Requião apoia Ciro nas críticas a Lula | Fábio Campana

Requião apoia Ciro nas críticas a Lula

Em mais um capítulo da política no twitter, Requião agora reverbera as críticas de Ciro Gomes a Lula. Repassou a seguinte mensagem:

“Ciro Gomes protesta com poema de Maiakovski em www.cirogomes.com . Ilustra bem os caminhos do governo Lula!”

O poema que Ciro atribuiu erroneamente a Maiakovski é o seguinte:

“Na primeira noite
Eles se aproximam
Colhem uma flor de nosso jardim
E não dizemos nada.

Na segunda noite, já não se escondem
Pisam as flores
Matam nosso cão
E não dizemos nada.

Até que um dia
O mais frágil deles
Entra sozinho em nossa casa,
Rouba-nos a lua e,
Conhecendo nosso medo,
Arranca-nos a voz da garganta.

E porque não dissemos nada,
Já não podemos dizer nada.”


21 comentários

  1. Moraes
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 9:51 hs

    É um trecho do poema “No Caminho com Maiakóvski “de Eduardo Alves da Costa.

    http://www.culturabrasil.org/caminhocomaiakovski.htm

  2. Abadia
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 9:54 hs

    Não foi Maiakowski quem escreveu este poema – até os cavalos do governador sabem disso. Saco!

  3. Paulo Esteche
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 10:16 hs

    É comum os políticos recorrerem a esta frase, principalmente a galera que se diz de “esquerda”.
    Dias desses, ouvi uma deputada estadual, que é comadre do Lula, creditando a poesia a Chê Guevara.
    E, o pior, a deputado foi imediatamente “corrigida” por uma assessora, através de um bilhetinho, dizendo ser de Bertold Brecht.
    Há muito tempo estão citando que é Maiakovski.
    O estudioso Soares Feitosa nos explica em qual contexto Eduardo Alves da Costa homenageou o poeta Vladimir Vladimirovitch Maiakovski: http://www.revista.agulha.nom.br/autoria1.html

  4. Parreiras Rodrigues
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 10:37 hs

    Deixem o Curiango lá de Santa Isabel do Ivaí ficar sabendo que tão usando o poema dele…

  5. Borduna
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 10:38 hs

    Pra quem foi deputado estadual e sabia que a roubalheira da ALEP vem de mais de 20 anos e nunca fez algo pra coibir, citar esse poema é no mínimo intrigante, não?

  6. Flávio Barros
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 10:41 hs

    Tudo bem. Beleza.

    Mas num dá para mudar, não?

    É sempre o Brecht, Maiakovski ou o Cidônio, pô.

    Vão ler Guimarães Rosa, Manuel Bandeira, Érico Veríssimo. Renovem o repertório.

    “Se todo animal inspira ternura, o que houve, então, com os homens?”
    Guimarães Rosa

    “VI ONTEM um bicho
    Na imundície do pátio
    Catando comida entre os detritos.
    Quando achava alguma coisa,
    Não examinava nem cheirava:
    Engolia com voracidade.
    O bicho não era um cão,
    Não era um gato,
    Não era um rato.
    O bicho, meu Deus, era um homem.”
    Manuel Bandeira

    “Quando os ventos de mudança sopram, umas pessoas levantam barreiras, outras constroem moinhos de vento.”
    Érico Veríssimo

  7. Austragésilo
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 12:05 hs

    MUITO BEM!
    O problema do Ciro é que ele está citando esse poema – e a gravidade da situação – só agora, porque teve seus interesses tolhidos por INTERESSES MAIORES. Leia-se Lula-Dilma.

    Portanto, Ciro cada dia mais perde a confiança do cidadão e eleitor brasileiro. Mesmo porque, até pouco tempo, ele fazia parte do mesmo time que agora o está defenestrando.

    Ciro é parte desse meio e, portanto, a ele pertence. Pode espernear a vontade. Deixou-se usar por conveniência. Transferiu seu título eleitoral do Ceará para barganhar espaço político senão para a Presidência, seu desejo, ou para governador de São Paulo.

    Pensava ele que os paulistas são idiotas ou não tem candidato próprio. Novamente levou rasteira do PT e de Lula, e Mercadante foi indicado para concorrer ao governo de São Paulo, em outubro próximo.

    Portanto, Ciro apesar de ser um homem inteligente, nos últimos anos, na política, só desceu a escada do prestígio popular. Viveu agarrado ao corrimão petista que agora lhe dá um pé no traseiro…

    Talvez, daqui algum tempo, como consolação, ganhe – novamente – um ministério para chamar de seu!

    O poema, apesar de profundo, NÃO REPRESENTA A VERDADE POSTA COMO ESTÁ por Ciro Gomes. Ele fazia parte do grupo que hoje esculhamba. ASSIM NÃO VALE!!!

