PT articula discretamente 2º palanque para Dilma no Paraná | Fábio Campana

PT articula discretamente
2º palanque para Dilma no Paraná

O PT está mandando sinais cada vez mais fortes para estimular a candidatura ao governo de Orlando Pessuti, do PMDB. As negociações com Pessuti estão sendo conduzidas com toda a discrição e sigilo. Tudo é feito para não melindrar o senador pedetista Osmar Dias, considerado ainda um possível aliado. Mas Osmar é visto também como um aliado relutante, um político instável, dado a reações intempestivas, que poderia usar a aproximação dos petistas com Pessuti como pretexto para romper de vez as negociações com o PT.

A análise que o Partido dos Trabalhadores faz do quadro político do Paraná é preocupante. O cenário é de insegurança total. Ninguém, talvez nem o próprio senador Osmar Dias, sabe o rumo que o PDT vai tomar nas eleições. Osmar tanto pode resolver, na última hora, disputar o governo do estado – como fez em 2006 – quanto voltar a compor com seus antigos correligionários do PSDB e partir para buscar uma vaga no Senado. No PT a avaliação é que seria uma loucura sentar e esperar pela decisão de Osmar sem ter articulado um consistente plano B.

O único plano alternativo do PT, tanto para a hipótese de Osmar desistir, quando para a perspectiva do senador protelar sua decisão até a última hora, é jogar pesado na candidatura de Pessuti a quem vem sendo feitas propostas objetivas para uma aliança. O governador apareceu com dois dígitos na pesquisa Vox Populi (10% das intenções) e a manutenção de sua candidatura seria essencial para evitar a vitória do tucano Beto Richa (40%) no primeiro turno se a eleição fosse hoje. Osmar Dias tem 33% das intenções de voto no Vox Populi, e os candidatos nanicos não somam percentual suficiente para assegurar um segundo turno.

Garantir que Pessuti saía candidato em qualquer circunstância – em aliança formal com o PT ou em acordo branco – é essencial para que o PT e seu projeto político não fiquem, no Paraná, inteiramente nas mãos do imprevisível senador Osmar Dias. O PT analisa as conseqüências de Osmar vir cumprir as insinuações e ameaças que faz de aceitar os convites que recebe do PSDB para refazer a aliança de 2006 e 2008 e disputar uma vaga no Senado. Nesse caso, se não contar com Pessuti, o partido corre o risco de ficar sem palanque para Dilma Rousseff e a situação, no Paraná, que hoje é favorável a José Serra (44% a 32% para Dilma, segundo o Vox Populi) pode ficar desastrosa.


21 comentários

  1. Wilson
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 14:40 hs

    O nome da novela:

    O ABRAÇO DOS AFOGADOS!

  2. Jose Carlos
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 14:50 hs

    Deviam procurar o fornecedor do palanque em que Mello e Silva quase foi-se desta para melhor…

  3. Alexandre Cleto
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 15:07 hs

    Que o PT vai trair Osmar, assim como traira Pessuti se tiver oportunidade, não é novidade alguma. É da natureza dos escorpiões.

  4. de olho
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 15:10 hs

    Se o Osmar voltar ao lado do Beto, mostra que não tem vergonha na cara, mulher de bandido, gosta de apanhar.,

  5. JOÃO LUIZ
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 15:31 hs

    Amigos, o Pessuti ainda vai ganhar esta eleição, ele está em crescimento enquanto os outros estão em leve queda, ainda tem muita agua para correr por baixo desta ponte. O PT precisa do palanque para Dilma, isso queiram ou não vai alavancar a campanha do Pessuti sem contar que vão contar com a máquina Estadual e Federal.
    Pessuti vai ao segundo turno e terá apoio de quem ficar fora.

    E é assim que as coisas funcionam e pronto.

  6. ari
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 16:09 hs

    tudo muito suspeito…

  7. CABEÇÃO DE AMPÉRE
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 16:16 hs

    Concordo com o Wilson, cola bem o nome dessa novela, e olha aliás vai ter mais capítulos que a “Passione”. E olha, eu quero que se afoguem todos, e que o corpo de bombeiros e mergulhadores estejam de férias e bem longe,,,,,,,que se exploda esse povo. Uma hora a teta vai secar. Vão trabalhar, pagar impostos semelhantes a nós, dar duro 8 a 10 horas por dia, é tom legal administrar e gastar o dindim do povo……..

  8. Marco
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 16:33 hs

    Não tem nem o primeiro palanque, vem com essa de segundo.
    Acorda PT…Osmar já era.

  9. CLOVIS PENA -
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 17:04 hs

    Estamos fracos em nossa política paranaense.
    O povo está mesmo sem vontade de lidar com esta questão de governo.
    Os assuntos do Estado brasileiro, parece, não motivam mais a juventude. Os estudantes, não conseguem uma mobilização que repercuta, em favor da moralidade na política. A grande massa de menos favorecidos está contente, com a dádiva governamental das bolsas.
    Outros com mais escola e idade, mostram, com distanciamento, repugnância aos excessos flagrados no nepotismo, nos fantasmas, nas licitações, nos gafanhotos e no abuso do poder pela arbitrariedade que vai do “aqui mando eu” ao desvio investigatório de crimes de trânsito e ao “eu não sabia! “.
    O resultado de tudo isto não é só a falta de posição política do povo. Pior que isto. É que assim fica difícil o surgimento de novos bons líderes. Há muito sabe-se que um bom começo para tudo isto pode ser a escola, por várias formas de estimular a formação de lideranças. A começar pelas agremiações.
    E, creio, assim vamos, não tão motivados pelo Dunga, esperando a copa.

