OAB garante que não houve censura ao presidente da AMP | Fábio Campana

OAB garante que não houve censura ao presidente da AMP

Em e-mail para este blog, o presidente da OAB/PR, José Lucio Glomb, esclarece que não houve censura ao prefeito Moacir Fadel, presidente da OAB, no ato de hoje na entidade. É o que segue.

Prezado Jornalista Fabio Campana,

A propósito da nota inserida hoje no seu blog sob o título “Palácio manda cortar discurso do Presidente da Associação dos Municípios da Paraná (AMP) no ato da OAB” temos a informar o seguinte: não havia previsão de a AMP fazer o uso da palavra, assim como ocorreu com as outras 15 entidades que eram promotoras do evento, excessão à OAB e à Associação Paranaense de Juizes Federais. Houve um grande número de pessoas que fizeram o uso da palavra, sendo compreensivel que o tempo não permitiria a todos dela fazerem uso. Informo que não houve contacto da AMP com a OAB por acasião do evento, para utilizar a palavra, que certamente lhe teria disponibilizada.
De todo modo, nós abrimos espaço em nossos jornais e nosso site, no caso da AMP de desejar utiliza-lo para consignar o seu apoio a criação do TRF/PR.
Esperando ter esclarecido os reais acontecimentos, agradecemos sua atenção.

José Lucio Glomb
Presidente OAB/PR


12 comentários

  1. Albino
    segunda-feira, 12 de abril de 2010 – 21:27 hs

    Putz, Fábio! O cara da OAB escreveu exceção com dois SS e “compreensivel” e “utiliza-lo” sem acento? Tamo perdido!

  2. Magno
    segunda-feira, 12 de abril de 2010 – 21:34 hs

    O Pessuti ta começando mostrar a sua face. E a OAB esta a seu dispor .

  3. eloy
    segunda-feira, 12 de abril de 2010 – 21:43 hs

    Isso é coisa de bode… filhos da viúva mesmo… portanto, veio do pessutti…

  4. Povão do Paraná, o Autêntico
    segunda-feira, 12 de abril de 2010 – 21:48 hs

    Agora, cá entre nós, se a OAB está desfraldando mesmo a bandeira contra a corrupção e, consequentemente, contra os corruptos, deveria sim, censurar a palavra dos curruptos e corruptores. Deveria sim, quando pode, censurar quem a OAB critica. Corruptos deveriam ser censurados sim e em todos os eventos da OAB, dr. Glomb. E o que importa é a prática. E, na prática, o problemático Moacir foi censurado. Não falou. Foi emudecido, sabe-se lá por quem. Mas bem que mereceu e merece!!!

  5. glomb
    segunda-feira, 12 de abril de 2010 – 23:04 hs

    Esse presidente só joga para a torcida. Lamentável o representante de uma instituicao tao importante ter dado declaracoes tao infelizes na imprensa.

    Agora deu – nitidamente – de capacho do Pessuti….

    Até a cabeca do Justus ele pediu… Como advogado deveria ao menos ter se inteirado da situacao e respeitado os principios da ampla defesa, contraditorio, presuncao de inocencia…

    Facil achar um bode expiatorio.

    O que pedirem para ele fazer ou dizer ele diz….Continua mandando e desmandando na ordem Pessutao!

  6. analfabeto....
    segunda-feira, 12 de abril de 2010 – 23:10 hs

    Esse presidente não passa na prova da OAB, nem na de gramática…….

    *excessão* BRILHANTE

    la men tá vel !!!

  7. Vigilante do Portão
    terça-feira, 13 de abril de 2010 – 4:19 hs

    Claro que não houve censura, só não deixaram o sujeito falar.

  8. Mãe Diná
    terça-feira, 13 de abril de 2010 – 8:25 hs

    Papo pra boi dormir.

  9. Realista
    terça-feira, 13 de abril de 2010 – 9:51 hs

    A promessa do Pessuti em “dar apoio material” para a instalação do Tribunal Regional Federal em Curitiba – obra de atribuição do Governo Federal – é grande falácia eleitoreira.

    Basta ver que nosso Estado não fez a lição de casa: cadê o alardeado centro judiciário de Curitiba? Esse sim o Governo do Estado deve se mexer para fazer.

    Depois de nobres iniciativas em desativar o presidio do Ahu – de ilustres servidores que já não mas estão da direção de órgãos do Judiciário e do Executivo – veio o retrocesso.

    Pessutão, tira os presos de lá e começa a obra do centro judiciário – que, aliás, é vizinho da Justiça Federal.

  10. Realista
    terça-feira, 13 de abril de 2010 – 9:52 hs

    …ilustres servidores que já não mais estão…

  11. pavoni
    terça-feira, 13 de abril de 2010 – 9:52 hs

    Na hora de se candidatar a presidente fez uma rica campanha para administrar a vultuosa verba da OAB. Além de não atender os advogados de forma satisfatória, principalmente na questão da prestação de contas ($$$) só dá mancada em público.

    Abre a caixa preta, presidente. OAB tem um orçamento maior que muitos municípios. Vamos ser transparentes na Ordem!

  12. norton
    terça-feira, 13 de abril de 2010 – 11:12 hs

    O Cerimonial que dirigiu o evento foi o do Palácio das Araucárias. Os advogados foram recebidos na OAB como visitas pelo Governador. O Glomb é bem intencionado, mas foi usado e abusado. Te cuida Glomb!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*