Pessuti começa o governo dialogando com Osmar | Fábio Campana

Pessuti começa o governo dialogando com Osmar

Do Celso Nascimento na Gazeta do Povo

Orlando Pessuti recebeu o cargo de governador no fim da tarde de quinta-feira. O dia seguinte, feriado de Sexta-Feira Santa, já foi de trabalho: logo de manhã chamou à sua casa o senador Osmar Dias para uma longa conversa, que de política sucessória, embora ambos sejam candidatos, não teve quase nada – ou teve muito, não se sabe.

O tema que dominou o encontro, que durou das 9h às 11h30 com direito a apenas um cafezinho, foi administrativo e não político. Ambos combinaram uma ação conjunta para dar solução rápida, final e definitiva a um problema sobre o qual o ex-governador Roberto Requião discursou muito durante sete anos e fez quase nada, deixando para seu sucessor, em tamanho maior, a herança que recebeu do governo Jaime Lerner.

Trata-se do polêmico caso dos títulos públicos de estados e municípios que o Paraná adquiriu durante o processo de saneamento do Banestado e que, com a privatização do banco, ficaram com o comprador, o banco Itaú.

O Itaú cobra a quitação dos títulos, mas nada em mar de tranquilidade, pois, se o Paraná não pagar, pode fazer valer o que reza o contrato. E o contrato reza que, neste caso, ações da Copel, dadas em garantia, serão transferidas para o banco, que assume o controle da companhia estatal de energia. Isto é, a Copel corre o risco de ser privatizada!

A tragédia não termina aí. Puxemos a história: tudo começou em 1998 quando uma resolução do Senado permitiu ao governo paranaense que contraísse empréstimo de R$ 5,5 bilhões com o Tesouro da União para sanear o Banestado e colocá-lo à venda. Desde então, o governo paranaense já pagou R$ 7,5 bilhões mas ainda deve R$ 9,1 bilhões até 2029. Por que a dívida cresceu tanto? Porque Requião se negou a pagá-la e, ao assim proceder, o índice de correção mudou do IGP-DI para a taxa Selic, conforme rezam as normas.

Com isso, os repasses constitucionais do governo federal para o estado passaram a sofrer descontos maiores. Todos os meses, a União retém R$ 62 milhões do dinheiro que pertence ao Paraná. E ainda cobra R$ 6 milhões mensais de multa pela inadimplência. Total: R$ 68 milhões todos os meses – o equivalente, mais ou menos, a 3 mil casas populares.

Toda essa história serve para dizer duas coisas. A primeira: que a não solução do problema inviabiliza o bom desempenho de governos futuros. A segunda: que Orlando Pessuti, ao convidar Osmar Dias para conversar sobre o assunto, dá a primeira demonstração de que pretende fazer um governo em estilo bem diferente do de seu antecessor. Que prefere o diálogo com correntes variadas da política (inclusive com adversários) para alcançar resultados práticos.

É de Osmar Dias um projeto que anula a resolução do Senado de 1998 que gerou a pendenga toda. Esse projeto encontra-se na Comissão de Constituição de Justiça do Senado desde o ano passado. Se aprovado – e para isto basta o presidente Lula querer – o Paraná se livra da dívida. Requião berrou bastante na “escolinha” – mas não moveu palhas suficientes para que o projeto fosse aprovado.

Pessuti não quer agir assim; quer ajudar na aprovação. Por isso, chamou Osmar para conversar e para dar início à ação conjunta. Politicamente, isto pode significar, por exemplo, que os dois poderão agir juntos também no segundo turno das próximas eleições.


24 comentários

  1. Marcos
    domingo, 4 de abril de 2010 – 9:55 hs

    Campana: gostaria de sugerir que comentasse algo sobre os escândalos na Assembléia Legislativa… o que você acha? Não acha que aqueles que recebem dinheiro indvidamente deveriam ir prá cadeia????

