Pessuti começa a mostrar o lado sombrio do "homem cordial" | Fábio Campana

Pessuti começa a mostrar o lado sombrio do “homem cordial”

Do Hora H News

Quando Orlando Pessuti assumiu o governo do Paraná, em 1º de abril (data significativa), muita gente comemorou a entrada no governo de um “homem cordial”.

Saía Roberto Requião, um político tido como rude, amigo do enfrentamento, do confronto e que não teme o uso das palavras duras e entrava Pessuti, gordo, bonachão, humilde, afável, tocador de sanfona e cantador de músicas cafonas. O que poderia ser melhor?

Logo começou a ficar claro que essa máscara do bom moço, do homem que veio do nada e chegou tão longe, era só uma fachada para ocultar um homem rancoroso, vingativo e mesquinho.

Tão logo entrou no governo, Pessuti passou a comandar um esquema de terror, com demissões e intimidação daqueles que eram ligados ao governo anterior. Uma política de perseguição mesquinha, sem qualquer critério objetivo.

Entretanto, esse lado Robespierre do suposto gordo afável começou a se virar contra ele. Nos últimos dias, Pessuti entrou numa espécie de inferno astral.

O jogo começou a mudar quando o jornal Gazeta do Povo, que vem fazendo denúncias sobre escândalos na Assembléia, revelou o caso mais bizarro de todos.

Em 1994, Priscila da Silva Mattos Peixoto foi nomeada funcionária de confiança da Assembleia. Priscila não era um fantasma comum. Quando foi nomeada tinha, pasmem, 7 anos de idade.

E quem era o presidente da Assembleia em 1994, quando a infante Priscila, hoje com 22 anos, começou a assombrar a Assembléia? Se o leitor chutou o nome do boa gente Orlando Pessuti acertou na mosca.

O “lado B” de Pessuti, que começou a se revelar na perseguição sanguinária a antigos auxiliares de Roberto Requião, revela ser mais complexo e profundo que se imaginava e, quem sabe, oculta outras e mais perigosas profundidades.

Entretanto, só o que veio a tona até agora já é suficiente para aqueles mais cautelosos colocarem suas barbas de molho. É o que está fazendo, por exemplo, o senador Osmar Dias. Osmar foi figura importante na extinção da multa do Banestado, na questão dos títulos podres. Mas quem tentou ficar com toda a fama do episódio foi Pessuti, o guloso.

Mal se apagaram os holofotes da história da multa e Pessuti tentou empinar mais um factóide. Estava negociando para conseguir um abatimento de 30% no preço das tarifas do pedágio. Palmas para ele. Todo mundo é contra as tarifas cobradas no Paraná.

Foi aí que o deputado Élio Rusch acionou o sinal de alerta. A negociação pretendida por Pessuti era altamente lesiva aos interesses do Estado. Para obter uma redução relativamente baixa, de 30%, e que teria reflexos políticos positivos para a candidatura de Pessuti, o motorista paranaense seria condenado a pagar mais 25 anos de pedágio. Um espanto.

A comparação foi inevitável. Pessuti estaria repetindo o ex-governador Jaime Lerner, que em 1998, outro ano eleitoral, reduziu as tarifas em troca da retirada de obras que as concessionárias deveriam fazer nas estradas paranaenses e estavam previstas nos contratos originais. Naquela eleição, Lerner venceu a parada no primeiro turno.

O projeto de redução sugerido por Pessuti é um negócio tão ruim e tão visivelmente mal-intencionado que foi comparado, na Assembléia, a uma versão política do golpe “boa noite Cinderela”.

O deputado Élio Rusch resumiu a questão: “Essa negociação não está voltada aos interesses da coletividade. Beneficia a sociedade com a redução do pedágio, mas em contrapartida terá que estender o contrato por mais vinte e cinco anos, quando sabemos que dentro de alguns anos o contrato com as concessionárias irá se encerrar e as rodovias retornarão sem ônus para o Estado”.

As revelações sobre as temeridades de Pessuti não param de surgir. A última foi a descoberta que, como negociador do governo do Estado para a vinda de uma das sedes da Copa do Mundo para o Paraná, assumiu compromissos em nome do governo do Estado que simplesmente não poderá cumprir porque são ilegais.