    Mas se lhe faz bem aos bofes, continue detonando os companheiros de ontem. É de direito e não se cobra imposto por isso. E a oposição agradece, sem dúvida.

    Ciro não convence mais ninguém com essa retórica.

  8. Don Quixote
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 12:52 hs

    É ISSO AÍ. TÃO CERTOS OS DOIS.

  9. Serginho Rosa
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 13:31 hs

    ESSE CIRO SE VENDEU, E SE FÚ…

  10. OSSOBUCO
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 14:23 hs

    Enquanto a nossa mídia trabalha para José Serra, imprensa estrangeira destaca Brasil como ator internacional

    O jornal estrangeiro que mais citou o Brasil no primeiro trimestre foi o britânico Financial Times

    A exposição do Brasil na grande imprensa estrangeira aumentou 65% no primeiro trimestre deste ano, com a maior parte das reportagens chamando atenção para o fato de o País estar despontando como um jogador importante na comunidade internacional, segundo pesquisa da agência de comunicação Imagem Corporativa.

    O número de reportagens sobre o Brasil em grandes jornais, revistas e agências de notícias do exterior aumentou de 671 no primeiro trimestre do ano passado para 1.111 em período equivalente de 2010, das quais 82% são positivas.

    O jornal estrangeiro que mais citou o Brasil no primeiro trimestre foi o britânico Financial Times, com 257 reportagens (veja gráfico – clique). Por sinal, o correspondente do diário no País, Jonathan Wheatley, adiantou ao Radar Econômico que publicará no dia 6 de maio mais um caderno especial sobre o Brasil – o terceiro em cerca de seis meses – desta vez sobre infraestrutura.

    Depois do Financial Times, os que mais citaram o Brasil foram o argentino Clarín (com 127 menções), o norte-americano The Wall Street Journal (116) e o chileno El Mercurio (103).

    A maior parte do conteúdo sobre o Brasil nesses jornais se refere à economia, dividida pela pesquisa em temas como: o País como “player interncaional” (28,7% das menções), empresas ou executivos brasileiros (20,3%), o País como local de investimento (16,6%); comércio exterior (9,4%) e negócios (5,5%) – como mostra o gráfico abaixo.

    A pesquisa abrange veículos de comunicação de 11 países: Asahi Shimbun (Japão), China Daily (China), Clarín (Argentina), El Mercurio (Chile), El País (Espanha), Financial Times (Reino Unido), The New York Times (EUA), Le Monde (França), RIA Novosti (Rússia), The Economic Times of India (Índia), The Economist (Reino Unido), The Times of India (Índia), The Globe and Mail (Canadá), Wall Street Journal (EUA) e Washington Post (EUA).

  11. OSSOBUCO
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 14:30 hs

    Ciro fulmina Serra na Rede TV
    segunda-feira, 26 abril, 2010 às 15:29

    Insisti e insisto aqui nesse espaço que Ciro Gomes é um importante aliado e que houve um aproveitamento oportunista do que ele disse nas últimas entrevistas que concedeu. Ciro entende muito bem o jogo político, aproveita a vitrine para mandar os seus recados, duros, porém sinceros, mas não há dúvida quanto a seu lado nessa eleição.

    Em entrevista ao programa “É notícia”, do jornalista Kennedy Alencar, na Rede TV, no domingo, ele soltou suas farpas, mas chamado a uma síntese sobre os principais candidatos à eleição presidencial, foi direto, fulminando José Serra: “É um brasileiro bastante preparado, mas uma personalidade autoritária, tenebrosa, que com o poder na mão me parece um perigo para o país.”

    http://www.tijolaco.com/?p=12993

    Acho que com essa declaração, Ciro encerra a falsa discussão e a manipulação escancarada de seu pensamento.

  12. salete cesconeto de arruda
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 15:03 hs

    O HOMEM É O LOBO DO HOMEM
    Quem disse isso?
    Com a palavra os “CULTOS” do Sul que só votam em gente honesta.

  13. Laertes
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 15:13 hs

    Jornal argentino questiona posição de Serra sobre Mercosul
    Ao qualificar o Mercosul como uma farsa, Serra parece desconhecer, diz o Clarín, que o grosso das exportações industriais do país tem como destinatários países da América Latina. “Segundo estatísticas oficiais, 90% das vendas de produtos manufaturados de Brasil no mundo ocorrem no Mercosul e em mercados latinoamericanos”, lembra o jornal. As declarações do ex-governador de São Paulo surpreenderam negativamente várias lideranças latinoamericanas pelo desprezo revelado em relação aos demais países da região.

