Para Serra, Chávez cria fatos e ameaça a paz na América Latina | Fábio Campana

Para Serra, Chávez cria fatos e ameaça a paz na América Latina

André Mascarenhas

O candidato tucano à Presidência, José Serra, afirmou ser “inegável” que a Venezuela abrigue, em seu território, guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). “Todo mundo sabe, até as árvores da floresta amazônica – até não, coitadas, elas são as principais testemunhas – de que as Farc se abrigam na Venezuela”, afirmou.

O candidato tucano não poupou o presidente venezuelano, Hugo Chávez. Para ele, a postura do líder vizinho traz instabilidade para a região. “A gente sabe que o Chávez é partidário do espetáculo. A Venezuela está com economia complicadíssima, inflação alta… Então ele vai criando fatos. Fatos que ameaçam a estabilidade da América do Sul, da América Latina e também do Brasil. Porque ter países se hostilizando nas nossas fronteiras também não é uma boa”, afirmou.

Serra disse que, em um eventual governo seu, proporia uma política de pacificação para as rusgas entre Colômbia e Venezuela, mas ressalvou que não se deve “ter viés para um lado, porque aí você perde a capacidade de negociação”.

“É inegável que o Brasil sempre teve mais simpatia pelo Chávez. É inegável que o Chávez abriga essas Farc”, acrescentou.

As declarações do candidato tucano acontecem em meio a elevação das tensões entre Venezuela e Colômbia. Chávez rompeu relações com o país vizinho na semana passada, depois que o governo do presidente Álvaro Uribe apresentou fotos, vídeos e mapas à Organização dos Estados Americanos (OEA) do que seriam acampamentos de guerrilheiros colombianos em território venezuelano. Segundo o embaixador da Colômbia na OEA, Luis Hoyos, existem 87 acampamentos e 1.500 soldados das Farc na Venezuela.

Serra falou hoje para empresários do Grupo de Líderes Empresariais (Lide), em um hotel da zona Sul de São Paulo. Em seu discurso, ele criticou a proximidade entre as diplomacias de Brasília e Caracas. Para o tucano, se o Itamaraty tivesse o mesmo empenho que demonstrou na questão nuclear do Irã para resolver os problemas da América Latina, as disputas entre os dois países vizinhos já estariam sanadas.

“Eu diria que (o contencioso entre Venezuela Colômbia) é muito mais prioritário do que o programa nuclear do Ahmadinejad, que consumiu uma massa de energia incrível. Para quê? Para nada”, criticou.

As críticas do tucano se deram em meio a ataques à política de comércio exterior do País. Na avaliação do tucano, a estratégia de aproximação com países “não-alinhados” trouxe apenas dividendos políticos para o Brasil. “O Brasil não tem política de comércio exterior. De 2002 para cá, houve cem acordos de livre comércio no mundo, e o Brasil assinou um, com Israel, que é um país pequeno, com alguns produtores”, criticou. “Há uma política exterior de muita projeção política para o Brasil. Para o bem e para o mal, mas não no que se refere à economia”, acrescentou.

Política contraditória

Além dos ataques à política externa, Serra usou seu discurso aos empresários para criticar a política econômica do governo Lula. Para ele, as atuações dos diferentes ministérios que compõem a área são contraditórias. “Você não pode ter um governo funcionando bem na economia com o pessoal durão da política monetária, o outro que é o papai noel do gasto, o outro que é o leão de arrecadar, cada um jogando por si. Independentemente da qualidade das pessoas”, exemplificou, sem citar nomes.
Para o tucano, a solução se daria através da integração da política econômica, por meio da escolha dos ministros que compõem a área. “É um problema de competência, de ter uma equipe entrosada, de você ter objetivos comuns”, afirmou.

Serra também criticou a atuação do governo federal durante a crise econômica mundial. “O enfrentamento do ciclo seguiu um manual oposto ao da economia keynesiana”, afirmou, numa referência às políticas anticíclicas propostas pelo economista britânico John Maynard Keynes – que propunha aumentar os gastos em investimentos a curto prazo e diminuir os juros. “Foi feito o contrário. (O Brasil) foi o único país do mundo que não abaixou os juros por quatro meses”, exemplificou o tucano, que também fez duras críticas a aumento dos gastos com consumo do governo e a baixa taxa de investimentos.