O mais grave deles foi garantir recursos para que o Atlético reformasse seu estádio, a Arena, para adequá-lo às exigências da Fifa. Por causa dessa inconseqüência o Paraná pode sofrer prejuízos da ordem de R$ 1 bilhão, com a perda empregos, faturamento da rede hoteleira e obras de infra-estrutura que deixarão de ser feitas, caso a Copa não venha para cá.

Se Curitiba, porém, não perder a Copa, não será por méritos desse governador “deixa que eu chuto”. A situação ainda pode ser salva por empresários com visão e, acima de tudo, sem intenção de faturar politicamente com o episódio. Mas uma coisa é certa, Pessuti não será o herói da Copa como imaginou. Terá muita sorte se não entrar para a história como o vilão que tirou a Copa do Paraná.

Politicamente as coisas também vão mal para Pessuti. Quando assumiu o governo ficou tão deslumbrado que esqueceu que sempre foi uma figura menor e que tudo o que alcançou foi à sombra de Requião. Imaginou-se um político com luz própria.

Essa ilusão em torno de uma grandeza inexistente também começa a se evaporar. Pessuti começa a se dar conta que se não se recompor com o ex-governador pode não conseguir sequer ser candidato. Tenta se reaproximar de Requião sob a alegação que um precisa do outro.

Não é verdade. Quem precisa, até para vir a ser candidato, é Pessuti. Requião tem sua eleição para o Senado garantida.


48 comentários

  1. Cidadãoquem
    quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 21:31 hs

    A parcialidade faz parte de todos nós, mas este comentário extrapolou. Não há perseguição, há somente adequação e reengenharia de pessoal, é preciso que se compreenda de uma vez por todas, que não é mais o governo falacioso da “carta de pebla” , mas o tempo do Governador Pessuti. Creio que ele não faz tais modificações porque foi “humilhado” bla bla bla…mas porque é um gestor público que tem compromisso social e responsabilidade. Se não tirasse figuras como os delazaris por exemplo, poderia ser responsabilizado pelo mp por improbidade administrativa.
    Obrigado Fábio, por este espaço fantástico com que você brinda os paranaenses.

  2. PESSUTÃO INCOMPETENTE
    quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 21:34 hs

    ME DESCULPE PESUTI, MAS NOMEAR O JOAZINHO FEIO NO LUGAR DO LENS CESAR, É PALHAÇADA.
    PESSUTI, ESTOU MUDANDO DE IDÉIA SOBRE VOCE!!!
    E ESSE NEGOCIO DE SÓ FAZER DECLARAÇAO DE AMOR PRA DONA REGINA E APRESENTAR OS FILHOS TBM JA CANSOU..
    LANÇA UM DOS GEMEOS PRA DEPUTADO E FIC ATÉ O FINAL DO GOVERNO, TA?

  3. leda
    quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 21:57 hs

    É COMO É DIFICIL… MAS VAMOS LÁ SR. GOVERNADOR,ENQUANTO OS CÃES LADRAM A CARAVANA PASSA…

  4. Samuel Antonuio da Silva
    quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 22:02 hs

    Quem te disse que o Requião tem a vitória para o senado garantida??? Em politíca elefante voa e a urna só diz a verdade depois de aberta….

  5. LEA
    quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 22:08 hs

    A Excelencia Sr. Ex Governador, deveria ter um pouco mais de humildade e conhecer os bastidores de cada Secretaria de Estado, Os seus indicados tão eram assim tão eficientes, tão comprometidos com o trabalho, com seriedade que requer ,e respeito pelos cidadãos.Tenha certeza que sua teimosia não vale a pena na defesa destes que sairam ,e que o Sr.Pessuti esta até sendo bom não tirando todos.ACORDA EX GOVERNADOR Dê AS MÃOS A PALMATÓRIA , SÓ VC NÃO QUER VER O ÓBVIO!!!!

  6. Ninfa
    quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 22:16 hs

    Estão incomodados com o Pessuti porque ele tá tirando preciosos votos que o Beto achava que conquistaria no interior.

  7. Zico
    quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 22:22 hs

    Eu ainda prefiro um Pessuti governador com esses defeitos do que um Requião rei sem eles. Requião nunca mais!

  8. Keith Leal
    quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 22:38 hs

    Eu e minha família adorávamos o Pessuti, mas pelas retalhações
    que está fazendo também fomos atingidos. Agora so há ódio e
    nada mais.

