Sem acerto com PT Osmar pode abrir 2º palanque para Serra | Fábio Campana

Sem acerto com PT Osmar pode abrir 2º palanque para Serra

Foto: de Aliocha Maurício, em fevereiro de 2009

Se o presidente Lula não interferir no PT do Paraná obrigando o partido a compor com Osmar Dias, nas condições estabelecidas pelos pedetistas, o PDT estuda diversas opções. Uma delas é abrir um segundo palanque para José Serra no Estado.

Para os estrategistas do PDT, se o PT do Paraná não aceitar as condições colocadas pelo partido para fazer a aliança para disputar o governo do estado, não faz sentido o senador Osmar Dias se submeter a todos os desgastes políticos decorrentes de manter uma aliança com a candidata presidencial do PT Dilma Rousseff.

Manter a aliança com o PT no plano nacional sem ter o apoio total do PT no Paraná não tem lógica e leva a candidatura de Osmar Dias a amargar enormes prejuízos, avaliam os pedetistas. Esses prejuízos já ficaram evidentes nas primeiras tentativas de compor uma aliança ampla em torno de Osmar Dias. Por causa da aproximação com o PT o PDT está perdendo a aliança com o DEM (tradicional adversário do PT), os Democratas preferem firmar uma aliança com o tucano Beto Richa e apoiar a candidatura presidencial de José Serra.

Mas o pior prejuízo de todos é o risco (já assinalado por pesquisas internas) de a aliança com o PT afastar o tradicional eleitorado do senador Osmar Dias. Trata-se de um eleitor ligado ao campo, ao agronegócio, que costuma abominar o PT e suas conexões com os movimentos radicais como o MST. Esse eleitor pode não entender a aliança com o PT, se sentir traído por Osmar e migrar em massa para a candidatura de Beto Richa do PSDB.

Os pedetistas assinalam que os constrangimentos que o senador Osmar Dias sofre com sua aproximação com o PT são muitos. Um exemplo prático é a deflagração do movimento intitulado “Abril Vermelho”, onda de invasões desfechada pelo MST, tradicional aliado do PT, que já atinge os estados de São Paulo e Pernambuco. Cada vez que o senador vai fazer campanha em áreas onde predominam os produtores rurais é obrigado a explicar sua aproximação com o PT e destacar que ela não tem nada a ver com os excessos dos aliados petistas. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa.


28 comentários

  1. Eugenio Bello
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 16:02 hs

    O Osmar já conversou com o Serra, através do Sérgio Guerra, que garantiu todo o apoio. Caso não seja possível uma aliança com o PSDB, o DEM e o PPS passam a apoiar o senador, através de decisão nacional. Com isto, evita-se que Osmar apoie a Dilma.

  2. Povão do Paraná
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 16:03 hs

    O Palanque de Osmar será o palanque do Beto Richa… Osmar já é candidato à reeleição ao Senado. Sifu, Bob Req Dementão…

  3. CELIO-Sengés PR.
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 16:08 hs

    ESSE BARQUINHO AI JA COMEÇOU A ENCHER DE AGUA, AFUNDA ANTE DO FINAL DE ABRIL. VENHA CONOSCO SENADOR E O FAREMOS O SENADOR MAIS VOTADO DA HISTORIA DO PARANÁ. O POVO PARANAENSE PRECISA DO SENHOR, MAS LÁ EM BRASILIA. VIVAAAAAAAAAAAAAAAA BETO 45

  4. VLemainski-Cascavel-PR
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 16:08 hs

    Apesar de toda a experiência que tem, às vezes quer me parecer que o Osmar é ingênuo.
    Está claro que está sendo tapeado pelo PT.
    E, pelo que se percebe, vai demorar para consertar o estrago…

  5. CELIO-Sengés PR.
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 16:10 hs

    O MST AINDA VAI INVADIR O LATIFUNDIO DO OSMAR, PARDAL QUE ACOMPANHA MORCEGO ACABA DORMINDO DE CABEÇA PARA BAIXO SENADOR. JA ME ENSINAVA MEU FALECIDO VO.

  6. Dirceu Cokweiss
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 16:10 hs

    Fábio, sem o apoio do presidente Lula e da maquina do PT, será que o Osmar tem alguma chance contra o Beto ? O Osmar não estaria sendo kamikase ?

  7. Che
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 16:33 hs

    Que é isso, companheiro Osmar?

