No dia da 'aclamação' de Serra, Dilma gruda em Lula | Fábio Campana

No dia da ‘aclamação’ de Serra, Dilma gruda em Lula

Do Josias de Souza, foto de Ricardo Stuckert/PR

O alto comando da campanha de Dilma Rousseff decidiu disputar com José Serra espaço no noticiário do próximo final de semana.

O PSDB agendou para o dia 10 de abril, sábado que vem, um megaevento para aclamar Serra como candidato da oposição.

O petismo programou para a mesma data uma aparição de Dilma. Ela fará campanha no Rio ao lado de Lula ‘Cabo Eleitoral’ da Silva.

O programa está sendo negociado com Sérgio Cabral (PMDB), candidato à reeleição e provedor de palanque para Dilma.

Para evitar problemas com a Justiça Eleitoral, decidiu-se evitar a associação da viagem com os negócios do governo.

Dilma e Lula vão à vitrine com o propósito deliberado de impedir que Serra frequente sozinho as páginas das editorias de política.

Além da aparição do dia 10, o quartel general de Dilma organiza uma programação para toda a fase de pré-campanha.

A agenda de abril está pronta. Prevê reuniões com partidos aliados e viagens aos maiores colégios eleitorais e Estados tidos como estratégicos.

Tenta-se criar fatos que assegurem à candidata a mesma visibilidade que o exercício da função de ministra lhe garantia.

Trabalha-se para manter a agora ex-ministra pendurada nas manchetes até junho, mês das convenções partidárias que formalizarão as candidaturas.

Na próxima segunda (5), Dilma vai a um encontro do PR. Nascida das entranhas do mensaleiro PL, a legenda dará apoio à candidata petista.

Na terça, Dilma viaja para Minas, o segundo maior colégio eleitoral do país. Voará nas asas de um jatinho alugado pelo PT.

Vai, primeiro, a Ouro Preto e São João Del Rey. Duas cidades governadas pelo PMDB de Hélio Costa, que mede forças com o PT mineiro.

Candidato à sucessão do tucano Aécio Neves, Hélio tenta firmar-se como o único palanque de Dilma em Minas.

Enfrenta a resistência de dois grão-duques do petismo, que desejam a mesma coisa: Fernando Pimentel e Patrus Ananias.

Na quarta (7), Dilma amanhecerá em Belo Horizonte, cidade em que nasceu e onde iniciou a militância estudantil que a levaria aos cárceres da ditadura.

Durante o dia, a ministra encontrará um grupo de estudantes. Uma forma de reavivar o passado militante. À noite, um jantar com lideranças femininas.

Na sexta (9), véspera da viagem ao Rio, Dilma se reunirá com a cúpula do PCdoB. Um partido que Ciro Gomes (PSB) cobiçou e que Lula segurou.

Na semana seguinte, Dilma vai priorizar São Paulo. É onde se concentra o maior contingente de votos do país. É também a cidadela eleitoral de Serra.

Depois, uma viagem ao Rio Grande do Sul, Estado em que Dilma se iniciou na política e que, hoje, pende mais para Serra do que para ela.

A programação da campanha de Dilma é debatida num comitê informal de campanha. É integrado pelo marqueteiro João Santana e por meia dúzia de petistas.

Quatro têm o pé no petismo de São Paulo: Antonio Palocci, José Eduardo Cardozo, Rui Falcão e Cândido Vaccarezza.

Um é mineiro: Fernando Pimentel, amigo de Dilma dos tempos de movimento estudantil. O outro é o sergipano José Eduardo Dutra, presidente do PT.

Nas próximas semanas, pretende-se agregar a esse comitê vozes do PMDB e das legendas que integram a mega-coligação de Dilma.


20 comentários

  1. Divanir
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 10:38 hs

    Só pode fazer isto mesmo, pois não tem nada a apresentar para o país, à não ser um passado terrível.

  2. Louise
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 11:26 hs

    E o que é esse casaquinho bolivariano do Lula??!! RIDÍCULO!!!!!!!!!!

  3. EX PETISTA
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 13:25 hs

    Nem com SUPER BOND ela conseguirá mesmo grudada no Lula, ser pareo para o experiente e competente SERRA.

    Como mãe do PAC – invenção do Lula para promove-la como candidata não vai ajudar a ex-guerilheira na campanha, porquanto será facil demonstrar que foi incompetente e sem qualquer experiencia para executar 40% do programa, mesmo tendo a grana no banco e a disposição.

    Nos debates não vai estar “grudada no Lula” e terá que se explicar e com isso, vai ficar claro que não tem competencia e preparo para ser presidenta.

