Assembleia elimina 40% dos cargos em comissão | Fábio Campana

Assembleia elimina 40% dos cargos em comissão

De Roger Pereira no Paraná Online

A Assembleia Legislativa do Paraná cortou 40% dos cargos em comissão nos gabinetes dos deputados, lideranças e blocos partidários, comissões e Mesa Executiva.

Os números foram revelados ontem pelo deputado Durval Amaral (DEM), que concluiu o reenquadramento dos funcionários comissionados. O reenquadramento foi determinado pela presidência da Assembleia após as denúncias de contratação de funcionários fantasmas para desvio de recursos da Assembleia, feita por uma série de reportagens da RPCTV e do jornal Gazeta do Povo.

No último dia 30 de abril, a Assembleia demitiu todos os 1.674 comissionados, para recontratar, na sequência, a maioria deles, desde que fossem nomeados pelos deputados, preenchessem o cadastro e se apresentassem para a nomeação.

O trabalho, feito gabinete por gabinete, foi concluído ontem, com 1.034 nomeações. Segundo o deputado, não significa que os 640 cargos cortados eram relativos a funcionários “fantasmas” ou que não trabalhavam mais na Casa. Para Amaral, o corte foi uma resposta dos deputados à sociedade.


“Que aproveitaram o momento para iniciar uma transformação da Casa, enxugando drasticamente os cargos em comissão e construir o alicerce para uma nova Assembleia”, disse Durval, explicando que 399 cortes ocorreram nos gabinetes dos deputados.

O corte mais radical ocorreu nas comissões, onde apenas 19 dos 228 cargos antigos foram renomeados, ficando vagos 91% dos cargos. A ocupação de cargos nas comissões é tema de um Projeto de Lei que tramita na Assembleia Legislativa e que foi causador de polêmica anteontem na sessão plenária, quando o deputado Tadeu Veneri (PT) propôs que a grande maioria destes cargos fosse ocupada por servidores de carreira.

O reenquadramento não atingiu os cargos administrativos da Assembleia Legislativa. Segundo o deputado Durval Amaral, esse será um novo passo, a ser dado pelo departamento pessoal e pelas diretorias da Casa.

“Para isso, os deputados estão propondo a reestruturação administrativa da Casa, que será feita em parceira, ou com a Fundação Getúlio Vargas, ou com a Secretaria Estadual de Administração. Já há lei para isso, esperando a sanção do governador, e com prazo fatal, de 240 dias. Com essa reforma, vai se definir atribuições e funções de cada servidor, é a reconstrução do Legislativo, que vai culminar com a realização de concurso público”, disse o deputado.

Durval Amaral garantiu que, terminado o reenquadramento, não existe mais a possibilidade de existência de funcionários “fantasmas” nos gabinetes, lideranças, comissões e na Mesa da Assembleia.

“Asseguro com absoluta certeza que esse risco não existe mais. Mesmo porque todos foram recadastrados, com uma analise muito criteriosa, com o deputado assinando toda a documentação, com identificação digital e biométrica do servidor”, explicou.


24 comentários

  1. Romualdo
    sábado, 22 de maio de 2010 – 9:07 hs

    DE QUE ADIANTA REDUZIR OS CARGOS EM COMISSAO SE A VERBA DE GABINETE SUBIU DE 37 MIL PARA 60 MIL????

  2. sábado, 22 de maio de 2010 – 9:18 hs

    Não foi resposta nenhuma a sociedade não! Foi um jeitinho brasileiro de se tentar passar de ” Lobos Maus “, para ” Bons Cordeirinhos “, sabe sociedade nós não somos improbos, nós somos inocentes e como prova, vcs vão ver no programa eleitoral gratuíto, que eu fui um dos que foi a favor do corte para enchugar o excesso funcional da ALEP e conto com o seu voto!!!!!!! Fuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii………

  3. Vigilante do Portão
    sábado, 22 de maio de 2010 – 11:58 hs

    Ele não perde por esperar.
    O povão vai cortar MAIS do que 40% dos parlamentares.
    TODOS CONIVENTES, alguns PARTÍCIPES das falcatruas na Assembleia.
    Tenho insistido em cobrar, até já mandei carta para a Gazetona. Está faltando um braço no tal esquema dos fantasmas da Assembleia: O BANCO.
    NADA, repito NADA disso seria possível, sem a CONIVÊNCIA de funcionários do Banco.
    A Gazetona nem cita o estabelecimento.
    Queremos saber, da Diretoria do Itau e até do Banco Central, quais foram as providências adotadas.
    Experimente, um cidadão comum, tentar abrir uma conta em qualquer estabelecimento bancário.
    São tantas as exigências, uma delas, sem a qual não se abre conta, é a PRESENÇA do futuro correntista, para assinar a ficha e para liberar o Cartão.
    Essas cautelas, ao que consta, não foram observadas.
    Houve “FACILITAÇÃO”.
    As penas, para esse tipo de crime, “crime contra o sistema financeiro”, são pesadas.
    Fala PF, Fala MP, Fala RPC/GAZETA.

