Reajuste do funcionalismo sai ou não sai? | Fábio Campana

Reajuste do funcionalismo
sai ou não sai?

Por Ivan Santos no Bem Paraná

Secretários da área administrativa e financeira do governo do Estado se reúnem hoje para discutir o pagamento do reajuste salarial de 5% para o funcionalismo. Aprovada em março pela Assembleia Legislativa, a reposição não foi paga até agora por conta da queda de 4% da receita do Estado no primeiro quadrimestre em relação ao previsto no Orçamento. Por conta da legislação eleitoral, se o reajuste não for aplicado até 1º de junho, só poderá ser pago após as eleições de outubro. A estimativa oficial é de que o aumento representará um gasto adicional de R$ 67,7 milhões ao mês com a folha de pagamento d


24 comentários

  1. PM
    segunda-feira, 24 de maio de 2010 – 11:45 hs

    Pra gastar com propaganda eleitoral tem dinheiro, mas para aumentar nosso salario não tem, reflexo de um governo que não tem compromisso com a segurança do cidadão do estado, agora é culpa da legislação? Se não pode pagar então não fique alardeando aos quatro ventos que “tanto %” ao funcionalismo.

  2. PM
    segunda-feira, 24 de maio de 2010 – 11:47 hs

    Enquanto isso na ALP………………..

  3. professor joel
    segunda-feira, 24 de maio de 2010 – 11:51 hs

    É só o Governo enxugar a máquina…

    Tem funcionário administrativo ganhando 4 vales transportes e mora a uma quadra do local de trabalho, sem contar os que recebem adicional noturno e não trabalham a noite.

    Espero que o Richa corrija este disparate que lesa os cofres públicos.

    Com a palavra app…associação dos pelegos do Paraná

  4. Zerohora
    segunda-feira, 24 de maio de 2010 – 11:54 hs

    Fábio tem uma noticia na Gazeta do Povo que fala em um reajuste de 20% para os Secretários e Procurador do Município. E os barnabés ficam como? O nosso nem chegou a 5%.
    Isso é uma vergonha. Os caras já ganham 10 mil e vão para 12 mil mensais. Mas quem carrega o piano são os barnabés que tem seu salário em trono de um mínimo a dois ou três nas melhores das hippóteses. Isso é uma vergonha e falta de consideração e respetio do Prefeito e vereadores sangue sugas da CMC com os verdadeiros servidores públicos. Que são os funcionários concursados que levam está cidade na costa e fazem dela um exemplo para o Brasil e o mundo.
    ISSO É UMA VERGONHA.

  5. PIONEIRO
    segunda-feira, 24 de maio de 2010 – 12:19 hs

    VAI PAGAR SIM…se o governador fizer jus a sua postura cristã…do contrario, so resta mesmo lamentar o mau exemplo do governo em não honrar seus compromissos e ainda por cima exgir que os cidadãos honrem os seus!

  6. 250 mil servidores
    segunda-feira, 24 de maio de 2010 – 13:01 hs

    Sai ou não sai??????

  7. segunda-feira, 24 de maio de 2010 – 15:53 hs

    E INCRIVEL AUMENTO JA APROVADO NA A.L.PR DE MISSEROS 5%,ENQUANTO ISTO NA TV EDUCATIVA 2 (DOIS)FUNCIONARIOS DA CODAPAR ,CLT CUSTAM 600MIL POR ANO 50MIL POR MES ,E UMA AFRONTA !!
    MAIS O SR MARCOS BATISTA 12.000,00 P MES ,ANTES DE DISCUTIR AUMENTO DE 5% ,RESOLVA ESTAS DISTORCOES PESSUTI!!
    OU SAO SEUS APADRINHADOS?

  8. asshi
    segunda-feira, 24 de maio de 2010 – 16:59 hs

    E dobra de professores que é bão, nada de nada….

  9. Reinoldo Hey
    segunda-feira, 24 de maio de 2010 – 18:37 hs

    AVISO SÉRIO

    Sem os 5% , os professores do Paraná param por tempo indeterminado.
    ISSO É CERTO!!!

    Portanto, governador, vamos honrar compromissos assumidos!!!

