As más notícias do Vox Populi para Dilma | Fábio Campana

As más notícias do Vox Populi para Dilma

Se por um lado há distorções na pesquisa Vox Populi no Paraná (reduziu o peso do eleitorado da Região Metropolitana de Curitiba de 33,5% para 29,5%), por outro desmistifica algumas crenças que estavam embalando os sonhos petistas no Estado. Vejamos:

– Em Curitiba, 15% dizem que votariam num candidato a presidente apoiado por Lula. Mas outros 15% dizem que não votariam de jeito nenhum nesse candidato. Logo, o apoio de Lula não produz nenhum saldo positivo para Dilma.

— Só 6% dos entrevistados reconhecem o PAC como o melhor programa do governo Lula. Para 29%, o bom mesmo é o Bolsa Família.

— Dilma também terá dificuldades para dizer que só ela pode continuar o Bolsa Família de Lula. Só 27% acham que ela seria a única habilitada para isso. 45% dos entrevistados dizem que “qualquer candidato manteria o programa com a mesma prioridade”.


43 comentários

  1. antonio francisco da silva
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 16:36 hs

    tudo isso é esperança vazia,dilma já é presidente.Coitado do Serra perdeu sua ultima oportunidade.

  2. CAÇADOR DE PETISTAS
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 16:47 hs

    LULA NÃO É CANDIATO, DILMA NÃO É LULA E TAMBÉM NÃO DECOLA SEM LULA. E AGORA PT?

    Ao observador atento não terá escapado a percepção de que no interregno entre a publicação da última bateria de pesquisas e o momento atual os estrategistas da candidatura Dilma executaram um teste do potencial de vôo da candidata sem os empurrões de Lula. Ao que tudo indica o teste fracassou.

    No momento que Dilma ultrapassou Serra nas pesquisas publicadas pelo Ibope e pelo Vox Populi, na última semana de junho, Lula deu declarou à imprensa que sua candidata havia adquirido condições de seguir sozinha. Ato contínuo Lula viajou para a África e Dilma começou a se expor sem a presença de Lula ao seu lado em diversos eventos.

    No entanto, no início de julho, após semanas seguidas de propaganda na TV, nos horários do PPS, do PTB e do PSDB, Serra buscou a diferença e empatou com Dilma, segundo o Datafolha, e nova pesquisa do Ibope.

    Desde então não se viram mais pesquisas publicadas. Mas, observaram-se mudanças de comportamento de Lula que, desde o lançamento do edital do trem-bala voltou a pedir votos para sua candidata e a se expor ao lado de Dilma, afrontando a legislação eleitoral ao ponto de, inclusive, colocar-se na delicada posição de alvo de processo por improbidade administrativa e de deixar Dilma sob risco de impugnação por uso da máquina pública.

    No campo adversário, as manchetes recentes emergem da boca de Serra estampando a afirmação: “Dilma não tem condições de andar sozinha”. Isto é, Dilma não teria condições de crescer nas pesquisas sem o apoio explícito de Lula.

    As evidências, portanto, partem de ambos os lados. Ninguém mais do que os estrategistas de Dilma e Serra tem acesso a pesquisas diárias, não publicadas, a partir das quais monitoram o pulso do eleitor e tomam as decisões sobre os movimentos táticos das candidaturas. E os movimentos táticos de ambas as campanhas sugerem que essa é a leitura feita nos bastidores.

    Sem o empurrão de Lula, Dilma pode ter caído, ou, no mínimo, parado de crescer num momento em que Serra, em função da exposição na TV, antes da última bateria de pesquisas publicadas, ganhou fôlego ao alcançar o empate técnico nas pesquisas.

    A se confirmar essa análise, constitui-se um impasse estratégico para a candidatura de Dilma. Por quê? Porque o eixo estratégico da candidatura Dilma está na transferência do prestígio de Lula. E o eixo estratégico da candidatura Serra está na aposta de que, num determinado momento da disputa Dilma precisará provar ao eleitor que tem luz própria para conduzir a nação sem a tutela de Lula.

    Cedo ou tarde chegará a hora de verdade para Dilma. Afinal, como pretenderia alguém comandar a nação se não tem capacidade de andar com as próprias pernas na eleição e assumir superioridade no contraste de imagens com seu principal adversário?

