Osmar dizia que o Bolsa Família fazia o brasileiro fugir do trabalho | Fábio Campana

Osmar dizia que o Bolsa Família fazia o brasileiro fugir do trabalho

Osmar Dias afirma que foi convencido pelo presidente Lula a ser candidato a governador, depois de meses de hesitações, por causa do seu entusiasmo com o Bolsa Família. “O presidente Lula insistiu para eu ser candidato. O presidente quer a garantia de que os programas federais continuem funcionando do Paraná. Nossa idéia é manter e ampliar programas como o Bolsa Família, do governo federal, e o programa Leite das Crianças, do governo estadual”, disse o senador.

Pouco tempo atrás Osmar, hoje campeão do Bolsa Família e fã número um do Leite das Crianças, pensava de forma muito diferente. O senador considerava esses programas, que classificava pejorativamente como “assistencialistas”, verdadeiros desastres. Tinha aversão especial pelo Bolsa Família. Em discurso no Senado em 7 de novembro de 2006, Osmar advertia que programas desse tipo estariam estimulando a preguiça no Brasil. “As pessoas, nas praças públicas, acham que não precisam trabalhar, porque recebem a Bolsa Família”, reclamava o senador.

Osmar enxergava ainda no Bolsa Família potencial para não apenas criar, mas também para perpetuar uma cultura da indolência no Brasil. Algo tão negativo para o país que iria prejudicar não só os brasileiros de hoje, mas produziria estragos também no futuro. “Essa geração que está sendo criada e não vê os pais trabalhar vai se acostumar a não trabalhar também”, alarmava-se o senador.

Osmar concedia que programas “assistencialistas”, que distribuem leite e o Bolsa Família, podiam ter importância pontual, mas alertava sobre os riscos dessas políticas estimularem a informalidade porque o beneficiado teme possuir uma Carteira de Trabalho assinada pelo risco de perder as bolsas. “Mais importante é a Carteira de Trabalho assinada. É mais importante irrigar a cultura do trabalho, que está sendo esquecida. Cadê a proposta do senador Cristovam Buarque que tinha como contrapartida a escola? Acabou. É só distribuição pura e simples de dinheiro!”

Em 29 de novembro de 2006 Osmar Dias voltou à carga contra os programas sociais que hoje diz admirar tanto e que o teriam motivado a ser candidato. “Eu queria, aos poucos, substituir esses programas assistencialistas [Bolsa Família e Leite das Crianças] que não criam oportunidades por uma solução permanente, que é a Carteira de Trabalho. Essa visão e a cultura de que não se precisa trabalhar no País é muito perigosa. Nós precisamos recriar a cultura do trabalho, e essa luta nós temos de empreender todos os dias”, assinalava o senador.

O próprio Lula é muito sensível a esse tipo de crítica. Respondeu assim àqueles que criticam as bolsas: “Alguns dizem assim: o Bolsa Família é uma esmola, é assistencialismo, é demagogia e vai por aí a fora. Tem gente tão imbecil, tão ignorante, que ainda fala ‘o Bolsa Família é para deixar as pessoas preguiçosas porque quem recebe não quer mais trabalhar’.”


32 comentários

  1. cinderela
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 15:26 hs

    .Osmar dizia isso sim, da mesma forma que o Beto dizia que nao era candidato……..

  2. João
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 15:34 hs

    É Fábio,vc tem razão!
    Ainda bem que ele entendeu que o Bolsa tem a função também de distribuir renda e gerar riqueza em municípios pobres.
    Pena que o Beto e aturba do PSDB não entendem assim!
    Eles acham que é esmola e coisa de preguiçoso.
    Eles nunca ouviram falar Maynard Keynes…
    Antes tarde do que nunca!
    Não é à toa que quando o Lula começar a aparecer aqui, o Osmar vai disparar nas pesquisas…
    Fazer o que?

