LDO prevê receita municipal de R$ 4,490 bilhões em 2011 | Fábio Campana

LDO prevê receita municipal de R$ 4,490 bilhões em 2011

O projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do próximo ano
prevê uma receita total de R$ 4,490 bilhões para o Município, e
despesas de R$ 4,453 bilhões em 2011, com uma reserva de contingência
aproximada de R$ 36,6 milhões para eventuais riscos financeiros
durante o ano. A projeção de receita é 13,9% maior que a previsão da
LDO 2009, de R$ 3,940 bilhões.

Entre as obras previstas na LDO 2011, alguns dos destaques são a
construção de 18 novas creches e ampliação e reforma de mais 20; a
construção e reforma de 7 escolas e de 18 novas quadras cobertas; 4
novas unidades de saúde, 3 Clubes da Gente e 2 Centros da Juventude, 2
Armazéns da Família e um Centro de Referência da Assistência Social
(CRAS).


Estes foram os principais dados mostrados à comunidade na manhã desta
terça-feira (13) na audiência pública de apresentação do projeto da
LDO, que será enviado pelo prefeito Luciano Ducci à Câmara Municipal
na sexta-feira (14).

A LDO descreve a previsão geral de arrecadação e de despesas que a
Prefeitura de Curitiba planeja para o próximo ano, e serve de
orientação para a elaboração do orçamento anual, que também será
discutido com a população no segundo semestre.

É no orçamento que as obras serão detalhadas e a localização de cada
uma delas será estabelecida.
“Foi um projeto construído com a participação da população pra atender
as reais necessidades da comunidade”, afirma o prefeito Luciano Ducci.

Para elaborar o projeto, a Prefeitura de Curitiba fez nove audiências
públicas nas administrações regionais, e recebeu 13,2 mil sugestões
por escrito nas reuniões populares, por telefone e pela internet.

A audiência reuniu cerca de 200 pessoas – a maioria formada por
líderes comunitários e presidentes de associações de bairro – no
Mercado de Orgânicos do Mercado Municipal de Curitiba. Foi coordenada
pelos secretários municipais de Planejamento, Carlos Homero Giacomini,
do Governo Municipal, Luiz Fernando Jamur, e o superintendente da
secretaria de Finanças, Jorge de Bem. O encontro contou com a
participação dos administradores regionais, secretários e
representantes de todas as secretarias municipais, e dos vereadores
Julieta Reis, João do Suco, Tico Kuzma, Denilson Pires e Caíque
Ferrante.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*