Corte de R$ 1,2 bi não compromete orçamento da Educação, diz ministro | Fábio Campana

Corte de R$ 1,2 bi não compromete orçamento da Educação, diz ministro

Da Agência Brasil

O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse que o corte de R$ 1,2 bilhões no orçamento da pasta não afeta a previsão inicial de R$ 59 bilhões para 2010. Segundo ele, depois da sanção da lei orçamentária houve duas entradas de novos recursos que superam o que foi contingenciado pelo decreto publicado na segunda-feira (31) no Diário Oficial da União.

A primeira, de aproximadamente R$ 800 milhões, recompôs as perdas do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) em 2009 para os estados das regiões Norte e Nordeste. A outra é um projeto de lei que já está em tramitação e prevê R$ 1,2 bilhão para recompor os valores da merenda e do transporte escolares, cujo aumento foi dado no final de 2009 depois que orçamento já tinha sido encaminhado para o Congresso Nacional.

“O que foi contingenciado pelo decreto está dentro da nossa programação. Mas se houver uma melhoria na arrecadação, esses valores podem ser reconsiderados ao longo do ano”, disse o ministro. Segundo ele, o orçamento do ministério para o ano, depois dos cortes e dos novos recursos, deve se manter entre R$ 59 e R$ 60 bilhões, “podendo chegar a R$ 61 bilhões”.


5 comentários

  1. Marcos Calonga
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 16:34 hs

    Em um país de analfabetos!

  2. terça-feira, 1 de junho de 2010 – 18:36 hs

    MENTIROSO !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Se educar o povo, elles não terão voto.

  3. Pedro Vigário Neto
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 18:44 hs

    – Como é que é ? Corte de R$ 1,2 bi não compromete orçamento da Educação ??

    – Então por que colocou este valor no planejamento ?

    – Tá sobrando dinheiro no Governo Federal ? Se está sobrando dinheiro, apliquem mais ainda na Educação Pública. É só olhar os exemplos de diversos países, que em 10 anos aplicando muita grana na Educação, conseguem reverter vários problemas nestes países;

    – Ou vão desviar este dinheiro para pagar a campanha da cumpanheira ?

    – Como é que nós vamos sair da situação que estamos com a Educação Pública neste país. Ou alguém aí está satisfeito com a Educação Pública ? Botem a mão na consciência !

    – A melhora na Ed. Pública está diretamente vinculada a redução dos problemas com a péssima Segurança Pública neste país;

    – Isto dá nojo. Ninguém aguenta mais. Os caras são muito caras de paú.

    – É o fim da picada;

    – O fim do mundo deve estar bem próximo mesmo. Não é possível.

    – É realmente a casa da mãe Joana;

    – Precisaríamos que no Brasil as ações INCONSEQUENTES tivem CONSEQUÊNCIAS. Ou seja “mijou fora do pinico, tem que levar porrada”. Deveria servir para punir o inconsequente e para “avisar” os demais que ações erradas terão consequências;

    – Cadê os sindicatos ligados a Educação ? Cadê a mobilização dos professores ?

    “Os políticos e as fraldas devem ser trocados frequentemente e pela mesma razão”, de Eça de Queiróz.

    – Tô de saco cheio.

    Abraço.

  4. TUKU NARE
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 22:55 hs

    Pedo Vigario Neto, pela primeira vez venho endossar o teu comentario.

  5. Cap. Nascimento
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 23:27 hs

    Basta o lula viajando da silva parar de investir em propaganda na rede para bobo ver de televisão para promover a dilminha que virou boazinha, que assim sobrarão recursos para a educação. O risco é o da ptzada perder o eleitorado que assim deixará de ser ignorante e saberá votar.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*