  3. JK
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 15:36 hs

    Perguntaram a Juscelino certa feita porque ele mudava de posição. E ele respondeu: Porque não tenho e nunca tive compromisso com o erro.

  4. Aurélio
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 15:41 hs

    Lembro de Osmar fazendo essas críticas. Cara de pau como é, agora virou defensor do que combatia. Como acreditar num político tão sem personalidade?

  5. Bettina
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 15:44 hs

    Já dizia Churchil: “- O homem é o homem e suas circunstâncias”. Não há como dançar tango quando a música que você escolheu pra dançar é samba. O que era ruim ontem, hoje não é mais. É a chamada ética da conveniência. Na verdade, um verdadeiro festival de hipocrisias!
    Na semana em que endividou o país em mais de R$ 80 bilhões (ou U$ 50 bi) emitindo títulos e repassando a grana ao BNDS com juros susidiados, para atender a que sabe-se-lá-que-projetos, Lula se gaba quase babando de felicidade de ter pago tudo-o-que-devia ao FMI (cerca de U$ 40 bi). Com isso a dívida interna já chega a R$ 1,53 trilhões (herdou de FHC R$ 750 bilhões). Não há nenhum senador da República que queira fazer o favor de denunciar isso? FRUET faria. Por isso tem o meu voto!

  6. gilberto ruas
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 15:50 hs

    E AINDA ALGUÉM VOTARÁ NESTE FALSO POLITICO???

  7. Osmar incoerente
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 15:51 hs

    Osmar disse também, somente após 3 meses (demorou para tomar partido DE NOVO) que apoia o movimento “Paraná que Queremos”, ou seja, ele quer a “cabeça” do Curi, do Romanelli, Zuchi e cia….

    Se Osmar apoia o movimento, como é que ele permite esses deputados em sua chapa?

    Ele quer os votos do Augustinho Zuchi? Do Curi? Para isso vale a pena se aliar aos sujinhos? Que interesse corre por trás?

    É Curi, ou não é? É Zuchi ou não é? Difícil hein…

    Quanta mudança de opinião. Sempre por ocasião. Politico de ocasião e demagogia. Acreditem nele, ele não muda de opinião… quase nada…

  8. anonimo pcps
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 15:52 hs

    esse osmar e lula se merecem mesmo., mais agora e tarde o BETO RICHA vem ai.

  9. Yuri
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 16:13 hs

    O Osmar tem razão, o Brasil atingio o auge em termos de emprego quase 12 milhões, falta pessoas com mão de obra especializada, ou seja, falta gente para trabalhar. Por isso hoje o Osmar defende o Bolsa Familia e Leite das Crianças.
    Quem entra em contradição é o deputado Ricardo Barros que por 8 anos foi lider do Governo no congresso e agora esta contra, isso por interesse particular, sua candidatura ao senado esta acima de tudo, já o Osmar votou com o governo durante os 8 anos. Sempre observando os erros e acertos.

  10. Jacarezinho
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 16:36 hs

    E ele tinha razão. Nada contra um programa emergencial, mas não permanente. Se daria um prazo para a família bolsita integrar-se ao mercado de trabalho via escola e treinamento laboral. O BF está mesmo criando uma geração de ociosos. O país ainda vai pagar caro por isso. Quanto à mudança de postura do sen. Osmar, debitemo-la à gula do poder.

  11. Duval Simões Araújo-Londrina
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 16:38 hs

    Alguém acredita no que Osmar Dias fala?
    Eu não acredito!
    A turma do Beto Richa não acredita nem no que Osmar assina!
    Se eu fosse o povo ou seu companheiro de coligação ficaria com um pé atrás em tudo que Osmar Dias fala ou promete!

  12. Paulo Eduardo Martins
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 17:03 hs

    O Osmar Dias de 2006 tinha razão. Esse programa faz com que as pessoas, ao invés de priorizarem a busca pelo trabalho, priorizem a busca pelo PARTIDO, pelo governo.

