Assembleia aprova proibição de anúncios de acompanhantes | Fábio Campana

Assembleia aprova proibição de anúncios de acompanhantes

Do Bem Paraná

Tomados por um surto repentino de moralismo, os deputados aprovaram hoje, em primeiro turno, projeto de Antonio Anibelli (PMDB) e Chico Noroeste (PR), que proíbe jornais e revistas de publicarem propagandas de serviços de acompanhantes, garotos e garotas de programa, disk sexo, serviços de massagem e saunas. A multa para quem desrespeitar a lei é de R$ 500,00 por anúncio e dobra a cada reincidência.

O deputado Tadeu Veneri (PT) foi o único que votou contra. Ele lembrou que da forma como está redigida a lei, jornais de circulação nacional, como Folha de São Paulo e O Globo, que publicam esse tipo de anúncio, ficariam proibidos de circular no Estado. Segundo Veneri, a questão é de competência federal, portanto o projeto seria inconstitucional.

Com seu conhecido equilíbrio e bom senso, Anibelli respondeu no velho estilo: “O problema dos jornais de São Paulo e Rio de Janeiro é dos deputados de lá”, afirmou Anibelli, que sinalizou a motivação da proposta: ” Temos que fazer nossa obrigação de deputados estaduais do Paraná, para que nossos jornais tão moralistas, parem de fazer propaganda de sexo”, disse.

Já o deputado Reinhold Stephanes Júnior (PMDB) questionou se a proibição não atingirá também as propagandas de revistas como a Playboy, nos jornais e outdoors do Estado.


31 comentários

  1. dirceu rodrigues
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 17:38 hs

    Entao os deputados que administram prostibulos e similares tem que ser julgados por falta de decoro….

    Pode comecar com o Litro e o Fabio Camargo….

  2. Marmita
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 17:42 hs

    Parece simples, mas não é. Parabéns aos Stephanes em pensar maior, um voto de louvor dos publicitários e jornalistas. Agora uma pergunta: Quem fiscaliza as pessoas que põem anúncio em orelhão? Será que nas ANOTAÇÕES da Mirlei, tem muito nobre deputado que votou hoje com cheque devolvido dela lá….

  3. Fábio
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 17:44 hs

    Eles não têm nada melhor com que se preocupar? (acho que têm). Estamos em democracia: cada um vende o que tem, compra quem tiver interesse.

  4. Jorge Vasli
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 17:51 hs

    Esses santos do pau oco querem enganar a quem com esse projeto falso-moralista? Roubar o dinheiro do contribuinte pode, anúncios de acompanhantes não. Desviar dinheiro público pode.
    Disk sexo não pode. Enriquecer às custas do erário público pode. Anúncio de massagistas não pode. Vão à pqp seus enganadores!!!!!!

  5. xyko quadros
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 18:17 hs

    BISMARCK DISSE UMA DIA: “SE O POVO SOUBESSE COMO SÃO FEITAS AS LEIS E AS SALSICHAS JAMAIS AS CONSUMIRIA”. ESSE PROJETO É EMBLEMÁTICO. DEVE SER COISA DE VELHO BROCHA.
    OS DEPUTADOS DEVERIAM APROVAR UMA LEI PROIBINDO (A ELES MESMOS) METER A MÃO NO JARRO PÚBLICO, FAZER FALCATRUAS, CONTRATAR ROCEIRAS POR r$ 12 MIL POR MÊS, CONTRATAR AMANTES NO GABINETE CUJAS SÓ BATEM CARTÃO NA CAMA REDONDA DO LE PIEGE.
    PIOR, TRISTE, TRÁGICO É QUE ESSA GENTE EM OUTUBRO CARIMBA MAIS UM MANDATO…

  6. INACINHO....do Banestado.
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 18:18 hs

    Cafajeste, também fica velho. Quem Tê viu quem te Vê.