  2. Fernando
    domingo, 4 de abril de 2010 – 11:28 hs

    sobre o comentário do Marcos, o “Campanha” não faz comentários porque afeta diretamente o seu candidato BETraira, e quanto ao assunto discutido por Osmar e Pessuti, também é herança da turma do BETraira, e querem tomar o poder de novo…

  3. irineu tomaz
    domingo, 4 de abril de 2010 – 11:31 hs

    lamentável a performace família Requião no paraná…ensovacaram o estado e aquele cabeça branca Eduardo é o pó de traque da esfinge do espectro do irmão desiquilibrado…bola prá frente

  4. Anônimo
    domingo, 4 de abril de 2010 – 12:07 hs

    A história de que a Copel seria privatizada com a entrega das ações é chute de jacu mal informado. As ações a srem entregues são ações preferenciais, sem direito a voto, portanto, e assim, não haveria qualquer repercussão no controle do capital votante que continuaria as mãos dos políticos, para distribuirem cargos e prebendas a parentes e afilhados. As mentes caipiras do Paraná enxergam fantasmas onde não há.

  5. Ruy Rodrigues
    domingo, 4 de abril de 2010 – 12:10 hs

    Queria fazer um registro sobre essa postura do Pessuti, de chamar o Osmar para tratar de assunto tão grave.

    E dizer que desqualificar interlocutores é próprio dos que não tem argumentos.

    Sou dos que acham que o PT faria mais de 25% dos votos se tivesse candidatura própria. Afinal, com o Padre Roque fizemos 18% sózinhos e naquele tempo, o Lula não tinha a aprovação que tem hoje.

    Mas se essa tese não for vitoriosa, já tenho minha chapa completa.

    Reparem que é uma chapa que abrigaria toda a base do governo Lula a favor da campanha Dilma, contra Serra: Pessuti para Governador, Gleisi Vice, Osmar e Requião ao Senado.Ricardo Barros é novo. Pode ficar para a próxima.

    Como é possivel negar, senhores membros da cupula petista atual, reis do pragmatismo e do “bom senso”,as seguintes verdades indiscutíveis:

    1) Pessuti será Governador exatamente nos 9 curtos meses que antecedem a eleição, com a caneta cheia, sem o “encosto” do Reiqueão a assobrá-lo.

    2) Pessuti é um aliado histórico do PT;

    3) Pessuti nunca pediu para por polícia atrás de sem terra, de professor, de agronomos, zootecnistas e técnicos da EMATER

    4) Pessuti é do PMDB, partido que é o principal aliado do PT, segundo Lula e o IV Congresso Nacional do Partido. Do mesmo partido do candidato a Vice na chapa de Dilma, Temer.

    5) Lula é amigo do Pessuti, nada tem contra ele,

    6) Lula pediu que Voces fizessem o possível para unir a base aliada do PT Nacional em torno da candidatura da Dilma, prioridade absoluta da tática nacional;

    Mas parece que para Voces, que estão obssecados com a eleição de Gleisi para o Senado, a grande desvantagem da candidatura de Pessuti a governador é que ele não é senador….

    E por isso , não abriria para a Gleisi o espaço que o Osmar abriria se fosse convencido, como se fosse um tonto qualquer, a largar o osso certo de senador para ir atrás do papo-aranha de ser governador com os votos da militância do PT, do MST, dos Professores, dos agronomos, veterinários, e de outras categorias que não podem nem ouvir falar no nome dos Dias, tradicionais e ferrenhos adversários dos mnovimentos populares….

    Voces não estão mais conseguindo esconder que para voces, a eleição da Dilma importa menos do que a eleição da Gleisi. Suas próprias bases já estão começando a perceber isso.

    Como é possivel, desprezar o apoio de um governador que tem base eleitoral próxima à nossa , caneta cheia, trocando-o pelo “possivel apoio” de um representante do agro-negócio? Quem vai fazer o “pessoal do Osmar”votar na Dilma, contra o Serra?

    Me engana que eu gosto…
    Voces estão de olho apenas no projeto pessoal da dupla PB/GH…
    E isso é muito, muito feio!

    Será que o Lula vai gostar de saber disso?

    Será que ele está de acordo com isso?

    Será que ele concordaria em desprezar o apoio do Pessuti?

