PT quer "aliança ideal". PDT está "trilhando o próprio caminho" | Fábio Campana

PT quer “aliança ideal”. PDT está “trilhando o próprio caminho”

De Elizabete Castro no Paraná Online

O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra (foto 1), recomeçou as conversas com o presidente nacional do PDT, ministro Carlos Lupi (foto 3), sobre a sucessão no Paraná e quer incluir o PMDB nas articulações para formar o palanque da pré-candidata do PT à presidência da República, ex-ministra Dilma Rousseff, no Estado.

O secretário nacional de Comunicação do PT, deputado federal André Vargas, informou que Dutra deve procurar o governador Orlando Pessuti (foto 2)  para conversar sobre o assunto.

Embora as negociações não sejam das mais simples, o esforço de Dutra é para colocar no mesmo palanque o PMDB, PDT e PT no Paraná, com o apoio de outros partidos da base.

“Essa é a aliança ideal. Dá conforto para todos”, afirmou o deputado paranaense, citando que, para chegar até esse acordo, todos os dirigentes partidários precisam ter sangue frio. “É necessário que todos os dirigentes desses partidos acalmem os ânimos na tentativa de encontrar um ambiente mais adequado para que seja montada essa aliança”, afirmou.

Para Vargas, a possibilidade de um acordo como esse ocorrer exige não apenas desprendimento dos principais personagens, como também a compreensão de que todos têm um adversário em comum: o PSDB.

“Parece que alguns já estão começando a entender isso. Hoje, o cenário está assim: a Gleisi e o Requião são pré-candidatos ao Senado, Pessuti é candidato ao governo e o Osmar é também candidato ao governo. A posição da direção nacional é que todos sentem para conversar com o coração aberto e, disso, pode surgir um novo cenário”, disse Vargas.

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, também confirmou o interesse em atrair o PMDB para a composição. “Nós fizemos uma aliança com o PMDB em 2002 e 2006, e ajudamos o partido a vencer a eleição. Se fosse pelo Pessuti, o PT do Paraná toparia disputar a eleição (numa coligação)”, comentou Bernardo.

Ele disse ainda que o PT estadual pode abrir mão de uma candidatura ao governo, mas quer a vaga para o Senado e a dedicação do PMDB à candidatura de Dilma Rousseff.

De longe

Enquanto as conversas entre PT e PDT transcorrem no plano nacional, o PDT do Paraná se mantém ao largo. O presidente estadual do partido, deputado Augustinho Zucchi, disse que a candidatura do senador Osmar Dias ao governo não é refém do PT.

“Estamos trilhando nosso caminho. Não dependemos da posição do PT. Não estamos informados sobre nenhuma conversa”, resumiu o dirigente estadual do PDT.

Desde há duas semanas, quando o diretório estadual do PT decidiu suspender as conversas com o PDT por recusar o pedido do aliado nacional para que Gleisi Hoffmann concorresse a vice-governadora na chapa encabeçada por Osmar, o senador pedetista tem dito que somente volta a tocar no assunto com o presidente Lula e com a direção nacional.


16 comentários

  1. VLemainski-Cascavel-PR
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 9:41 hs

    O acordo já deve estar próximo. Só não saiu ainda porque o PT não realizou as 30 reuniões para tomar uma decisão definitiva. Oh pessoal que gosta de reuniões….
    Ou será porque o PT continua sendo a “criança cagada”, aquela que é bonitinha mas ninguém quer pegar no colo porque está suja?…

  2. Rossby
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 9:45 hs

    Muito engraçado esse André Vargas…. se não fosse ele um deputado…
    Primeiro fica chamando o Osmar Dias de tchutchuca e de outros adjetivos deploráveis… vem Ênio Verri e deita falação nesse mesmo sentido…
    Agora, depois disso tudo vem falando… “É necessário que todos os dirigentes desses partidos acalmem os ânimos na tentativa de encontrar um ambiente mais adequado para que seja montada essa aliança”. Eles mesmo destroem o tal ambiente…
    Esse cara é bipolar…. só pode ser…
    Volto a insistir… o que os petistas querem é mesmo eleger Gleisi senadora e os deps federal e estadual que for possível… e só…
    Vão largar o Barba Dias como largaram Ciro Gomes…. este pelo menos não vai gastar tempo em fazer campanha eleitoral num barco com um rombo no casco…