  7. segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 18:19 hs

    Moralismo, se faz quando se tem moral e ética parlamentar para isso. Porque só agora que os nobres Deputados estão fazendo isso!?!? Será que foi devido o Prefeito de Curitiba sancionar a Lei de proibição das ” Pulseiras do Sexo “?!?!?! …. a qual achei um absurdo, pois não é o objeto que induz à prática ou a vontade de praticar e sim a ” mente humana “, se for assim, vai ter que proibir as repetidoras dos canais de televisão, que exibem cenas de sexo em suas programações como: novelas, malhação, banco da praça, alguns filmes em horário nobre onde crianças e jovens estão acordados assistindo, revistas com propagandas sugestivas, o próprio ministro da saúde recentemente cometeu um ato de indução ao em rede nacional de televisão, ao dizer: ” FAZER SEXO É BOM PARA SAÚDE “…ou é BOM PARA REGULAR A PRESSÃO…!?!!!????..Então ao meu ver é pura demagogia dos nobres deputados. Como moralismo deveriam abir essa caixa de pandora existente na ALEP, pedindo que fossem revelados os nomes dos deputados que tem ou tinham funcionários fantasmas lotados em seus gabinetes.

  8. Lalo
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 18:33 hs

    Caros deputados, nem tanto ao mar e nem tanto à terra. Sacanagem é bom, mas não com dinheiro público. Deixem a turma fornicar e parem de contratar fantasmas. Cada um na sua!

  9. rozane sachet
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 18:38 hs

    OS NOBILÍSSIMOS DEPUTADOS VÃO TODOS PARA O CEU. AMÉM.

  10. zé do povo
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 19:06 hs

    Um baita falso moralismo, muitos deputados já se serviram daquilo que desejam proibir. A maior orgia é o que se faz com o dinheiro público, e nenhum deputado os considerados fiscais e legisladores falam sobre o escandalo da assembleia. Claro agora se tornaram puritanos-ingenuos….
    Não há nada mais importante para se fazer….não estariam custando altíssimos salarios aos cofres públicos se preocupando com banalidades, e como ficaria a internet, os site…. jornais já não se utilizam faz muito tempo. A idéia destes deputados falsos puritanos é descabida, como ficam as revistas masculinas……

  11. Divanir
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 19:10 hs

    Esse Dep Antonio Anibelli deveria achar serviço para fazer, primeiro se achando o dono do mundo, respondendo uns dias pela presidência da ALEP, proibiu os jornalísta de transitar na ALEP sem terno e gravata, agora não tendo o que fazer, vem dar uma de falso moralísta. Deixa o povo transar, faz até bom para a saúde, cuide mais da ALEP para ter menos desvio de verba pública, e faça projetos que beneficiem a população, paranaense de uma forma geral e reinvidique mais segurança, que é o que o estado está necessitando e uma obrigação dos senhores deputados.

  12. segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 19:18 hs

    Não gostaram da lei, não rreleja os meliantes.

  13. Vinhoski
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 19:24 hs

    Impressionante! A cada ato da ALEP, eles se mostram anacrônicos e retrógrados.

    Inconstitucional e fora de timing. É uma pena, desmoraliza novamente o teor jurídico, onde se cria uma norma inviável em praticá-la e, principalmente, em fiscalizá-la, sem ferir direitos de outrem ou de algures.

  14. segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 21:21 hs

    É como sempre digo, alguns deputados são ótimos humoristas.

  15. xyko quadros
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 21:22 hs

    BOTO NOME E SOBRENOME, QUEM ASSIM NÃO O FAZ TEM RABO PRESO E CULPA NO CARTÓRIO. ANONIMATO É COISA DE CANALHA COVARDE, MEDROSO, CAGÃO, COMO DIZ O VULGO.
    VOU-ME DE VEZ…..

  16. tata
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 21:43 hs

    Será que os nobres deputados não receberam mais cortesia do Sinal Verde e partiram para a retaliação ?
    Para quem não sabe, o Sinal é uma casa de massagens que fica nas proximidades da Assembléia, muito frequentada na hora do almoço por estes mesmos cínicos que votaram o projeto.

  17. Flávius
    segunda-feira, 31 de maio de 2010 – 21:58 hs

    Isso que eu chamo “pregar moral de cueca”. Que moral esses rapazes da Assembléia acreditam ter? Eles nos colocam no rabo e nós ainda temos que pedir desculpas a eles por estarmos de costas? Acho que eles já nos “f…” o suficiente; agora chegou a nossa vez de retribuir, deixando-os sem emprego no dia 03 de outubro.