32 comentários

  1. Tuku Nare
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 22:10 hs

    Essa terra de santa cruz,e um paraiso, onde mora concidadoes vindo de todo o planeta, ate gente como o Serra,o governo Lula tem as portas abertas com todos os paises do mundo, inclusive com a Venezuela e Colombia, o Serra no sabe porque ele
    so deve conhcer o estado de Sao Paulo BR.

  2. PAULO
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 22:15 hs

    ELE AINDA NÃO DISSE QUE O LULA É O VERDADEIRO MENTOR DAS FARCS E A DILMA A MUSA!
    E QUE AS FARCS SÃO AS MAIORES RESPONSÁVEIS PELA NÃO VENDA DA PETROBRÁS!!!!

  3. Lelo
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 22:18 hs

    Como pode um senhor dessa idade falar tanta bobagem! Valha-me Deus!

  4. Alessandro T
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 22:18 hs

    O Serra tá coberto de razão. Uma coisa é respeitar a soberania, outra é fazer vista grossa para um governo que apóia a maior organização de produção e logística de armas e drogas da América Latina – aliás, como o próprio FERNANDINHO BEIRA-MAR disse, as FARC era sua fornecedora.

    Mini nota de protesto: Não sei o que aconteceu com o blog do Campana.
    Hoje tive dois comentários barrados, quando falei quem é o manda-chuva do Vox Populi (sobre porque as pesquisas de lá enxergam Dilma sempre em alta) e quando dei um breve histórico de Marco Aurélio Garcia.

  5. tic tac
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 22:29 hs

    Fora Hugo Chavez, Evo Morales, PT, MST, Lula, Dilma e as FARC.
    Precisamos de desenvolvimento, liberdade e democracia.
    FORA COMUNISTAS

  6. Pedro Paranaguá
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 22:30 hs

    Injustiça com o vice(aquele do roubo da merenda das crianças no Rio)Cacique Merendinhado DEMO !
    Não apenas o Cacique Merendinha,mas o Serra tb quando abre a latrina,a coisa fede!
    Sendo apenas candidato já pensa como um Rambo imagina o isolacionismo a que estaremos fadados.Deus nos livre desta mer…cadoria!

  7. Duval Simões Araújo-Londrina
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 23:02 hs

    Esse foi o vídeo campeão no Paraná:

    http://www.youtube.com/watch?v=HtH9uIKBXio

  8. Fariseu
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 23:09 hs

    CALA A BOCA SERRA- PERDEDOR!-

  9. Guilherme R.
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 23:40 hs

    Ok, existem fortes evidências disso há anos. Só acho problemática um candidato à presidência assumir uma postura tão combativa contra os vizinhos, mesmo sendo o Chavez (na minha opinião, um fóssil obeso). Um presidente deveria se pautar pela ponderação nas palavras no tocante à política externa.

  10. wal
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 23:59 hs

    para mim, o serrote cego é que é um perigo para a paz mundial. qta besteira!!!!!!!!!!!!!!

  11. seger -TOLEDO -
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 0:28 hs

    olá campana fico envergonhado quando aparece uns para fazer comentarios como os que eu vi aqui escritos me parece que são pessoas que naõ leem noticias ou não vem um noticiario na tv.,Eu já faz tempo que venho observando este tal de Chaves ele ta loco para meter uma guerra na america do sul e os comentaristas acima não tem idéia o que é uma dor da guerra,podem pensar que não atimge em nós estão enganados se lembram quando outro vizinho pais botou as asa de forra o primeiro que levou pau foi o Brasil(gasoduto e petrobras) e o segundo com um bispo onde a prosa ainda não terminou que é a Itaipu, fiquem de olho seus comentaristas o chaves esta de olho no nosso petrolho a comfusão ele começa com outro até o Brasil meter a colher aí o bicho pega
    OBS: comentaristas-vocês conhecem o passado do Serra? eo da Dilma? mande o teu email para mim que eu te mando ficha suja da mulher.

  12. Galhardo
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 8:33 hs

    Se Serra ganhar, em janeiro o Brasil vai declarar guerra a Venezuela, Bolívia, Paraguai e outros q não agradem o dondoca que é do mesmo pensamento do Bush, “dialogo zero”.

  13. VLemainski-Cascavel
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 8:37 hs

    Não é de graça que entre os paranaenses o Serra é líder nas pesquisas. Serra agiu com inteligência, não com demagogia. Criticou as ações do governo Lulla com racionalidade e competência. Prova, a cada dia, que o governo Lulla foi apenas regular. E qualquer administrador sabe disso.

