Em campanha, Pessuti reafirma candidatura em Rondon | Fábio Campana

Em campanha, Pessuti reafirma candidatura em Rondon

O governador Orlando Pessuti está em campanha aberta pela reeleição. Não admite a hipótese de desistência, aventada pelo PT, que ainda tem esperanças mínimas de uma coligação com o PMDB e o PDT de Osmar Dias.

Pessuti esteve ontem em Marechal Cândido Rondon, no extremo oeste do Paraná. Como bom candidato, entregou equipamentos para a prefeitura da Cidade, conversou com representantes da APP Sindicato para explicar sobre as dificuldades para implantar o reajuste salarial e voltou a jurar que é candidato ao governo.

Á noite o governador participou das comemorações dos 30 anos de filiação do deputado Ademir Bier no PMDB. Ex-vice-prefeito, ex-prefeito e por três mandatos, deputado Estadual do Paraná, Bier e Pessuti foram recebidos por mais de 1.500 pessoas de mais de 40 municípios do Paraná no Clube Concórdia.

Nos discursos de Bier, do prefeito Moacir Froelich (PMDB) e dos deputados federais Dilceu Sperafico (PP) e Moacir Micheletto (PMDB), o grande tema foi a fidelidade partidária, a importância de participação política no processo democrático do país e a força e respeito de Pessuti no atendimento as necessidades dos municípios.

“Nós temos muito a agradecer ao Pessutão por tudo que ele vem fazendo pelo Paraná e estaremos junto na disputa eleitoral deste ano” afirmou Bier, referindo-se a pré-candidatura de Pessuti ao governo do Estado.

Copa do Mundo- Em atendimento aos jornalistas, Pessuti comentou sobre a proposta do deputado Luiz Claudio Romanelli (PMDB) de que se investisse recursos da COPEL nas obras de preparação da Arena da Baixada, Estádio de Futebol do Clube Atlético Paranaense, com o objetivo de sediar as partidas da Copa do Mundo de 2014 em Curitiba. “Curitiba tem que se preparar e está realizando diversas obras com este objetivo. No interior do estado elas também acontecem. A proposta de Romanelli é de difícil solução. Nós temos afirmado que é nosso desejo que as obras aconteçam com recursos do Atlético e da iniciativa privada. Nós não queremos colocar dinheiro público em nenhum estádio. Iremos investir muitos recursos na cidade em ruas, saneamento, praças, energia elétrica. Modificar a situação dos aeroportos, na duplicação de rodovias e no setor ferroviário. Tudo isso beneficiará o estado para a Copa de 2014 pois interessa diretamente a população”.

Dívida – O governador também revelou em Marechal Cândido Rondon, que recebeu a confirmação de que cerca de R$ 260 milhões foram creditados em conta bancária em nome do governo do Paraná em Brasília junto ao tesouro nacional, que será utilizado para amortizar o pagamento de parcelas de dívidas que devem ser pagas este ano. Os recursos fazem parte do processo de privatização do Banestado e que cessaram com a intervenção de Pessuti, senadores e deputados no mês passado através de votações no Senado Federal. O dinheiro não vem ao Paraná e ficará aplicado como uma poupança. Isso significa que o Estado deixará de retirar do caixa cerca de R$ 60 ou 70 milhões a partir do mês de junho. Estes recursos que ficam no caixa serão investidos em obras como construção de escolas, clinicas da mulher, quadras cobertas, salas de aula e pavimentação asfáltica nos municípios, por exemplo, beneficiando milhões de paranaenses.

“É uma vitoria fantástica que obtivemos em Brasilia, porque além dos R$ 260 milhões que temos disponíveis para utilizar em favor dos paranaenes, nos também tivemos uma redução de R$ 700 milhões na dívida que temos com o Governo Federal” disse o governador.

Pesquisa no Oeste- Na manhã de sexta-feira o apresentador da Rádio CBN de Cascavel Valdomiro Cantini revelou na emissora que em uma pesquisa realizada na Região para saber a opinião dos eleitores sobre as eleições deste ano, num quadro onde os candidatos são Orlando Pessuti e Beto Richa, o governador do Paraná aparece com 25% de preferência.

