Pessuti bate o pé e mantém a candidatura | Fábio Campana

Pessuti bate o pé e mantém a candidatura

Deputados do PMDB fizeram mais um esforço para tentar convencer o governador Orlando Pessuti a desistir de sua candidatura ao governo para oferecê-la como moeda de troca ao senador Osmar Dias, do PDT, que na compreensão desesperada de Requião, familiares, agregados e dos próprios deputados, é a salvação da lavoura da tigrada peemedebista.

Mas Pessuti não afrouxa. Não se sensibiliza com pesquisas de opinião que o dão como candidato derrotado. Não confia nos institutos contratados pelos deputados e escolhidos por Requião. Lembra que esses mesmos institutos erraram feio em 2006.

A pendenga interna vai desaguar na convenção, com fortes possibilidades de confronto entre a caterva de Requião e a moçada de Pessuti, que nada perde em levar sua candidatura até lá para deixar que o partido decida o que ele deve fazer.


4 comentários

  1. CLOVIS PENA -
    quarta-feira, 16 de junho de 2010 – 6:28 hs

    Pessuti, os interlocutores e nós sabemos que os critérios de gestão no governo do Paraná poderão ser redefinidos de forma ampla, imediatamente após a convenção.
    Vamos ver.

  2. marcos
    quarta-feira, 16 de junho de 2010 – 6:43 hs

    Vá em frente Governador. esqueça estes “ácaros humanos’ que tanto envergonharam e atrasaram o nosso Estado.

  3. Anônimo
    quarta-feira, 16 de junho de 2010 – 9:06 hs

    Espero que ele bata o pé também para o projeto ridículo do Romanelli, que pretende enfiar dinheiro público (COPEL), nos cofres do CAP!!!

  4. Interessante
    quarta-feira, 16 de junho de 2010 – 15:22 hs

    Se a maçonaria apoia então vamos que vamos.

    Ele ainda vai ser a última esperança do PT no Paraná, snif snif.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*