  8. ildo baldo
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 16:50 hs

    acho que o pt deve ter candidato proprio e deixe o OSMAR
    fazer gracinha vese ele ganha as eleiçôes sem o pt ai sim da pesuti deveis porque o BETINHOcoitado vai se encostar nos barancos para amaciar o tombo

  9. ZE LEANDRO DIAS
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 16:53 hs

    Osmar o nosso Estado e o nosso povo são bem maiores que voce,portanto a nós não importa o que voce fará.

  10. Cristiano
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 16:58 hs

    Bom essa aliança ja morreu! Osmar ficou o tempo todo fletando com PT, pra forçar Beto apoiar pra governador e repetir aliança passada, Quando Beto saiu candidato e ele teve que assumir o PT pra valer arrumou uma desculpa pra não realizar aliança. Agora apouco na viagem do Beto pelo norte pioneiro Beto em seu discurso na câmara de Santo Antonio da Platina falou que Osmar vai estar na sua chapa como candidato ao senado, e o deputado Chico da Princesa do PR que a quinze dias na mesma cidade disse que estava com Osmar pra governo em seu discurso como representante da região, disse que vai estar com BETO e espera eleger o Beto no primeiro turno. então tem alguem mentindo pois até o PR que disse que ia com o Osmar ja decidiu o caminho.

  11. Leonardo
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 17:01 hs

    Osmar Dias tem toda razão de não confiar nesse bando de traíras que são os petistas do Paraná. Se não for para levar o apoio do PT para que fazer aliança com eles. Para abrir espaço para a Barbie virar senadora? Tenham a santa paciência…

  12. Dirceu Cokweiss
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 17:03 hs

    Já viram cara mais indeciso que esse Osmar ? Se ganhar o governo, vai
    divulgar o secretariado no terceiro ano de mandato.

  13. OSCARITO
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 17:15 hs

    DAI SÓ RESTA-ME VOTAR ANULAR O MEU VOTO…

    VER O OSMAR DIAS JUNTO COM O VENDILHÃO DO TEMPLO, FANTOCHE DE ROSSONI E LERNER, O BETO “VERÍDICO” RICHA.

    Documento de 1999 mostra que PSDB pretendia privatizar bancos públicos.
    Ofício revelado pela cut mostra que BNDES, que hoje fomenta crescimento brasileiro, entraria no programa de vendas, descrito pelos tucanos como “um dos mais ambiciosos do mundo”

    Um documento revelado nesta quarta-feira (14) pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) mostra que o governo de Fernando Henrique Cardoso, do PSDB, pretendia privatizar os principais bancos públicos brasileiros.

    Se hoje o Brasil é credor do Fundo Monetário Internacional (FMI), naquela época a instituição financeira definia, ao lado do Banco Mundial, as políticas econômicas brasileiras, como confirmado pelo ofício de 8 de março de 1999 do Ministério da Fazenda.

    O memorando de política externa do governo tucano lembra as privatizações de Meridional e Banespa, outrora estatais. “Com determinação o governo dará continuidade à sua política de modernização do papel dos bancos públicos na economia”, assinala o texto, que na sequência aponta que será entregue, ainda naquele ano, um estudo mostrando qual deve ser o papel de Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e BNDES.

    “Tratando de questões como possíveis alienações de participações nessas instituições, fusões, vendas de componentes estratégicos ou transformação em agências de desenvolvimento ou bancos de segunda linha”, prossegue o Ministério da Fazenda. No item 27, a administração do PSDB reforça que pretendia completar, ainda naquele ano, a privatização das empresas de energia e, em seguida, das redes de energia.

    O governo do PSDB, que teve José Serra como ministro do Planejamento e da Saúde, teria dado sequência à venda não apenas dos bancos, mas da Petrobras, na avaliação de Samuel Pinheiro Guimarães, demitido à época do Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais do Itamaraty por ter criticado a Área de Livre Comércio das Américas (Alca). “A adoção de um acordo como a Alca – com tarifas a zero, impossibilidade de controle de fluxo de capitais, total abertura – teria levado, por exemplo, à privatização de todo sistema financeiro. Privatizariam o BNDES, Banco do Brasil, Petrobrás; instrumentos que foram de grande importância na crise financeira”, pontuou recentemente o hoje ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos.

    Na gestão do PSDB em São Paulo, de quase duas décadas, além da passagem do Banespa à esfera federal e à posterior privatização, Serra, na qualidade de governador, vendeu a Nossa Caixa. A instituição acabou comprada pelo Banco do Brasil.