  3. Polêmico
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 10:04 hs

    Só se o Pesuti for o candidato a Governador.
    O Osmar e o Requião não se elegem nem deputado.
    O melhor seria o PT e PMDB compor uma chapa para o Governo e deixar lançar um candidato ao senado e deixar a outra vaga para o PDT pou que o PDT abra mão da vaga ao Senado e lance um vice do Pesuti.
    Estes 3 partidos juntos serim vitoriosos tanto para o governo Federal e Estadual e ainda teriam o maior número de Deputados estaduais e federais eleitos.
    O que estraga o PMDB e o PDT são as figuras do Osmar e do Requião.

  4. HENRY
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 10:06 hs

    VAÍ SENADOR, ENTRE NESSA CANOA “furada”….

  5. Jurandir
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 10:21 hs

    CANTO DE SEREIA

    A aliança que o PT defende é ideal para quem ou para o que?

    Se o Osmar demorar mais um pouco para agir o PT o vai pegar, pois não dará mais tempo para recuar para disputa ao senado.

    Que caminho é este que oferecem ao Osmar que só lhe tira pedaços e pela letargia o leva a inviabilização praticamente total da candidatura o governo e a perda do espaço para a candidatura ao senado, pois se o Osmar demorar em tomar a atitude que vem protelando a Gleisi em definitivo ocupará o seu lugar na disputa para o senado, já que ela está em uma milionária campanha e ele não?

    Os pedetistas locais cobram posição, os seus eleitores perdidos debaixo das suas próprias barbas se diluem nesta confusão causada pela sua indefInição e o PT sorrateiramente rouba os seus votos para o senado.

    Para o público o Osmar começa a se apresentar como uma figura frágil e sem rumo.

    Eu não confiaria a minha carreira e vida aos acertos do Lupi, que na realidade como ministro governista só está defendendo os seus interesses pessoais.

    Quem tudo quer nada tem!

  6. jaimenativo
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 10:31 hs

    kkkkk essa e boa,para quem sera esta msg?kkkk

  7. RAFAEL LONDRINA
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 10:38 hs

    BETO RICHA FORA DO PAREO

    OSMAR DIAS GOVERNADOR DO PARANA!!!!!!!!

  8. SANDRA RAMUSK
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 10:43 hs

    Se fechar OSMAR DIAS e REQUIÃO, ja basta, deixa o PT seguir o caminho tenebroso deles no estado, e aguardar a chinelada que o SERRA dara na Dilma aqui no estado, o Parana dara a Vitoria para o Serra.

    E esta historia da Gleisi senadora, deixa o Fruiti lança a candidatura ao senado para ver onde ela vai parar, e o Ricardo Barros, acham que estes macacos velhos da politica Paranaense se mata com a unha.

    Na escola que a Gleisi ta indo estes dois já foram espulsos faz tempo.

    O PT PARANA TA EM ESTILHAÇOS SÓ NÃO VE QUEM NÃO QUER, O PIOR CEGO É AQUELE QUE NÃO QUER ENCHERGAR.

  9. Rogério Lima
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 10:46 hs

    Este LUPI não resolve nada.

    É um tapado, se o Osmar Dias depender da ajuda desse cara o Osmar Dias pode tirar o Cavalo da chuva.

    É UMA VERGONHA A PRESIDENCIA DO PDT TA NA MÃO DE UM CARA DESSA ESTIRPE.

  10. Andrei LARANJEIRAS DO SUL
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 10:47 hs

    ESTE PRESIDENTE NACIONAL DO PDT É UMA PIADA.

    O que que o Sr. Carlos Lupi colaborou até agora para a candidatura do OSMAR DIAS alguem pode me responder?

  11. Fu. Duce
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 10:57 hs

    Faltou nessa coligação o principal partido e a figuar mais importante, o PDI, Partido do Inferno, com seu representante maior, o Capeta.