    Voces já dsicutiram isso com ele?

    E a Dilma, sabe disso?

    Então, companheiros da maioria…Pensem bem…

    Ou voces pensam e trabalham priorizando eleger a Dilma ou não…

    Para eleger a Dilma, o palanque tem que ser amplo e não estreito.
    Osmar estreita.
    É um Requião com o sinal trocado.
    Um requião do campo.
    Olha só o apelido que a imprensa já deu a ele: “Urtigão”…
    Pessuti amplia, penetra nas mesmas áreas do agronegócio, até ….

    É veterinário, foi estudante e do movimento estudantil, é um sujeito bonachão, boa gente, ninguém tem nada contra ele…

    E não tem um enorme latifundio no Tocantins…comprado com preço subfaturado de um enorme banco que dá crédito agrcola a juros estorsivos, odiado pelos agricultores…

    Pensem bem na caca que Voces estão fazendo, ainda mais nas repercussões disso na diminuição de nossa bancada federal e estadual….

    Pensem bem pessoal….

    Deputados do PT, uní-vos e convencei os “comandantes” que essa rota de aventuras é insana, irreal, voluntarista e pretensiosa.

    Eque primeiro deve estar a união da base aliada do governo Lula em torno da candidatura Dilma…e depois o sonho de Ver nossa Gleisi no Senado…

    Ela que seja vice de um bom goevrno do Pessuti, sem o maluco e histérico do Requião para atrapalhar e ganhe a Prefeitura de Curitiba em 2012…

    Depois vamos ver como fica essa sua candidatura ao Senado.
    Senado é para os que já ostentam as cãs brancas e não para jovens senhoras com muito futuro pela frente.

    Calma Gleisi. Ganhe Curitiba primeiro, sendo a vice daqui enquanto o Pessuti ganha o interior…

    Escute, menina, você é nova ainda tem a aprender…

  6. domingo, 4 de abril de 2010 – 12:12 hs

    Parabéns ao governador Pessuti,agindo desta maneira,dando o bom exemplo que nunca o seu antecessor conseguiu dar,desta forma começa a atrair ainda mais a confiança do povo paranaense. Com esta seriedade do Pessutão o sr.Beto e o sr.Osmar é que se cuidem,aparece um político de peso que poderá enfrentá-los e até derrotá-los,claro, desde que ele mande embora todos os trairas logo no começo de seu curto governo,pois, os mesmos podem continuar a sabotar,como já vinham fazendo, claramente o atual governador.
    Povo paranaense , vamos varrer da política de nosso estado seus locupletadores,a exemplo do Duce e sua grandiosa família trapo,vamos limpar de vez a honra de nosso estado daquele fanfarrão que esteve tantos anos nos prejudicando com lorotas tipo “ou o pedágio abaixa ou acaba”,do comedor de mamona, nós não merecemos tamanha enganação.Muito menos do cidadão que afirmou diante das cameras que “se preciso fosse:subiria no palanque com o diabo”(basta procurar no youtube está lá a fala do fanfarrão),ou aquela que ocorreu no sudoeste do estado em 11/11/2005 que ele mandou: que o povo meta a faixa que o criticava no rabo (palavras de um fanfarrão também encontr-se no youtube) ,então,povo ordeiro do meu Paraná é este sr. que também afirmou que quer ser o nosso representante no senado.
    Povo do nosso estado,começamos uma nova época, esperamos que esta ordem fraterna paire sobre o governador Pessuti,mas, atente-se com os trairas que estão se vangloriando que vão continuar a mandar e desmandar em seu governo,cuidado governador.

  7. irineu tomaz
    domingo, 4 de abril de 2010 – 12:35 hs

    O Pessuti é o melhor candidato ao governo…homem preparado, simpático, bonachão e educado…tem que se livrar do estigma “Requião”…aliás se Requião não se perdesse por causa do irmão Eduardo poderia ser até presidente da república….ninguém o bateria nophorário gratuito…mas com o irmão à tiracolo ninguém o suportaria.