  4. NIVALDO BRAGA - CURITIBA/PR
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 13:27 hs

    O Lula pensa que é engraçado. Ele passou a acreditar na “pesquisa de opinião” que ele próprio “montou”. A Dilma, essa terrorista de mão cheia, pensa que sabe administrar, o que ela sabe muito bem é invadir quartéis para roubar armas, roubar bancos e atentar contra a vida de autoridades.

  5. sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 13:36 hs

    Essa será a campanha..o Serra vai brincar de ganhar a eleição…pois a Dilmula não é ninguém, viverá na sombra do Lula…quero ver ela se explicar quando for perguntada sobre: ditadura, censura, invasões, aborto, pesquisas cientificas, casamento homosexual, carteria de trabalho pra prostitutas….vixi..acho que isso é demais pra alguém que tem como virtude, ter sido guerrilheira….No Paraná, o PT não tem vez…

  6. Calunga
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 17:10 hs

    Gostaria de conhecer o conteúdo do currículo da Dilma. O currículo do Serra eu já sei que ele foi deputado federal, senador, ministro do planejamento, ministro da saúde, prefeito, governador de São Paulo, e que é professor formado e doutorado em economia.

  7. ro
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 18:33 hs

    Podem usar toda a estratégia do mundo,mas parir a Dilminha, isso Lula jamais conseguirá., nem a “ferro”.

  8. Serra Incompetente
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 21:57 hs

    A Sabesp e os atrasos do PAC
    Por Augusto da Fonseca

    A SABESP, do Serra, é a maior geradora de atrasos no PAC – Saneamento

    Quando as Organizações Serra dizem que o PAC está com obras atrasadas, não explica que, em grande parte, não é responsabilidade do Governo Lula, mas sim de governadores(as) e prefeitos(as).

    O PAC – Saneamento, por exemplo, é executado por estados e municípios. O Governo Lula entra com os recursos e a exigência de projetos dentro das normas existentes (o que muitos desses entes têm dificuldade de gerar).

    A SABESP, empresa de saneamento do governo de São Paulo (do Serra, portanto) é a maior geradora de atrasos na execução do PAC Saneamento.

    Vejamos o que diz o Balanço de 3 anos do PAC, do Estado de São Paulo (Fevereiro/2010), que nunca é consultado pelas Organizações Serra e muito menos pelo Contas Abertas/PPS.

    1. Quantidade de obras com recursos do PAC: 128
    2. Volume de recursos financeiros federais disponíveis: R$ 4,05 bilhões
    3. Andamento das obras:
    . “Não saíram do papel”: 75 obras (58,6%)
    . Obras em andamento: 48 (37,5%)
    . Obras concluídas: 5 (3,9%)

  9. OSSOBUCO
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 22:13 hs

    Divanie e Loiuse, tenho umas dúvidas que me atormentam e me respondam, por favor.

    – O Arruda, embora na cadeia, poderá ser o vice do Serra?
    – Neste caso, as suas inserções no horário politico do PSDB/DEM será direto da cadeia?

    – Suas altezas acham que, agora que os presos podem votar, os presidiário votarão em massa na chapa Serra /Arruda, especialmente os presos por roubo em solidariedade ao colega?

    – Nas viagens internacionais do pres. Serra para dar palestras nas universidades, o Arruda será liberado da cadeia para assumir ou haverá algum impedimento? (naturalmente que neste caso deverá ser escondida a chave do cofre do Planalto).

    Respondam, por favor.

  10. Laertes
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 22:14 hs

    Caro Ossobuco,

    Sua previsão de Arruda, mesmo na cadeia, como vice pode ser uma boa alternativa!

    Sim, porque o programa político do PSDB/DEMO poderá ser transmitido em “””CADEIA””” nacional……..

  11. OSSOBUCO
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 22:22 hs

    Contas Abertas/PPS começa a falar a verdade, para não se desmoralizar ainda mais

    Há mais de um ano, bato na tecla de que o Contas Abertas – ligado ao PPS e instrumento de campanha do Serra – manipula informações quando faz balanços do PAC, com base na execução orçamentária e não com base na execução física, que é o que interessa aos usuários e beneficiários das obras. (Clique aqui e leia tudo o que já publicamos a respeito)

    Diante da possibilidade de se desmoralizar ainda mais, com informações que não têm nada a ver com a realidade, o Contas Abertas/PPS inicia uma inflexão e começa a informar corretamente.