  12. rato pai
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 11:47 hs

    BOCÃO …DA CPI DO PEDAGIO É TRIPOLAR …PQ UM PALANQUE E NÃO DOIS…PESSUTÃO GOV.BARBIE BERNARDO VICE.REQUIÃO SENADOR.RICARDO PP SENADOR….RUMO AO SEGUNDO TURNO…

  13. valdir izidoro silveira
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 16:38 hs

    PESSUTOMANIA VAI INVADIR O PARANÁ
    Valdir Izidoro Silveira(*)

    Com a possível e quase certa desistência do Osmar a sucessão estadual, depois da fracassada empreitada com o PT, fica fácil para o Pessutão levantar a taça do Governo do Paraná. Segundo o blogueiro Campana, “Osmar diz que aliança com PSDB só se Richa apóia-lo ao governo”; coisa de louco desvairado, de gente de miolo mole que não tem as mínimas condições de dirigir um Estado. Ora, Beto desistiu do mandato de uma das mais importantes capitais do país, a nossa Curitiba, para concorrer ao governo estadual e agora vai abrir mão em favor do “ Leão da Montanha”; que já perdeu a juba?!
    O Osmar com a rasteira que o PT lhe deu está louco; lembro da música “ tá todo mundo louco,oba…”.
    O Beto não tem cacife político para sustentar uma campanha no âmbito estadual; sua seara é a capital, que já está minada pelo carisma, pela simpatia, pela seriedade e competência do Pessutão. Os parlamentares peemedebistas, que estavam tentando se alojar no ninho tucano,estão com as barbas de molho porque percebem o crescimento exponencial da candidatura Pessutti.

    Se eles se bandearem para o PSDB vão ser fritados pelos eleitores; ficam sem mandato. Por outro lado os fuxicos das possíveis divergências Requião/Pessutão; não passam de fofocas dos que já perceberam que o Pessutão emplacou. Essa “briga” entre o Pessutão e o Requião é idêntica ao casal que vai dormir de mau humor e acorda agarradinho depois de um amorzinho gostosinho.

    Vejam que o Beto está desesperado correndo pelo Paraná para conseguir apoio à sua candidatura. A correria não está tendo sucesso porque o interior do Paraná é PMDB; é Pessutão. Quem mais construiu partido, quem mais investiu no interior foi o PMDB de Pessutão que jamais abandonou o barco e conhece como ninguém cada pedaço de chão, cada divisa, cada riacho, cada sanga do nosso Estado.

    Por isso está fácil essa peleia para o Pessutão. Daí o desespero, o apavoramento dos candidatos que, analisando o quadro, após a era Requião, estão vendo que o Pessutão não tem rejeição.

    A Pessutomania vai invadir o Paraná, por isso o nosso Pessutão é, já no primeiro turno, o futuro Governador do Estado do Paraná; Alguém duvida?!… eu não!
    (*) Jornalista e engenheiro agrôno;Presidente da CLASPAR
    vis@netpar.com.br

  14. Eu mesmo
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 22:08 hs

    O HENRY ESSE SENADOR NÃO É O MESMO DA LADY KATY, AQUELE DA CASA DA MADAME SOFIA?

  15. Austragésilo
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 22:34 hs

    PT quer “aliança ideal, diz a nota.
    A pergunta é: IDEAL PARA QUEM?
    Ideal mesmo será quando às alianças forem formadas e mantidas com o povo brasileiro, sofrido, cansado, amargurado pelo descaso com os serviços públicos, tais como saúde, educação, transporte, saneamento básico, habitação, emprego nos mais distantes rincões do país e por aí vai.

    Enquanto essa aliança de fidelidade à promessa de palanque e ao voto recebido na urna não for honrada, não existe essa tal aliança ideal entre políticos, partidos, consórcios de interesses e conivência.

  16. Luiz Carlos Maria
    sábado, 1 de maio de 2010 – 19:15 hs

    SOU PRÓ OSMAR PARA QUAL CAMINHO SEGUIR LA ESTAREI COMTE COMIGO , MAS AINDA ACREDITO QUE VOCÊ É ELEITO NO PRIMEIRO TURNO E NÃO SÓ EU ACHO ISSO TEM MUITAS PESSOAS QUE ACREDITA NISSO VAMOS DAR UMA BELA LIÇÃO NESSES FAFARÕES DA POLITICA QUE BRINCAM COM UM HOMEM SERIO E HONESTO.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*