  8. claudemii
    domingo, 4 de abril de 2010 – 12:43 hs

    O PESSUTI TA CERTISSIMO, ELE E CARA CERTO NO LUGAR ERRADO. LOGICO ELE SABE QUE O SENADOR OSMAR DIAS, SERA O NOSSO GOVERNADOR, POR ISSO ESA APROCIMACAO, ATENTECIPADA . O OSMAR DIAS COM PT OU SEM O PT JA GANHOU ESSA, NAO TEM PRA NIMGUEM, TODO MUNDO SABE, E A HORA E VEZ O SENADOR OSMAR DIAS ASSUMIR O GOVERNO DO ESTADO DO PARANA . E O PESSUTI E CLARO ESTA PUXANDO PARA O LADO DELE O FUTURO GOVERNADOR, ELE E ESPERTO SABE FAZER POLITICA.HAI PESSOAL? APRENDAM COM O PESSUTAO, NAO ADIANTA QUERER FUGIR DO OBVIO, O CANDITADO DO PSDB, ESTA QUEIMADO AQUI, ATE COM O PESSOAL QUE TRABALHA NA PREFEITURA, IMAGI COM O POVO QUE ELE ABANDONOU. EX PREFEITO BETO RICHA E MELHOR O SR, COMECAR A TER UM CONVERSA COM COM ATUAL PREFEITO, PARA CONSEGUIR, UMA BOQUINHA COM ELE, POIS A SUA SITUACAO, APESAR DE MIUTA GENTE AQUI NESSE BLOG QUE PUXA O SEU SACO DIZER QUE NAO, ESTA CADE VEZ PIOR E A TENDENCIA E PIORAR MAIS. QUNDO ESSES QUE O RODEIAM HOJE, SENTIREM QUE O SEU BARCO ESTA AFUNDANDO, TODOS CAIRAM FORA, E SR, QUE NAO E UM MA PESSOA ,FICARA SOZINHO. QUEM SABE O NOSSO FUTURO GOVERNADOR SENADOR OSMAR DIAS, QUE UM HOMEM JUSTO, PODE CONVIDALO PARA UMA SECRETARIA EM SEU GOVERNO PARABENS GOVERNADOR OSMAR DIAS.

  9. alexandre mader
    domingo, 4 de abril de 2010 – 12:53 hs

    Amigos nos escolhemos …parentes não!…o grande problema do Roberto foi o Eduardo…Eduardo detonou a probabilidade de Roberto candidato a presidente…sujeito arrogante, maquiavélico, insurgente, trôpego, irresponsável, filhote de papai, piá pançudo e se fuçarem a fundo desonesto…acabou com a melhor proposta paranaense depois de Ney Braga…não teremos um presidente Paranaense…culpa Eduardo requião!

  10. TUKU NARE
    domingo, 4 de abril de 2010 – 12:55 hs

    Rui Rodriques, meus parabens por teu ponto de vista, tu es realmente um cara
    que ama o povao do nosso rincao, e tuas palavras sao endossadas por muitos
    PARA O NOSSO PARANAZAO. PESSUTAO E A SOLUÇAO.

  11. abigail teixeira
    domingo, 4 de abril de 2010 – 13:04 hs

    Concordo plenamente com o comentário do Sr. Alexandre…o Paraná perdeu o bonde da história…poderiamos perfeitamente termos o Requião presidente…seria, concordo, imbatível no horário gratuito. Porém, quando um adversário mostrasse o irmão Eduardo saíria correndo e com Adeus às pretensões. Como a genética foi malvada para com o nosso estado.

  12. Calunga
    domingo, 4 de abril de 2010 – 15:17 hs

    O Ruy Rodrigues fez, em seu comentário, uma leitura perfeita sobre o destino do PT no Paraná. Só gostaria de fazer uma indagação a nível nacional: O Lula nos dois mandatos segurou vários contratempos por culpa de seus companheiros, como, por exemplo, mensalão, dólar na cueca, dosiê FHC e etc. Também é certo que o PMDB fará na próxima eleição a maior bancada tanto no Senado como na Câmara.Agora pergunto, num eventual governo Dilma, com sua inesperiência, se surgirem os contra-tempos como os já citados, será que o PMDB,, que tem o vice-presidente e maioria no Congresso, não iria fritá-la para ficar com a presidência? É um caso a se pensar. O Lula é o Lula, a Dilma!!!!