  10. SP
    segunda-feira, 24 de maio de 2010 – 18:38 hs

    250 mil seridores e dois comentários(tres agora), os seridores não estão nem preocupados e ainda querem aumento? como dizem os mais véio: vão se catá

  11. Eleitor
    segunda-feira, 24 de maio de 2010 – 20:31 hs

    250 mil eleitores x 3 = 750 mil eleitores aproximadamente, é acho que alguem vai perder alguns votinhos importantes neste ano de eleição. Quem vai ganhar os votos, se os eleitores forem inteligentes, não votam em ninguem.

  12. Parreiras Rodrigues
    segunda-feira, 24 de maio de 2010 – 21:54 hs

    Ao decretar e alardear o mínimo regional, o ex-governador não foi perguntar ao empregador se ele poderia arcar com o aumento…Meteu o fumo e pronto.

  13. Balela
    segunda-feira, 24 de maio de 2010 – 23:07 hs

    Não sei como repassam informações como essa da arrecadação, afinal ela teve um aumento significativo no primeiro trimestre e não queda. Essa desculpa não cola não!

  14. DO LITORAL
    terça-feira, 25 de maio de 2010 – 0:32 hs

    Incrível !!! enquanto REQUIÃO era o Governador do Paraná, não tinha este tipo de problema como: falta de orçamento, quebra na receita, não paga reposição da inflação, etc. Tenho plena e convicta certeza de que se o REQUIÃO ainda estivesse no comando não teria esta palhaçada. Pode crer que tem o dedo do Barbudo Dias neste meio. Ah! que tem… tem!!!!!!. Depois que o Pessuti se juntou com este Dias, a vaca esta cada dia mais indo pro brejo. Ainda bem que este velho só tem alguns meses como timoneiro.

  15. um bilhão
    terça-feira, 25 de maio de 2010 – 7:43 hs

    este é o furo que o ex deixou pro pesutão(foi um passarinho verde que me contou). Ai então, quebrou o Estado do Paraná, e o atual não tem mesmo dinheiro para pagar 5%.Cadê o ministério público estadual??? è só fiscalizar que está muito fácil de se comprovar, ou ninguém aí se importa com o dinheiro do Estado do Paraná??? que foi pago pelos empresários.

  16. edu_sjp
    terça-feira, 25 de maio de 2010 – 10:30 hs

    É caro governador, parece que as eleições já eram. Mas diga-se de passagem: A culpa do sucateamento da educação não é (SÓ) sua. Aos que costumam dizer que funcionário público reclama de barriga cheia: Vocês tem razão; afinal de contas todos têm estabilidade empregatícia, acredito que na verdade nem precisam de aumento, afinal nem trabalham mesmo, um funcionário fazendo o trabalho de 5, grande besteira, com toda a burocracia da máquina estatal, papéis e mais papéis, estão descontentes? procurem outro trabalho, outra profissão. Escutar desaforos porque o contribuinte tem razão, mesmo este estando errado, afinal o contribuinte paga o salário deles, não fazem mais do que a obrigação; são pagos também para isso. Ouvir de um garoto de 11 anos que ele estuda quando quer e se quiser, e que o professor é obrigado a aprová-lo de série, que isto é direito da criança e do adolescente, É obrigação do professor. Ser chamado para atender uma ocorrência e acabar a gasolina no meio do trajeto ou ter munição vencida no armamento e não funcionar, mentira das mais mal contadas, não quer trabalhar peça a conta, jogue a toalha. Ter um plano de saúde que é mais sucateado que o SUS, tá reclamando do que pelo menos vocês não pagam e pelo que trabalham nem tem o direito de ficarem doentes. Ser pisoteado por cavalos, apanhar da polícia, ameaçado de morte, espancado por alunos, desaforado, humilhado, ter suas esposas e mães presas, e por aí a fora, porque pensaram em tentar lutar por melhoria não só para si mais para toda uma cascata de situações injustas que refletem na falta de reconhecimento; tudo balela, sensacionalismo da imprensa, já recebem mais do que merecem. Ter a (in)felicidade de ter se saído melhor do que muitos em um concurso público com milhares de interessados por 10 vagas, grande coisa nem queria mesmo, ganha mal, nunca é promovido. Para ganhar 1% a mais do que a esmola que os governos concedem, tem que ser 150% perfeito, que se lasquem. Sim eu sou um destes. Já escutei tudo isso e muito mais , mas o que é realmente interessante é que quando Metalúrgicos resolvem fazer greve, ninguém reclama, afinal só irá subir o preço do automóvel, não afeta o povo, a massa. O que a maioria pareceu esquecer é que eu pago meu salário também, pago o salário de vendedores comissionados em lojas que sou mal atendido e por aí vai. O que todos tem que observar é que o problema não está nos comandados e sim nos comandantes, os que estão na ponta que não toca o povo. Estes sucateiam, arrasam, acabam com o sistema e não são desrespeitados, pelo contrário, aparecem raramente e cumprimentam um aqui e outro acolá dizendo eu faço, um dia, mas faço, e são reconhecidos. O reconhecimento, por certo, não é só pelo salário, mas também pelo respeito que trocamos uns com os outros. Mas infelizmente o respeito também é medido no quanto queremos que estes outros progridam. Querer que suba o salário mínimo é bom porque atinge muitos, mas subir o salário dos Funcionários Públicos não é bom porque afeta a poucos. O Funcionalismo estadual ficou aproximadamente 08 anos sem nenhum aumento. Agora falam que 5% é muito. Esta é a maior prova da falta de respeito não só conosco, mas com o contribuinte também, porque todos pagamos impostos, todos, e onde vai esta fortuna? Funcionários Públicos, para quem não sabe, vivem fazendo empréstimo para pagar contas, que como todos os brasileiros, nós temos. Tudo isto e muito mais são fatos, não reclamações, sou o que sou e não me arrependo. Mas por favor reflitam antes de apontar.