  14. ILDO BALDO
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 9:12 hs

    O SERRA ALEM DE SER TRUCULENTO NÂO TEM SENSO DE BONS VIZINHOS
    E SEMPRE ATRAS DOS IDIOTAS AMERICANOS ISSO PROVA QUE O QUE ELES PEDIREM OS TUCANOS FAZEM

    O SERRA TAMBEM DECLAROU QUE É UM ERRO ACREDITAR NO CRESCIMENTO DA CHINA ISSO PORQUE OS AMERICANOS NÂO ASSUMEM A INCOMPETENCIA DE ADMINISTRAR E OS CHINESES ESTÂO DANDO UMA LIÇÂO DE DESENVOLVIMENTO JUNTO COM O BRASIL
    QUE CRECEM ACIMA DA MEDIA E COM RESPONSABILIDADE

    MAIS UMA PROVA QUE O SERRA JAMAIS TERA CAPACIDADE DE GOVERNAR UM PAIS COMO O BRASIL

    INCOMPETENCIA É FARDO PARA POUCOS E NO BRASIL O SERRA CAREGA JUNTO COM TUCANOS E DEMOCRATICOS

    E DALHE DILMA
    OSMAR
    GLEISE
    REQUIÂO

    O RESTO É BOBAGEM

  15. santana
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 9:18 hs

    Candidato e um homem que não tem proposta para o Brasil.
    Nos querremos saber do nosso Pais.
    Temos muita coisas para cuidar aqui.
    Ainda bem que temos bom diplomatas para remendar este monte de mmmmmmmmmmmm que estes fala por aiiiiiiiiiiii
    Quer ser presidente…

  16. PAULO
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 10:03 hs

    MAIS UMA CARACTERÍSTICA DA PERSONALIDADE DO FUNCIONÁRIO DO FHC LUGO DE MELLO: CATASTROFISTA!!!!!!!!!!!!!
    ELE JÁ ERA DA TURMA DO QUANTO PIOR, MELHOR…
    AH, ELE ESQUECEU DE DIZER QUE O PT É O RESPONSÁVEL PELO DILÚVIO E QUE FOI ELE QUEM CONSTRUIU A ARCA!!!!!

  17. RST
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 10:06 hs

    Serra quer ser pós-Lula e cai no colo da ultra-direita? Como pode?
    Serra é candidato a Uribe
    segunda-feira, 26 julho, 2010 às 18:22

    Serra quer assumir o papel de representante do conservadorismo na América do Sul, que antes pertencia a Uribe

    A onda de governos populares na América do Sul, que se estendeu do pampa argentino ao caribe venezuelano, sempre teve seu contraponto na Colômbia de Álvaro Uribe, aliado incondicional dos Estados Unidos e forte crítico das políticas vizinhas, especialmente de Hugo Chávez, o inimigo número um do império no continente.

    Com Uribe saindo de cena, embora ainda atirando numa tentativa de atrelar seu sucessor Juan Manuel Santos à sua política de subserviência, os Estados Unidos precisam de algum governante forte para não perder de vez sua influência na região. Alguém que defenda o liberalismo econômico em toda sua extensão, que ataque Chávez e se mantenha fora de qualquer protagonismo além fronteiras, como no caso do Irã e do conflito Israel-Palestina.

    O posto vago parece ter um forte candidato em José Serra, que repete o discurso uribista, mas de forma menos honesta, recorrendo sempre a sujeitos indefinidos, como ao afirmar que “todo mundo” sabe que o PT é ligado às Farc e estas ao narcotráfico e “todo mundo” sabe que as Farc se abrigam na Venezuela, como fez hoje a uma platéia de empresários, em São Paulo, como publicou o Estadão.

    Serra fala exatamente o que os EUA gostam de ouvir para justificar a presença de suas bases na América do Sul e da quarta frota em nossas águas, no suposto combate às drogas, que não passa de uma vigilância permanente sobre os governos progressistas e soberanos. Serra fomenta o conflito entre Colômbia e Venezuela sob o falso discurso de que proporia uma política de pacificação, mas sem “ter viés para um lado, porque aí você perde a capacidade de negociação”.

    Ao fazer tal afirmação, Serra critica o que chama de aproximação de Brasília e Caracas, mostrando o Itamaraty como incapaz de resolver o conflito, pois teria um lado na questão. É mais uma das mentiras de Serra, já que a diplomacia brasileira no governo Lula se destacou como mediadora das principais crises no continente, sempre merecendo o respeito de Uribe e de Chávez.