  13. Petista Roxo
    domingo, 4 de abril de 2010 – 15:28 hs

    Esse aqui não é o espaço para discussões internas do PT. Os que , oportunistica e covardemente se valem do blog do Campana para mostrar sua dissidência e seu divisionismo deveriam primeiro ganhar a maioria no PT para depois virem mostrar suas posições.

    São covardes porque postam com nomes frios.

    São divisionistas e estão fazendo o jogo do Beto Richa.E vão ter que arcar com as penalidades impostas pelo regimento interno e pela direção eleita.

  14. LEONEL TUCUNARÉ
    domingo, 4 de abril de 2010 – 17:44 hs

    Esta petezada fala como se tivessem votos no Paraná. Neste Estado o PT não elege ninguem.

  15. Marcos Eusébio Dias Sobreira
    domingo, 4 de abril de 2010 – 18:01 hs

    Eu na condição de companheiro do Pessutão gostaria muito desta aproximação com o Osmar Dias, os dois defendem o interior, o agronegócio e poderiam com certeza fazer a Coligação dos sonhos para todo o estado, com os partidos da base de esquerda de um governo que o Paraná merece. Vá em frente Pessutão.

  16. Polêmico
    domingo, 4 de abril de 2010 – 19:32 hs

    O Pessuti esta certo e os irmãos Dias como senador juntamete com o Flavio Arnes deveriam defender os interesses do Paraná independentemente de quem seja o Governador, e já deveriam ter resolvido esta pendenga.
    Por isso afirmo o Pessuti é o melhor entre os candidatos a Governador, pois não pensa só em si mas sim no Paraná.
    Vamos votar no melhor. Pesuti Governador.
    E o PT que crie vergonhe e large o Osmar para la e se alie logo com o PMDB para eleger a Dilma Presidente e o Pesuti Governador.

  17. leonel kankantzis
    domingo, 4 de abril de 2010 – 19:40 hs

    Conheço o Pessuti lá de Califórnia e admiro-o desde infância.
    É uma pena que esteja atrelado há muitos anos ao Requião que virou népota depois de velho (lamentável).
    O Paraná se pergunta? Como abrir uma CPI do Porto para calcular o prejuízo do Estado com a desastrosa administração de pessoa sem qualificação.
    Requião deve responder junto, pois para agradar um irmão sem competência comprometeu um setor da econômia paranaense e um municipio inteiro com mais de 100.000 habitantes
    E ainda por cima mandou o irmão incompetente ser seu guindaste politico em Brasilia para tentar a presidência.
    Está na hora de Requião aposentar-se, pois não tem mais discernimento.
    Espero sinceramente que o povo do Paraná saiba escolher o seu Senador.
    Requião não merece mais o voto do Paranaense depois da presepada com seus irmãos.

  18. domingo, 4 de abril de 2010 – 20:01 hs

    Tenho certeza que o Paraná é um dos Estados que tem o Previlégio de ter bons nomes para a disputa ao Governo Estadual, mas seria prudente que o povo Paranaense oportunizasse o Pessuti o próximo mandato, até por um uma questão de justiça, pois o histórico político do Pessutti, mostra claramente um comportamento de Estadista e este tipo de cidadão está em extinção na política Brasileira. Nós reclamamos muito da ausencia de políticos com histórico coerente com os requisitos para fazer política com ética e respeito aos cidadãos e quando surge esta oportunidade não devemos deixá-la passar. Por isto convido a todos a nalisar o curriculum do Pessuti e verão que vale a pena votar nele. abraços Prof. Luiz Gonzaga é do PMDB e Pré Candidato a estadual. Sucesso a todos!

