Saúde em crise, segundo Moreira | Fábio Campana

Saúde em crise,
segundo Moreira

O novo secretário estadual da Saúde, Carlos Moreira, admitiu hoje, em entrevista à Rádio Bandnews, que a situação da saúde no Paraná é caótica. Disse que pegou um déficit de R$ 300 milhões, mas que já conseguiu cortar R$ 50 milhões “em obras, viagens e outras despesas”.

Revelou ainda que dos “40 hospitais novos” que foram cantados em verso e prosa na propaganda do governo Requião, só 11 são de fato geridos pela Secretaria Estadual da Saúde. Outros três são mantidos pela Secretaria de Ciência e Tecnologia (hospitais universitários) e o resto depende das prefeituras ou de entidades beneficentes, que como se sabe estão à míngua.

Enfim, começa a cair a máscara da máquina de propaganda requianista. E a realidade é que faltam médicos, equipamentos e verbas para colocar em funcionamento a maioria dos hospitais públicos do Paraná.

O maior exemplo está muito próximo do Palácio das Araucárias: o Hospital de Reabilitação, que segundo Moreira está “em crise de identidade, porque não sabe o que quer ser”. Há divergências entre a UFPR e a Associação Paranaense de Reabilitação (APR) sobre a gestão do hospital, que funciona precariamente apenas como ambulatório (a promessa que seria um hospital tão bom ou até melhor que o Sarah Kubitschek, de Brasília, não passou de mais uma bravata requianista!). Sobre a falta de verbas, Moreira está tranquilo. “Se não resolvermos agora a questão financeira, fica para o próximo ano, porque é só uma questão orçamentária”, disse. Ou seja, a conta fica para o próximo governo, já que o atual não teve competência nem interesse em melhorar a saúde dos paranaenses. Para cumprir a exigência constitucional de aplicar ao menos 12% das receitas em saúde, mais uma vez o governo vai contabilizar investimentos da Sanepar em saneamento e os gastos com o Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos.


22 comentários

  1. Geraldo
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 11:35 hs

    Não demorou muito para ex-porteiro de luxo do Bob ternura virar o coxo…

  2. RICA
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 11:43 hs

    INCOMPETENCIA EM PESSOA ESSSE MOREIRA….

  3. De olho
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 11:44 hs

    Moreira , guspindo no prato em q comeu ???
    carinha sem carater mesmo ….. enquanto estava no poder estava ótimo ….se é tão ruim pq aceitou ser candidato a pref. apoiado pelo Requião ????

  4. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 12:41 hs

    Não estou entendendo mais nada, o “MELHOR GOVERNADOR DO SUL DO MUNDO” , vangloria-se de ter CONSTRUÍDO OU REFORMADO 40 hospitais.
    E A SAÚDE ESTÁ EM CRISE?

  5. Vai Vendo!!! Que beleza!!!
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 12:45 hs

    isso mostra o carater e a ética existente no PMDB.
    Um dia usa o apoio do Req. e em outro critica e joga merd.. no ventilador!!!!

    KIBOM

  6. Cego
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 13:06 hs

    Porra Moreira vc é homem ou um rato?? Ou melhor nem um rato seria tão mercenario e nojento quanto vc!! Pessutão esse bobão do Moreira se vende por qualquer quantia CUIDADO com esse incopetente!!

  7. jaime nativo
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 13:14 hs

    eu venho falando isso ja faz tempo,aqui no hospital regional do litoral falta tudo,falta remedios,falta adiministrativo,falta enfermagem,falta medicos,e falta muita vergonha na cara dos administradores deste hospital que inssistem em dizer que tudo esta bem,mais uma vez eu venho pedir para o senhor governador,que olhe para o hospital regional do litoral,aqui esta uma calamidade total.pessoas estao morendo por falta de vaga,mas as vagas estao la so nao tem gente para atender,ja foram desativados mais de 40leitos no hospital regional do litoral.oque mais tem para acontecer!! o ano passado teve um concursos e so chamra esta gente e fazer oque tem que ser feito.

  8. segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 13:15 hs

    Ué…mas não temos a melhor saúde do Brasil e de todas as galáxias…que houve aí…..rombo, crise de indentidade..então a saúde no governo do desqualficado foi ruim…….agora vai ficar boa……fora com toda essa gente imcomPTente, Beto governador, pra por o Paraná a limpo…

  9. Sinnuhe
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 13:33 hs

    “Quem é esse Moreira que não sabe o que diz”.