    Hoje (2/4/2010), em seu site, o Contas Abertas/PPS traz a seguinte matéria:

    “PAC: investimentos em 2010 já superam todos os trimestres anteriores juntos

    A ministra-chefe da Casa Civil e “mãe” do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), Dilma Rousseff, pode sair do governo para concorrer à Presidência da República comemorando o avanço dos investimentos federais no programa neste ano, pelo menos os passíveis de acompanhamento no Orçamento Geral da União (OGU).

    Isso porque no primeiro trimestre de 2010, o total desembolsado por ministérios e demais órgãos em obras do PAC chegou a R$ 3,9 bilhões. O montante é superior ao valor registrado no mesmo período de 2007, 2008 e 2009 juntos (R$ 3,6 bilhões). Essa é a parte do programa que o governo administra mais diretamente, pois são recursos do Tesouro Nacional.

    O montante empenhado, isto é, reservado em orçamento para futuro uso, também cresceu significativamente.

    Entre janeiro e março deste ano, o governo comprometeu R$ 6,7 bilhões; praticamente o dobro dos R$ 3,8 bilhões empenhados no mesmo período dos últimos três anos (veja tabela). Os dados estão atualizados até o dia 30 de março, restando ainda computar o último dia do mês.”

    ***

    Como se vê, o Contas Abertas/PPS, daqui a pouco, estará respaldando o balanço do PAC feito pelo Governo Lula, que mostra o grande sucesso desse Programa, no que depende diretamente do controle do Governo Federal.

    Quero ver o que farão as Organizações Serra, diante da capitulação do Contas Abertas/PPS.

    1 01UTC abril 01UTC 2010
    A SABESP, do Serra, é a maior geradora de atrasos no PAC – Saneamento

    Obra de saneamento que o Serra esconde que é do PAC

    Quando as Organizações Serra dizem que o PAC está com obras atrasadas, não explica que, em grande parte, não é responsabilidade do Governo Lula, mas sim de governadores(as) e prefeitos(as).

    O PAC – Saneamento, por exemplo, é executado por estados e municípios. O Governo Lula entra com os recursos e a exigência de projetos dentro das normas existentes (o que muitos desses entes têm dificuldade de gerar).

    A SABESP, empresa de saneamento do governo de São Paulo (do Serra, portanto) é a maior geradora de atrasos na execução do PAC Saneamento.

    Vejamos o que diz o Balanço de 3 anos do PAC, do Estado de São Paulo (Fevereiro/2010), que nunca é consultado pelas Organizações Serra e muito menos pelo Contas Abertas/PPS.

    ***

    1. Quantidade de obras com recursos do PAC: 128

    2. Volume de recursos financeiros federais disponíveis: R$ 4,05 bilhões (48% do valor total para o Estado)

    3. Andamento das obras:

    . “Não saíram do papel”: 75 obras (58,6%)

    . Em obra: 48 (37,5%)

    . Obras concluídas: 5 (3,9%)

    4. Recursos do PAC – Saneamento para o Estado de São Paulo (até 2010): R$ 8,5 bilhões

    ***

    Como se vê, se o Contas Abertas/PPS não fosse um órgão auxiliar e instrumento de campanha do Serra, diria objetivamente que este governador, através da Sabesp, contribuiu fortemente para o atraso de obras do PAC Saneamento, já que 58,6% das obras ainda “não sairam do papel”.

    ***

    Amanhã mostraremos que a Copasa, do Aécio/Anastasia, é a segunda maior geradora de atrasos no PAC.

    Trata-se do “jeito tucano de mal governar“, que todo o país conheceu com o FHC e rejeita.

  12. Alerta
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 22:37 hs

    Cuidado Mariza!

    So falta ela sentar no colo do presidente.

  13. EX-SERRISTA
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 23:07 hs

    Não voto mais no Serra, ele é muito incompetente, por causa dele o PAC está atrasado em São Paulo, as apostilas das escolas são horríveis com erros grosseiros, a cidade alaga por falta de investimentos, o ROUBOANEL é o caixa dois tucano, tem viaduto novo que desaba, tem buraco no Metrô por falta de fiscalização e tem epidemia de dengue no litoral paulista.

  14. EX-SERRISTA
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 23:09 hs

    Além disso, quendo era presidente da UNE fugiu do país como um covarde, a Dilma, ao contrário dele, ficou e lutou contra a ditadura. E tem gente que considera a luta contra a ditadura como terrorismo, que falta de coragem e de conhecimento da história brasileira!

  15. EX PETISTA
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 23:59 hs

    OSSOBUCO, to com algumas duvidas, poderia me esclarecer?
    Será que o Color ou o Sarney – amississimos dos cara – não poderiam ser o vice da Dilma?