  17. Reinoldo Hey
    terça-feira, 25 de maio de 2010 – 11:55 hs

    SP

    É provável que pelo fato de você não saber assinar o próprio nome não dê valor à educação . Por isso mandou os professores “se catá”.
    SP seria “SOU PARASITA”?

  18. Carlos
    terça-feira, 25 de maio de 2010 – 13:53 hs

    O Pessutti está seguindo a cartilha do Requião.
    Só quer aparecer na mídia.
    Mal assessorado e ignorante.
    Não se elege nem à síndico.

  19. SP P/ REINOLDO HEY
    quarta-feira, 26 de maio de 2010 – 1:10 hs

    SP de servidor publico mesmo, sr. Reinoldo, e o que quero dizer é que poucos são os servidores q se manifestam,ficam na sombra só esperando talvez não queiram se “queimar” com o chefe, o maior exemplo disso esta na PM, as coisas passam como se nada estivesse acontecendo.

  20. Vergonha
    quarta-feira, 26 de maio de 2010 – 15:22 hs

    vergonha

  21. Vergonha
    quarta-feira, 26 de maio de 2010 – 15:24 hs

    vergonha, desrespeito,

  22. Batifino
    sexta-feira, 28 de maio de 2010 – 21:42 hs

    É triste nõ poder confiar em mais ningém, a única saída será uma revolução neste país de faz de conta, nos tratam com desrespeito , tudo tem limite e nossos governantes estão ultrapassando o limite, abram os livros de história e vejam que conflitos sangrentos já ocorreram em nosso amado país por muito menos , abram a mente e vejam a pura realidade , até quando vão conseguir segurar este corajoso povo, …..

  23. paulo borruga
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 12:32 hs

    e enquanto isso, ao cmdo da PmPr, fica esperando passivo, pois não pode fazer nada, aumento salarial da Pm, só conversa fiada, juntaram tudo em uma so rubrica, e ficou tudo a mesma cois.a

  24. Gilvani Wiedermann - ADM - II
    terça-feira, 22 de junho de 2010 – 10:21 hs

    Caro Professor Joel, concordo que tem muita gente ganhando sem merecer, mais não é justo definir a classe admnistrativa como culpada, pois existem muitos professores que também fingem que dão aula e ficam enrolando os alunos e ganham por isto, sem contar que não existem classe que apresente mais atestado médico do que os professores para poder faltar no serviço.

    Então meu amigo repense suas afirmações, porque nós servidores públicos, somos todos iguais perante o estado, agora funcionário bom e funcionário ruim existem em todas as classes.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*