  13. RST
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 17:04 hs

    Pois é , seu Campana como são as coisas não? Os tucanos passaram 8 anos chamando o bolsa-familia de bolsa-esmola ou bolsa-vagabundo e agora prometem de pés juntos que vão manter o bolsa-familia.Em quem acreditar? o Beto chegou a assinar em catório que ficaria até o fim do mandato na prefeitura, lembra?

  14. Xisburge
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 17:09 hs

    Era nesse Osmar que eu votei pra senador e depois pra governador

    Já o Osmar de hj em dia vai dar abraços no MST

  15. Romano
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 17:43 hs

    Osmar Dias nunca me engandou, é um oportunista sem caráter, um sujeito que muda de lago como que muda de camisa.

  16. CLAUDEMIR
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 18:11 hs

    E AGORA ORTIGÃO O QUE VOCE TEM A FALAR DO BOLSA FAMILIA E SO MST, A TURMA DO MST DEVERIA SE MANIFETAR AGORA ENVADIDO AS FAZENDA DO OSMAR O QUE VOCES ACHAM

  17. segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 18:17 hs

    Esse cara se acabou ao se unir ao que há de pior no PR e no Brasil.

  18. PARANAENSE BRASILEIRO DA SILVA
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 18:32 hs

    Bobagem, o Bolsa Familia é um socialismo, quase um comunismo até (à moda brasileira). É muito mais que puro assistencialismo, visto que é na prática, a tão desejada distribuição ou tranferencia de renda. Algo que deu certo e tem levado o Brasil para frente, bem para frente.
    O diabo é que, a oposição mesquinha, não quer que o pobre melhore de vida e fica falando que quem recebe o Bolsa Familia não vai mais querer trabalhar. Nada disso importa, pois a renda que vai para o pobre via Bolsa Familia, volta para toda a sociedade, na forma de consumo. Pobre não guarda dinheiro na poupança. Pobre não fica retendo, como os ricos e o dinheiro do pobre via Bolsa acaba voltando na maior parte para os ricos que são os donos das fabricas dos produtos consumidos.
    A palavra chave que resume o sucesso do Bolsa familia e do governo Lula chama-se “distriuição de renda”. Este é o ponto nevralgico da questão.
    A familia que recebe o Bolsa Familia, não vai querer ficar sem trabalhar não. Pelo contrario, dentro de pouquissimos anos, por causa da justa distribuição de renda feita prá valer no governo Lula (e que só será continuada se a próxima presidente for Dilma) muitas dessas familias não precisarão mais do Bolsa Familia porque o Brasil terá oportunidades de emprego e renda, na agricultura familiar, nas cooperativas de trabalho e incubadoras de micro empresas.

  19. Fuad
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 18:43 hs

    Quando será que o senador Osmar Dias estava dizendo o que pensa? Quando discursou no Senado ou agora, quando se aliou ao PT e a Requião?

  20. OSSOBUCO
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 19:17 hs

    Ué, o beto Richa não pensava que se devia privatizar a Copel e o Banestado?
    Também não foi ele que votou a favor dos pedágios abusivos?

  21. henrique
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 19:30 hs

    O OSMAR TAMBÉM DIZIA UM MONTE DESSES COM OS QUAIS AGORA COME NO MESMO PRATO.ESSE É O OSMAR “,NÃO SEI SE EU VOU NÃO SEI SE EU FICO.”DIAS.

  22. KKKK
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 19:41 hs

    ELE DIZIA TUDO ISSO QUANDO AINDA ESTAVA LÚCIDO.
    AGORA, COITADINHO, TÁ TÃO INDECISO…
    TÃO DIVIDIDINHO…
    TO BE OR NOT TO BE
    THIS IS THE QUESTION!

  23. CLARISSA
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 21:46 hs

    AGORA O OSMAR FALA O QUE CONVEM A ELE, E AQUELE BANDO A QUEM ELE SE JUNTOU, É REALMENTE DEPRIMENTE.