    Serra deveria saber que por ocasião do grave conflito entre Colômbia e Equador depois que tropas colombianas invadiram território equatoriano e mataram integrantes das Farc, o Brasil teve papel relevante na mediação entre os dois países, junto a outras nações sul-americanas.

    O mesmo Serra que acha o Mercosul inútil e despreza os vizinhos de economia menor, finge agora que se preocupa com eles ao dizer que interferiria no conflito entre Colômbia e Venezuela. Sua estreiteza política nas questões internacionais se revela em todos os comentários, como ao comparar o que não se compara. “Eu diria que (o contencioso entre Venezuela e Colômbia) é muito mais prioritário do que o programa nuclear do Ahmadinejad, que consumiu uma massa de energia incrível. Para quê? Para nada”, disse ele aos empresários brasileiros.

    Em primeiro lugar, é preciso dizer a Serra que o contencioso a que se refere não estava tão explosivo quando Lula foi tratar da questão do Irã, o que só poderia ser feito por grandes estadistas, reconhecidos internacionalmente. Depois, que Lula participou da criação da Unasul, que se constitui num novo bloco político, provavelmente também ignorado por Serra, capaz de mediar conflitos no continente de forma conjunta.

    Por fim, a mediação do Brasil e da Turquia junto ao Irã apresentou uma proposta clara de resolução da crise em torno do programa nuclear iraniano, que só não a encerrou pela intolerância dos EUA e dos senhores da guerra, sempre interessados em algum novo campo de batalha para manterem seu domínio com práticas condenáveis como a revelada hoje pelos documentos secretos que vazaram da guerra no Afeganistão.

  18. aposentado
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 10:16 hs

    Quem defende esse chaves e o lulla de mello sarney, só pode ser aqueles que não leêm jornais, e sim limpam a b… com eles.
    Jornais ainda são coisa séria.
    Cala boca lulla de mello.
    Cala boca chaves da silva.

  19. terça-feira, 27 de julho de 2010 – 11:04 hs

    O mais estrando disso tudo e que um ditador travestido de democrata social e apoiado pelo nosso presidente Lula, vou além, estranho o apoio ferrenho que Lula dá ao Iran, um pais que nao respeita os direitos elementar da pessoa humana, nao tem como, deixar de achar estranho que o Brasil nunca se pronunciou contra a farc, estrango, ao contrário senso sempre apoiou, para que democracia prevaleça, Serra Presidente. 45. independente se tem cara feia ou bonita.

  20. RST
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 11:22 hs

    O que Serra e a nossa mídia escondem. Vejam o que falaram Fidel e Hugo Chaves sobre as Farc.

    FIDEL: “NENHUM PROPÓSITO
    REVOLUCIONÁRIO JUSTIFICA ISSO”

    Alguns meses depois, entretanto, os próprios ícones dessa gente a deixaram falando sozinha.

    Fidel Castro escreveu declaração bombástica quando da libertação de Ingrid Betancourt, vindo ao encontro do meu moralismo pequeno-burguês:

    “Civis nunca deveriam ser sequestrados, nem militares deveriam ser mantidos como prisioneiros nas condições da selva. Eram fatos objetivamente cruéis. Nenhum propósito revolucionário justifica isto”.

    O PT, discretamente, já vinha há bom tempo se distanciando das Farc, tanto que tem vetado sua participação nas reuniões do Foro de São Paulo.

    E Hugo Chávez desde 2008 aconselha as Farc a aceitarem negociar com o governo colombiano, para que possam depor as armas com segurança, voltando a participar da política convencional.

    Tornou a fazê-lo na semana passada, culpando-as pela nova crise na região:

    “…os movimentos armados na Colômbia deveriam reconsiderar sua estratégia armada. (…) Não há condições na Colômbia para que eles possam tomar o poder. (…) Pelo contrário, converteram-se na principal desculpa para o Império penetrar na Colômbia a fundo e, a partir de lá, agredir a Venezuela, agredir Equador, Nicarágua, agredir Cuba”.

    “O mundo de hoje não é o mesmo mundo dos anos 1960 [quando as guerrilhas combatiam as ditaduras latinoamericanas]. Aí está Pepe Mujica, está Daniel [Ortega], está Evo [Morales], está Lula e estará Dilma, enfrentando as oligarquias e o imperialismo”.

    Isso não quer dizer que eu, o Ivan, o PT, o Fidel e o Chávez estejamos necessariamente certos em nossas restrições às Farc.

