Ducci destaca ações da Prefeitura no combate à fome e pobreza | Fábio Campana

Ducci destaca ações da Prefeitura no combate à fome e pobreza

O prefeito Luciano Ducci participou nesta quinta-feira (10), no Cietep, do seminário estadual de divulgação do quarto Relatório Nacional de Acompanhamento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

Ele citou ações de Curitiba para o alcance dos ODM – metas da ONU e 189 países para eliminar a fome e a pobreza até 2015. Segundo o relatório, o Paraná é o estado com melhor desempenho no mundo no alcance dos objetivos.

“A expectativa é que o Estado atinja todos os objetivos até o fim de 2010, antes do prazo proposto. Curitiba influencia bastante nesses indicadores e faremos nossa parte para o alcance dos objetivos, mobilizando a administração pública e a sociedade civil”, disse Luciano Ducci.

Para o secretário Nacional de Estudos e Pesquisas Político-Institucionais do governo federal, Wagner Caetano, os indicadores de Curitiba ajudarão no desempenho do Brasil na conquista dos objetivos. ?É uma grande contribuição para fazer com que, em 2015, o Brasil possa erguer o troféu pela melhoria de vida de seu povo e da dignidade humana?, disse Caetano.

Das metas avaliadas, o Paraná precisa concentrar esforços para a redução da mortalidade materna. Em Curitiba, porém, esse já é um objetivo superado. O programa Mãe Curitibana, lançado em 1999, contribuiu para reverter os números.

“No ano passado, foram 16 óbitos para cada 100 mil mulheres, um indicador positivo e equiparado aos dos países desenvolvidos”, disse Luciano Ducci. “Por esse desempenho na saúde da mulher e das crianças, Curitiba já ganhou prêmios e serve de modelo para outras cidades”.

Um dos reconhecimentos conquistados pelo Mãe Curitibana foi justamente o Prêmio ODM Brasil, criado pelo Governo Federal em 2004 para incentivar ações dos governos municipais e da sociedade civil.

Mais de 3.500 projetos foram inscritos nas três edições do prêmio. No início deste ano, a capital paranaense novamente foi destaque, com a Rede de Bibliotecas Escolares, que também conquistou o troféu.

ODM – O quarto Relatório Nacional de Acompanhamento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio mostra que o Paraná já cumpriu as seguintes tarefas: reduzir pela metade o número da população abaixo da linha da pobreza; reduzir pela metade o número da população que sofre de fome; eliminar disparidade de gênero no ensino; deter e reverter a propagação da Aids; deter e reverter a propagação de outras doenças; e reduzir pela metade o número da população com acesso à água potável.

De acordo com o relatório, outras metas estão próximas de ser conquistadas pelo Estado: garantir que todas as crianças terminem o ensino fundamental; reduzir em dois trecos a mortalidade infantil; reverter a perda da biodiversidade; e reduzir pela metade o número da população sem acesso a saneamento básico.

O quarto Relatório Nacional de Acompanhamento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio está sendo apresentado em 26 estados brasileiros e no Distrito Federal. O objetivo dos encontros é promover a divulgação e o debate entre a sociedade e os poderes públicos sobre as metas para a construção de um país e um mundo melhores.

Também participaram do encontro a coordenadora do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Maria Celina Arraes, o presidente do Sistema Fiep, Rodrigo da Rocha Loures, o presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap), Ardisson Akel, o gerente de Recursos Humanos da Repar, Juarez Casnok, o superintendente estadual do Banco do Brasil, Paulo Roberto Meinerz, e o superintendente em exercício da Caixa Econômica Federal, Arielson Bittencourt.


4 comentários

  1. EXTERMINADOR DE TUCANOS
    quinta-feira, 10 de junho de 2010 – 17:00 hs

    GAFANHOTO!!!!

  2. Silvano Andrade
    quinta-feira, 10 de junho de 2010 – 17:25 hs

    Ele é gafanhoto ou não é???? se for vai faltar alimento, pois os tais insetos devoram tudo.

  3. marcos andre
    quinta-feira, 10 de junho de 2010 – 23:50 hs

    como esta foto ia ficar mto mais bonita se ali estivesse um prefeito de postura como o beto, não?

  4. Marcos Calonga
    sexta-feira, 11 de junho de 2010 – 8:54 hs

    Combater a pobreza dele obviamente!!! Já fome, só se for de $$$$$…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*