Osmar Dias e os riscos da indecisão | Fábio Campana

Osmar Dias e os
riscos da indecisão

Da coluna ETC no Paraná Online

Em 2006, Osmar Dias perdeu a eleição para o governo do Estado em razão exatamente de sua indecisão. À época, ele alternava: em um momento era candidato, noutro não mais. Tal postura deu chance para que o seu posterior adversário, Roberto Requião, lhe fizesse várias visitas, tentando aliciá-lo.

A demora foi tanta que na própria convenção do PMDB, em meados de junho, o ex-governador rasgou elogios ao senador. Foi, portanto, somente aos 45 minutos do segundo tempo que o pedetista desceu do muro.

Apesar da morosidade extrema, ainda assim, ele quase ganhou a parada. A diferença foi mínima, apenas 10 mil votos, o que desencadeou um processo de surto de raiva no Mello e Silva. A vitória foi tão apertada que o vencedor a considerou quase que como uma derrota. Se não existissem os titubeios iniciais, sem dúvida nenhuma, Osmar hoje seria o governador do Paraná. Por incrível que pareça, a história está se repetindo.

Para não correr riscos, o senador precisa urgentemente dizer ao povo qual é a sua meta. Se for a governador, que comece a batalhar. Se for ao Senado, idem. A indecisão pode levar a desgaste nos dois campos. A aliança com o PT, nessas alturas dos acontecimentos, só pode ocorrer com a intervenção totalitária do presidente da República. O parlamentar precisa atropelar o petiço.


Perda de tempo

Se for candidato a governador, Osmar está em desvantagem, pois o seu oponente, Beto Richa (PSDB), corre o Paraná em campanha. Até o atual chefe do executivo está em crescimento como postulante, pois faz uma boa administração e mostra à sociedade que não está sujeito aos comandos de seu antecessor. Lento está somente o PDT.

Ao Senado

Se, por outro lado, decidir concorrer a senador, o pedetista precisa posicionar-se, uma vez que os demais interessados estão a pleno vapor. Gleisi Hoffmann (PT), Ricardo Barros (PP), Roberto Requião (PMDB) e até o Gustavo Fruet (PSDB) ampliaram os seus contatos com o eleitorado. O voto não cai do céu. É preciso ir buscá-lo.

Recado

Por tudo isso, cabe a advertência: esquenta, Osmar! Não entra em campo com desigualdade de condições. O episódio do PT está encerrado. O cristal quebrou. A verdade inconteste é que o Paraná não pode prescindir de políticos altamente gabaritados, que infelizmente são poucos. Vai em frente. Encarecemos a urgência da decisão. Deixar para a última hora, tu sabes, não é conveniente.


16 comentários

  1. PARANAGUÁ
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 10:54 hs

    NAO APRESSEM O HOMEM SABEMOS QUE OSMARMOTION( DEVAGAR) É ASSIM MESMO. O DITADO DELE É ” O APRESSADO COME CRU” KKKKKKKKKKKKK

    SERRA
    BETO
    FRANCISCHINI

  2. mistureba
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 11:12 hs

    Sr. Paranaguá, acho que se enganou.

    Dilma PT
    Beto PSDB
    Osmar Senador PDT
    Requião PMDB
    Janene Dep. Federal PP

    Infelizmente!!!

  3. marcio castro
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 11:16 hs

    Meu amigo Fabio vc esta equivocado, em 2006 Osmar Dias venceu em Curitiba, teve mais de 70% dos votos em Londrina, Rolandia etec….. a Convenções encerra dia 30 de junho pra que pressa. Osmar sabe a hora certa e é porisso que vcs tentam enfraquecê lo, vai dar Osmar não tenha dúvida disso com PSDB apoiando ou PT e PMDB, não importa com quem coligue.
    O que importa é que ele esta preparado pra Governar

  4. Paula
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 11:25 hs

    apenas 10000 mil votos?? foi a contagem mais emociante de toda vida!! qdo a catrefa adversária já começava a adesivar os carros para sair em carreata, o PMDB mais uma vez mostrou a força e fez geral engolir em seco a vitória!! ahahahahaha..

  5. porrete de lapacho
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 12:10 hs

    indeciso mierda favor da cpmf, continue de 4 pro cachaceiro lula..