    Nos debates da reta final da eleição, a se confirmar a polarização Dilma versus Serra, e mesmo na comparação de Dilma com Marina Silva, ou a criatura de Lula rompe a dependência química com seu criador, ou sucumbirá ao contraste com seus adversários.

    Essa é a posta de Serra. Na tribuna dos debates na reta final do primeiro turno, e no segundo turno, Dilma não poderá levar Lula aos estúdios da TV Globo, sequer para assisti-la de corpo presente, sem reforçar a impressão de que, sem Lula ao seu lado, a candidata do PT é um zero à esquerda.

    Os estrategistas de Dilma, segundo informações que circulam na imprensa, avaliariam que é necessário que a petista abra uma diferença de dez pontos percentuais sobre Serra até o início do horário eleitoral gratuito, como forma de garantir condições de a criatura de Lula alçar vôo solo. No entanto, o espaço de crescimento de Dilma pela via da transferência de prestígio de Lula está se estreitando.

    Se, por um lado, os números indicam que ainda resta um contingente de eleitores que dizem que votarão em quem Lula indicar, e que não conhecem Dilma, por outro lado, é preciso considerar um dado qualitativo sobre esse contingente de eleitores.

    Ao que parece esse contingente se compõe de eleitores com baixo grau de instrução, renda e informação política, que talvez somente tome conhecimento da existência da candidatura Dilma depois de algumas semanas de propaganda eleitoral gratuita na mídia, quando as circunstâncias da disputa já serão outras. Observe-se que Dilma passou a ser atacada duramente pelo vice de Serra, com acusações de ateísmo e de vínculos do PT com as FARC e o narcotráfico, num contexto em o currículo de Dilma revela vínculos pregressos com os grupos terroristas Colina e Var-Plamares no tempo do regime militar.

    Esse é o impasse no qual se encontram os estrategistas do PT: Lula precisará se expor mais e mais para empurrar Dilma para cima nas pesquisas. No entanto, quanto mais Lula se expuser para empurrar sua criatura lomba acima nas pesquisas, mais reforçará a tese dos estrategistas de Serra: Dilma não decola sem Lula. Se Dilma vencer, quem irá governar: Dilma ou o PT dos radicais e do mensalão?

    Quando chegar a hora de verdade, será Serra versus Dilma. Quem tem melhores condições de conduzir o Brasil para o futuro?

    É Serra, apostam os estrategistas de Serra.

  3. Carlos
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 17:04 hs

    Não tenho duvida Dilma vence já no 1º turno.
    No Paraná não temos boas opções de voto para governador, mas para o senado Gleicy e Requião serão eleitos.

  4. Pitaco do Gerson
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 17:10 hs

    Credo!
    Imaginar que o eleitor paranaense vai desprezar a única arma que tem em mãos (o tíitulo de eleitor) e que pode ao menos, tentar dar um basta nas sandices destes políticos, que crêem convictos de que, se indicassem um golfinho para lhe suceder, a procissão de zumbis o seguiria fielmente, é até mesmo um insulto à inteligência humana.
    Lula até que tenta, indicando Dilma, uma pessoa que não tem nenhuma experiência política, nunca participou de um pleito eleitoral sequer, jamais foi votada nem para Vereadora, porque ele tem interesses nesta “continuidade”.
    Talvez queira assumir o lugar da Dilma no Conselho permanente da Petrobrás, que proporciona um salário mensal de cerca de R$ 80.000,00 sem sequer ter a necessidade de comparecer em qualquer reunião.
    Talvez também, queira “dar as ordens” pelos bastidores, segurando os “fios invisíveis” da marionete candidata e permitindo que o PT continue a dar as cartas no Governo Federal e que ele (Lula) continue a ser a chave mestra do partido.
    Além é claro, de que existe uma fila interminável de “colaboradores” e que eles precisam da ajuda das “autoridades” para se manterem vivos pelos salões do Planalto, Alvorada, Congresso Nacional e pelo país afora.
    Graças a Deus, Hugo Chávez, Evo Morales, Fidel Castro, Mahmoud Ahmadinejad, todos amiguinhos do nosso Presidente, estão bem longe, imagine um deles sendo indicado como sucessor presidencial.
    Pelo visto, para esta indicação não é necessário tirar atestado de antecedentes criminais.