  18. Borduna
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 8:48 hs

    Esses caras deputados, além de roubar, não tem mesmo o que fazer. Já acho que não tem só de afastar a direção da mesa. Tem é de fechar aquele prostíbulo ALEP. Nada é mais atentatório ao pudor do que a sacanagem generalizada feita por aqueles aloprados com nosso dinheiro…

  19. Diógenes
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 9:45 hs

    Hahahahahaha

    Pois eu confio muito mais nas prostitutas que nesses parlamentares mafiosos.

    É muita cara-de-pau. Além de ladrões (e os não roubam são coniventes e portanto criminosos do mesmo quilate) são burros.

    Uma das antas defender um projeto destes dá até para entender, mas todas as antas aprovarem é inacreditável.

    Só o Veneri foi contra? haha…estamos pior do que eu pensava.

  20. ro
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 9:59 hs

    Mas que falta do que fazer dessa corja eleita pelo povo.

    Antes de tirar o ganha pão desse povo, deveriam criar mais emprego, oportunidades e melhores condições de ensino.
    Educação para o povo.

    Mas enquanto isso, esses analfabetos são eleitos e não sabendo o que fazer para desviar o assunto dos diários secretos, querem causar, prejudicando alguém que eles consideram mais inferior.

  21. Do Interior
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 10:03 hs

    É, não roubo mas ninguém pode mijar fora do pinico. Ou, não como, mas jogo areia no prato dos outros….

  22. ILDO BALDO
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 10:28 hs

    ATÉ QUE EM FIM ALGUEM FEIS OQUE DEVERIA TER SIDO FEITO QUANDO SURGUIU O PRIMEIRO ANUNCIO AH ANOS ATRAS ANIBELI E CHICO NOROESTE ATÉ QUE ENFIM ACERTARO UMA
    PARABENS MAS AINDA NÂO MERECEM MEU VOTO POIS NÂO ESQUECEMOS QUE OS ESTUDANTES FORAM BARRADOS NA PORTA POR VS EXELENCIA

  23. Estatística
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 10:56 hs

    Nesta eleição o correto é votar nas putas. Os filhos das próprias não deram certo. E agora lançam lei que proíbe as mamães de fazerem propaganda.

    FAÇA UM POLÍTICO TRABALHAR: NÃO O REELEJA.

  24. Benhur
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 11:28 hs

    O cambada de safados, deixa as meninas trabalharem, fazem a alegria do povo, agora vcs cambada de sem vergonhas, fazem a tristeza!!
    Engraçado que anuncios não pode, mas cadáveres nas capas de alguns jornais pode?

  25. eleitora
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 11:29 hs

    coisa mais ridícula.

  26. JOAO DE LARA
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 12:26 hs

    e ,ao aprovarem a lei na atentaram ,que vao deixar muitos “parentes e correligionarios”desempregados !!!!

  27. Jose Carlos
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 12:27 hs

    Isso deve fazer parte dos preparativos da visita de Berlusconi ao Paraná…

  28. veronica
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 12:46 hs

    Os anunciantes pelo menos vendem o que lhes pertence……Mas quem mandou os jornais falarem todas estas coisas a respeito da ALEP e sua mesa diretora …agora eles se vingam…já pensaram em quanto dim dim os jornais, vão deixar de arrecadar sem estes pequenos pecadores??????

  29. Victor
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 12:59 hs

    Quanta mediocridade se discute na A.L. . não há nada mais importante para se debater e votar ????

  30. Noroeste
    terça-feira, 1 de junho de 2010 – 13:22 hs

    Vão proibir as “surubas” na ALEP!
    kkkkkkkkkkkkkkk

  31. felipe
    domingo, 7 de novembro de 2010 – 16:31 hs

    tanta coisa acontecendo no país mais grave como deputados desviando dinheiro do povo e escondendo nas cuecas e meias , tao se preocupando com com assuntos de prostituiçao , ridiculo esse falso moralismo . pelos menos eles tao ganhando um dinheiro duro e sofrido sem precisar enganar ninguem

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*