Campanha pelo governo do Paraná deve ser a 7ª mais cara do país | Fábio Campana

Campanha pelo governo do Paraná deve ser a 7ª mais cara do país

Deu no G1:

A região Sul, com apenas três estados, terá uma campanha disputada por 24 candidatos e avaliada em R$ 210 milhões. Os gaúchos poderão votar em nove candidatos que, juntos, planejam desembolsar até R$ 98,5 milhões. O governo do Paraná tem estimativa de R$ 73,2 milhões para sete candidatos. Em Santa Catarina, a corrida pela Casa D’Agronômica, sede oficial do governo, terá oito concorrentes e custo total de R$ 39 milhões.


5 comentários

  1. paul
    domingo, 11 de julho de 2010 – 21:19 hs

    Bem da verdade sairia mais barato se contratasse o profeta paul (polvo), e certamente vai apostar no Osmar….

  2. JUCA DE AMPÉRE
    segunda-feira, 12 de julho de 2010 – 2:25 hs

    Adivinha quem vai pagar a conta depois ? O povo, o eleitor, as empreiteiras, os amiguinhos, vão ajudar, e depois tem que ter a compensação. E nóis, trabalhando , trabalhando……para sustentar o poder, ganhe quem ganhar……..são todos farinha do mesmo saco.

  3. ...Chega Dos Mesmos!
    segunda-feira, 12 de julho de 2010 – 8:47 hs

    Interessante que, do ponto de vista “Legal” é proibido comprar votos.
    Então, o que significam esses valores préconisados senão compra de anuência de eleitores.

  4. Marcos Calonga
    segunda-feira, 12 de julho de 2010 – 9:17 hs

    Por aí dá pra imaginar o tamanho do ROMBO nos cofres públicos, em nome da COPA DO MUNDO!!!

  5. Anderson
    segunda-feira, 12 de julho de 2010 – 9:54 hs

    Os recursos gastos em campanha, terão que voltarem para onde sairam, então se sairam da iniciativa privada ou pior de caixa 2, terão que voltar!
    E o pior que em alguns casos tem que voltar com juros correção monetaria, e alguns jetons dos lobistas intermediarios da liberação!
    “ACORDA BRASIL”.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*