  9. Lerry
    quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 22:46 hs

    É só o cara começar a aparecer que surge o espírito autofágico de meia dúzia de pessoas que não conseguem se desligar do poder. Deixem o cara trabalhar em paz!!! A equipe dele é ele quem monta. Azar de quem ficou lá 7 anos sem olhar pra frente. O espírito do requianismo está com os dias contados. Já vão tarde!!!!

  10. quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 22:56 hs

    não me considero expert em política,mas estou achando ridícula esta matéria,mais parece o requeijão escrevendo aih ou algum paumandado dele,REQUEIJÃO,VAI COM TUDO, LITORAL ,nem apareçam mais por aquiiiiiiiiiTODINHO TE APÓIA PRA SENADOR LA NA CASA DO CAR….vcs e toda a corja,principamente teu irmão edu,coitadossssssssss nem apareçam mais por aquiiiii

  11. Apucaranense
    quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 22:56 hs

    PESSUTI AJUDANDO MT APUCARANA
    VALEU PESSUTÃO.
    OLHA O CHEFE DE GABINETE HAHAHAHAHA
    TÁ LOCO PESSUTI COLOCA GENTE DESCENTE NESSE TEU GOVERNO.

  12. CONCEIÇÃO
    quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 22:57 hs

    JULIA DA PRANCHITA voce falou tudo.
    concordo com vc e assino em baixo.
    essa Dilma é uma guerrilheira e agora manipulada.
    . e nessa Gleise eu também nao voto. pois é do PT.
    agora na Al eu quero ver renovada,limpa só deixar duas mulheres lá que ainda merecem mais uma chance de ficar mais 4 anos.
    e só. nao deixar tres mandatos senão… cria rabo.e mofo igual os outros. dep.

  13. Julia
    quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 23:03 hs

    Pessoal ATENTAIVOS, ta na cara que o PESSUTI esta subindo nas pesquisas de intenção de votos, por isso a mudança do campana.
    O beto das meninas vai pro brejo esse é o X da questão.

    Governa Pessuti, faz esse trem andar na linha.

  14. junior
    quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 23:17 hs

    Sou leitor assíduo desta coluna e confesso que pela primeira vez fiquei decepcionado e estou em dúvida de sua imparcialidade. E isso ai Pessutao estamos contigo!

  15. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 23:59 hs

    E o gov. Orlando Pessuti ainda fica tecendo loas públicas ao ex. Dona Regina, corta a sobremesa dele.

  16. NILSO ROMEU SGUAREZI
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 0:04 hs

    1) – Não sou advogado de defesa do atual Governador e nem ele precisa para defender-se desta graciosa, vil e injusta acusação que lhe é indevidamente assacada;

    2) – Lembro que ainda não se passaram os tradicionais 100(cem) dias, de gestão que se costuma dar para avaliar-se um governo. Pessuti ainda nem teve tempo de conseguir montar sua própria equipe, muito menos de tomar conhecimento da enormidade de situações complicadas em que esta encalacrado o Governo, maior razão para não ser alvo de um ataque tão virulento como este.

    3) – Pura maldade e mero fruto de raivosa insinuação, esta afirmativa feita de que ele ” era só uma fachada para ocultar um homem rancoroso, vingativo e mesquinho”. Diatribe que não tem respaldo e comprovação alguma na vida pessoal e historia política e partidária do cordato, afável e simpático e sincero Pessutão. Pode não ser um anjo, mas com certeza não é o diabo que querem pintar. Na verdade o novo governador esta apenas tentando abrir seu próprio espaço – dentro do governo que herdou – para afirmar-se e afinar-se com uma equipe que seja de sua confiança. Usar a prerrogativa de trocar nomes, nomear auxiliares e pessoas para impor seu estilo democrático e afável, não é e nunca será retaliação e muito menos sentimento de rancor, de vingança e de mesquinharia. Vamos dar tempo ao homem para que complete sua equipe e ao menos tenha a usual franquia dos 100 dias, para então se ter idéia do que será seu governo.

