Bernardo admite constrangimento com portal | Fábio Campana

Bernardo admite constrangimento com portal

Da Agência Estado

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, disse hoje que o Portal do Planejamento voltará a funcionar assim que forem resolvidos todos os problemas. “Na minha opinião, volta. O portal causou uma incompreensão que nos colocou numa situação meio constrangedora”, afirmou o ministro, ao chegar ao Ministério da Fazenda para a reunião do Conselho Monetário Nacional. O portal foi retirado do ar, na última sexta-feira, um dia após o seu lançamento, porque alguns ministros reclamaram das avaliações sobre suas respectivas áreas.

Bernardo explicou que não vê problema em ter um portal de debates, mas disse que a avaliação dos técnicos não pode ser considerada como a posição do Ministério do Planejamento. Ele explicou que alguns textos incluídos no Portal, na semana passada, sobre políticas de governo, não levaram em consideração a opinião dos Ministérios. “Por exemplo: O Ministério da Educação teve suas políticas avaliadas e não deu opinião. O ministro Haddad reclamou com razão”, disse Bernardo.

“Outra coisa que ficou ruim é que embora a gente ache democrático um técnico fazer suas avaliações, elas não podem ser atribuídas a mim ou ao Ministério do Planejamento. Se nós temos um portal, estas coisas ficam confundidas”, disse Bernardo.

O ministro afirmou que o Portal será melhorado. Ele, no entanto, não quis estabelecer um prazo.


5 comentários

  1. Laila
    terça-feira, 22 de junho de 2010 – 14:27 hs

    O Ministro da Educação reclamou…kkkkkkkk

    Que piada!!

  2. CLAUDEMIR
    terça-feira, 22 de junho de 2010 – 16:05 hs

    ISTO É UMA BRINQUADERA ESTES PORTAIS SÓ SERVE MESMO PARA PROMOVER O GOVERNO QUANDO ALGUEM FALA ALGUMAS VERDADE JÁ TIRAM DO AR, PARA COLOCAR SÓ AQUILO QUE CONVEM PARA O GOVERNO. ESTE GOVERNO É MESMO UMA MENTIRA ATÉ AQUANDO VAMOS AGUENTAR ISSO

  3. CAÇADOR DE PETISTAS
    terça-feira, 22 de junho de 2010 – 16:17 hs

    Este pelego esta dificultando a transferência de verbas estaduais do Paraná a fim de forçar uma composição com o PDT de Osmar.

    Possivelmente O COMUNISTA e DITADOR Lula da Silva esqueceu de que seu mandato termina daqui há seis meses (graças a Deus).

    ANOTEM

    Estela, ja fugiu de uma sabatina nesta semana e não vai participar de qualquer debate com José Serra. Prefere ficar escondida atrás de Lula da Silva é muito mais confortável, evita assim de abrir a boca e consequentemente falar asneiras. O que prevalecerá nesta campanha serão as mentiras as mentiras do PT e a comparação entre José Serra e a candidata do COMUNISTA e DITADOR da Silva.

    Felizmente, o declínio`Petista esta com data marcada ou melhor, a extinção da espécie, câncer do Brasil.

    José Serra neles já.

  4. CAÇADOR DE PETISTAS
    terça-feira, 22 de junho de 2010 – 16:21 hs

    CLAUDEMIR TEM RAZÃO. Este maldito governo vem fazendo com a imprensa brasileira o que Chaves fa com a imprensa na Venezuela.

    Publica ai pois não temos rabo preso com estes safados Petistas tampouco vivo de favores deste governo miserável.

    Este pelego esta dificultando a transferência de verbas estaduais do Paraná a fim de forçar uma composição com o PDT de Osmar.

    Possivelmente O COMUNISTA e DITADOR Lula da Silva esqueceu de que seu mandato termina daqui há seis meses (graças a Deus).

    ANOTEM

    Estela, ja fugiu de uma sabatina nesta semana e não vai participar de qualquer debate com José Serra. Prefere ficar escondida atrás de Lula da Silva é muito mais confortável, evita assim de abrir a boca e consequentemente falar asneiras. O que prevalecerá nesta campanha serão as mentiras as mentiras do PT e a comparação entre José Serra e a candidata do COMUNISTA e DITADOR da Silva.

    Felizmente, o declínio`Petista esta com data marcada ou melhor, a extinção da espécie, câncer do Brasil.

    José Serra neles já.

  5. terça-feira, 22 de junho de 2010 – 17:31 hs

    VERGONHA só porque saiu a verdade no Portal o Ministro mandou fechar ??? Para o povo náo saber do fracasso desse DESgoverno do PT

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*