“Não é um cenário diferente do que foi mostrado dias atrás pelo Vox Populi. Todos os institutos tem mostrado mais ou menos isso. Nós temos uma pesquisa que está sendo formatada para consumo interno nosso, cujos números não diferem muito disto. Então isso nos dá a segurança e a certeza de que nós temos todas a condições e chances de disputar e vencer as eleições pelo PMDB” comemorou Pessuti.

Com três candidatos na disputa, Pessuti aparece em cenários com cerca de 15%, quando a disputa é polarizada, os percentuais se aproximam de 27%.

“A eleição não está difícil de ser vencida. Basta que no primeiro turno tiremos de nosso adversário entre 10 e 12 pontos percentuais para levarmos as eleições para o segundo turno. Nesta fase precisamos tirar outros 8 pontos. Para quem estava com zero ou 1 por cento a seis meses atrás estar hoje com 14 ou 15 e em um confronto direto estar com quase 30% é um avanço dos maiores“ disse o governador.

O governador comentou também que a presença da militância do PMDB fará a diferença no processo político deste ano. “Numa campanha polarizada como esta que se anuncia, teremos a forte presença da militância do PMDB pois esta situação mexe com os brios dos companheiros e ainda teremos a presença de um dos maiores cabos eleitorais do Brasil ao nosso lado que é o presidente Lula. Quando ele e o Partido dos Trabalhadores e a história de apoio e realizações do governo federal forem colocadas a serviço de nossa campanha eleitoral, não tenho dúvida que nós de 25 vamos para 30 ou 35% e ainda arrisca ganharmos a eleição no primeiro turno” finalizou Pessuti.


15 comentários

  1. Fora Pessutti!
    sábado, 29 de maio de 2010 – 11:06 hs

    Isso explica porque ele não tá nem aí pra governar de fato o estado, e nomeia pessoas sem nenhuma qualificação e algumas até impedidas pela justiça para ocupar cargos de diretoria em órgãos do Estado. Coitado do Pessutão, na sua megalomania não enxerga que com menos de 10% das intenções de voto, devia aproveitar a oportunidade e fazer logo um acordo com o PT e garantir o seu futuro,e, sar desta campanha absurda, deixar de usar a máquina do estado, como está fazendo com a maior cara de pau ( vide o vazamento na “escola de governo”), e cair na real. Fora Pessutti!

  2. quem é o homem ?
    sábado, 29 de maio de 2010 – 12:12 hs

    Este tio ai ao lado do pessuti é a cara do Mauro Moraes, alhias é um dos poucos deputados que vão se reeleger, sim porque o Mauro esta tirando feris da assembleia, não esta envolvido com escandalos, e ja esta em campanha pelas ruas a muito tempo, foi cassado por que teve peito de enfrentar os caciques !

  3. sábado, 29 de maio de 2010 – 12:51 hs

    Meu DEUS quanta gente,claro que para um candidato a deputado estadual isto é significativo,mas, 37 pessoas por muncípio para prestigiar um candidato a governador isto torna-se ridículo.
    Bem faz o Duce,impessa o MDB de guerra a sofrer mais esta derrota desastrosa.Chega a do Moreira agora com o Pessuti já é demais,é insistir na burrice.
    Vamos a desforra Pessuti,o Duce nunca deu pra trás nos reajustes dos funcionários,te vira malandro….são 250 mil servidores,pensionistas,aposentados,contra você,então você não acha que é um pouco mais que 1500 pessoas em um jantarzinho,o qual nem era em sua homenagem???????????
    Caia fora enquanto dá,pega a muié os filhos seus amiguinhos recém formados,os amigos do Joce e seus secretários(graaaannnnndes).
    Você em poucos dias no comando do estado conseguiu mais desafetos do que o Duce em 12 anos de poder….

  4. Louise
    sábado, 29 de maio de 2010 – 19:07 hs

    Tô bem afim de votar nele!!!