  5. PAULO
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 17:11 hs

    CURITIBA SEMPRE FOI UMA CIDADE DE DIREITA!!
    É SÓ VER O HISTÓRICO DOS ÚLTIMOS 300 ANOS!!!!!!!!!

  6. WILSON ANTONIO
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 17:27 hs

    La vai uma boa noticia pra DILMA!!!

    Dilma, terá 46% a mais de exposição que seu adversário Serra (PSDB) nas inserções de propaganda eleitoral

    Vídeos e áudios de 30 segundos que são considerados os instrumentos mais efetivos de marketing político.

    E sabado o maior comicio dos ultimos 20 anos do LULA no Paraná.

    É LULA DE NOVO COM A DILMA, OSMAR E O POVO !!

  7. JOSMAR - CAMPO MOURÃO
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 17:33 hs

    Gente, uma coisa ta muito clara, com vox, com datafalha, com ibope sem ibope, uma coisa é certa, a vitoria de dilma ja ta liquidada e no primeiro turno, somente os demotucanos nao querem enchergar.Dima ta subindo em todos os estados e a campanha nem esquentou ainda.

  8. Zé Venancio
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 17:44 hs

    Creio que ainda não é a hora da direita voltar ao poder, seu Campana.
    Vivemos um período de 500 anos de trevas quase absolutas. Quando enxergamos a luz do sol, o pessoal do Beto limpinho já quer tapá-la de novo???
    A Dilma está longe de ser um Lula, ou um FHC, estadistas de verdade, sendo que o 1º tem o triplo do carisma do outro, além da capacidade de governar…
    Aqui, o Osmar atropelará o Beto pelo simples fato que este se aliou a gente expúria (Taniguchi???…)
    Assim, o Vox Populi só mostrou o que vem por aí. E olha que foi somente uma pequena amostra. A eleição não se decide mais no Jardim social, no Batel ou no Alto da XV. Ela se decide nos bairros pobres e no interior…

  9. Tuku Nare
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 17:51 hs

    ca entre nos, a Dilma e demais, como ele incomoda os Dragoes Insaciaveis dos cofres publicos que se apresentam como salvadores da patria, com a bençao da grande midia comprometida desse pais. POLITICOS QUE PENSAM QUE ISSO AQUI AINDA E UMA CAPITANIA HEREDITARIA.

  10. Maria Gorete Manoel
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 17:53 hs

    Não muda nadinha. Dilma será eleita com certeza!!!!

  11. quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 18:09 hs

    Ainda porque a “pesquisa” é da Vox/lula, imagina se fosse um Instituto sério.

    FORA Dilmá e Osmala

  12. Maria Gorete Manoel
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 18:09 hs

    Se a eleição para presidente fosse hoje, em qual destes candidatos você votaria?
    Dilma Rousseff (PT) 41%
    José Serra (PSDB) 33%
    Marina Silva (PV) 8%
    Eymael (PSDC) 1%
    Mário de Oliveira (PT do B) 0%
    Zé Maria (PSTU) 0%
    Rui Costa Pimenta (PCO) 0%
    Levy Fidelix (PRTB) 0%
    Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) –
    Ninguém/Branco/Nulo 4%
    NS/NR 13%
    TOTAL 100%
    BASE 3000
    * O candidato Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) não obteve nenhuma citação.

  13. anonimo
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 18:13 hs

    é jose serra e beto richa.

  14. POVO
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 18:27 hs

    AO LER OS COMENTÁRIOS ACIMA SO TENHO UMA CERTEZA: NÓS MERECEMOS O “DESGOVERNO” QUE TEMOS. Ô POVINHO… OU SÃO ANALFABETOS IGUAL AO LULA OU SÃO BURROS MESMO… GENTE, JORNAL FOI FEITO PRA LER…

  15. Elias Pereira
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 18:44 hs

    Bobagem pura
    A Dilma não aguenta meio debate. Esperem agosto chegar
    e a candidata petista vai ruir como um castelo de areia.
    Adios.

  16. RST
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 19:03 hs

    Mais uma ” má noticia” para a Dilma.

    O fim de Serra está próximo
    Em 45 dias, Dilma terá 72 inserções a mais que Serra na TV

  17. luizinho
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 19:32 hs

    O sonho de muitos em dormir em plumas de tucano, está indo(índio); para o buraco.

