Lula faz de Dilma sua genérica: 'Eu mudei de nome' | Fábio Campana

Lula faz de Dilma sua genérica: ‘Eu mudei de nome’


Do Josias de Souza

José Serra jacta-se de ter popularizado, como ministro da Saúde de FHC, os medicamentos genéricos. Pois bem, condutor de sua própria sucessão, Lula impõe a Serra um genérico de si mesmo. Reforçou a tática neste domingo (13).

Ao discursar na convenção nacional do PT, Lula recordou que não poderá disputar a eleição presidencial. “Vai haver um vazio naquela cédula”, disse, em timbre emocional. “Para que o vazio seja preenchido, eu mudei de nome e vou colocar a Dilma lá”.

Hiper-popular, o ‘cabo eleitoral’ não poderia ter soado mais explícito: em 2010, Lula se chama Dilma, Rousseff virou Silva.

Estrela de um encontro em que a candidata deveria brilhar sozinha, Lula cuidou de associar a oposição à baixaria e à falta de discurso:

“Esperamos que os nossos adversários estejam dispostos a fazer uma campanha para discutir programa e não façam jogo rasteiro para discutir dossiê todo dia”.

Enveredou por um faz-de-conta que ignora os fatos. A usina de dossiês foi reaberta nos porões do comitê de sua candidata.

Como que decidido a desconversar, Lula dirigiu a Dilma e ao vice dela, o pemedebê Michel Temer, um pedido de calma:

“O bicho vai pegar. A tranquilidade de vocês é o que vai garantir que a gente ganhe as eleições”.

Em resposta a Serra, que na véspera pespegara em sua pupila a pecha de “paraquedista”, Lula realçou a passagem de Dilma pelo governo.

Disse que sua ex-ministra, cristã nova no PT e noviça em urnas, acumulou “conhecimento e experiência”. Afirmou que ela sabe selecionar mão-de-obra:

“A companheira sabe montar equipe, e o milagre da governança é você saber montar a equipe”.

No mais, Lula envernizou a gestão que, segundo diz, Dilma vai continuar. Entre 2003 e 2010, “14 milhões de empregos”…

…Mais universidades, mais escolas técnicas, nova classe média, economia estável e PIB em alta. “Este país mudou”, disse.

Por último, um recado à militância: “Humildade”. Nada de “já ganhou”. Atenção máxima: “Não existe eleição fácil”.

Alheia aos ataques do Serra da véspera, Dilma pronunciou um discurso assentado em dois pilares: o programa e o apelo ao voto feminino.

Coube à periferia petista rebater Serra. Ele “saiu do armário”, disse o ministro Alexandre Padilha (Articulação Política). Revelou-se, afinal, o “anti-Lula”.

“Vejo uma frase do candidato da oposição que diz ‘comigo o povo brasileiro não terá surpresas’”, ecoou o presidente do PT, José Eduardo Dutra.

“É verdade, o povo brasileiro não teria surpresa porque já conhece o fracasso do governo que ele participou”, completou Dutra, grudando FHC em Serra.

E Dilma: “Chegou a hora de uma mulher comandar o país”. Não uma Marina Silva qualquer.

“Uma mulher que vai continuar o Brasil de Lula, mas que vai governar com a alma e coração de uma mulher”.

Como Lula, ela ignorou a reedição abortada da ‘alopragem’ de 2006. “Nessa campanha, vamos debater em alto nível, confrontar projetos e programas…”

“…Vamos mostrar que somos diferentes dos outros candidatos. Mas, depois de eleitos, governaremos para todos os brasileiros, sem exceção”.

O apelo ao voto feminino é inspirado nas pesquisas. Empatada com Serra em 37% na média geral, Dilma perde para o rival entre as mulheres.

De resto, para assegurar a super-dosagem de Lula, a convenção foi embalada ao som de um jingle que gruda o cabo eleitoral à candidata.

