Ducci e Pessuti anunciam à CBF solução para conclusão da Arena da Baixada | Fábio Campana

Ducci e Pessuti anunciam à CBF solução para conclusão da Arena da Baixada

O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, e o governador do Paraná, Orlando Pessuti, anunciam na próxima terça-feira (25) ao  presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, uma solução em conjunto para viabilizar as obras de  conclusão da Arena da Baixada e de infraestrutura da cidade, uma das sedes da Copa do Mundo de 2014.

Ducci e Pessuti se reuniram nesta quinta-feira (20) na Prefeitura para discutir uma solução legal e viável para auxiliar o Clube Atlético Paranaense a adequar suas  instalações às exigências do Mundial e ao padrão estipulado pela Fifa. “Após detalhado o estudo de viabilidade econômica apresentamos ao governador uma proposta  de como a cidade pode oferecer as condições necessárias para a reforma da Arena e uma responsabilidade do Clube Atlético Paranaense de assegurar que Curitiba seja  uma das sedes da Copa”, disse Luciano Ducci. “Vamos equacionar essa solução e cada um vai fazer sua parte”, afirmou Pessuti.

O prefeito e o governador também reforçaram a parceria para executar obras que vão transformar a capital para receber o evento. As propostas de Curitiba para o PAC  da Copa incluem melhorias na rodoviária da cidade, a continuação da Linha Verde Sul em direção ao anel de contorno, a reforma do Terminal Santa Cândida e a revitalização da avenida Marechal Floriano Peixoto.

O Governo Federal já garantiu a Curitiba o financiamento no valor de R$ 178 milhões do PAC da Copa. O valor inclui as obras da avenida Cândido de Abreu, no Centro  Cívico, que será revitalizada para receber a passagem do novo ônibus Ligeirão Boqueirão/Centro Cívico e ganhará um calçadão para pedestres.

Também fazem parte do conjunto de obras já aprovadas pelo Governo Federal, o Sistema Integrado de Mobilidade e a ligação Aeroporto-Rodoviária, com a  revitalização da avenida Comendador Franco. Do total de R$ 178 milhões, R$ 126,5 milhões serão financiados para a Prefeitura de Curitiba e R$ 51,5 milhões para o
Governo do Estado.

O governador Orlando Pessuti, disse que o Estado vai realizar investimentos não só na capital e no litoral, mas em cidades de grande porte como Foz do Iguaçu,  Maringá, Ponta Grossa, Guarapuava e Londrina. “O estado, além de investir no interior, tem obrigação de destinar recursos para melhorar ruas, parques, praças e  oferecer infra-estrutura que vai servir não só para a Copa do Mundo, mas para uso de toda a cidade”, disse o governador. A previsão de investimentos na preparação  das cidades para o Mundial é de R$ 60 milhões, mas pode ser ainda maior dependendo da necessidade de surgimento de novas obras.


12 comentários

  1. luis tormenta
    sexta-feira, 21 de maio de 2010 – 15:59 hs

    É MAS SE ENTRAR DINHEIRO PÚBLICO NA BAIXADA, O DUCCI E O PESSUTI COM CERTEZA ESTARÃO SE ENTERANDO POLITICAMENTE, POIS ISTO COM CERTEZA A POPULAÇÃO QUE QUER SEGURANÇA, TRABALHO, SAÚDE E ESPERANÇA NÃO ACEITARÃO.PORTANTO ABRAM OS OLHOS POIS DO LADO DE CÁ ESTAMOS ANTENADOS.

  2. Hilário
    sexta-feira, 21 de maio de 2010 – 17:02 hs

    A plebe rude e ignara prefere que a Copa não se realize em Curiitba. Querem saúde, educação e segurança. Não sabem votar, escolhem pessimamente seus governantes e acham que sua preferências clubísticas devem prevalecer sobre os interesses da cidade e do Estado. O dinheiro público pode ser mal gasto na Assembléia, em sedes do Tribunal de Justiça, nos Tribunais de Contas, mas se for no estádio da Copa e por ser de outro clube que não o seu, não pode. Pior ainda é ouvir os reclamões dizento que ” impostos que pago não podem ser colocados em atividades privadas…”, bem, duvido que estes passem limpos por uma boa fiscalização da receita. Rio para não chorar!

  3. Borduna
    sexta-feira, 21 de maio de 2010 – 17:08 hs

    Cuidado, nenhum centavo de grana pública. Caso contrário, se ferram. Nunca mais se elegem pra nada.

  4. luis tormenta
    sexta-feira, 21 de maio de 2010 – 17:24 hs

    O HILÁRIO DEIXE DE SER HILÁRIO, O MEU É GANHO COM TRABALHO E MUITO SUOR, SE O SEU VEM DOS BIBINHOS DA VIDA ENTÃO DE PRA CLUBE DE FUTEBOL.