    4) – Fui Presidente da Assembléia e como tal sei que alguns dos crimes lá praticados e agora revelados e denunciados pelo MP, como aquele da nomeação da criança de sete anos –filha de um dos integrantes da quadrilha, nunca teria acontecido se DEPUTADOS HONRADOS como foi ORLANDO PESSUTI, tivessem tido dele conhecimento. Foi uma fraude tão grosseira que foi preciso burlar com má-fé e na total clandestinidade perpetra o crime e obter o desvio do dinheiro público, que jamais poderiam revelar e deixar que o Presidente dele tivesse conhecimento. Por isso é tamanha a insensatez e vilania de querer acusar o Pessuti deste crime da quadrilha, como pretender querer a responsabilidade dos 54 deputados e dos mais de mil servidores honestos e dignos da casa, como se todos estivessem sabendo deste crime e com ele coniventes.

    5) – O tal “lado B” é uma invenção fantasiosa do articulista para tentar moldar uma inexistente personalidade no novo governador. Ora, esta insinuação, não condiz com a verdadeira estatura moral do homem honesto e sincero que é o cidadão Orlando Pessutti. Não existe esta “perseguição sanguinária a antigos auxiliares de Roberto Requião” . Ou será que temos que admitir que Pessuti ficasse engessado no governo, monitorado com auxiliares comprovadamente ineficientes, incompetentes e incapazes de levarem a frente uma gestão mais democrática, transparente e eficiente? Atualmente, não tenho vinculo algum e nem sou eleitor do PMDB, muito embora tenha grandes amigos e lideranças que muito me ajudaram. Não estou filiado a nenhum partido, e deixei de votar no PMDB depois que a sua cúpula aderiu aos cumpanhero do mensalão. Mas na condição de mero cidadão e conhecedor da história política dos últimos 50 anos do Paraná, posso testemunhar que não existe este maledicente “ lado B” na personalidade do atual governador, pois com ele convivi muito tempo e sei que não é bipolar, não toma e nem precisa de gardenal para manter a sua costumeira serenidade e cordialidade, muito menos usa grampos em suas conversas e não é dado a fanfarronices e acusações levianas aos seus adversários.

    5) – Atribuir golpe de “boa noite cinderela” à salutar tentativa de negociar uma redução do pedágio (grande enganação do governo do baixa ou acaba – que para o publico externo combatia o pedágio, mas na surdina e intimidade chamava e nomeava para o Detran um acionista e familiar de empresa concessionária) é mais uma sordidez. Consultem sobre isso o Acir Mezzadri que muita coisa ficará esclarecida no jogo de cena das infrutíferas e aparentes tentativas judiciais de acabar com o pedágio. Claro que está certa e correta a posição levantada pelo Deputado Helio Rush ao protestar por uma negociação bem ponderada, valendo lembrar que sempre se deve ouvir os dois lados. Uma negociação pressupõe concessões recíprocas. As vezes, como diz sabio ensinamento popular, é mais válido um “ mau acordo do que uma boa causa”. Acho que a posição levantada pelo Dep Rush é pertinente e deve ser levada em consideração, na mesa das negociações, se é que elas existem. Mas que também não se imagine ser possível ao estado – pela sua falta de estrutura e condições – retomar as rodovias e ficar sem cobrar pedágio. Paga-se pedágio aqui e no mundo inteiro. Claro que o preço do pedágio no Paraná e caro e precisa baixar. Mas dizer que a tentativa de negociar um reajuste é o golpe do “BOA NOITE CINDERELA” , cá pra nós, dá para perceber que só mesmo uma personalidade rancorosa, vingativa e mesquinha quer rotular e desgastar o novo governo, como se ele fosse criminoso sem ainda ter cometido crime nenhum. Quem sabe o autor não seja um que perdeu a teta e regalias ou que teve interesses inconfessáveis contrariados?

    5) – A inclusão de Curitiba como uma das sedes da Copa do Mundo, não veio por mérito pessoal de ninguém, muito embora tenhamos que reconhecer o empenho do então Vice-Governador que soube manter dialogo com o então Prefeito Beto Richa para que juntos reivindicassem e mostrarem as condições objetivas que a nossa capital tinha e tem para sediar tal evento. Por outro lado, só mesmo a parcialidade desta infundada acusação consegue separar e isolar a discussão aqui no Paraná, quando no resto do Brasil inteiro, escuta-se o berro e o clamor com relação as obras e seu atraso na preparação para a copa do mundo. Tivesse sido prometido dinheiro publico ao tretis, seria competência do então governador fazer a oferta e com certeza a nossa rivalidade de coxas, teria detonado na hora a utilização de dinheiro publico para favorecer um clube de futebol em detrimento dos demais.