Num trecho: “Lula tá com ela/Eu também to/Veja como o Brasil já mudou/Mas a gente quer mais/Quer mais e melhor/É com a Dilma que eu vou”.

Noutro: “Lula tá com ela/Eu também to/Veja como o Brasil já mudou/Mas a gente quer mais/Quer mais e melhor/É com a Dilma que eu vou”.

É improvável que Serra faça do ataque a Lula a prioridade de sua campanha. Deve concentrar-se em Dilma.

Na convenção deste domingo, Lula serviu o antídoto: “Eu mudei de nome”. É como se dissesse: Bateu nela, bateu em mim.


17 comentários

  1. Louise
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 7:20 hs

    Isso só vai fazer a turma da abstenção ( + de 30% na última eleição) mudar de idéia e ir votar no Serra.
    Continua nessa Lula!!! Vai fundo….

  2. Voto laranja
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 7:23 hs

    Lula está instituindo o voto laranja, pois ficou bem claro o papel da Dilma nesta eleição. Só uma figura decorativa. Uma figura vermelha no passado, laranja no presente. Por isto as mulheres inteligentes não votam em Dilma. Porque mulher conhece alma de mulher. Principalmente alma terrorista, pois esta nem plastificação resolve.

  3. trabaiadô
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 7:51 hs

    OS NEOCORRUptOS..
    REPAREM NA CARA VERMELHA E INCHADA DE CACHAÇA DO BUFFÃO..

    RETRATO DANTESCO…IGUALZINHO AO DITADOR CHAVES.

    DEUS NÃO VAI PERMITIR ISSO.

    SERRA P/ PRESIDENTE

    BETO GOVERNADOR

  4. VLemainski-Cascavel-PR
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 8:29 hs

    Discurso vazio e sem propostas…
    Dilma cristã? Quanto irão investir em infraestrutura, somente os 14 bilhões? Por que não falaram dos 150 bilhões de juros que pagarão aos banqueiros?
    E a república sindical e das ONGs como vai? Continuará sem prestação de contas?

  5. Paulo Martins
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 8:38 hs

    Lula reconheceu que Dilma não existe. É apenas um avatar seu.

  6. CAÇADOR DE PETISTAS
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 9:17 hs

    O VERMELHO, SÍMBOLO DO COMUNISMO.

    O Brasil vive um clima de Venezuela e Bolívia.

    Nunca neste pais um “Predsidente”, foi tão duramente criticado pelos intelectuais.

    Também, nunca foi tão aplaudido pelos ignorantes como agora..

    Este sdois imbecis, vão levar um pau tãio grande neste eleição que jamais esquecerão.

    Fora demônios Petistas
    José Serra nesta corja de COMUNISTAS.

  7. Parreiras Rodrigues
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 9:41 hs

    De repente, impulsionado pela sua digo questionável popularidade, o presidente apresenta a desconhecida ou tristemente conhecida Dilma Rousseff com candidata à sua sucessão. E faz isso, quase que inexplicavelmente, pois o nome dela foi sacado entre meia dúzia de exponenciais do Petê. Alguma razão deve ter para tanto entusiasmo. Se quer repetir Peron e Evita, deveria evitar La Roussef. Desculpem a infâmia desse tracadalho do carrilho, mas não resisti. Mas insisto: Que razão? Outro considerando: Esse negócio de querer empurrar candidaturas goela abaixo, tem provocado muitas surpresas. Aqui no Paraná tivemos Saul Raiz. Lá em Terra Rica, dr. Mário não conseguiu emplacar o bom Fabio Karam e na minha Santa Isabel do Ivai, o finado prefeito Adãozinho dançou com Loriano Bogdan, mesmo apoiado por ampla frente da qual faziam parte desde o governador Álvaro Dias, passando pelo então ministro Borges da Silveira, uma penca de deputados, secretários e ex-prefeitos.