  5. PROFESSOR
    sexta-feira, 21 de maio de 2010 – 18:55 hs

    HILARIO, NÃO É O CASO DE TORCER PARA ESSE OU AQUELE CLUBE DE FUTEBO, MAS SIM DE SE RESPEITAR A LEGISLAÇÃO VIGENTE. NÃO HÁ COMO SE INVESTIR DINHEIRO PÚBLICO EM UM ESTÁDIO PRIVADO. ISSO NÃO VALE SÓ PARA CURITIBA VALE PARA TODAS AS SEDES DA COPA QUE SERÃO DISPUTADAS EM ARENAS PRIVADAS

  6. Zerohora
    sexta-feira, 21 de maio de 2010 – 19:15 hs

    Porque será que estão preocupando-se com o uso dos recursos e de quem ele virá para atender ao caderno da FIFA. Com a conclusão da Arena não só os atléticanos que irão se beneficiar, a coxarada e os paranistas também. Pois o comércio estara fervilhando e o dinheiro girando na cidade em 2014 e talvez até antes. Agora pessoal. Chega e hipocrisia nesta hora, pois concordo com o Hilário. Tem muito chorão palpitando, porque não é la no Alto da Glória e nem no Durival de Brito que está sendo realizados os investimentos. Se fosse no clube deles não teriamos chorões neste espaço. Querem fazer justiça, vão para frente a Assembléia, Tribunal de Contas, Tribunal de Justiça, MPE, Impressa Oficial e outros orgãos governamentais, onde o dinheiro rola solto e sem coontrole de ninguém. Se não fosse a deduragem da RPC, ninguém saberia que existem bibinhos da vida no poder público.
    HIPOCRISIA NÃO. QUEREM SER JUSTOS, VÃO PEDIR A CABEÇA DOS RESPONSÁVEIS PELO DESVIO DO DINHEIRO PÚBLICO NA ASSEMBLÉIA.

  7. Laila
    sexta-feira, 21 de maio de 2010 – 20:10 hs

    Hahahahahahahahahahahahahaha

    Põe mais 3 zeros atrás…vai ser bilhões, não milhões.

    Essa merreca aí vai só de propina para os organizadores, mentores e outros criminosos que haverão de surgir.

  8. Sergio
    sexta-feira, 21 de maio de 2010 – 21:25 hs

    quero saber como? chamar a empreiteira e prometer dirigir a licitação para as obras do PAC, para que a empreiteira “embuta” nos custos das demais obras a reforma da baixada? Pensam que que o Paraná é antro de otários, acabou o tempo em que o MP era subordinado a AL, agora declaram independencia finalmente e nao faltarão coxas e paranistas a fiscalizar casa movimento para ” lavar ” dinheiro público para aplicar na arena, se brincarem ainda vai muita gente grande pra cadeia….

  9. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 21 de maio de 2010 – 21:30 hs

    O mais importante disso tudo é a reatação decente, civilizada, educada, inteligente dos dois governos, o municipal e o estadual.

  10. ▄▀▄†Ψ REQUEIJÃOΨ†▄▀▄™
    sábado, 22 de maio de 2010 – 10:48 hs

    Cadê o Metrô?

  11. sábado, 22 de maio de 2010 – 21:45 hs

    Primeiro de tudo ,este dinheiro não poderá ser para a conclusão da baixada,segundo,o dinheiro dos meus impostos não podem sequer beneficiar particular algum ,sabe sr.Pessuti,vir com esta conversinha de que é dinheiro a fundo perdido?Fundo perdido da minha carteira,sei que o sr. é atléticano,por ocasião,mas,até onde sei esta grana somente pode ser utilizada em favor dos interesses de toda a população paranaense,e,não de meia dúzia de politiqueiros.
    Ministério Público do nosso Estado,espero que tente impedir mais esta malandragem destes politqueiros que não servem para nada,somente para se locupletar e aos amiguinhos dos filhos com distribuição gratuita de DAS’s e escritórios montados em secretarias de estado,crime ,isto é crime,que tal o MP averiguar em suas vizinhas do prédio central no CC?????
    Chega de ser enganado,vamos ao impeachment srs.
    Quer dizer,os 5% para o reajuste dos salários dos servidores públicos não tem,mas, para se fazer de bonzinho tem, o homem do boi quer fazer cortesia com o chapéu alheio…ou com o boi alheio….

  12. OSSOBUCO
    segunda-feira, 24 de maio de 2010 – 12:18 hs

    Será que vão estatizar a Baixada?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*