  10. Flash Gordon
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 17:38 hs

    Cá pra nós, um palanque do Pessuti com o André Vargas contra o Beto… pode ter peso (banha) mas nao tem voto…

  11. Dagmar Servia
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 17:39 hs

    Fica muito difícil estimular a nossa juventude a participar de política.

    E um dos motivos mais importantes para esta situação, na minha opinião, é o fato da impunidade dos poíticos ser intransponível. Eles fazem o que querem e tudo fica por isso mesmo.

    Seja a nível estadual como federal, nada se apura, e quando se apura e vem a tona a bandalheira como a da nossa Assembléia, nada acontece, e a petulância, arrogância e principalmente certeza da impunidade faz com que a maioria da população fique discrente de punições. Haja vista as declarações do Sr. Nelson Justus quando solicitado a se afastar, disse “não vejo pressão de ninguém, apenas 50 gatos pingados pedindo a minha renúncia”.

    Esse é o retrato da política no Estado do Paraná, não acontece nada.

    Só há uma solução banir esta gente com o voto. Outubro vem ai e é com o voto e só com ele que podemos mudar as coisas. O eleitor tem que dar a resposta assim.

  12. Godofredo
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 17:41 hs

    O Pessuti vai surpreender muita gente. quem menos espera vai estar dançando a música daquela sanfona…

  13. Carlos
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 18:05 hs

    Não tenho dúvida que o Pesuti com o apoio do PT será eleito Governador do Paraná.

  14. Zerohora
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 18:47 hs

    Se o PT apoiar o Pessuti. Eu acredito que o Governador irá subir que nem foguete…já está bonito na foto após a derrota do vampiro banqueiro ITAÚ, só lhe falta ele conseguir um acordo descente entre as empresas de pedágio que seja bom para o paranaense. Que ele sobe e ninguém tira mais a cadeira do Governo dele….E se a Dilma e o Lula o apoiarem ele cresce. Não sou fá do PT mas garanto que é um baita impurrão este que ele vai ganhar isso vai.
    E o Beto e Osmar vão morrer abraçados na praia…escrevam o que eu estou dizendo. Pessuti vai se reeleger Governador para mim o mais sensato de todos.

  15. Prof Luiz Gonzaga
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 19:33 hs

    Creio que todos os esforços devem ser direcionados para garantir a candidatura do Pessutti, é o nome com histórico e credibilidade. Pense em épocas de fichas sujas, vamos apoiar um ficha limpa.

  16. Tiago
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 20:10 hs

    KKKKKKKKKKKKKK boa Carlos! Esta foi engraçada…

  17. Borduna
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 20:44 hs

    Osmar, se abraça com Requiao e vão pra casa. Queremos caras novas pro senado. Sai velheeeeeeeeeiiiiiiiiiiira.

  18. Jorge Bolanhese
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 21:18 hs

    Certinho Fabio Campana, dai sai o Senador Osmar Dias candidato a reeleição com eleição ganha ao senado, e imagina a cena
    REQUIÃO E GLEISI NO MESMO PALANQUE DISPUTANDO UMA VAGA PARA O SENADO.

    Fabio Campana vc a de ponderar comigo que ista é uma possibilidade inexistente é a mesmo coisa que disser que o PT do parana vai apoir Beto Richa, isto não tem nexo nenhum, nesta briga ao senado se Osmar for candidato, Requião vai se degladiar com Gleisi, trazendo a tona a suposta proposta do Ministro Paulo Bernardo de superfaturamento da ferrovia, a tal compra da radio educadora de laranjeiras do sul que ele voltou a falar no interior que já tem todas as provas de a mesma é do ministro, e mais uma conversa agora que ele disse aqui no sudoeste de supostos convenios que a Gleisi assinou com prefeitos em Brasilia quando presidente do PT do Parana, entre outras acusações, enfim o assunto dele é so levantar podridão do Sr. Bernardo e da Sr. Gleisi, no estilo Requião.

  19. Rossby
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 22:04 hs

    Que palanque… Pessuti para governador, Requião e Gleisi para o Senado, toda a tchurma petista que foi escorraçada do governo pelo Bob, os amigos de verdade do Pessuti (que, com certeza, não enchem duas kombis), João Arruda, Samek, e mais o resto da patota, todos confraternizando ao lado de Dilma Guerrilheira…
    Ao palanque só resta mesmo cair…
    Aliás… se isso realmente acontecer, o indice do Pessuti vamos mesmo bombar, porém será o índice de rejeição… vai dar até pena…
    Tô falando Pessutão…. vai na boa, vai de deputado estadual…. senão, como já disseram aqui, a vaca vai pro brejo com corda e tudo… nem trator desatola a bichinha…

  20. TUKU NARE
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 22:24 hs

    JOAO LUIZ comentario das15,31h, Vc e um profeta, concordo plenamente .
    O HOMEM NEM SE MANIFESTOU E JA TEM 10% . imagine quando
    ,o mesmo botar o bloco na Rua.

  21. justino bonifacio martins
    sexta-feira, 21 de maio de 2010 – 10:25 hs

    Se o Pessuti acertar com Lula o palanque de Dilma no Paraná o projeto Beto/Osmar vai pras cucuia. O Pessutão ganha já no primeiro turno visto que essa coligação PSDB/PDT/DEMO et caterva já foi derrotada por Requião por 10 mil votos e agora por mais de 100 mil votos; lembrem-se o Pessutão não tem rejeição!
    JBM

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*