Criticado por Serra, Meirelles recebe prêmio nos EUA | Fábio Campana

Criticado por Serra, Meirelles recebe prêmio nos EUA

A sete meses e meio de encerrar sua gestão na presidência do Banco Central, Henrique Meirelles vai pendurar em sua biografia um novo laurel.

Será agraciado, nesta quinta (20), em Nova York, com o título de “Personalidade do Ano de 2010”.

Uma homenagem da Brazilian-American Chamber of Commerce (Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos).

Junto com Meirelles, vão aos EUA delegações de empresários e políticos. Comandam o segundo bloco Dilma Rousseff e Michel Temer.

A presidenciável petista e seu virtual parceiro de chapa prestigiarão Meirelles num instante em que o rival tucano José Serra o recobre de críticas.

Dito de outro modo: no momento em que Serra diz que o BC não é a Santa Sé, a chapa governista rende um tributo ao “papa” da política monetária.

Meirelles será festejado num jantar no The Waldorf Astoria, um dos mais elegantes hotéis de Nova York.

Deve-se a pajelança ao reconhecimento de que, na crise que roeu as finanças globais entre 2008 e 2009, Meirelles teve papel de destaque.

A julgar pela pregação de Serra, a distinção é imerecida. O grão-tucano acusa Meirelles de ter tardado a baixar os juros em meio à crise.

Critica-o também pelo manuseio das ferramentas cambiais. Acha que a sobrevalorização do Real impõe sacrifícios desnecessários à indústria nacional.

Noutros tempos, a candidata do PT daria razão a Serra. Ao longo de seu mandarinato na Casa Civil, Dilma dirigia críticas azedas a Meirelles.

A exemplo do Serra de hoje, a Dilma de ontem também achava que os juros administrados por Meirelles eram veneno, não remédio.

Ao virar candidata, Dilma viu-se compelida a moderar o discurso. Virou Meirelles desde criancinha. O PT, que também criticava o BC, agora faz um silêncio reverencial.

No dia 26 de maio, uma semana depois de degustar o quindim dos EUA, Meirelles será premiado também em Londres. Lá fora, a unanimidade. Aqui dentro…


9 comentários

  1. Tiago
    segunda-feira, 17 de maio de 2010 – 5:14 hs

    O modelo de política economica adotada pelo Meirelles é boa para os para os investidores tanto nacionais como internacionais.

    Mas crescimento economico com desenvolvimento social só investido no setor produtivo. É por isso que sou Serra e não abro!!!!

  2. UNIVERSITÁRIO
    segunda-feira, 17 de maio de 2010 – 9:18 hs

    Os Americanos só concedem prêmios a quem dá LUCRO aos seus empresários. E nisso esse governo está sabendo fazzer com perfeitção. Receber prêmio de amecaricano pode ser u boa , mas, via de regra péssimo para o nosso País. O maior prêmio deve ser de toda a sociedade Brasileira. E nesse sentido está difícil alguém conseguir esse feito!!

  3. Álvaro
    segunda-feira, 17 de maio de 2010 – 9:30 hs

    É ÓBVIO QUE OS EUA VÃO HOMENAGEAR O MEIRELLES: QUAL O PAÍS, DESTE VASTO MUNDO, DEU TANTO LUCRO PARA BANCOS? QUAL O PAÍS QUE DÁ TANTO DINHEIRO PARA OS EUA? QUANDO O OBAMA DISSE “ESSE É O CARA…”, A AGENDA OCULTA ERA “…QUE NÓS VAMOS FAZER DE PALHAÇO…”

  4. Carlos .
    segunda-feira, 17 de maio de 2010 – 9:42 hs

    Enquanto o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles vai à Nova York receber o título de “Personalidade do Ano de 2010”, o Brasil por causa das políticas econômicas monetaristas neoliberais adotadas pelo mesmo se desindustrializa.

    Ao BC manter alta as taxas de juros estas impede que as indústrias busquem o mercado financeiro para captar recursos e sem estes a descapitalizada indústria nacional não tem como enfrentar o altamente capitalizado mercado da China, que sem que aqui tenhamos barreiras protecionistas invadam o nosso mercado interno com seus produtos produzidos em um parque industrial subsidiado pelo governo chinês. Se somarmos isto a alta artificial do dólar, promovida de forma criminosa pelo Banco Central impedindo com os altos custos finais a exportação de nossos produtos manufatureiros, temos a destruição de nosso parque industrial.