    Mas, se existe tal convergência de opiniões por parte de dirigentes, militantes e forças díspares do campo da esquerda, isto, no mínimo, indica que se trata de um assunto a ser discutido aberta e objetivamente, não de uma heresia a ser respondida com o atear de fogueiras.

    Então, a lição a ser tirada deste caso emblemático é: já passou da hora de reaprendermos a dialogar respeitosamente com as tendências adversárias do nosso campo, deixando o tratamento de inimigos apenas para os adeptos do capitalismo e do neofascismo.
    Postado por Celso Lungaretti às 10:16 AM 9 comentários

  21. Sergio Rodrigues
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 11:52 hs

    Lula inveja o Hugo Chavez,só que para sua infelicidade ele não conseguiu fazer no Brasil o que ele fez na Venezuela. Ultimamente ta rodeado de gente que não presta como Presidente do Ira,bolivia,etc…. Sem falar ainda da recente amizade de Collor que apóia Dilma ou Dilma que apóia Collor, que coisa nojenta virou essa companha….

  22. trabaiadô
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 12:45 hs

    ao irdo bardo e ao paranaguà

    quem adora falar mierda é vosso presimente idolatrinado molusco e mentiroso LULLLLLAAA

    VCS VÃO VER COM QUANTAS CANOAS SE FAZ UM PAU

    BETO GOVERNADOR

    SERRA PRESIDENTE

  23. Jose Carlos
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 14:18 hs

    Chavez imita Mussolini, muito embora Mussolini fosse letrado, culto e erudito e Chávez seja um apenas um sargentão ignorante e bronco… possivelmente terá o mesmo destino do ditador bufão, ou seja, será pendurado pelos pés em praça pública, cuspido e escrachado pela massa ignara que usa em seu benefício… todos os idiotas da história tem um fim trágico…

  24. Samuel Sobral
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 14:41 hs

    Senhores, o Chavez fez escola pior aqui. E esse fiel discípulo andou tendo umas crises e comeu caroço de mamona…..

  25. antonio francisco da silva
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 16:31 hs

    se o Chavez ameaça a paz na america laltina(mesmo sem ter dispador um tiro contra um pais vizinho) o que dizer do estado Sionista com sua politica de exterminio e invasões de paises vizinhos.Não seria uma ameaça para a paz mundial.Cadê a coragem para dizê-lo? Eu tenho porque não sou puxa-saco do imperialismo americano sionista.

  26. Capitão Nascimento
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 16:45 hs

    Na real, o hugo chavez representa um perigo para o Brasil, pois além de tornar-se ídolo da PTzada encastelada no poder e guru espiritual do nepotão de mello e silva, dá abrigo e apóia os narcoterroristas que exportam para nós a droga que destrói a nossa sociedade, que corrompe a nossa polícia, que financia as campanhas de nossos políticos e que fomenta todo o tipo de violência em nosso território.
    Os traficantes brasileiros também gostam muito do hugo chavez e gostam mais ainda das FARC, com quem se especializaram em sequestros, roubos e a organizar-se e agir politicamente junto às comunidades carentes, deixando-as reféns de seus mandos e desmandos.

  27. Coronel Ustra
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 17:37 hs

    Isso mesmo, isso mesmo! Pau nesses comunas malditos que vicejaram sob governos Lula, Evo, Chavez. Desta vez o movimento de 2002 será redimido e Chavez cairá. Contamos com Uribe, os EUA, e Serra eleito para restabelecer a ordem nas Americas. Fora comunistas! Fora FARC! Salve a vitoria da democracia contra o terrorismo dos petralhas e seus aliados comunas.

  28. Ednardo
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 18:58 hs

    Se os senhores conhecessem melhor o Presidente Hugo Chaves, assim como o seu maravilhoso governo democrático e participativo com as classes menos favorecidas, os senhores que tanto criticam este homem bom e abençoado até pelas igrejas de todas as denominações, iriam passar a admirá-lo e entender melhor o seu projeto.
    Vejam bem, graças a Deus no Brasil, com o apoio do Companheiro Lula, teremos a
    Companheira Dilma que dará sequencia ao projeto do Companheiro Presidente, para que nosso querido país caminhe nos mesmos moldes, anseios e direção da nossa querida Venezuela. Por esta razão, eu peço à todos os senhores e senhoras, votem em Dilma, Osmar, Requião, Gleisi e todos os que lutam pela a união e o domínio das esquerdas neste nosso QUERIDO BRASIL e o PARANÁ.