    Estou ha 25 anos na Saúde. A bem da verdade é necessário que se façam vários reparos:
    1. Não existe defcit de 300 milhões. Ele não entende de orçamento.
    2. Não tem onde cortar 50 milhões em viagens e outras despesas. Não existem viagens na Secretaria de Saúde. Só quem viaja lá e o Secretário e o Diretor Geral. O Gilberto Martin só viajava a trabalho. Quem gostava de turismo era o Claudio Xavier.
    3. Se for para cortar 50milhões tem que ser em obras, isso significa não construir o Hospital de Centenário do Sul, nem o Hospital de Quedas do Iguaçu, não terminar Telemaco Borba e não ampliar São José dos Pinhais. Será que o Pessuti já está sabendo disso.
    4. Nem todos os hospitais que Requião contruiu, reformou e ampliou são administrados pelo Estado. Mas todos eles recebem complementação financeira do Estado (além da fatura SUS). Os três Hospitais Universitários foram ampliados e equipados com dinheiro da Secretaria de Saúde.
    5.E o Hospital de Reabilitação não funciona a todo vapor, não por culpa do Governo de Estado que colocou lá os mais modernos equipamentos e deu todas as condições para funcionar. Não funciona bem por culpa da UFPR (de quem ele foi Reitor) que está numa quebra de braço com a APR.
    Moreira não entende nada de SUS e de Saúde Pública,
    antes de abrir a boca deve ser informar.

    Sinnuhe

  10. Povão do Paraná
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 13:46 hs

    Uma boa justificativa para a incompetência tão soberbamente conhecida do governo capenga e hipócrita do Dementão Bob Req também na área da saúde…

  11. Sabrina
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 14:12 hs

    Pô o reitor sacana já está traindo o Requião. Não que eu goste do Requião, mas isso é de quinta!!!

  12. LAMBARÍ
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 14:17 hs

    Até tu BRUTUS!!!!!
    Mas vejam só quem sabe fala, que bonitinho ele tem opinião e até critica os outros.
    È ISSO AI MOREIRA DETONA!!!!!!!
    AHAHAHAHAHAAH!!!!!

  13. Borduna
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 14:32 hs

    Esse cara “trabalhava” na antesala de Bob Req. Fazia o que?

  14. Parreiras Rodrigues
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 15:06 hs

    Enquanto isso, as ambulâncias das pequenas e médias prefeituras continuam sirenando rumo à capital.

  15. Pelópidas
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 16:38 hs

    Enquanto isso em terras caiçaras…

    …pessoas morrem por falta de atendimento no HRL de Paranaguá.

    E não é só atendimento médico, não. É todo o sistema, desde a recepção, que cada dia funciona de um lado do HRL, encaminhamento de pacientes, distribuição de leitos, equipamentos de saúde encaixotados pois não foram instalados e nem tem pessoal capacitado para operar.

    De tudo o que tem, falta bastante, falta muito, falta pessoal, falta material, falta condições, falta coragem.

    Concursos foram realizados, mas…

    É isso aí.

    O REI está morto. Viva o assassino do rei.

  16. heracleto
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 16:56 hs

    É POR ESSAS E OUTRAS QUE ESSE CARA TEVE 15 MIL VOTOS COMO CANDIDATO A PREFEITO DA CAPITAL. TRAIRÃO

  17. jaime nativo
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 18:39 hs

    quando a gente erra temos que ter a humildade de reconhecer que estamos errados,e eu venho me desculpar quando disse que no hospital regional a administracao e incompetente,eu errei por que generalisei todos,mas venho aqui pedir desculpas para o administrador RICARDO, que e o unico que realmente tem lutado ao lado dos trabalhadores,ele sim ouve nossos lamentos.mas ele nao pode fazer nada sozinho,depende do senhor carlos lobo que nao esta nem ai para onde vai este barco,nao ouve os trabalhadores nao senta com o sindicato para resolver as situacoes criticas que nosso hospital esta passando,ajude a gente senhor governador !!!

  18. FILET MIGNON
    segunda-feira, 19 de abril de 2010 – 18:52 hs

    O Moreira esqueceu-se de dizer que os hospitais regionais de Ponta Grossa e o Infantil de Campo Largo, não permitem a entrada de macas nos CENTROS CIRÚRGICOS…. As dimensões da porta não obedecem a legislação. “NÃO ENTRA MACA”, o que quer dizer que estão investindo mais dinheiro para que se crie um sistema de estacas para transporte de pacientes em pé! KKKKKKKK!
    Eita governinho safado!!!

