Luciano Ducci inaugura Memorial Africano | Fábio Campana

Luciano Ducci inaugura Memorial Africano

O prefeito Luciano Ducci inaugurou neste sábado (22) o Memorial Africano, na praça Zumbi dos Palmares, no Pinheirinho, uma homenagem de Curitiba ao povo afrodescendente do Brasil e ao continente-sede dos jogos da Copa do Mundo de 2010. A praça ganhou um grande portal na entrada principal e teve seus espaços de esporte e lazer revitalizados.

“Essa é uma justa homenagem a um povo que faz parte da história de nossa cidade. Curitiba tem o compromisso de mostrar que é uma só e se orgulha de todos os povos que fizeram suas etnias”, disse Luciano Ducci. “O Memorial também destaca a Copa do Mundo e as ações da cidade pela presença da Seleção Brasileira em Curitiba.” Na solenidade, o prefeito ganhou do ex-atacante Saulo uma camisa do Paraná Clube.

A cerimônia que teve a presença de representantes de diversos países africanos. “Essa chuva fina são as lágrimas de Zumbi dos Palmares, que morreu pela liberdade dos negros e que, nessa praça, recebe nosso profundo reconhecimento”, disse o cônsul honorário da República do Senegal, Ozeil Moura dos Santos.

A abertura teve a participação do embaixador da Líbia no Brasil, Salem Ezubedi, do presidente do Conselho Municipal de Política Étnico-Racial, Saul Dorval da Silva, e de um grupo da Nigéria, que esteve em Curitiba para um seminário sobre o estudo da língua iorubá.

“É uma homenagem merecida a um povo que foi escravizado no Brasil e que representa 23% da população de Curitiba. É um presente que os moradores da cidade ganham e um presente que a cidade leva para a nação africana, que luta contra o racismo e o preconceito”, completou Saul.

Portal –

A praça Zumbi dos Palmares, de aproximadamente 21.600 metros quadrados, ganhou um grande portal na entrada principal, com 54 colunas representando cada um dos países do continente. O projeto é do arquiteto Fernando Canalli.

Quadradas, as colunas de quatro metros de altura levam o nome do país, bandeira e a localização no continente. As descrições e desenhos são feitos em azulejos. A ideia é que cada missão oficial de países africanos em Curitiba fixe uma placa na coluna correspondente ao país.

Além das 54 colunas, outras duas, amarelas, com o dobro do tamanho e diferenciadas das demais, completam o portal. As duas colunas simbolizam a educação e a cultura. Uma delas, da educação, de aço perfurado com iluminação internada. A outra, em argamassa com desenhos africanos em baixo relevo.

Um mosaico de pedras nas cores preto, branco e vermelho forma o mapa do continente africano, com o desenho dos países. A praça tem ainda espaço para feiras de artesanato étnico.

Revitalização –

A inauguração do Memorial Africano faz parte das obras de revitalização da praça Zumbi dos Palmares, no Pinheirinho, entre o terminal de ônibus e o Hospital do idoso. Foram feitas melhorias nas quadras de esporte e nos equipamentos de ginástica, entre outros.

O campo de futebol de areia foi transformado em cancha de grama sintética, com recursos de emendas orçamentárias de autoria dos vereadores Tico Kuzma, Tito Zeglin e João do Suco.

“Com a revitalização dos espaços de esporte e lazer, esperamos que a população movimente essa praça todos os dias da semana e faça dela um agradável local de convívio em família”, disse Luciano Ducci.

Também participaram da inauguração os secretários municipais Luiz Fernando Jamur, do Governo; José Antônio Andreguetto, do Meio Ambiente; Rudimar Fedrigo, do Esporte e Lazer; Eduardo Lopes Pereira Guimarães, de Relações Internacionais e Cerimonial; e os vereadores Mario Celso Cunha, Tico Kuzma, João do Suco, Felipe Braga Cortes, Tito Zeglin, Roberto Hinça e Serginho do Posto.


5 comentários

  1. sábado, 22 de maio de 2010 – 15:48 hs

    NÓS SOMOS UM ESTADO DE TODAS AS RAÇAS E CREDOS CONVIVEMOS EM PAZ COM TODOS;;;;;;;;;;SEM DISCRIMINAÇÃO;;;;;;E ASSIM QUE DEVE DE SER POIS PERANTE Á DEUS SOMOS TODOS IRMÃOS;;;;;;;

  2. Candiero
    sábado, 22 de maio de 2010 – 17:24 hs

    Caro Sr. Campana,
    Por gentileza, o senhor tem alguma ideia de porquê no convite diz 54, no artigo diz 54, mas na praça tem apenas 53 colunas? Atenciosamente,
    Candiero

  3. antonio francisco da silva
    sábado, 22 de maio de 2010 – 19:59 hs

    estou muito feliz como afrodescendente que sou e neto de escravo.Até que ,finalmentne,apareceram politicos comprometidos,verdadeiramente com a historia da nacionalidade brasileira,sem aquele olhar de privilegio ao eurecentrismo.Meus agrecimentos ao atual prefeito e ao ex´-beto Richa

  4. Cleusamf
    domingo, 23 de maio de 2010 – 10:39 hs

    OI… fiz o seguinte comentário no BLOG: Até que enfim nos professores de história não falaremos mais que Ctba guarda memória de poloneses, italianos,alemães, arabes e etc, mas não do povo negro. Só lamento que a motivação tenha sido a COPA do mundo na Africa do sul e não a história , a resistência e a cultura negra.

  5. TUKU NARE
    domingo, 23 de maio de 2010 – 10:53 hs

    LUCIANO DUCCI, SE NAO FOR CONTAMINADO, por aqueles velhos politicos
    manjados pelo povao, sera o nosso grande lider nos proximos anos, tem o geitao carismatico da boa gente de nossa capital, esangue novo e gente nossa
    e e tricolor,vai ,subir, assim como o PARANAZAO.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*