  29. RST
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 21:58 hs

    rofessor Hariovaldo Almeida Prado
    27 julho 2010
    Serra começa a desmontar o maldito plano Condor Vermelho
    Filed under: Plano Condor Vermelho — Hariovaldo @ 14:44
    Tags: cut, dilma, farcs, mst, narcotráfico, PT
    Liga da Justiça

    Um grande general passa o comando para um marechal – os comunistas estão perdidos

    A raça e a coragem de um grande líder varonil não pode ser contida pela grande mídia comunista cooptada pelo dilmolulismo diabólico (DD), nada segura o ímpeto e a vontade de José Serra em defender a nação, mesmo antes da sua inevitável posse na cadeira de mandatário número um do país. Assim são os grande homens. Como um grande general, Serra, acaba de dar um golpe mortal no Plano Condor Vermelho ao assumir o posto de maior combatente contra o comunismo na América Latina, que antes era ocupado pelo grande presidente Uribe, da Colômbia, mostrando para os silvícolas vermelhos Evo e Chavez que seus dias de bolchevismo estão contados e as FARCs/MST/CUT serão aniquiladas, juntamente com seus seguidores nas diversas esferas de poder. Alvíssaras!

  30. quarta-feira, 28 de julho de 2010 – 9:04 hs

    Cerra com certeza, se ganhar, vai arruinar a politica externa brasielira. voltaremos a ser cordeirinhos das grande spotencias e o sonho de um Brasil grande e respeitado no exterior irão por água abaixo. so não ver quem não quer. ele declarará guerra ou animosidade com a bolivia, paraguai, equador, uruguai , argentina e venezuela, ficará com os ggrandes da américa, chile, com 3 milho~eos de habitantes, peru com um pouco mais e colombia, quitnal dos americanos do norte.O Brasil e seu povo não merce isto. Ficawremos sem gás da bolivia, petróleo da venezuela e energia elétrica do paraguai, cairá nossas vendas a argrntina, nosso maior parceiro no sul do continente, e o país será de vez desacreditado no exterior.

  31. quarta-feira, 28 de julho de 2010 – 9:09 hs

    muita gente não entende nada de politica e comercio exterior, e fica malhando este ou aquele país. Ora, o Irã, é assim que se escreve, não é nosso inimigo, ele é dos americanos e os americanos que se danem. Quero ver que apoio pode dar um país de 500 anos a um país de cinco mil anos? Pensem e deixem de ler o quarteto do mal, eles so desinformam. Estes países estão comrpando e mutio de nós, gerando aqui emrpegos e rendas, év por isto que o tucanato desce o pau, pois sem eles o comercio do Braisl cairia sensivelmtne, geraria desemprego e eles ganhariam eleiç~eos. Eles forma governo e nunca souberam fazer poltiica externa, o Lula foi reconhecido por toda a comunidade internacional, até oberlusconi de extrema direita italiana reconheceu seu trabalho, mas os travestidos social democrata se negam em faze-los, como se fossem os donos da verdade, é por isoo que não gosto de tucanos, eles se achjam o rei da cocadapreta, o ultimo biscoito do pacote, o ultimo litro de combitivel, ora pois, vão …..

  32. ILDO BALDO
    quarta-feira, 28 de julho de 2010 – 11:34 hs

    TRABAIDO E APOSENTADO

    QUANDOVOCEIS ESTIVEREM MORENDO DO INFARTO QUE COM CERTAZA TERÂO DIA 3 DE OUTUBRO POR VOLTA DA 23 HORAS
    COM O RESULTADO DAS URNAS QUERIA ESTAR POR PERTO PARA VER E OUVIR O QUE DIRIA ÂO SEUS FAMILIARES
    QUE COM CERTEZA SENTIRÂO MUITO A FALTA DE VOCEIS MAS LOGO SE CONFORMARÂO E DIRÂO ÂO SEUS AMIGOS E VIZINHOS NOS AVIZAMOS QUE NÂO ERA PARA ACREDITAR NAS PESQUISAS NO BETO E SERRA
    E HOJE LAMENTAMOS MAS A FAMILIA FICOU MAIS PAQUENA

    BAI BAI VIVEREMOS MUITO E FELIZ COM O BRASIL CRESCEDO
    COM RESPONSABILIDADES COM PT E PMDB E SEUS ALIADOS

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*