MP envia projeto de reajuste de salário para a Assembleia | Fábio Campana

MP envia projeto de reajuste de salário para
a Assembleia

Do Bem Paraná

O procurador-geral de Justiça, Olympio de Sá Sotto Maior Neto, não poderia ter escolhido momento mais adequado para enviar a Assembleia o anteprojeto que prevê o reajuste de 5,16% dos vencimentos dos servidores do Ministério Público (MP/PR).

O texto chegou hoje ao Legislativo. Os nobres deputados ainda estão longe digerir a operação do MP, no último dia 8, quando promotores do Gaeco cumpriram mandado de busca e apreensão no Legislativo.


14 comentários

  1. Eu mesmo
    quarta-feira, 19 de maio de 2010 – 18:05 hs

    COMO É QUE É? O MINISTÉRIO PÚBLICO PEDE REAJUSTE ACIMA DO REAJUSTO DO “RESTO” DO FUNCIONALISMO ESTADUAL? VAMOS PERGUNTAR AO POVO QUAL É O SERVIÇO TÃO RELEVANTE ASSIM QUE ESSE ÓRGÃO PRESTA A SOCIEDADE PARA TER REAJUSTE DESVINCULADO DOS DEMAIS FUNCIONÁRIOS. ESSES…. VÃO TRABALHAR. ELES JÁ GANHAM DEMAIS PELO QUE MOSTRAM À SOCIEDADE.

  2. PARANAGUA
    quarta-feira, 19 de maio de 2010 – 18:42 hs

    CONCORDO EM TERMOS, POIS ALGUNS ATÉ TRABALHAM, MAS AQUI EM PARANAGUÁ É UMA VERGONHA, POIS SEGUNDA CHEGAM NA CIDADE E SEXTA TAO INDO EMBORA, ASSIM É COM OS JUIZES DE NOSSA CIDADE. EM SUMA 2DIAS DA SEMNA NAO FAZEM NADA. OS PROCESSOS SE ACUMULAM AQUI DE UMA FORMA EXTRAORDINARIA. ALGUNS TRABALHAM MAS AQUI SAO RAROS FICAREM EM NOSSA CIDADE.
    PRECISAMOS ORGANIZAR O MP BEM COMO O JUDICIARIO.

  3. Reinoldo Hey
    quarta-feira, 19 de maio de 2010 – 18:53 hs

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…
    “Sorria, sorria coração, tristíssimo palhaço…” (Cruz e Souza)

  4. Cap. Nascimento
    quarta-feira, 19 de maio de 2010 – 18:53 hs

    Esta pressão em cima da assembléia só poderia ter este interesse. Ou os malandros dos deputados aprovam o reajuste ou os expertos do ministério público acabam com eles!
    Mas para o que serve mesmo o ministério público do Paraná, a assembleia legislativa do Paraná e o tribunal faz de contas do Paraná? Já entendi, para nada!

  5. Jonas
    quarta-feira, 19 de maio de 2010 – 19:36 hs

    “Não poderia ter escolhido momento mais adequado para enviar a Assembleia” OU NÃO. Quem sabe a verdadeira intenção do Procurador Geral? Ele quer que NÃO SEJA APROVADO mesmo.

  6. Joaquim
    quarta-feira, 19 de maio de 2010 – 20:26 hs

    EU MESMO,concordo com vc.

  7. VERGONHA
    quarta-feira, 19 de maio de 2010 – 22:09 hs

    Toma lá dá cá?
    É isso?

    eu não entendi…!

  8. Rodrigo
    quarta-feira, 19 de maio de 2010 – 23:01 hs

    Trata-se o projeto de revisão anual de vencimentos previsto na Constituição Federal. A data-base é o mês de maio. E o percentual de reajuste é idêntico ao índice oficial de inflação do pais nos últimos 12 meses.

    Então, “eu mesmo”, vai se informar antes de falar besteira.

    Imbecil? “eu mesmo”

  9. PLEBE
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 0:37 hs

    pra quanto vai o salário dos nobres membros do MP???

    R$ 25.000,00

    ISSO SEM CONTAR OS ABONOS QUE RECEBEM, 2 MESES DE FÉRIAS, ETC.

    PELA MORALIZAÇÃO DO MP, APLIQUE-SE O MESMO REAJUSTE QUE EU, APOSENTADO, RECEBO DO LULA…

  10. Professor
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 1:29 hs

    ENQUANTO isso nós professores recebemos a notícia que nossa folha foi rodada dia 14 sem o 5% que já estava acertado embora tivéssemos pedido 23%.Maio é o mês de reposição e se nem isso for respeitado o bicho vai pegar…

  11. Borduna
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 8:06 hs

    Já se vão mais de 60 dias do rame rame da assembléia. Nada temos ainda apurado, alem do que a Gazeta publicou no jornal. O MP fez o que? Cadê os nomes dos que recebiam o dinheiro dos laranjas. Reajuste acima do funcionalilsmo. Jamais. Senhores Deputados estaduais, vcs voltam a ser a reserva moral do Paraná. Ou seja, nós paranaensers estamos f d o d ó s. Tá tudo contaminado.

  12. Silvano Andrade
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 9:20 hs

    Fiquei sabendo que tem uma lista circulando, aonde consta o nome de jornalistas e blogueiros fantasmas da alep.

  13. Themis
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 14:35 hs

    O concurso para o MP é o mais difícil de todas as carreiras, infelizmente não dá para comparar com o concurso para qualquer outro quadro do Estado. Se os salários dos promotores for ruim os melhores e mais preparados não farão mais o concurso, teremos um quadro medíocre e incapaz. Hoje o MP é o único efetivo fiscalizador da legalidade. No interior os Promotores são muito atuantes e na capital há milhares de ações que quando chegam ao TJ não vão adiante por outras razões, mas o trabalho do promotor foi feito. Temos que valorizar o MP e entender que seus vencimentos acompanham os demais do judiciário e estão previstos na Constituição Federal, o desaparelhamento do MP só interessa aos corruptos, o mais é pura ignorância.

  14. Eu ja sabia.
    quinta-feira, 20 de maio de 2010 – 19:03 hs


    Nossa, agora ja sei, quando Jesus voltar, ele vai voltar como promotor do Estado do Paraná, todos honrados, são os melhores. KKKKKKK Posso dizer que muitos promotores que ai estão foram reprovados para concurso de Delegados, para Juizes e outros, o que temos no Paraná referente a magistratura é que o DNA dos pais passa para os filhos… Nunca vi, o pai é Desembargador o filho ou o sobrinho é juiz, ele vira promotor quando o Pai fica bravo porque nao conseguiu encaixa ele no Judiciário… Não ignorancia e muito menos por corrupção.
    Vamos enxergar todos são iguais, desconfiem. Não existe o melhor ou pior. Ganham muito comparando a realidade do País. Todos são politicos em suas decisões, sempre tem interesses em promoções. Quando tudo vai bem o MP é o melhor. Quando da algo errado é a policia que erro. Temos que rever, sou a favor do Juiz de Instrução, promotor tem que ir para a Delegacia. A sala dele tem que ser do lado do Delegado e não do Juiz, para realmente trabalhar para a sociedade.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*