    Com uma presidenta ex-terrorrista, numa Assembleia da Onu, para tratar do combate ao terrorrismo, qual seria a credibilidade do Brasil quando for pedir uma cadeira como membro com direito a veto?

    A Dilma Botox ganhando a eleição (Deus é brasileiro e não vai permitir tamanha desgraça) mas apenas para argumentar Ossobuco, qual seria o Ministro da Fazenda – o homem que trata da grana mesmo – o Delubio Soares ou este Presidente da Cooperativa dos Bancários de São Paulo?

  16. TUKU NARE
    sábado, 3 de abril de 2010 – 11:32 hs

    NIVALDO BRAGA, tu deves esta hibernando, nos estamos no seculo 21 no ano
    de 2010, o povo nao engole mas essas bravatas dessa burguezia decadente =
    que atrazou o nosso pais nos anos 60 e 70, deixe de ser bundao homem, tu
    tens medo de mulher cara.

  17. Divanir
    sábado, 3 de abril de 2010 – 16:09 hs

    Lula não é bobo é um larápio tão esperto quanto qualquer outro não se engane
    Luiz Inácio Lula da Silva
    Pres. De Honra do PT – 1995 – 2002

    Palavras de Lula quando oposição ao governo (FHC) Federal, gravado em 2000.

    No Brasil o voto não é ideológico, lamentavelmente as pessoas não votam partidariamente, e lamentavelmente você tem uma parte da sociedade que pelo alto grau de empobrecimento, ela é conduzida a pensar pelo estômago e não pela cabeça, é porisso que se distribui tanta cesta básica, é porisso que se distribui tanto ticket de leite, isso na verdade é uma peça de troca em época e assim você dispolitiza o processo eleitoral, você trata o povo mais pobre da mesma forma que Cabral tratou os índios quando chegou no Brasil, tentando distribuir bijuterias e espelhos para ganhar os índios, ele vai distribuindo alimentos, você tem como lógica manter a política de dominação que é secular no Brasil.

    http://www.youtube.com/watch?v=Gg7ocjHPYIA&feature=related

  18. OSSOBUCO
    sábado, 3 de abril de 2010 – 16:58 hs

    Se todos que lutaram contra a ditadura militar são considerados terroristas então a Dilma tem o eu apoio.
    O PMDB sempre apoiou os governos da vez, vc esqueceu que o Sarney, o Roberto Jeferson também apoiaram o FHC? O Color não pôde apoiar porque estava cassado na época!
    O tesoureiro e homem de confiança do Serra está envolvido no mensalão do DEM e nas privataria promovida pelo FHC.
    A credibilidade do Brasil na ONU nunca esteve tão boa e, por favor, não vá cortar os pulsos, se a ONU mais uma vez homenagear o Lula!
    Como disse um cara aí acima, enquanto o covarde do Serra fugiu dos milicos, a Dilma os enfrentou. Daí deduzo que vc também teria fugido com as cuecas borradas!

  19. ildo baldo
    sábado, 3 de abril de 2010 – 17:01 hs

    ALERTA
    QUERIA VOCE SENTAR NO COLO DO LULA
    NÂO SE INGANE ELE É BRASILEIRO MAS NÂO DE CAMPINAS
    CUIDADO QUE SEU CIUME ESTA PASSANDO DOS LIMITES
    VAI QUERER SEPARAR O CASAL

  20. EX-SERRISTA
    sábado, 3 de abril de 2010 – 20:54 hs

    1. Ailton de Lima Ribeiro, homem de confiança de Serra, foi um dos responsáveis pela implantação do modelo de terceirização da saúde em São Paulo.

    2. Na semana passada, o prefeito Kassab anulou um contrato milionário, sem licitação, entre a Secretaria da Saúde do município – sob responsabilidade so Secretário Januário Montone, também ligado diretamente a Serra. Um dos sócios da empresa sob suspeita é o próprio Aílton.

    3. Desde março de 2009, Ailton trabalha com Arruda no Distrito Federal. Segundo oposicionistas de São Paulo, Ailton teria sido o principal responsável pela contratação, em São Paulo, das mesmas empresas de informática que integram o esquema de Arruda, em Brasilia.

    4. Como se recorda, ontem a revista Época trouxe informações de que a Operação Castelos de Areia flagrou um dos principais operadores do PSDB, ligado diretamente a Andrea Matarazzo, quando este presidiu a CESP. Detalhe: hoje, o operador preside o DER, responsável pelas obras do Rodoanel.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*