  6. Duval Simões Araújo-Londrina
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 12:14 hs

    Os tucanos se realmente desejam tirar Osmar do páreo pra ele apoiar Serra, sacrificando a eleição de Gustavo Fruet, que fixem o prazo até 12/06. Caso Osmar continue pulando pra todo o lado. Um dia é tucano, noutro do PT e outro PMDB de Requião, que vá procurar sua turma. Beto ganha no Estado com ou sem Osmar e Serra, tem que mostrar propostas, que nós paranaenses abraçamos, independentemente de Osmar defendê-las ou não.

  7. CWB
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 12:46 hs

    ESTE COMENTÁRIO DO FÁBIO MOSTRA, CLARAMENTE, QUE A TURMA DO FILHO DO ZÉ SE APAVORA COM A ALIANÇA DO PDT COM O PT!!!!!!!!!
    A COISA VAI FICAR DIVERTIDA!!!!!
    HEHEHEH

  8. Al Capone - Peabiru
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 12:55 hs

    É isso ai Osmar Dias “tente outras vez”, sua indecisão esta quase igual a musica de Raul Seixas, quem sabe um dia seu sonho de concretize e acorda sendo governador do Estado.

  9. prof. pedro
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 13:53 hs

    O senador esta acreditando que gato tem sete vidas.
    A minha opinião, é a antiga pensando o burro ja foi atropelado uma vez. na segunda a carreta passa por cima.
    Quem não sabe o que quer toma no c..
    continue pensando assim morreu o Burro.

  10. Clainor
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 14:51 hs

    Diria para o Sr Beto tomar cuidado, está dando sopa. Colocaram este suposto vice, o poderoso Zucchi, o deputado de 50 mil votos e estão armando contra ele.
    Beto, pegue um vice sensato, que possa agregar com trabalho, idéias, votos, caráter e saia junto para a campanha, é isso que nós eleitores esperamos com renovação.

  11. PARANAGUÁ
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 17:17 hs

    SR MISTUREBA
    OBRIGADO PELA OBSERVAÇAO INÓCUA, MAS ACHO QUE O SR NAO SABE LER, POIS NAO ME REFERI A PARTIDO NENHUM.
    LEIA ANTES DE POSTAR ALGO.

    SERRA
    BETO
    FRANCISCHINI

  12. CAVALEIRO NEGRO
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 19:29 hs

    REALMENTE A DIFERENÇA FOI DE 10.000 VOTOS, SÓ QUE NAQUELA ELEIÇÃO O……..PSDB…… EM PESO VOTOU NO OSMAR EM PRETESTO CONTRA O NEPO REQUIÃO, SÓ QUE AGORA ELE NÃO VAI TER OIS VOTOS DO PSDB, AI A VACA VAI PRO BREJO, EM LONDRINA ELE GANHOU PORQUE A VOTAÇÃO DELE NO PRIMEIRO TURNO FOI FRA, FOI QUANDO ENTROU EM CENA A TURMA DO HAULY, DO PSDB, PEGARAM O COMANDO DA CAMPANHA E ELE ESTOUROU, AGORA A REALIDADE É OUTRA.

  13. segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 22:10 hs

    O PARANÁ ESTÁ FECHADO, É BETO E SERRA.
    AQUI SOMOS INTELIGENTES E BEM INFORMADOS, POR ISSO NOSSO VOTO É BETO E SERRA !!!

  14. DO LITORAL
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 0:30 hs

    AO SR BOBOCA DE PARANAGUÁ:

    SERRA
    BETO
    FABIANO ELIAS, RICARDO OU JOSAINE e NÃO FRANCISCHINI
    SEU PERÚ QUE NEM PARNAGUARA DEVE SER. SEU BABAKA

  15. escobar
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 1:21 hs

    Quantos dias levaremos para nos livrar dos mesmos de sempre?

  16. veronica
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 13:01 hs

    se tem algo de que o Paraná não precisa é de um gov. indeciso que não pode ver um muro, que logo corre pra sentar nele…já vi este filme…enquanto ele fica neste jogo de colocar o rabo no burro com os olhos tapados o Beto já tá no trecho trabalhando que nem um cometa porque de indeciso e burro este não tem nada…. aliás ele não é aquele que gosta de corridas?…acho que esta já tem alguém no pódium ……..rsrsrsrsr

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*