  18. CAÇADOR DE PETISTAS
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 19:33 hs

    Esta coisa, não é nada e nunca representou nada assim como Lula é Lula e dilma é Dilma. Ademais, Lula não é candidato e se a quadrilheira quer ser Presidente, tem que andar com as própiras pernas. Esta é a mais pura verdade. O resto é resto.
    Fora corja de COMUNISTAS
    José Serra nesta pelegada Petista já.

  19. CAÇADOR DE PETISTAS
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 19:39 hs

    Esta coisa, não é nada e nunca representou nada assim como Lula é Lula e dilma é Dilma. Ademais, Lula não é candidato e se a quadrilheira quer ser Presidente, tem que andar com as própiras pernas, caso contrário qualquer imbecil poderia ser Presidente. Esta é a mais pura verdade. O resto é resto.
    Fora corja de COMUNISTAS
    José Serra nesta pelegada Petista já.

  20. KKKK
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 20:12 hs

    CREDO.
    VOCÊS DEVEM TER PACTO COM O DEMO.
    XÔ CAPETAS…

  21. walter
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 20:42 hs

    é pura inveja do tucanato, numeros insignificantes neste momento

  22. Jacarezinho
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 21:00 hs

    O Wilson Antonio e a Maria Gorete devem ser felizes compradores de Fiat 147 em 72 vezes e até já tem celulares.

  23. Maria lima
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 21:32 hs

    Dilma é a presidente do país e Osmar o governador do estado com Requião e Gleisi no Senado.

    Não se engane, curitibano não é bobo!!

  24. quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 21:59 hs

    Os sonhos Petistas….

    São como aqueles que já cantanva o Poeta…

    São sonhos pra sonharmos juntos…

    Não são sonhos de poder pelo poder…

    São sonhos de um Brasil cada vez melhor para todos os brasileiros e brasileiras…

    E quanto ao PAC, Prouni, Minha Casa Minha Vida, geração de empregos, diminuição da miséria, Agricultura Familiar….

    Todos esses programas serão debatidos e explandos durante a propaganda eleitoral na televisão…

    Afinal de contas, temos muito orgulho de poder mostrar os sonhos que sonhamos juntos!!!!

    Saudações!!!

    Fábio Nogaroto!!!

  25. henrique
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 22:36 hs

    o cenário tá dificil,quase impossivel ,se a candidata não consegue nem no vox populi.ai a coisatá feia.

  26. Luiz Fernandez
    quinta-feira, 29 de julho de 2010 – 23:38 hs

    Lembro perfeitamente quando o Lula venceu as eleições passadas, estavo no centro de Londrina,clima totalmente fúnebre na cidade não houvi nenhum barulho de rojão…nada…nada…. Pelo que me consta aqui na região de Londrina o PT não se cria (Nedson contribuiu muito pra isso) e o Sr. osmar equipado com boné de MST também não deve ir muito longe não. Esta é minha particular observação.

  27. BAKUNIN COLORADO
    sexta-feira, 30 de julho de 2010 – 8:44 hs

    FEIA PRA QUEM TÁ COM SERRA.
    DILMA NO PRIMEIRO TURNO , POIS O BRASIL NÃO É SÓ O SUL E NEM O PARANÁ.
    LEMBRA-TE QUE O PARANÁ ELEGEU O COLLOR NOS DOIS TURNOS.
    AI SE VÊ NOSSA CULTURA COM É , TEM RAZÃO O BARROS A EDUCAÇÃO AQUI VAI DE MAL A PIOR SÓ QUE ELE SE ESQUECE QUE EDUCAÇÃO VEM DA CASA DOS PAIS E NÃO DOS PROFESSORES DA ESCOLA.

    TÁ LIGAAAADO.

  28. Bete Gouveia
    sexta-feira, 30 de julho de 2010 – 8:54 hs

    O Lula também não ia bem aqui e elegeu-se. Há que se considerar a diferença entre o que gostaríamos que acontecesse e o que de fato acontece. Há que se separar a razão da emoção. Política deveria ser uma opção racional e não um comportamento como torcida de futebol, que perde a capacidade crítica, fica cego pela paixão. A escolha deve ser objetiva, isenta, tentando achar o melhor caminho para todos. Infelizmente, neste país, pouca diferença faz Dilma ou Serra com a estrutura em volta deles. Com a Câmara, com o Senado, com a Justiça que temos, provavelemnte só mudará o nome. Sem uma ampla reforma, vai demorar muito tempo para sairmos do buraco.