    6) – Quanto a ultima afirmação de que “Quem precisa, até para vir a ser candidato, é Pessuti. Requião tem sua eleição para o Senado garantida” trata-se evidentemente de especulação e palpite destes que soem acontecer nesta época de pré-campanha, quando ainda nem estão compostas a principais candidaturas. Mas arrisco aqui meu palpite, por ainda conhecer por dentro como funciona o PMDN único partido a que fui filiado, desde que ajudei formar e MDB e mais tarde PMDB, pertencendo a sua chamada ALA AUTENTICA, a qual, depois da Constituinte em sua maioria optou pela formação do PSDB. Junto o passado em que Joni Varisco derrotou uma convenção do ex-governador com os últimos e recentissimos acontecimentos internos do PMDB paranaense, para acreditar que Pessuti não precisa do ex para ser candidato. Tivesse o ex todo este poder, não teria frustrado a sua tentativa de tomar a direção peemedebista do incansável Dep. Valdyr Pugliesi. Ao PMDB, como partido no Paraná interessa mais manter o governo do estado que uma simples cadeira no senado. Vai daí que neste jogo, as fichas estão na mão do governador Pessuti, que esta de posse da caneta com a qual se constrói facilmente uma candidatura, ainda mais com as facilidades de quem vai para a reeleição. Basta lembrar aos deputados peemedebistas que Pessuti vai ser o governado durante a campanha eleitoral e principalmente depois dela, para que todos os interessados ponham a suas barbas de molho, inclusive os pretendentes a serem candidatos ao senado.

  17. Cristiano
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 0:16 hs

    Bom olhando o texto encontrei duas digital Benedito Pires e Mauricio Requião e o Boy que levou o texto na redação foi o João Arruda! mas oque voces queriam que o Pessuti continuaria submetido a todo tipo de humilhação que passou como vice, muitas vezes em público desferida pelo Bob loco. tá certo mande a tigra do Requião ir passar em outro emprego.

  18. CHICÃO
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 0:19 hs

    Parece que o RoNero Rufião e a trupe rufianista estão em desespero. A natureza tendenciosa, maldosa e despreparada da postagem revelam que esta só serviu para lançar em profundo descrédito as posições politicas do autor (??) da matéria. Parece que tivemos o cumprimento do ensinamento bíblico que diz: “O cão voltou ao seu próprio vômito e a porca lavada voltou a revolver-se no lamaçal”. Lamentável!!
    Quanto a eleição do ex ao Senado? Não se elegerá. A rejeição é grande demais. Amo Curitiba, mas lembre-se: Curitiba não é o Paraná.

  19. Diego
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 0:35 hs

    Quem escreveu esta coluna define o Requião como um cara bom, cordial, respeitoso, honesto e sincero. E Pessuti é o cara mau, rude, desrespeitoso, desonesto e falso.

    Tenho dó.

    Sinceramente, dá pena de ver um cara escrever algo assim achando que consegue convencer alguém. Principalmente na internet, rarará..

  20. ricardo
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 0:41 hs

    GARANTIDA?????

  21. sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 1:12 hs

    BOM…SE O CAMPANA AGORA ESTÁ BONZINHO COM O REQUIÃO….SÓ PODE SER UMA COISA….REQUIÃO E BETO RICHA…JÁ FECHARAM UM ACORDO…..É SÓ ESPERAR PARA VER…..FICARAM DE LIGAR HOJE SOBRE ISSO.

    O COMANDANTE TEM REDES DE INFORMAÇÕES EM TODOS OS LUGARES…..BONS TEMPOS …EM COMPANHEIROS…DO DOI/ CCC / PE/RJ…..VAMOS CONTINUAR UNIDOS…..E ESCLARECIDOS SOBRE AS MANOBRAS…AO CAIR DA NOITE…..FALANDO NISSO….ZANGÃO, VC FICOU DE INFORMAR ONTEM…..USE A MATRIZ 23X12….EU DECIFRO.

  22. Nilton Ribeiro
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 1:13 hs

    Quem escreveu esta bobagem está de má fé (deve ter perdido um cargo)! Imbecis! Hipócritas! Pessuti é pessoa boa e honesta e não pode sequer ser comparada com o truculento e arrogante Requião!

