Valor da cesta básica cai quase 3% em Curitiba | Fábio Campana

Valor da cesta básica cai quase 3% em Curitiba

Do Bem Paraná

O preço médio da cesta básica caiu em junho, na comparação com maio, em 16 das 17 capitais brasileiras pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Conforme a Pesquisa Nacional de Cesta Básica, as maiores reduções no valor do conjunto de produtos alimentícios essenciais foram observadas em Manaus (-5,14%), Rio de Janeiro (-5,08%) e Vitória (-4,83%).

A única capital onde a cesta básica registrou aumento de preços foi Goiânia (alta de 5,22%), onde, segundo o Dieese, o preço do feijão explicou a maior parte desta variação.

De acordo com a instituição, além de Manaus, Rio de Janeiro e Vitória, outras seis cidades contaram com a cesta básica em baixa superior a 3%: Salvador (-3,85%), Recife (-3,72%), Belo Horizonte (-3,71%), Natal (-3,58%), Porto Alegre (-3,39%) e João Pessoa (-3,07%). Com recuo maior do que 2%,ficaram as cidades de Belém (-2,94%), São Paulo (-2,83%), Curitiba (-2,72%) e Fortaleza (-2,05%). Em Brasília, o preço da cesta básica caiu 1,23%.

No primeiro semestre de 2010, todas as localidades pesquisadas verificaram aumento acumulado no conjunto de preços. As maiores variações foram registradas em Recife (21,88%), Goiânia (16,88%), Natal (13,80%), João Pessoa (13,66%) e Salvador (13,49%). As cestas de Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro acumularam altas de 3,68%, de 9,15% e de 6,94%, respectivamente

Nos últimos 12 meses acumulados até junho de 2010, apenas em Fortaleza foi observada redução no valor da cesta (-3,58%). No período, Manaus apresentou a maior variação para o conjunto dos produtos: de 10,64%. Entre as 16 cidades com variações positivas, as menores altas para a cesta ficaram em Vitória (1,68%), Porto Alegre (1,84%) e Aracaju (4,43%). Em São Paulo, a variação acumulada positiva foi de 9,19%; em Brasília, de 6,52%; e, no Rio de Janeiro, de 3,61%.

O Dieese realiza mensalmente a Pesquisa Nacional da Cesta Básica nas cidades de Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Vitória.


3 comentários

  1. joao do carrinho
    segunda-feira, 5 de julho de 2010 – 15:06 hs

    fabio o belinati vai sair nessa campanha?

  2. caminhoneiro alerta
    segunda-feira, 5 de julho de 2010 – 16:39 hs

    É Curitiba no rumo certo a melhor educação publica das capitais do pais segundo pesquisa do propio governo federal.Também com um prefeito como Beto.Eleito 10 vezes o melhor prefeito do Brasil não é para qualquer um.Se ele fez por Curitiba vai fazer muito mais para o nosso Paraná Beto governador 45 neles.

  3. Aguave
    segunda-feira, 5 de julho de 2010 – 20:45 hs

    Isto porque o cartel dos combustíveis mudou a data de alinhar os preços no máximo para o início deste mês. Isto não fizeram isto no mês passado como de costume o que provocou a redução dos preços, porém isto refletira no mês de agosto.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*