    Os juros altos como o alto valor do real a nível internacional só beneficia os nossos adversários econômicos, tanto as potências emergentes como as mega-potências industriais e nos empurra a voltarmos a ser apenas mero exportador de produtos primários, o que do ponto de vista do mercado interno e externo é uma tragédia, já que estas atividades primárias pouco agregam valores.

    A Dilma, que anteriormente, tal qual o Serra ainda o faz, defendia a linha desenvolvimentista das políticas econômicas do Cepal hoje aos poucos vai se transformando em uma figura politicamente disforme, pois para ser a candidata deste governo a serviço dos banqueiros, grandes fazendeiros e empreiteiros acaba por reproduzir o discurso que historicamente sempre combateu, que é o da submissão do Brasil aos interesses políticos e econômicos internacionais.

    De um lado temos o Serra com as suas propostas desenvolvimentistas e do outro os, que iguais e tal qual o ex-presidente da UDN Otávio Mangabeira um dia fez, em um ato supremo de submissão e vassalagem beijam as mãos do Tio Sam para deste receberem afagos.

    Quando o Obama chamou o Lula de “o cara” eu fiquei preocupado, já que geralmente o que é bom para os EUA para nós é muito ruim, agora fico muito mais, pois está premiação é a confirmação de quanto o ex-dirigente do Banco de Boston é submisso as políticas impostas pelo mercado norte americano. No quadro atual o Meirelles representa o que de pior existe do ponto de vista da nossa soberania, assim representando o que um dia foi feito pelo Joaquim Silvério dos Reis, embora este só tenha entregado os Inconfidentes e hoje o Meirelles faz pior ao entregar para os “gringos” todo o futuro político e econômico de uma nação, mas a “nova Dilma”, a que no passado tanto combateu e hoje defende a autonomia do BC, irá na premiação bater palmas.

  5. Polêmico
    segunda-feira, 17 de maio de 2010 – 10:38 hs

    O PSDB esta com dor de cotovelo.
    Não fez e tem inveja de quem faz.
    Por isso PSDB nunca mais.

  6. ESTRELA CADENTE
    segunda-feira, 17 de maio de 2010 – 12:21 hs

    Será que o Meireles vai festejar com um baile a fantasias.

  7. Zangado
    segunda-feira, 17 de maio de 2010 – 13:04 hs

    Bingo !
    A Brasil só pode agradar imensamente os gringos – concede os juros bancários mais altos do mundo !
    Ora, não hão de premiar quem lhes paga os maiores lucros ?
    Ao menos um premiozinho ao presidente do BC, ex-Banco Boston.
    Mas, nós – a sociedade brasileira – pagamos o mico, o pato, os juros e quiçá o premio, já que para os gringos “não há almoço grátis” …
    Bingo !

  8. ILDO BALDO
    segunda-feira, 17 de maio de 2010 – 14:01 hs

    QUEM CRITICA ESSA EQUIPE ECONOMICA DO BRASIL NÂO SABE NADA DE ECONOMIA
    E TAMANHA GAFE SÓ PODERIA SER DO PRESIDENCIAVEL JOSÉ SERRA
    QUE JÁ AJUDOU A AFUNDAR O BRASIL COM O FHC QUE
    USA DESSES ARTIFICIOS
    E JUNTO COM O JORNAL O GLOBO FAZEM DE TUDO PARA DIZER QUE SE ELEITO FOR BOLSA FAMILIA JÁ ERA
    PRESTEM ATENÇÂO QUE IRÂO VOLTAR TAMBEM AS PRIVATIZAÇÔES O MELHOR DOAÇÂO DO PATRIMONIO PUBLICO
    E NISSO OS TUCANOS SABEM FAZER DIREITINHO

  9. BIDÚ
    segunda-feira, 17 de maio de 2010 – 15:11 hs

    CONCORDO COM O POLEMICO…INVEJA DE TUCANO É DEMAIS….LULA TEM QUASE OITENTA POR CENTO DE APROVAÇÃO, O POVO MELHOROU A SITUAÇÃO FINANCEIRA, (É SO OLHAR O TANTO DE MOTOS CIRCULANDO PELAS CIDADES), E AINDA FALAM MAL….NÃO TEM NADA NÃO…A DILMA JA ESTÁ PASSANDO POR CIMA DO SERRA…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*