  14. Estamos de Olho
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 15:16 hs

    O OSSOBUCO! VOCÊ AINDA NÃO SABE QUANTO QUE CUSTA ESTA PROPAGANDA DO FRANKLIN MARTINS NA MÍDIA ESTRANGEIRA. PROCURE SABER OS VALORES ABSURDOS ENVOLVIDOS NESTA PROPAGANDA ENGANOSA, NOVAMENTE DA TURMINHA QUE ESTÁ DE SAÍDA. CADA MENÇÃO DESTAS DARIA PARA SALVAR MUITAS VIDAS NO BRASIL.
    QUANTO AO CIRO GOMES, REALMENTE, TAMBÉM TENHO DÓ. MAS BEM QUE MERECEU, O GOLPE DO LULA, COMO SE DESSE PARA ACREDITAR NAQUELA TIME.

  15. FILET MIGNON
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 19:06 hs

    Olá FLAVIO BARROS…. Matei a charada do poema, não era mesmo um gato ou um rato…. era um leitãozinho bem gordinho, de tanto mamar deitado! E mais, o leitãozinho é INSANO! TEM UM APETITE VORAZ! Gosta imensamente de levar ferro em ações judiciais e se realiza com isto!

  16. OSSOBUCO
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 19:35 hs

    Ô Zoiudo,

    Com certeza custa bem mmenos do que a propaganda inútil do Serra, OLHE BEM:

    A publicidade milionária de Serra

    Veja a evolução dos investimentos em propaganda do governo Serra:

    2007 – R$ 88,3 milhões
    2008 – R$ 178,7 milhões
    2009 – R$ 313 milhões (previsão orçamentária)

    De 2007 a 2009, o aumento foi de quase 400%. Um governo que se vangloria por ser rígido nos gastos tem esbanjado muito em publicidade, principalmente no ano que antecede as eleições.

    Deve ser por isso que ouvimos e vemos repetidas propagandas do governo Serra no Rádio e na TV. No metrô então … nem se fala!

    Engraçado que esse mesmo governo, costumeiramente, acusa seus adversários políticos de gastarem demais em propaganda. Que coerente!!!

  17. Flávio Barros
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 19:36 hs

    Para a Salete, a última bolacha do pacote. Do pacote só não! Da Bahia!

    Homo homini lupus é uma sentença latina que significa o homem é o lobo do homem.

    Foi criada por Plauto (254-184) em sua obra Asinaria. No texto se diz exatamente: Lupus est homo homini non homo.

    Foi bem mais tarde popularizada por Thomas Hobbes, filósofo inglês do século XVIII, que afirmava que o egoísmo era o mais básico comportamento humano.

    Gramaticalmente, segundo a construção em latim, está formada com o nominativo e dativo de homo, -inis (homem), e o nominativo de lupus-i (lobo).

    Se bem que eu prefiro o Milôr:
    O homem é o lob do homem.

  18. OSSOBUCO
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 19:40 hs

    E TOMA MAIS ESSA, ZOIUDO:

    Serra, a Globo e o Grupo Abril

    Se a grande imprensa decidiu não investigar o governo Serra tim-tim por tim-tim, a blogosfera precisa fazê-lo. Vamos a alguns números!

    O governo de São Paulo, em 2007, gastou R$526 mil em contratos com o Grupo Abril (VEJA). Em 2008, o valor dos contratos chegou a R$11,5 milhões, o que evidencia um aumento de 2.000% em tão somente um ano.

    A Fundação Roberto Marinho (rede Globo) em 2007, recebeu R$60 mil do governo Serra. Em 2008, os valores pagos atingiram a cifra de R$13,8 milhões, o que representa nada menos do que 20.000% de aumento em relação a 2007.

    Note-se que, nesse montante, não estão incluídos os gastos com propaganda. Inacreditável!!!

    É fácil entender por que alguns setores da grande imprensa não se dispõem a investigar o governo Serra em profundidade.

  19. Austragésilo
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 20:19 hs

    Ciro dizer que o José Serra é um perigo para o Brasil é de uma desfaçatez sem tamanho.
    Muito mais perigoso, nesse caso, é ele próprio (Ciro) que com a arrogância e prepotência que lhes são peculiares, governaria como um Imperador!
    Tanto é verdade que por falar bobagens em demasia está cada dia com menor índice de intenção de votos. Ou seja: o seu eleitorado está encolhendo. Isso é fato.

  20. Senivaldo Santana
    terça-feira, 27 de abril de 2010 – 21:17 hs

    OS DOIS NAÕ PASSARM NAS DISPUTAS NACIONAIS AGORA ATACA ,O ATAQUE E COISAS DE QUEM ESTA PERDIDO E DERROTADO…
    MAS JA MAMARAM DEMAIS NA TETA MESMO…

  21. Estamos de Olho
    quarta-feira, 28 de abril de 2010 – 10:28 hs

    Ô do sem tutano!

    Parece que não enxerga mesmo o umbigo. Porque distorce tudo. Eu quero que veja os gastos com propaganda no exterior.

    Disso infelizmente nem as agências daqui não participam.

    Entendeu do osso furado?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*