  5. marcelino gouveia
    sábado, 29 de maio de 2010 – 19:51 hs

    O PESSUTI COM ESSES NÚMEROS , NO MINIMO DEVE ESTAR SONHANDO, ELE TEM NO MAXIMO 10% E COMO AS PESQUISAS TEM INDICE DE 3.7% DE MARGEM DE ERRO ELE DEVE ESTAR MESMO É COM 6% , NA VERDADE. ESSES NUMEROS QUE ELE FALA NÃO EXISTE. MESMO COM TANTAS NOMEAÇOES DE SECRETARIOS , PARA SEREEM VERDADEIROS CABO-ELEITORAIS. O REQUIÃO TEM RAZÃO EM TODOS OS COMENTARIOS!!!!

  6. sábado, 29 de maio de 2010 – 20:31 hs

    E isso aí Pessutão, não liga pros comentários idiotas que alguns babacas escrevem, essa eleição é tua, vamos ganhar daquela cambada de bananas.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  7. Bicudo
    sábado, 29 de maio de 2010 – 20:59 hs

    é, pelos comentários acima tem muita gente com dor de corno , para vir aqui defender o Duce e descascar em cima do Pessuti, devem ser mesmo gente chegada ao ex……… mas vou mesmo é com a opinião de Louise vou votar nele.

  8. Celso
    sábado, 29 de maio de 2010 – 21:13 hs

    Esse Pessuti é um fanfarão, um incompetente e uma
    vergonha para o Palácio das Araucárias.

  9. PIONEIRO
    sábado, 29 de maio de 2010 – 22:50 hs

    mas em Rondon tem funcionario publico sem os 5%….fora seu filhote de Requião!!!

  10. Juca
    domingo, 30 de maio de 2010 – 0:20 hs

    Esse Pessuti é mais do mesmo….

    Só ta fazendo merda..quer mesmo é garantir emprego por mais uns aninhos..

    grande governador..

  11. Professor
    domingo, 30 de maio de 2010 – 8:24 hs

    EU QUERO MEUS MÍSEROS 5%…

  12. Duval Simões Araújo-Londrina
    domingo, 30 de maio de 2010 – 15:02 hs

    Não precisa nem entender de política pra saber que Pessutti é candidato e vai ser a pedra no sapato do Beto Richa. É governador e está na mídia sem precisar se afastar. Tem o partido mais forte no Estado e terá um bom tempo de rádio e TV. Tem metade dos prefeitos do Estado no seu partido. Tem 1/3 dos deputados estaduais. Deverá ter o apoio de Lula e do PT. Com ou sem Osmar candidato ao governo, Pessutti vai concorrer e com muita chance de incomodar o Beto Richa. Já Osmar, além de não ter um partido forte consigo, o PMDB iria dividido com seus prefeitos e deputados no apoio para Beto e Osmar, facilitando a vitória do tucano no 1º turno. Até para o Beto seria melhor se coligar com o PMDB dando a vice e o senado do que com Osmar, pois o sacrifício da vice e o senado para o PDT, apenas para tirar do páreo candidato mais conhecido que tem no máximo 33% de intenção de votos, é muito desvantajoso. Osmar só seria forte contra Beto com o PMDB e PT já no 1º turno, o que não ocorre. Abram o olho tucanos!

  13. LEAD
    domingo, 30 de maio de 2010 – 21:21 hs

    Com o homem motosserra do lado (Micheletto), é claro que o Pessuti já perdeu o meu voto!

  14. são jorge !
    domingo, 30 de maio de 2010 – 23:06 hs

    Palhares, sera o vice de Orlando Pessuti !

  15. ANTONIO CARLOS . CURITIBA
    segunda-feira, 14 de junho de 2010 – 18:39 hs

    CARO GOVERNADOR,NAO VAI SER FACIL GANHAR A ELEIÇAO,MAS PODE TER CERTEZA QUE ;NAO A GLORIAS SEM LUTAS…VAMOS JUNTOS,VAMOS VENCER…..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*