  29. Bete Gouveia
    sexta-feira, 30 de julho de 2010 – 8:59 hs

    Em relação aos Institutos de Pesquisa, que eu particularmente julgo todos suspeitos, vocês repararam que as críticas só vêm do lado prejudicado? Na hora que eventualmente inverte passa a achar boa a pesquisa! Já falei, entrem na justiça e denunciem os abusos dos institutos ou, melhor, parem de contratá-los a peso de ouro. Os caras ganham na eleição dinheiro para passar 4 anos e induzem os eleitores a erro cobrando bastante por isso. Aqui no Brasil as pessoas tendem a votar no primeiro colocado, vai entender?????Mas falando francamente, pesquisa eleitoral no Brasil é caso de polícia. Já foram tantos os erros gritantes, inclusive nas bocas de urna, que já deveriam ter agido em relação ao assunto.

  30. Zé Venancio
    sexta-feira, 30 de julho de 2010 – 9:52 hs

    Melhor comprar fiat 147 em 1000 vezes, do que não ter salário para o financiamento e continuar vivendo abaixo da linha de pobreza, com era com o FHC e o alfinete de gravata Maciel…
    O POVO VAI GOVERNAR, entenderam gente? Direita entreguista, nunca mais! Que venham um dia ao poder, mas com coisa melhor do que o Serra “Senhor Burns”…

  31. Anderson
    sexta-feira, 30 de julho de 2010 – 9:54 hs

    Não votei no “CARA” e não vou votar na “COROA”!
    Fora Petezada, Fora MST, Fora FARC,.
    Queremos trabalhar, produzir e gerar riqueza, mas com o nosso esforço, sem esmolas, sem ditaduras, com honestidade e sobre tudo com gente do bem!
    Não dá mais para suportar estes enganadores da Pátria!

  32. Amanhã
    sexta-feira, 30 de julho de 2010 – 10:27 hs

    13 Homens é um Segredo

    Li um comentário ontem que me deixou numa adrenalina. ( 30 Mentiras do Lula
    29 de Julho de 2010 às 15:42
    o candiato a deputado estadual Chik Jeitoso vai entregar sabado as 30 mentira sdo lula, o nosso presidente, duvido que ele as responda, porque quem não é PT não é Povo, olha chik meu voto é seu, pela coragem de ser verdadeiro, ou vão respónder mentiras chik cuidado.

    Ai lendo as 30 Mentiras do Lula dita pelo chik jeitoso, resolvi pegar carona nas suas obrservações que são relevantes e realmente verdadeiras. Mandei o audio das 30 Mentiras do Lula para Gravar 13 mil cds piratas no nossos irmãos Paraguaios. Mandei fazer uma capa frente Lula e Dilma, verso toda turma, Ratinho Junior, Requião, Gleise, Osmar, Pessutti, Loures, outros.

    Amanhã bem no começo contratei 13 Mendigos que não foi dificil achar e com os CDS Piratas na bolsa vai começar destribuir na multidão que estara na Boca Maldita. Ai quando a Dilma começar a falar o CD misteriosamente vai comçar a tocar, com estas 30 perguntas, a Dilma olhará para Lula vermelha, Lula olhará para Dilma vermelho, Requião culpára a Imprensa, Gleise vermelha, Pessuti começa a cantar, e Ratinho tira pedaço de queijo do bolso, Osmar coloca mão na Cabrça e diz Meu Deus o que eu estou fazendo aqui.

    Tudo na voz de um imitador da voz roca do nosso Presidente Lula, com as musiquinhas do PT é claro.

    Eu estarei vendo tudo de camarote, porque estarei no palanque, é claro acalmando todo mundo, traição, não, aprendi com alguém a mentir, faço parte da equipe. Me infriltei.

    OBS. Não é permitido copia de pirata.
    Creditos ao candidato Deputado Estadual chik jeitoso, que foi bravo e muito oportuna suas observações, uma vez que a OAB pergunta que Paraná queremos, A RPCTV Gazeta do Povocom campanha VOTO CONSCIENTE, e o FICHA LIMPA, então nada se cria tudo se copia.