  23. LEAD
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 7:52 hs

    Eu cheguei até a me violentar pelo Pessuti. Eu até votei no Requião para dar o voto para o Pessuti. Porém, hoje, quero vê-lo bem longe, pois só cuidou dos seus parentes durante os anos que esteve e está no poder.

  24. Rudolfo Despenteado
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 8:05 hs

    Até o início deste ano eu acreditava que a eleição para o governo do Estado estava decidida entre Beto e Osmar, inclusive já tinha decido meu voto. Passados pouco mais de 30 dias do Governo de Orlando Pessuti, mudei de ideia, vou votar no Pessuti, não sei se ele consegue vencer a disputa mas pelo temos visto parece que ele começou a incomodar isto é sinal que seu trabalho está tendo resultado.
    Siga em frente e faça um bom trabalho. PESSUTI PARA GOVERNADOR.

  25. Sou do litoral
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 8:30 hs

    AOS MELLO E SILVA AÍ DE CIMA ; ACABOU A MAMATA VÃO TRABALHAR CAMBADA DE …. DESDE QUANDO O REQUIÃO ORGANIZOU ESTRUTURA ALGUMA NO PARANÁ ???? ISSO É PIADA E DE MUITO MAL GOSTO!!!

  26. jose itacir
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 8:50 hs

    Fabio Campana, esta pegando mal pra vc esta parcialidade pro
    Requião, reescrevendo materia deste jornaleco marron Hora H N.

  27. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 8:59 hs

    Nilso Sguarezi dixit. E quanto à reeleição do ex, aviso-o que o idiota aqui não mais está em Santa Isabel do Ivaí para quase ser preso por ficar passando às escondidas, em galpões e terreirões de café, o filme do Ferreirinha.

  28. sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 9:07 hs

    Parabéns LEAD!. Você é o único eleitor no mundo que vota em vice.

  29. jose itacir
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 9:15 hs

    Parabéns Nilson Sguarezi, valeu a madrugada.

  30. Memória
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 9:15 hs

    Pessuti nomeou a menina de 7 anos para ganhar 100 mil por mês. No que ele é diferente do Nélson Justus? Simples, ao contrário do Justus Pessuti não foi apanhado. Só isso.

  31. Sei das coisas
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 9:17 hs

    Muitas defesas e muitos ataques… de que adianta daqui a pouco os que atualmente trocam acusações juntam-se novamente e a ciranda pemanece. Não é possível radicalizar, ou seja, um é terrivel o outro é perfeito, temos que ponderar, começarmos a registrar pontos importantes dos acontecimento da política, para quando formos exercer nossa obrigação/direito: “votar”, fazermos as escolhas menos ruins.
    As mudanças na reta final do mandato não vão fazer muita diferença, alias podem inclusive causar descontinuidades de programas o vazio daquilo que se afirma que será feito e não será por falta de tempo…. muitas mudanças, desmantelando a estrutura anterior faz com que reflitamos se é para o bem da população ou será para acomodar, consolar,dar estatus, valorizar pessoas, amigos, ex-inimigos (que podem ser interessantes), etc?
    Seria tão bom se pudessemos no meio disso tudo encontrar razão, verdade, interesse em solucionar problemas graves que vem afetando nossa sociedade.

  32. Paulo Roberto Urbano da Cruz
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 10:12 hs

    O napoleão de hospicio adquiriu o jornaleco?

  33. sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 10:34 hs

    PARECE MESMO QUE O NOVO GOV.ESTA DESLUMBRADO COM O CARGO ,CHEGA ATE A PROPOR CRIAR UMA SECRETARIA DE GOVERNO,PARA ATENDER ASSUNTOS DA COPA DO MUNDO!!QUE SO VAI SE REALIZAR SE E QUE VAI? EM 2014,COM UNICO OBJETIVO DE ACOMODAR O VER. ALGACI TULIO(AQUELE QUE FEZ O “GRANDE’PROJETO Proibindo AS PULSEIRINHAS NAS ESCOLAS)E O SUPLENTE SINDICALISTA.
    ASSIM NAO DA!!!

  34. salete cesconeto de arruda
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 10:40 hs

    O que está em jogo para tanta repercussão?!

  35. Vicente Ferreira
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 11:07 hs

    Será o Benedito?