  4. Divanir
    sábado, 22 de maio de 2010 – 12:16 hs

    Isto sim é acreditar na impunidade, querendo enrolar o povo. Não fizeram mais que a obrigação, pois a metade dos funcionários estão lá simplesmente como cabos eleitorais e como forma dos deputados compensarem pelo apoio que tiveram em suas campanhas.

  5. sábado, 22 de maio de 2010 – 13:08 hs

    O CERTO SERÁ REALIZAR UM CONCURSO PÚBLICO Á TODOS OS CARGOS DE FAXINEIRO ATÉ Á DIRETORIA..POIS OS QUE TEM COMPETENCIA NA SUA FUNÇÃO SERÃO PREMIADOS COM O SEU EMPREGO;;;;;;;;;;;;;E PONTO FINAL????? SEM APADRINHAMENTO;;;;;;;

  6. sábado, 22 de maio de 2010 – 13:13 hs

    Então quero saber se alguém já foi cassado??? Alguém já foi afastado da mesa diretora?????Não né, então é o que os deputados chamam de fato novo,ou seja,este argumento eles usam para fugir do foco principal ,do que está em evidência,ou seja, desviar a atenção dos trouxas,estes somos nós,e,daqui a seis meses estão todos nomeados de novo,e os trouxas vão engolir a “seriedade” da ALE. Estes srs.tem habilidade suficiente para enganar a todos.
    Não vamos reeleger os integrantes da atual mesa diretora da ALE,vamos varrer o CEGO Pessuti do Palácio das Araucárias e sua família e seus amiguinhos,o Duce e sua família,todos os deputados federais,estaduais e acabar com o excessivo número de vereadores da Câmara de Curitiba.
    Em se falando em vereadores,perguntar não ofende,o que é aquela viadagem de mau gosto em pintar o chafaris da Praça Santos Andrade,coisa de biba,desrespeito ao patrimônio público…

  7. Dagmar Servia
    sábado, 22 de maio de 2010 – 15:44 hs

    Como sempre somos otários até na hora das conclusões.

    O que adianta reduzir se a grana toda que voou, ninguém sabe e ninguém viu.

    Continua a mesa diretora mandando e acontecendo. A cara de pau deste ai de cima então nem se fala que junto com seus pares fizeram o diabo e continuam rindo da nossa cara. Concluiu-se uma averiguação que não deu em nada, como todos sabíamos

    Em outubro temos que dar o troco, tirar esta corja toda de deputados covardes que sabiam de tudo e não fizeram nada.

  8. sábado, 22 de maio de 2010 – 15:45 hs

    FAÇA-SE UM CONCURSO PÚBLICO E DEM OS CARGOS ALMEJADOS AS PESSOAS DE COMPETENCIA…….SEM APADRINHAMENTO NEM UM ;;NA RAÇA;;NO CONHECIMENTO …NO MERECIMENTO;;;;;;;;;;;

  9. SYLVIO SEBASTIANI
    sábado, 22 de maio de 2010 – 18:52 hs

    Em 29 de dezembro de 2000, o Exmo. Sr.Juiz do Trabalho da 4a. Vara de Curitiba, através do Mandato n°75/2000, determinou a demissão de servidores celetista da Assembléia Legislativa.Foram demitidos 2.500 (dois mil e quinhentos). Depois disso nomeram mais um número enorme de “comissionados”, agora dizem que vão demitir 40% destes. A Assembléia Legislativa, para isso, cortou a Assistência Médica, através de contrato com a Paraná-Clinicas e os servidores aposentados, que tinham essa assistência desde 1971, lhes foram tirado quando mais eles precisavam, idosos, com sálarios por até 4 (quatro) anos SEM aumento, para ter mais Verba para pagar esses comissionados, a maioria de Fantasmas e Gafanhotos.Foi uma “maldade” dos senhores deputados estaduais, por isso criamos a Associação dos Aposentados, para nossa defesa.

  10. TUKU NARE
    sábado, 22 de maio de 2010 – 20:34 hs

    nao eliminou nada, os 40% FICARAM PARA O SEGUNDO TEMPO, aguardando
    a baixa da mare.

  11. Tchê
    sábado, 22 de maio de 2010 – 20:46 hs

    deputado Durval Amaral, tambem não sabia de nada ?
    hehehe ….
    MUDANÇA NA ASSEMBLÉIA ! NÃO VOTE NOS MESMOS !