    Amanhã não percam.

  33. Tuku Nare
    sexta-feira, 30 de julho de 2010 – 10:31 hs

    k BOM o imbecil desnaturado do caçador depetista voltou, fico feliz com isso,
    pois ele so ajuda, toda vez que ele tenta defamara Dilma, ela cresse, essa Mulher incomoda muito babaca.

  34. 1989 - 2010 TUDO A VER
    sexta-feira, 30 de julho de 2010 – 13:01 hs

    EM 1989 LULA SAIU COM 3% E FOI PRO SEGUNDO TURNO COM ELLE COLLOR
    AI GRAÇAS AO VOTO DO PARANÁ ELLE COLLOR SE ELEGEU.
    E A DAMA DE PAPEL DONA ZELIA CARDOSO TUDO A VER COM FHC NÃO.
    PAPOU O TEU CZ$ 50.000,00 DA POUPANÇA.
    POVO SEM HISTORIA NÃO VIVE.
    TÁ SE LIGANDO.

  35. salete cesconeto de arruda
    sexta-feira, 30 de julho de 2010 – 13:10 hs

    É DILMA E ATÉ O PAPA JÁ SABE QUE SE NÃO TIVER MULHER NO MEIO DOS MACHISTAS – MACHISTAS MATAM MULHERES, CRIANÇAS E HOMENS QUE ESTÃO AO LADO DAS MULHERES.

    LULA E O PT TIVERAM A INTUIÇÃO DE PERCEBER QUE É TEMPO DE MULHER.

    SERRA ACHA QUE É TEMPO DE INDIO MERENDINHA – MENTIRINHA.

    CACIQUE TRO LÓ LÓ é PIOR QUE O PRINCIPE NHÉM NHÉM NHÉM – QUE VIROU SAPO.

    Vero?

    BOM FINAL DE SEMANA FABÍO!

    DILMAISSSSSSSS

    TEMPLO DE ESTRELA QUE NÃO FOGE DA LUTA.

    Afinal: O que fazia o Serra no seu TEMPO DE GUERRILHEIRO?

    O POVO QUER SABER?

    E onde ele deixou o pai quando VIAJOU?

    Os DITADORES perseguiam também os familiares dos que lutavam de fato contra eles.

    AQUI NA ITÁLIA ESTAMOS TODOS ATENTOS AO QUE FAZ O BERLUSCONI.

  36. dalton gonçalves
    sexta-feira, 30 de julho de 2010 – 14:34 hs

    27/07/2010 11:03:40

    Marcos Coimbra
    Para a opinião pública, o programa só tem um pai: Lula. Sem ele, seria local, menor, destinado
    a grupos muito especiais. Não teria se transformado no que é hoje. Serra não pode ficar longe
    do programa, mas há coisas contra as quais é impossível lutar

    Diz a sabedoria popular que filho feio não tem pai. Que ninguém assume a paternidade de algo de que as pessoas não gostam, seja lá por qual motivo for.
    Da expressão se deduz o inverso, que todos querem ser pais dos filhos bonitos. Não há quem não pose de responsável por eles.

    O Bolsa Família é um programa federal de que uma vasta maioria da população gosta. Na verdade, adora.

    Ainda no ano passado, longe, portanto, do cenário de disputa eleitoral, o Vox Populi fez várias pesquisas sobre a sua imagem. Os resultados foram parecidos aos de outros institutos, em trabalhos feitos na mesma época.

    Em novembro, 67% dos entrevistados no conjunto do País o avaliaram como “ótimo” ou “bom”, 25% disseram que era “regular” e apenas 8% consideram que era “ruim” ou “péssimo”.
    Por isso, não foram surpreendentes as respostas sobre o que esperavam (desejavam) que o próximo presidente fizesse: 70% dos entrevistados gostariam que fosse mantido integralmente ou que “continuassem muitas coisas e mudassem algumas” na sua operação. Os que achavam que devia ser mudado em profundidade representavam 8% do total (provavelmente os mesmos que o reprovavam).

    Como devem se comportar os candidatos em relação a um programa assim, com uma avaliação tão favorável? O que devem fazer e dizer, incluindo aqueles que discordam dele e que, no íntimo, gostariam de interrompê-lo (ou de alterá-lo tão drasticamente que ninguém mais o reconheceria)?