  14. CWB
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 17:26 hs

    QUE CHANTAGENZINHA BARATA!!
    NA VERDADE ELE ESTÁ BUSCANDO UMA DESCULPA P/ ENTREGAR O OURO P/ BANDIDO, OPS, P/ BETO!
    QUANTA COVARDIA!!!!!!!!!!!
    QUE ÓDIO CONTRA A GLEISI, HEIN?
    QUE FOME PELA VAGA DELA NO SENADO!
    QUANTO ESTÃO PAGANDO PRA TIRÁ-LA DO PÁREO?
    O LEILÃO DEVE ESTAR NUM PATAMAR BEM ALTO.
    DIAS E REQUIÃO QUERENDO A MESMA C OISA…..

  15. SIMONE- PATO BRANCO
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 17:29 hs

    ILDO BALDO COITADO
    QUER TAPAR O SOL COM A PENEIRA,
    POIS SABE QUE PESSUTI NAN DÁ
    NEM PRO CHEIRO NUMA DISPUTA
    COM BETO

  16. Edmilson
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 17:49 hs

    O Osmar está querendo virar sublegenda do Beto Richa. A que ponto que chegamos.

  17. TO LIGADO!
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 19:33 hs

    Papo sem pé nem cabeça. Isso ai é coisa de quem já esta fora da casinha. Pode uma conversa dessa???????????????

  18. Luiz
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 19:59 hs

    O Osmar se voltar atras não ganha mais para o senado, pois nada fez como senador, escreva aqui um projeto do Osmar para o Paraná. Talvez como governador faça alguma coisa.

  19. olho vivo
    sexta-feira, 16 de abril de 2010 – 22:04 hs

    Na verdade ele ja desistiu pois sem o dinheiro do PT não teria a minima chance….ele só esta procurando uma saida honrrosa.

  20. manolo
    sábado, 17 de abril de 2010 – 7:46 hs

    vamos falar sério. o osmar detesta o pt e o pt odeia o osmar. essa aliança oportunista foi para o barro porque um lado só queria ferrar o outro.

  21. Wilson
    sábado, 17 de abril de 2010 – 10:14 hs

    Com o Osmar abrindo mão desta aventura que o PT com seus acenos e mentiras quase lhe empurrou goela abaixo e voltando o seu foco para o senado vai haver candidato (a) a candidato (a) a senador (a) migrando para as candidaturas a federal e se por pura vaidade não o fizerem vão pagar o preço de ficarem sem mandatos.

  22. Antonio Moreira
    sábado, 17 de abril de 2010 – 11:12 hs

    ESTE URTIGÃO FAZ QUALQUER NEGÓCIO PARA MANTER O BARQUINHO DELE NAVEGANDO, IMAGINE DEPOIS NO GOVERNO.

  23. Edmundo
    sábado, 17 de abril de 2010 – 11:41 hs

    Demorou mas o senador Osmar Dias caiu em si. Produtor rural de braço dado com invasor de terra não dá. Ninguém tem estomago para aguentar isso. O eleitor do senador menos ainda. Voltra pro reduto, Osmar!

  24. adalton
    sábado, 17 de abril de 2010 – 14:19 hs

    O Osmar, tem que desistir desta candidatura, sozinho fica muito difizil pr ele, contra tds ele que saia ao senado, e continue la por Brasilia……

  25. Polêmico
    sábado, 17 de abril de 2010 – 14:41 hs

    O Osmar combina mais com o Serra (PSDB) pois trabalham contra o Povo e somente a favor dos poderosos.
    Por isso o Povo vai de Pesuti e Dilma.

  26. WILSON
    sábado, 17 de abril de 2010 – 17:41 hs

    SERA QUE O OSMAR NAO SABE MONTAR EM CAVALO ARREADO, VAI PERDER DE NOVO COM O PSDB!!

  27. Observador
    sábado, 17 de abril de 2010 – 20:47 hs

    O Paraná precisa expulsar Requião da política paranaense. Requião traiu José Richa, Alvaro Dias, Maurício Fruet, Gustavo Fruet e agora vai trair Orlando Pessuti..Rle é assim……..usa, descarta e joga fora.Portanto…Osmar para senador.. Assim continuaremos a ter como senadores do Parana: Alvaro Dias e Osmar dias, sempre combativos e em defesa do Parana. A outra vaga ate pode ficar com a Gleisi…….Para governador.Beto Richa

  28. Troiano77
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 9:48 hs

    Não adianta nada o Lula mandar o PT do PR apoiar o senador. O PT irá contra a vontade, não vai mexer uma palha para ajudar o Osmar. Não adianta o senador se iludir.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*