  19. do litoral
    terça-feira, 20 de abril de 2010 – 10:32 hs

    Sinnuhe…não sei o q vc faz na Saude…mas vc deve ficar dentro de um gabinete, sem nunca ter botado os pés em um hospital do Estado…faça uma visita ao nosso Hospital Regional do Litoral, converse com médcios e enfermagem…e conheça o caos e a personificação da MÁ GESTÃO

  20. joana da silva prado albuquer
    terça-feira, 20 de abril de 2010 – 21:56 hs

    PRA QUEM CONHECE A MÚSICA…..FEZ COM ELE VAI FAZER COMIGO EXATAMENTE IGUAL( ESTA MORENA TA ME DANDO BOLA TÃO DESCONTRAÍDA…..SO QUE EU NÃO VOU EM BOLA DIVIDIDA……) PARA QUEM ERA CHEFE DA CASA CIVIL…..FICA EXTREMAMENTE DESELEGANTE E TOTALMENTE SEM CREDITO ALGUM.CUIDADO AOS QUE ESTÃO EM SUA VOLTA….É MELHOR ABRIR OS OLHOS, OU CONSULTAR UM OFTALMO.
    QUE PENA QUE TEM QUE SER INDICADO POLITICAMENTE……PODERIA SER APROVEITADO OS MÉDICOS DA SAÚDE QUE ESTÃO VENDENDO SABEDORIA E COMPETENCIA, E AINDA NÃO SÃO FOFOQUEIROS.

  21. ozeias avlves de jesus
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 2:52 hs

    Venho através desta apoiar e dizer que concordo com o amigo jaime nativo o qual conheço pessoalmente e tem lutado ao lado da enfermagem, e devo dizer senhor governador que a situação aqui em paranaguá está caótica um hospital enorme que abrange todas as cidades litorâneas e ilhas está sem mão de obra tudo porque o antigo governador que quer ser senador tem birra pessoal com a prefeitura ai a população que paga seus impostos quando precisa não tem onde ser atendido nós não temos culpa, e o concurso divulgado e realizado pela cops uel quando vão chamar funcionários para resolver essa situação pelo amor de DEUS resolva essa situação com a convocação e assim sera resolvido dois problemas o do atendimento público com qualidade e emprego para a classe de enfermagem lutadora e batalhadora não estou pedindo muito apenas uma solução, ENFERMAGEM SEMPRE E QUALIDADE DE ATENDIMENTO PARA O POVO PARNANGUARA.

  22. ivete
    sábado, 5 de junho de 2010 – 11:09 hs

    Senhor Jornalista
    Fiquei muito apreensivo ao ouvir fala do governador, quando dizia que em breve terá continuidade as obras do Hospital Regional em Quedas do Iguaçu.

    Tudo o que aqui vou relatar, não é porque o povo não mereça tal Hospital, mas não podemos deixar acontecer o mesmo erro na mesma cidade.
    Sei que o Senhor é conhecedor de que já foi iniciado um Hospital que era pra ser de primeiro mundo. Lá foi investido MILHÕES, e esta apodrecendo no tempo. A cada eleição esta vindo verba para acabar ele, mas isso já faz mais de 10 anos e esta lá pra quem quiser ver o desperdício do dinheiro do povo.

    Com este que o Senhor fala que virá verba não foi diferente. Já na aquisição do terreno e ex-prefeito já levou vantagens e desta negociação já saiu um pedaço de terra que o mesmo construiu uma Pista de Cavalo de aço particular, só que na época ele era Prefeito e usou o maquinário da prefeitura, funcionários municipais, as lajotas toda ao redor, fora da pista, vieram de uma Avenida Pinheirais, que foi modificada, e ninguém fez nada.

    Minha indignação fica nas perguntas abaixo:
    1) O Senhor vai liberar verba para construir um Hospital ao lado de uma pista automobilística (especificamente Cavalo de aço) que ensurdece moradores que moram a uns cinco quarteirões?
    2) Será que é possível construir um Hospital entre 02 postos de gasolina?
    3) Será que pode construir um Hospital ao lado de um córrego? Ate onde sei não pode.
    4) E quanto este hospital ser na beira de uma rodovia de tráfego intenso, e como fica o barulho, ou os doentes deste hospital não tem problemas como os outros?
    Se for feito uma pesquisa, com certeza será negado pela opinião pública, mas como é um ano eleitoreiro, talvez saia mais uma obra, pois fazer as paredes e inaugurar é fácil, quero ver fazer a coisa funcionar.

    Moro na cidade a mais de 30 anos e cada dia mais decepcionado com nossos prefeitos.
    O anterior de tão ruim que foi o mandato, o tal da pista, conseguiu 1.200 votos. O atual não faz nada, e alega a verba que nos foi tirada do royalty da usina que foi para nosso vizinho município de São Jorge D`Oeste, que também achei injusto. Enquanto isso o povo padece. Falta emprego, assistência médica, Saúde debilitada, o que ta indo de vento em popa, são os terras, pois aqui se concentra o maior acampamento de sem terra do Brasil. Pense com carinho,
    Senhor governador. Faça uma investigação sobre o que relatei, verifique a veracidade das minhas palavras, não deixe acontecer o mesmo erro do passado,
    Obrigado
    Um eleitor indignado.

    Em tempo endereços: projeto nova obra PR 473 e da obra abandonada: antigo aeroporto

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*