    O bê a bá dos marqueteiros tem uma recomendação clara em situações semelhantes: chegar-se perto do programa, mostrar-se seu defensor, garantir que seria mantido e “melhorado” se vencesse. Mas o ideal seria reivindicar sua paternidade. Convencer as pessoas de que aquilo de que elas gostam é obra sua. Haveria garantia maior de continuidade que a palavra do pai verdadeiro?

    O PSDB tem, com o Bolsa Família, uma relação cheia de tensões e ambiguidades. No fundo, seus principais intelectuais sempre tiveram dúvidas sobre iniciativas como esta. Certos ou errados, achavam que era um tipo de programa que precisava existir, em situações bem específicas de extrema pobreza e completa incapacidade, mas que, por isso mesmo, deveria ser limitado e altamente focalizado.

    Não é acaso que a administração tucana que é hoje apresentada como matriz do Bolsa Família fosse municipal. Teria sido em 1994, em Campinas, quando José Roberto Magalhães Teixeira era prefeito, que o programa nasceu. Sem discutir se os que mais direito têm de pleitear o título de seus inspiradores são Cristovam Buarque (na época em que era o governador petista do Distrito Federal) ou Antonio Palocci (quando prefeito de Ribeirão Preto), o interessante é que não foi um governador ou, muito menos, Fernando Henrique, seu inventor na historiografia do PSDB.

    Na verdade, a questão não é de arqueologia. Se foi fulano ou beltrano quem, pela primeira vez, imaginou que algo assim era necessário. Para a opinião pública brasileira, o programa só tem um pai: Lula. Sem ele, seria local, menor, destinado a grupos muito especiais da população. Nunca teria se transformado no que é hoje.

    Para Serra, o delicado, ao falar do Bolsa Família e avocar sua paternidade, é lidar com seus eleitores mais genuínos. Não é só o PSDB que tem dificuldades com o programa, mas os segmentos de opinião que mais perto estão dele. O eleitor tucano costuma ter ojeriza a ele, tendendo a vê-lo como o instrumento pelo qual seu desafeto (Lula) chegou onde está. São os que acreditam que os pobres só gostam do presidente por que foram comprados com uns tostõezinhos por mês.

    Serra não pode ficar longe do programa, ainda que isso contrarie algumas de suas convicções e incomode seus seguidores fiéis. Mas há coisas contra as quais é impossível lutar. Por mais que tente, o Bolsa Família continuará umbilicalmente ligado a Lula.

    (Foto: Ricardo Stuckert)

    :: DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO

    Marcos Coimbra

    Vox Populi

  37. Maria Gorete Manoel
    sexta-feira, 30 de julho de 2010 – 15:03 hs

    Não tenho um Fiat 147, mas tenho um ótimo automóvel, sou trabalhadora e me orgulho em dizer que hoje somos um país que saiu da decadência dos desmandos da tucanalha, e estamos libertos desta política de espertalhões que em nada se compara com a atualconjutura política que temos hoje no Brasil, embora não haja comparações ainda assim vamos a algumas:

    Nos tempos de FHC, o Risco Brasil estava em 2.700 pontos. Nos tempos de Lula, 200 pontos.

    O salário mínimo quando Lula assumiu a Presidência da República, em 2003, estava em 64 dólares. Agora, está entre 290 e 300 dólares. (Por isso podemos comprar nossos carrinhos e nossos celularezinhos)

    O dólar que valia R$ 3, agora vale R$ 1,78. FHC não pagou a dívida com o FMI. Lula pagou-a em dólar.

    A indústria naval, tão importante para o desenvolvimento do País, FHC não mexeu. Lula reconstruiu.

    FHC não construiu nenhuma nova universidade. Lula construiu dez novas universidades federais. Quanto às extensões universitárias, no governo do tucanato não houve nenhuma. No governo Lula foram 45.

    As escolas técnicas foram esquecidas na era FHC. Ele não construiu uma sequer. Lula construiu 214.

    No campo da economia, as reservas cambiais no governo FHC foram 185 bilhões de dólares negativos. No governo Lula, 239 bilhões de dólares positivos.

    O crédito para o povo/PIB no governo tucano foi de apenas 14%. No governo Lula, com as políticas anticíclicas, alcançou 34%.

