Pessuti anuncia criação de comandos militares | Fábio Campana

Pessuti anuncia criação de comandos militares

Do Jornal de Londrina

Anúncio foi feito nesta quinta, durante a Escola de Governo. Proposta precisa de aprovação da Assembleia. Ele anunciou ainda o aumento do efetivo policial de Londrina

O governador Orlando Pessuti (PMDB) anunciou, na manhã desta quinta-feira (10) durante a Escola de Governo, realizada em Londrina, a criação de comandos militares no interior do estado. Ele afirmou ainda que Londrina será a sede do futuro Comando da Região Norte.

O projeto, que será encaminhado na próxima semana e depende da aprovação da Assembleia Legislativa, seria instalado primeiramente no município do Norte. A responsabilidade da implantação dos comandos será do coronel Rubens Guimarães, ex-comandante da Companhia da Polícia Rodoviária Estadual e ex-comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar de Londrina.

Em clima de campanha eleitoral, o governador anunciou ainda o aumento do efetivo policial para Londrina. Serão 100 novos soldados para atender as necessidades da região.

Pessuti também informou que mandará para a AL a proposta de criação de novos grupamentos, companhias e para a transformação da Companhia de Choque em um Batalhão de Operações Especiais. “Teremos o nosso Bope”, declarou o governador em referência ao grupo de elite da polícia do Rio de Janeiro.

Obras rodoviárias

O governador também anunciou a realização de obras de infraestrutura rodoviária em Londrina. Entre o “pacote de bondades”, estão a assinatura da ordem para abertura de licitação para a construção de uma trincheira na PR-445, no Conjunto Jamile Dequech, zona sul, que deve ser iniciar em até 90 dias; e o início de estudos para a construção de outra trincheira, na mesma rodovia, dando acesso ao Jardim Botânico.

Pessuti falou ainda de algumas intenções do governo para a melhoria das estradas da região. De acordo com ele, as propostas não são para seis meses, mas para “quatro anos e seis meses”, como o início de estudos para a PR-445 de Mauá da Serra a Londrina, chegando a Bela Vista do Paraíso; e a construção de uma segunda ponte sobre o Rio Tibagi, esta ligando a região de Assaí a Londrina.

O governador permanece em Londrina até a sexta-feira (11). Na agenda, encontros com prefeitos da região e entidades, além de dezenas de encontros políticos.


12 comentários

  1. Policial Civil
    quinta-feira, 10 de junho de 2010 – 17:38 hs

    Começou o que alguns setores da Polícia Civil mais temiam. O Privilegiamento da Polícia Militar pelo Secretário Militar. Nestes oito meses veremos tudo para Polícia Militar e nada para a Polícia Civil. Como os dirigentes classistas da Polícia Civil estão bem atendidos em cargos dentro do órgão, nada falarão. Ou as bases reagem, ou vão ver que até o final da gestão do Coronel a PC encolherá como nunca dantes.

  2. quinta-feira, 10 de junho de 2010 – 18:07 hs

    MAS E OS DELEGADOS CONCURSADOS????? CADE~…..TEM DELEGADO CUIDANDO DE TRES Á QUATRO MUNICIPIOS ÉO FIM DA PICADA…………………………………………………..

  3. Lelo
    quinta-feira, 10 de junho de 2010 – 18:29 hs

    O Gafanhotão vai mandar o pedido para os amigos gafanhotos da Assembléia!

  4. CLOVIS PENA -
    quinta-feira, 10 de junho de 2010 – 19:27 hs

    Convicto da prioridade com que merece ser atendido o setor da segurança pública dentro do governo, lembro alguns aspectos:

    Todas as soluções apontadas exigem novos cargos, novos salários, novo efetivo, nova logística etc. Para tudo isto há um pressuposto condicionante: orçamento.
    Cadê ?

    Até hoje não se tem conhecimento da tal complementação salarial a pretexto da copa.

    E o mínimo dos policiais civis igual ao mínimo do nível superior do quadro geral do Estado (algo em torno de 4 mil) , será que está implantado ?

    Vamos ver.

  5. lucianomga
    quinta-feira, 10 de junho de 2010 – 19:58 hs

    reestruturação esperada, avante policia militar

  6. Paulo Brito
    quinta-feira, 10 de junho de 2010 – 20:36 hs

    Sem ofensas, nas cidades aonde não delegados ou sequer um PC quem cuida da apopulação?????

    Estes projetos estavam prontos há muito tempo…..ninguem saira perdendo, ate porque na parte salarial a PC sempre esteve na frente da PM e não vai ser agora que isto vai mudar.

    Deveria a PC estar brigando pela contratação de delegados e de agentes paar as cidadades fora de comarcas, aonde a popuilação só conhece a PM. Isso sim evita problemas e traz mais tranquilidade para todos.

    Quantos delegados já foram secretários????

  7. Joanete Perna-Curta
    quinta-feira, 10 de junho de 2010 – 20:43 hs

    Tudo condicionado a arrecadação do Estado. Mais uma mentirinha eleitoreira. Da mesma forma que o aumento para os policiais e a contratação de novos soldados. Condicäo é o crescimento da arrecadaçäo. Sabemos todos que não acontecerá. É só busca por votos! Demagogia pura. Ao mesmo tempo promessas de recape asfáltico, ajudas aos municípios, favores aos deputados. De onde virá o dinheiro para tudo isto????

  8. Pessutudinha
    sexta-feira, 11 de junho de 2010 – 0:39 hs

    Esses aconchavos e com aprovação desse projeto pra
    PM vai ser estelas prá todo lado, nunca foi tão fácil assim.
    E a Polícia Civil …

  9. Coerente
    sexta-feira, 11 de junho de 2010 – 2:37 hs

    Tem que criar vaga de quem trabalha de verdade mesmo (PM)!

  10. Aguave
    sexta-feira, 11 de junho de 2010 – 8:27 hs

    Começou assim:
    Comando Vermelho;
    Comando Militar;
    Comando das Farc….

  11. PMPR
    sexta-feira, 11 de junho de 2010 – 9:46 hs

    Acho engracado o comentario do Sr. Pedro Girardi, dizendo que tem delegado cuidando de tres a quatro municipios.
    Comando uma companhia com 14 municipios e nao reclamo, agora da uma olhadinha no salario de delegado e no meu………

  12. Justiça seja feita
    sexta-feira, 18 de junho de 2010 – 11:11 hs

    Ótima iniciativa, finalmente teremos perpectivas sérias de carreira, …, Parabéns Orlando Pessutti, se continuar a administrar o Estado com esta competência, ouvindo, e precisamente identificando e corrigundo os cargalos da Segurança Pública no Paraná, terá o nosso (PMPR), total e irrestrito apoio. A Polícia Civil, também deve melhorar e muito em toda a sua base estrutural.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*