  12. Lelo
    sábado, 22 de maio de 2010 – 21:34 hs

    Tá bom! Agora é hora de começar a limpar os ditos funcionários “efetivos” e que nunca prestaram concurso…Aqueles que foram contratados como auxiliares de serviços gerais e hoje são consultores jurídicos…

  13. domingo, 23 de maio de 2010 – 7:25 hs

    Isso que o Deputado ta falando que o corte de funcionarios é uma respodta para vc ta de brincadeira com os paranaense…a resposta era casar o mandatos do Senhor Nelson Justo e Alexandre Curi que são o cancer da Politica Paranaense mais outubro ta ai o Parana vai dar a Resposta pra vcs todos ai passar deputado.

  14. Reinoldo Hey
    domingo, 23 de maio de 2010 – 11:15 hs

    Eu tenho uma sugestão: fechem essa merda até a próxima eleição. Com o dinheiro economizado seria possível, por exemplo, honrar com os 5% dos professores , que nesse mês serão caloteados pelo estado.

  15. SYLVIO SEBASTIANI
    domingo, 23 de maio de 2010 – 11:22 hs

    LELO, DESTES EFETIVOS, TEM EX-DEPUTADO, EX-VEREADOR, ATÉ DE CURITIBA, FILHO DE DEPUTADO E EX-DEPUTADO, MULHER DE EX-DEPUTADO, MÉDICOS TEM 18.

  16. TUKU NARE
    domingo, 23 de maio de 2010 – 13:21 hs

    E ISSO AI SILVIO, A ALEP, TA IGUALZINHO A CURVA DE RIO, ONDE SE ENCOSTA TODA IMPUREZA.

  17. ABUNDA CANALHA...
    domingo, 23 de maio de 2010 – 14:10 hs

    Durval Amaral…há tempos este sujeito comprou um Jipe Cherokke, zero bala, e a sua chefe de gabinete – leia-se esposa – comprou através de cartão de crédito, a madame tinha nada mais nada menos que: mais de vinte cartõse do Itaú na bolsa. Quando ele entrava no Itaú na assemblepia quem estava atrás até rezava pela demora que ela ficava no caixa.

  18. Reinaldo Sergio Gomes
    domingo, 23 de maio de 2010 – 14:12 hs

    Para completar essa pseudo moralização, já que segundo “eles”, cortaram 40% dos cargos em comissões (apesar da verba de gabinete ter subido de R$ 37 mil para R$ 60 mil – é verdade?), em outubro nós podemos eleminar os 54 empregos desses que ai estão, não renovando seus mandatos! NÃO REELEJA!!! Vamos dar uma nova esperança para nós mesmos! NÃO REELEJA!!!!

  19. ASSOMBRAÇÃO DE BARRACO.
    domingo, 23 de maio de 2010 – 19:34 hs

    Se todos os funcionários efetivos(concursados) da Assembléia Legislativa do Paraná, usassem do mesmo critério- leia-se chantagear, os chantagistas- como fazem os fantasmas comissionados que têm gerações e gerações de fantasmas dentro do Legislativo. Esses funcionários seriam os mais bem pagos do BRASIL. Mas são pessoas sérias que não merecem toda esta nódoa que a RPC joga em cima deles, generalizando um fato. O como todos eles sabem-os efetivos-, guardadas as devidas proporções o Bibinho é o Tiradentes, e lá dentro todos sabem quem é o Silvério dos Reis – é um pé rachado que nunca conseguiu entrar para a falida elite curitibana, como eles se referem a ele de um italianinho que fede azedo. Mas as informações circulam…aguarda-se novidades.

  20. domingo, 23 de maio de 2010 – 20:13 hs

    EU VOU VOLTAR PRA SICILIA;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;

  21. Emerson
    domingo, 23 de maio de 2010 – 22:34 hs

    E UM CERTO DIRETOR DO PORTO FUNCIONARIO DA ASSEMBLÉIA CONTINUA RECEBENDO EM DUPLICIDADE?
    TEM ALGUM PROMOTOR OLHANDO ISSO?

  22. ANTONIO CARLOS VIEIRA
    segunda-feira, 24 de maio de 2010 – 0:24 hs

    GOSTARIA DE PEDIR PARA O DEPUTADO DURVAL AMARAL, QUE ESTA TÃO PREOCUPADO EM DAR RESPOSTAS PARA A SOCIEDADE DO PARANÁ, PORQUE ELE DEIXOU NOMEADO EM SEU GABINETE UM EX PREFEITO, QUE JÁ FALECEU A MUITO TEMPO :

    ANTONIO HENRIQUE VERNILLO ( ZUI ) EX. PREFEITO DA CIDADE DE FLORAÍ.

    FALA PARA A SOCIEDADE SENHOR DEPUTADO.

  23. Silvano Andrade
    segunda-feira, 24 de maio de 2010 – 11:16 hs

    o eduardinho assessor do durval é fantasma???

  24. SÉRPICO
    segunda-feira, 24 de maio de 2010 – 13:38 hs

    A manchete seria melhor assim: POVO ELIMINA 40% DA ASSEMBLÉIA!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*