  36. Torneira Aberta
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 11:11 hs

    VIVA!!! VAMOS PAGAR PEDÁGIO DE 12,70 PARA RODAR 80Km ATÉ 2050!!

    SEM CONTAR OS DESVIOS QUE PROVAVELMENTE VÃO ACONTECER.

  37. DES TUKU NARE
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 11:14 hs

    Imaginem o conrário, ou seja, se o Pessutão não tivesse tirado ninguem da equipe do REIquião, seria a maior paulera contra ele exatamente por não ter atendido o CLAMOR PÚBLICO de fazer o que foi feito.

    Siga em frente PESSUTÃO,
    livre do REIquião,
    deixe feliz o POVÃO
    enterre de vez o NAPOLEÃO.

  38. Escritor
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 11:56 hs

    Sensacional, maravilhoso, nunca vi um artigo tão bem escrito sobre o bonachão Pessutão, dá até vontade de escrever uma dissertação sobre quem o escreveu…risos…

    Parabéns ao Fabio Campana pela coragem de incluir esse artigo aqui – o que faz dele um jornalista sério que presa pela visão de ambos os lados – e ao Jornal Hora H News.

    Como já disse aqui, será ultima vez na história que ouviremos falar em Pessuti, ele se mostrou pior que o próprio diabo, pois quem faz acordo com ambos os lados para parecer sábio, cava sua própria sepultura.

    Quem ele pensa que é para chegar no final da festa e se achar dono do pedaço? Osmar já estava tratando do cancelamento da multa a tempos…
    Fazer acordos com as empresas de pedágio, mas que é isso? ficou louco?
    Sugiri trocar o nome dele para Osmar Pessuti Lerner

    Escritor – Curitiba

  39. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 13:22 hs

    Escritor: Tá na hora de ir dormir. Já prá dentro. E não se esqueça de lavar os espaços interdigitais das extremidades dos membros inferiores e passar Polvilho Antisséptico Granado. É isso que dá deixar a locaiada solta no pátio pro banho de sol. Um descuido, eles pulam o muro e se atracam com a primeira lãrauzi do outro lado da rua…

  40. prof. pedro
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 13:24 hs

    É lamentavel ver loucos defendendo louco, quando a teta seca é hora de comer o que sobra, e é isso que husk seberiano deve fazer não tem mais avião nen helc. gasolina do estado e nem tv. ainda por cima seu puxa saco marcos batista como não se tocou em lipar as gavetas, vai ser convidado a sair.isso não é perseguição deixar as traias veias como secretarios seria burrice pessutão não é burro pé na bunda de quem ainda não se tocou pessutão.

  41. Bola da vez
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 13:39 hs

    Opa! Parece que alguém que não estava nos planos está incomodando muita gente!

    Se começaram as críticas ácidas, é porque o “homi” tá bonito na fita!!

    UM PESSUTÃO INCOMODA MUITA GENTE!!!

  42. CARLOS ALBERTO RODRIGUES
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 13:43 hs

    Nossa, que matéria imparcial,sinal que o Pessutão está incomodando mesmo.Qual será o real motivo destes comentários?Se o Orlando Pessuti não é nada, porque então perder tempo em crticá-lo.Com certeza, ai tem coisa.E vindo do Fabio Campana, esta coisa tem preço.

  43. dona_cotinha
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 17:27 hs

    A pura verdade é que nós – cidadãos paranaenses estamos sem nenhuma opção viável para o governo estadual.É o continuismo de Lerner ou de Requião, escolham vocês.

  44. ITALIANO
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 18:53 hs

    ÊSSE ARTIGO É TENDENCIOSO E SAFADO.
    MUITO BEM DISSE O EX-DEPUTADO NILSON SGUAREZI,
    PESSUTI É UM HOMEM HONRADO, SÉRIO E EU DIGO –
    QUE EM POUCO MAIS DE TRINTA (30) DIAS DE GOVER-
    NO MOSTROU COMPETENCIA E SERIEDADE NA CONDU-
    ÇÃO DO GOVERNO PARANAENSE.
    PESSUTI, TOQUE EM FRENTE E NÃO DE BÓLA PARA OS
    BABUINOS.

  45. Austragésilo
    sexta-feira, 7 de maio de 2010 – 22:43 hs

    Muito bom o comentário do Nilso Sguarezi, atingiu o ponto.
    Pessuti tem todo o direito de formar a sua equipe de trabalho, com gente de sua confiança e exercer o direito constitucional que lhe é outorgado nas urnas.

