 12.08 %
    -Litoral: 212.498 > 2.78 %
    -Interior: 5.191.991 > 67.99 %
    Com esses dados, todos eles disponíveis no TSE, o pesquisador monta o cenário que quiser.
    Ou seja, pode dividir a pesquisa por região, por municípios/grandes – médios – pequenos/, por bairro, por distrito, etc.
    Existem, ainda, as subdivisões, por sexo, idade, escolaridade, renda …
    Quanto ao tamanho da pesquisa, depende do contratante.
    Sempre, o total de entrevistas tem que ser proporcional ao número de eleitores da área pesquisada.
    O resto é balela. Peso de voto, ponderação, números absolutos e outras coisitas más, são conversa para boi dormir. E, é claro, para serem usados como desculpa, quando as urnas comprovam o contrário das pesquisas.
    E agora, é chique falar de pesquisa em locais de fluxo, em aglomerações, por telefone, fixo ou celular, e nem sei mais o que vem por aí.
    Para mim, pesquisa que se preze, tem que ser feita pessoalmente e no domicílio do pesquisado.
    Pois, assim, qualquer revisão pode ser feita a qualquer hora, mediante solicitação à justiça eleitoral, por quem se julgar prejudicado.
    E agora, com equipamento portáteis, sem uso de questionários de papel, o controle é muito mais complicado.
    A materialidade da pesquisa evapora-se, num piscar de olhos.
    Portanto, fiquemos de olhos bem abertos e não nos deixemos induzir por números que podem ser, facilmente, distorcidos.
    Concluindo, na minha opinião, pesquisas públicas deviam ser proibidas no Brasil.
    Apenas, os partidos e candidatos poderiam encomendá-las para uso interno.
    Ou então, acabem-se as eleições e escolhamos nossos representantes por pesquisas.
    Que tal ? ? ?

  23. Lelo
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 15:27 hs

    Ah tá! Só porque é supostamente contra o Beto…Menos, sr. Fábio, muito menos!

  24. ze verdade
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 15:32 hs

    choradeiraaaaaaaaaaaaaaa

  25. Zé da Silva
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 17:38 hs

    Nem Serra, nem Richa. É Dilma e Osmar!

  26. Povão
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 20:27 hs

    CONFIRMANDO O QUE JÁ DISSE O LAURO,

    O PERCENTUAL DE ELEITORES DE CURITIBA EM RELAÇÃO AO PARANÁ É DE 17,23% E A OUTRA PESQUISA CONSIDEROU COMO 33,33% OU SEJA O DOBRO.

    NESTA PESQUISA (VOX POPULI) A RELAÇÃO ESTÁ CORRETA, QUANDO CONSIDERADO O NUMERO DE ELEITORES, MAS VOCE CONSIDEROU A POPULAÇÃO EM GERAL DA REGIÃO, OU SEJA

    TUDO BEM QUE TEM GENTE QUE É BETO DESDE CRIANCINHA, MAS SÓ VOTAM OS QUE TEM MAIS DE 16 ANOS.

  27. sexta-feira, 30 de julho de 2010 – 14:56 hs

    Tá correta a pesquisa e o Beto vai levar no primeiro turmo, os indecisos votarão no NOVO, a capacidade de captação de votos para o Beto é muito maior, se o Osmar colar sua figura no Lula a derrota será ainda pior, pois perderá grande parte dos votos de agricultores que ainda falam em votar nele até verem fotos no jornal dele abraçado com o Lula, que foi o pior governante para a agricultura dos últimos anos… Desista Osmar, nem gaste todo aqueles 44 milhões na campanha, guarde uns 5 milhões pra você, pois sua carreitra política vai ficar congelada por um bom tempo…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*