  19. FILET MIGNON
    domingo, 4 de abril de 2010 – 20:27 hs

    Bem… Desde o dia 31 estamos realmente vivendo no Estado do Parná!
    Um Estado promissor, vitorioso, de homens trabalhadores e dedicados…
    Felizmente para os paranaenses as TREVAS acabaram no último dia 31… Os homens públicos doravante poderão se olhar nos ólhos ao conversar… Podem discutir assuntos interessantes para o nosso Estado, sem mazelas, chingamentos, destratos, maledissências…
    Estamos realmente entrando em outra época, e, tenham certeza, MUITO MELHOR, DE MAIORES ESPERANÇAS, DESENVOLVIMENTO E MUITO PROGRESSO.
    O CIRCO ACABAOU!!!”
    O PALHAÇO SE FOI!
    Para o bem geral e o bem neste Estado do Paraná!

  20. benedito neto
    domingo, 4 de abril de 2010 – 20:35 hs

    Bola branca para o nosso governador Pessuti!
    Diálogo é a maior arma das pessoas inteligentes!
    Acredito que no andar da carruagem Pessutão cresça nas pesquisas e chegue lá.
    Pena sua ligação com Requião que desmoralizou-se no final do mandato com a história de proteger os irmãos incompetentes e irresponsáveis para com o Paraná.
    Pergunta-se? como está o Porto e a cidade de Paranaguá?
    Fui almoçar lá dia destes e fiquei abismado com a repugnância do povo local pela figura de Eduardo Requião.
    Por que será que o ex-governador demorou e ignorou esta situação?
    O que piava de Pgua para os Requião?
    S´Deus sabe!

  21. ASA DE FRANGO
    domingo, 4 de abril de 2010 – 20:35 hs

    Os que criticam o REQUIÃO cometem injustiças, pois, se comparar o que fizeram no Governo LERNER, no caso do BANESTADO, é CRIME contra o POVO paranaense.

    O POVO PARANAENSE não deve se iludir com o GRUPO DO GOVERNO LERNER, hoje representado pelo BETO RICHA E AS EMPRESAS DE PEDÁGIOS. O NEGÓCIO DESSE GRUPO FOI BEM SEMELHANTE AO QUE SE VIVEU NO DISTRITO FEDERAL.

    C INCO BILHÕES DE REAIS USADO PARA SANEAR O BANESTADO E, EM SEGUIDA “PRIVATIZÁ LO” ONEROSO AOS COFRES PÚBLICOS.

    O RETORNO DO GRUPO DO BETO RICHA NA DIREÇÃO DO ESTADO, IRÃO TRAZER CONSEQUENCIAS IRREPARÁVEIS, ASSIM, COMO FOI O GOVERNO LERNER COM A NEGOCIATA MAL SUCEDIDA DO BANESTADO, PODERÁ PRIVATIZAR INDIRETAMENTE A COPEL

    OS ACIONISTAS VISAM LUCROS, RESULTADOS, IRÃO SUCATEAR A COPEL E ENTREGAR AOS ESTRANGEIROS, COMO FIZERAM O SISTEMA TELEBRAS.

  22. ZÉ DA TOCA
    segunda-feira, 5 de abril de 2010 – 9:18 hs

    É isso ai companheiros esse vai ser o modo do PESSUTÃO administrar o Paraná com muito diálogos com todo mundo antes do senador ser candidato ao governo ja defendia muito bem o estado e nada melhor que os dois unirem forças para que isso aconteça.
    PESSUTÃO tem uma maneira de totalmente diferente de REIQUIÃO. O Paraná merece um governador assim.

  23. Duval Simões Araújo-Londrina
    segunda-feira, 5 de abril de 2010 – 9:53 hs

    Pessuti esqueça desse cara, ele é paulista e não tem compromisso com nosso Estado, ele e o irmão Alvaro, também paulista, só tem projeto pessoal de poder. Já vc e Beto como bons paranaenses até de nascimento, vão ajudar o Paraná, verdadeiramente. Beto de Londrina e vc de Jardim Alegre, trarão novos ares ao Paraná. Vc até o fim do ano e Beto a partir de 1º de janeiro.

  24. MANDAGUAÇÚ
    segunda-feira, 5 de abril de 2010 – 12:22 hs

    Isso demonstra a sua sensatez. O que no outro nem passava por perto.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*