    Em relação à infraestrutura, FHC não construiu nenhuma estrada de ferro. Pelo contrário, as privatizou. No governo Lula, três estão em andamento.

    Quando Lula assumiu o governo, 90% das estradas rodoviárias estavam danificadas. Agora, 70% estão recuperadas.

    No campo da indústria automobilística, na era FHC, 20% em baixa. Na era Lula, 30% em alta.

    Nos oito anos em que FHC presidiu o País, houve quatro crises internacionais, que arrasaram o Brasil. Na era Lula, foi enfrentada uma grande crise, que o Brasil superou em razão das reservas acumuladas e das políticas anticíclicas empreendidas pelo governo.

    O cambio no governo FH era fixo, e estourou o Tesouro Nacional. No governo Lula é flutuante, com ligeiras intervenções do Banco Central.

    A taxa de juros Selic atingiu na era FHC incríveis 27%. No governo Lula chegou ao seu menor percentual desde quando foi criada, em 1983, 8,5%.

    A mobilidade social no governo tucano foi de apenas 2 milhões de pessoas. No governo Lula, 23 milhões de pessoas saíram da linha de pobreza.

    FHC criou apenas 780 mil empregos em oito anos. Lula criou 12 milhões.

    O governo tucano nada investiu em infraestrutura. Com o PAC Lula pretende investir R$ 504 bilhões até 2010.

    Por fim, no mercado internacional, o Brasil, no governo FHC não teve crédito. No governo Lula, o País foi reconhecido como investimento grande pelas três maiores agências de classificação de risco internacionais. Ou seja, deixamos de ser um país em que o capital externo só entrava para especular para ser um país de investimentos.

    Estas são as comparações que os tucanos querem evitar a todo custo na peleja de 2010.

    Mais alguma coisa Jacarezinho????

  38. vera
    sexta-feira, 30 de julho de 2010 – 16:04 hs

    Outra vez a turma do collor , sarner , Renan, mensalão , dinheiro na cueca , durma com barulho desse , brasileiros não merecem isso.

  39. henrique
    sexta-feira, 30 de julho de 2010 – 16:22 hs

    A MADRASTA DO BRASIL SÓ GANHA NA PESQUISA DO PETRALHAS VOX,EM NATAL RN A CANDIDATA JACTOU-SE COMO SENDO A MÃE DOS BRASILEIROS.ELLA TÁ MAIS PARA MÃE DE JUIZ DE FUTEBOL.

  40. Alexandre Z
    sexta-feira, 30 de julho de 2010 – 16:53 hs

    SAAAAAAI COISA FEIA !!!!!! ETA MULHER COM CARA DE

    RUIM .JÁ ESTOU COM SAUDADES DA ‘RELACHA E GOZA’

    SUPLICY. ESTA TEM CARA DE SINDICA , DAQUELAS BEM

    CHATAS. BOSSAL, ARROGANTE , PREPOTENTE ENTRE

    OUTROS ADJETIVOS. JÁ ESTOU ATÉ ACHANDO O SERRA

    SIMPÁTICO.CRUZ CREDO.VOU VOTAR NO CATADOR DE

    LATINHA PARA DEPUTADO ESTADUAL, ESTE TRABALHA DE

    VERDADE .

  41. Barba Grevetti
    sexta-feira, 30 de julho de 2010 – 17:08 hs

    O PT vai continuar dominando o país!!! Pena que em Curitiba o partido é fraco, senão eu ja seria o presidente da URBS.

  42. sábado, 14 de agosto de 2010 – 11:57 hs

    Sem experiência política não dá. Dá tremedeira e tudo soa muito falso. Viver à sombra de outra pessoa é estar condenado ao próprio fracasso. A presidência da república não é uma aventura, é o destino de todos os brasileiros. Quem governou um estado como São Paulo e participou de grandes programas sociais merece o crédito de todos os brasileiros. São Paulo pode ser comparado a muitos paises da europa e daria tremedeira em muitos aloprados. Experiência é tudo!

  43. SANDRA PINCK
    domingo, 15 de agosto de 2010 – 18:35 hs

    AI PELO AMOR DE DEUS VAMOS TIRAR O PT DAS NOSSAS VIDAS POR FAVOR

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*