    Afinal, ser VICE não é uma função DECORATIVA – pode ser para alguns, quando não chegados ao trabalho e que gostam de ficar fazendo politicagem, ao invés de usar os neurônios para encontrar solução para os problemas que afetam a sociedade e, notadamente, os menos favorecidos.

    O QUE NÃO É o caso de Pessuti que na qualidade de vice-governador e Secretário de Estado sempre demonstrou competência ao dialogar com os paranaenses e demais autoridades locais e nacionais, na busca do entendimento.

    Correu o estado de ponta a ponta procurando melhorar a imagem do governo e promover os projetos em andamento e pedindo a integração de todos.

    Homem experiente na política, com traquejo suficiente para contornar situações difíceis, mostrou-se ser um excelente conciliador.

    Sem perder a firmeza, busca dar a recíproca do voto conquistado nas urnas. Quando necessário, levanta a voz, não para agredir, mas para mostrar que o Estado tem comando. Não corre solto, nem frouxo.

    Aliás, votos estes que ajudaram e muito, o ex-governador RR a se eleger para o governo do Estado. É sabido, porém, que o vice nem sempre pode corresponder à altura da necessidade ou das expectativas do eleitor.

    Pois, sua ação depende sobremaneira do espaço que lhe concede o mandatário do cargo que, dependendo de sua personalidade, pode senão bloquear a sua ação junto à população, mas truncar, prejudicar, amarrar para não dar visibilidade política ao vice e, dessa forma, depreciar a sua imagem junto ao seu eleitorado. Isso é comum nos quatro cantos do país. E aqui não foi diferente.

    Porém, Orlando Pessuti deu a volta por cima, mesmo nos momentos mais delicados, e soube exercer a paciência – de Jó! – e aguardar o momento propício para mostrar do que era realmente capaz.

    Como manda a lei, o governador em exercício se desincompatibiliza do cargo para concorrer a outro mandato eletivo e o vice assume. Ao assumir, é de direito montar a sua própria equipe e comandar, dali para frente, pelo tempo que lhe resta, e da melhor maneira possível, apesar do tempo exíguo: nove meses.

    Portanto, todas essas críticas são infundadas, desnecessárias e de puro casuísmo. Para o Estado, não acrescenta nada. Para Pessuti, basta não se deixar melindrar e fazer o que precisa ser feito.

    E o povo dará o veredicto nas urnas. O lugar sagrado da manifestação democrática.

    Austragésilo Penaforte

  46. Região Central 2
    sábado, 8 de maio de 2010 – 14:46 hs

    Resposta ao Sanfoneiro de Zonaa…
    A região central e o vale do ivai devem muito ao Deputado, Vice-governador e agora governador Pessuti!!!
    E ele vai tocar sim, mas pra tua mãe e pra sua irmã dançar!!

  47. Tiago Fernando
    segunda-feira, 10 de maio de 2010 – 13:46 hs

    Concordo com a matéria publicada. É só ver quem o Pessuti tirou e quem ele deixou. Alguns milionários como Virgilio Moreira Filho, que nunca fizeram nada, permanecem e outros que nuncam fizeram nada e não tem história política como por exemplo o Sr. Ricardo Cansian, outro milionário no Governo, assume uma secretaria. O Pessuti quer é saber de garantir a sua campanha. Daqui a alguns dias virá a tona a armação que o Governo esta fazendo, para garantir o dinheiro para sua campanha. Todos os secretários sabem que o governo entregará uma empresa estatal para investidores estrangeiros. É só observar para onde o braço direito de Pessuti foi nomeado, sem chamar atenção.

  48. Emerson Nogueira
    segunda-feira, 10 de maio de 2010 – 22:22 hs

    Fábio,

    É brincadeira a DESTRUIÇÃO EM MASSA que o Pessutão fez em Paranaguá, no porto e no litoral.
    O ex Deputado Roque, cassado por suas trambicagem é o manda chuva do litoral.
    Nomeou o Mariozinho aquele do rombo da parana previdencia com chefe do porto, e o diretor comercial é o amigão de 30 anos JOÃO ACHACA FEIO! brincadera…..
    É hora de roubar mais ainda no porto com a quadrilha Roque, Mariozinho e João Feio!
    Que deu no Pessutão?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*