  24. Ernesto Caetano
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 22:05 hs

    Para quem ainda não conhece esse é o OSMAR!

  25. Oduvaldo
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 22:08 hs

    está caindo a máscara do osmar dias. oportunista, sem convicção nenhuma, que só quer ir na boa. engoliu o pt, o mst e anda de braço dado por aí com o requião, que disse que ele roubou uma fazenda.

  26. Pedro
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 22:08 hs

    Quem mesmo disse que se reeleito iria ficar quatro anos?

  27. Djalma Moraes
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 22:20 hs

    O Osmar perdeu o senso. Acho que anda compartilhando muitas coisas com o Requião para virar defensor dos frascos e comprimidos. Haja Gardenal.

  28. Demétrio Pimenta
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 22:22 hs

    Depois dessa virada de casaca só falta o Osmar defender aquela medida da companheira Dilma que obriga o proprietário de terras invadidas sentar na mesa com o MST antes de recorrer a justiça. Fora senador traíra!

  29. Alessandro T
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 22:23 hs

    Para BETTINA: Perfeito comentário. Há tempos não vejo ninguém tão lúcido assim por aqui.

  30. Kafka
    segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 23:18 hs

    Para provar que sua metamorfose política e ideológica está completa o senador Osmar Dias deveria dar sua famosa fazenda, a Lagoa da Prata, para a reforma agrária.

  31. segunda-feira, 26 de julho de 2010 – 23:42 hs

    Nada haver, todos os politicos Presidente, Governador, Senador… Deixam para revelar na hora q é canditado, exemplo é da cachorrada do Osmar Dias fez maior suspense, deixando o Beto na convenção dele falar o nome do Osmar q iria somar juntos a vitoria, pra depois na hora cair fora. Quiz fazer o nome dele aparecer nas Costas do Beto, em pouco tempo fez mais nome que ele. Na vez passada até ajudava a financiar bandas aqui na cidade de pitanga (Juntamente c/ José Janene). O deputado do mensalão. E quando o Irmão dele veio aqui na cidade dar uma entrevista em uma rádio na epoca evitou em falar dos professores, q nada ajudou, falou pouco e fugiu mudando assim de assunto. Acredito em Osmar => “Osmar – Feitor” Osmar -Realizador”.

  32. Diogo de Almeida
    terça-feira, 27 de julho de 2010 – 11:04 hs

    E Osmar “curiosamente” MUDOU(novamente) de opinião!!!! E digo mais, opiniao minha, a BOLSA FAMILIA, entre outros programas, TORNAM SIM, o BRASILEIRO MAIS PREGUIÇOSO! Muitos dos que ganham realmente NÃO TRABALHAM, e aumentam a desigualdade. A BOLSA ESCOLA é o UNICO que eu sou favoravel(com MUITAS RESSALVAS), pois exige a criança na escola! Os PROGRAMAS PARA SEREM BEM FEITOS, DEVERIAM SER MELHORES FISCALIZADOS, POIS EXISTEM LUGARES EM QUE O GATINHO DA FAMILIA, É CONTADO COMO FILHO, e PESSOAS QUE NAO PODERIAM RECEBER AUXILIO, RECEBENDO! Sou da teoria que o GOVERNANTE, deveria fiscalizar MELHOR ESTES PROGRAMAS( EXIGINDO QUE AS PESSOAS PROCUREM EMPREGO, FORMAÇÃO)..DANDO OPORTUNIDADES A TODOS, E NÃO ESMOLAS!!! TODOS DEVERIAM TER DIREITOS, EMPREGO, ESCOLA,SAÚDE…..O Povo que NAO quer fazer as coisas, ou pensa pequeno, é a FAVOR DESSA ESMOLA, sem ver OS MALEFICIOS DISSO, AS DESIGUALDES, E PRINCIPALMENTE, AS BANDIDAGENS QUE ROLAM NISSO!

    ADEUS OSMAR, ADEUS LULA!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*