Gestão pública em debate na Fiep | Fábio Campana

Gestão pública em debate na Fiep

Gleisi Hoffman esteve hoje (5) pela manhã na Fiep, em Curitiba (PR), para participar da 2ª edição do Congresso Sul Brasileiro de Gestão Pública. O tema tratado foi “Educação e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio”. Segundo os
organizadores, o evento todo terá 03 painéis, 10 apresentações de Cases e 15 Cursos, além da exposição dos artigos na Mostra Científica. Na abertura foi realizado um painel chamado “Nós Podemos Brasil – Os Objetivos do Milênio e os desafios para o Brasil”. Estavam presentes o presidente da Fiep, Rodrigo Rocha Loures, Flávio Comin, da Organização das Nações Unidas e Maria Tereza Uille Gomes, da Associação do Ministério Público-PR. Hoje à tarde estão programados cursos e mostra científica para discutir o tema. O evento vai até a próxima sexta-feira (7).

Foto: Elias Dias


9 comentários

  1. Borduna
    quarta-feira, 5 de maio de 2010 – 17:04 hs

    Essa mulher está o tempo todo em todos os lugares. De Brasíia a todos os municípios do Paraná.Parece onipresente. Só uma pergunta: em que horário ela trabalha e aonde, se é que faz alguma coisa além de campanha antecipada?

  2. Marcus
    quarta-feira, 5 de maio de 2010 – 17:53 hs

    Gestão Publica?
    É um tema interessante que com certeza dominará a agenda politica. Mas gestão pública também se faz com a participação daqueles que laboram diariamente e doam a sua vida para o Estado- Os funcionários publicos. O que dizer do Ministerio do Planejamento, Orçamento e Gestão que ignora as reivindicações justas dos seus servidores? E os servidores do Ministerio do Trabalho e Emprego que recebem o MENOR salario do funcionalismo publico brasileiro. Gestão também se faz com o atendimento do pleito de melhores condiçoes de trabalho, salário e dignidade.

  3. Malazartes
    quarta-feira, 5 de maio de 2010 – 19:00 hs

    Mas o que entende esta senhora sobre gestão pública? Só se aprendeu por osmose, com o marido. Mas e sobre o desenvolvimento do Milênio, nas 8 metas da ONU?
    E prá encerrar: isso é, ou não, campanha antecipada? E o que o sr. Beto Richa faz pelo interior, também não é?
    E cadê a JustiçaEleitoral e o MP? Eles são machos com prefeitos do interior. Quero ver peitar essa moçada e suas poderosas equipes de trabalho.

  4. Geraldo
    quarta-feira, 5 de maio de 2010 – 21:00 hs

    Esteve na pauta desse Seminário o fato do papai ter montado comitê político para o filhinho nas dependências do CIETEP, com várias salas, assessoria de imprensa, etc.., tudo com dinheiro dos trouxas dos empresários.

  5. walter
    quarta-feira, 5 de maio de 2010 – 21:27 hs

    ohhhhhhhhhhh inveja, mostra pra que veio Greisi

  6. Maria do Ingá
    quarta-feira, 5 de maio de 2010 – 23:35 hs

    Essa barbie nao se elegerá nem pra sindica de condominio sem apoio do Osmar!

  7. Cristina
    quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 8:36 hs

    O que essa Gleise entende de gestao pública??? Por favor, tantas pessoas aqui fora com capacidade e preparadas para debater gestao pública! O povo nao tem mais opçao mesmo. Nossos político se arvoram, principalmente em época de eleiçao, e se lançam para “debater” qualquer assunto para ficar na mídia. Pior que a imprensa, muitas vezes, recebe para publicar asneiras como a de cima. É um absurdo! Gestao pública, Sra. Gleise e Srs. Políticos, aqui no Brasil, deve começar em primeiríssimo lugar com respeito ao erário público, com respeito aos nossos impostos e respeitar o uso correto do dinheiro que o povo paga. Isso tem de ser a base da gestao pública, coisa que o PT precisa aprender também. Começando pelos sindicatos que estao saqueando tudo o que podem (sindicatos comandados pelo PT) e a hora que os sindicalizados forem se aposentar nao vai ter dinheiro para complementar seus salários. Gestao Pública se faz, primordialmente, respeitando o dinheiro que o povo para para o país se desenvolver e dar condiçoes de uma vida saudável a sua população. Vamos começar LIMPANDO A CASA que está precisando.

  8. Lembrando o passado
    quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 12:22 hs

    Não sei o que a Gleisi entende de gestão, mas ela tem experiência.
    Foi Diretora da Itaipu binacional por alguns anos.
    Valeria a pena ouvir o pessoal de Itaipú sobre sua competência.

  9. salete cesconeto de arruda
    quinta-feira, 6 de maio de 2010 – 17:27 hs

    GLEISI – UMA ESTRELA DO PARANÁ – LÁ EM BRASÍLIA!
    E graças a Gleisi outras mulheres também irão entrar para a política partidária. Isso e bom para a DEMOCRACIA. Bom também para os HOMENS DE VERDADE. Mulher entende melhor o sofrimento de um homem que tem sua DIGNIDADE ROUBADA por um SISTEMA que os faz apenas máquinas. Escravos de um discurso que não os leva a nada. Basta percorrer as Clínicas ricas e pobres – de idosos e verificar o triste fim dos que pensam que estão LEVANDO VANTAGENS. Talvez por SEREM apenas ESCRAVOS do sistema – morrem mais cedo. Bebem mais. Se drogam mais. Cometem mais crimes e fazem mais guerras do que AMOR!
    Nesse esquema – muitos homens nem percebem que se ficarem desempregados, com problemas sexuais graves… ninguém liga. Ninguém se incomoda com a sua dor. Sua tristeza…
    Chorar?
    Imagine!
    Nossa sociedade não perdoa homem que chora. Perdoa os que se OMITEM, ROUBAM… mas não perdoa os que choram por emoção verdadeira. Seja ela de tristeza ou alegria.
    Pense nisso!
    Faça diferente.
    Tente.
    Nesta eleição experimente votar numa MULHER!
    Você pode se surpreender
    E talvez até RECUPERAR o seu direito de ser HOMEM! E não apenas carne para ser moída no SISTEMA que lhes engana há tanto tempo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*