  8. Jaferrer
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 9:44 hs

    O PT é uma vergonha. Um partido robusto que não têm quadros. Se não é o Lula afirmar que mudou de sexo e identidade, pois agora é Dilma, essa medíocre não teria nem traço nas pesquisas. Seria interessante ver quantos votos ela teria se concorresse por outro partido, o PDT, seu eterno partido, por exemplo.

  9. Alberto
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 9:55 hs

    O psdb tem excelentes quadros, porém, o melhor mesmo é o antigo vice, o Arruda. Aquele jingle “compre um careca e leve dois” certamente estaria na cabeça dos brasileiros e a eleição já estaria no papo.

  10. HENRY
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 11:30 hs

    CONFIRMADO QUE A CANDIDATA DO pt (partido do trambique) É HOMEM…

  11. Flávio Barros
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 11:54 hs

    É! Genérica de laboratório americano. Bem a-propósito, diga-se de passagem.
    FORA IMPRERIALISMO YANKEE! Gritarão os tucanos.

  12. Sincero
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 12:51 hs

    Não duvidem que se a Dilma se eleger presidente o Lula vire “primeiro damo”.

  13. OSSOBUCO
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 13:48 hs

    O mentiroso Serra diz que ele é o pai dos genéricos, nada a estranhar o Serra só mente mesmo:

    “Serra, pai dos genéricos? PSDB, criador dos genéricos? Assumir como deles é um embuste! Se fizerem isso de novo, eu denuncio”, havia prometido em 14 de junho de 2009 o verdadeiro pai dos genéricos, o médico Jamil Haddad, 83 anos, ex-deputado federal, ex-prefeito do Rio Janeiro e ministro da Saúde de outubro de 1992 a agosto de1993, no governo Itamar Franco. “Em política, a traição é uma norma. Só não se sabe a data.”

    Serra e o PSDB reincidiram. Jamil, presidente de honra do Partido Socialista Brasileiro (PSB), cumpriu a palavra.

    “Já tentei denunciar isso várias vezes na grande imprensa, mas ela faz vista grossa”, revela a esta repórter. “É só pegar o decreto 793 de 5 abril de 1993 para descobrir a verdade. Eu baixei-o junto com o presidente Itamar, criando os medicamentos genéricos no Brasil”.

  14. OSSOBUCO
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 13:49 hs

    O que dizer dos quadros do PSDB? Serra não consegue nem vice! ahahahah

  15. ERNESTO
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 14:01 hs

    SE COLOCAR UMA BARBA NESSA MULHER FICA IGUALZINHA AO LULA!
    MAS ELA NÃO É IGUAL EM TUDO NÃO, TEM MUITAS COISAS EM QUE É DIFERENTE.
    NA ARROGÂNCIA, POR EXEMPLO, ESSA MULHER CHEGA A SER NOJENTA DE TÃO ARROGANTE.
    E NÃO FALO ISSO SEM SABER O QUE ESTOU FALANADO ,SÃO RELATOS DE PESSOAS QUE POR VÁRIAS VEZES ESTIVERAM EM CONTATO COM A TAL CANDIDATA GUERRILHEIRA!

  16. PATO BRANCO
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 14:25 hs

    FORA GUERRILHEIRA, FORA QUADRILHA,,ME DESCULPEM OS PETISTAS DE BEM QUE SAO MUITOS,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

    PRECISAMOS UM POUCO DE SERIEDADE SENAO DAQUI UNS DIAS TEREMOS PROBLEMAS PARA EDUCAR NOSSOS FILHOS, PARA UM PAIS CONTINUAR INDO PARA FRENDE E TENTAR DEVOLVER UM POUCO DE SERIEDADE, SERRA PRESIDENTE

  17. antonio carlos
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 19:44 hs

    Realmente o Ernani Buchmann tem razão, a candidata petista pôs tanto botox na testa, que não faz ruga nem quando ri. AH AH AH Imagine se ela for presidenta, vai fazer cirurgia plástica todo mês. Vai fazer a felicidade do 90210, o famoso dr. Ray. ACarlos

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*