MP-PR denuncia ex-deputado por contratação de "fantasmas" | Fábio Campana

MP-PR denuncia ex-deputado por contratação de “fantasmas”

A Promotoria de Justiça de Proteção ao Patrimônio Público protocolou nesta sexta-feira (30) denúncia contra o ex-deputado Luiz Carlos (Stanislawczuk) Zuk, 65 anos, por peculato (apropriação ou desvio de valores feito por funcionário público). A denúncia refere-se à contratação de 16 funcionários “fantasmas”, no período de 1999 a 2003, quando Zuk era deputado pela região dos Campos Gerais. De acordo com a Promotoria, o total do desvio chega R$ 1,39 milhão (valores atualizados apenas com a correção monetária).

Nos depoimentos prestados à Promotoria, essas pessoas afirmaram que não trabalhavam na Assembleia Legislativa no período dos pagamentos. Segundo as apurações feitas pelo Ministério Público, as verbas referentes aos salários dos pretensos “assessores parlamentares” eram depositadas em uma única conta, de titularidade de um assessor de Zuk, Miguel Arão Ribas Dropa (já falecido). Quase a totalidade do dinheiro era repassada para o então deputado.

Várias das pessoas que tiveram seus nomes na folha de pagamento sequer sabiam como seus dados foram obtidos pelo deputado. Em alguns casos, pessoas que foram procurar ajuda política do parlamentar, como estudantes de faculdades particulares que buscavam transferência para instituições públicas, tiveram seus dados utilizados indevidamente. Duas das pessoas haviam trabalhado no gabinete do deputado, mas em outra legislatura, não no período em que constam os pagamentos irregulares. Em outra situação, ainda, foram usados dados fornecidos ao deputado a pretexto do preenchimento de ficha de filiação ao PDT, em suposta campanha para novos filiados.

Em caso condenação, a pena por peculato poderá variar de dois a doze anos de reclusão.


12 comentários

  1. Austragésilo
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 19:01 hs

    QUE VERGONHA, HEIN?! É isso que chamam de autoridade?
    Que moral tem esse tipo – ou esses tipos – de pessoa para REPRESENTAR O CIDADÃO ELEITOR PARANAENSE?
    Isso é a escória da sociedade. É por isso – e outros fantasmas – que a a polítia paranaense e nacional está do jeito que está.
    Chega dessa ratatulha! É preciso renovar à Assembléia Legislativa em outubro próximo e aposentar esses mentirosos de tempo integral.
    A sociedade não suporta mais isso!

  2. Nhengo
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 20:43 hs

    procurem os nomes dos “assessores” e cruzem com acadêmicos trasferidos p/ a UEPG e com disponibilidade da ALEP p/ a Secretaria do Trabalho em Ponta Grossa, é BINGO!

  3. FILET MIGNON
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 21:22 hs

    Parabéns ao Ministério Público….
    Precisa ir mais fundo….
    Tem funcionário nomeado na Assembléia em cargo comissionado que já foi exonerado do Estado a bem do serviço público…
    É só escafunchar que acha… Inclusive alguns dos “anistiados” por Requião, há muito exerciam cargo comissionado.

  4. Anônimo
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 22:05 hs

    O MP SÓ TEM CORAGEM DE DENUNCIAR EX- DEPUTADO?

  5. Carla Romanelli
    sábado, 1 de maio de 2010 – 2:28 hs

    Rui Barbosa se vivo fosse, diria a mesma coisa que disse há quase cem anos atrás:

    De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. (Senado Federal, RJ. Obras Completas, Rui Barbosa. v. 41, t. 3, 1914, p. 86).

  6. salete cesconeto de arruda
    sábado, 1 de maio de 2010 – 11:34 hs

    Alooooooo Paranaaaaaaaaá!
    Aqui no Rio tem gente apostando que não pegam nenhum dos que estão usufruindo de MANDATO!
    Acho até que vai dar no FANTÁSTICO!
    Aposta alta!

  7. Austragésilo
    sábado, 1 de maio de 2010 – 14:23 hs

    Pois é, Carla lá se vão cem anos e, pelo jeito, continua tudo igual!
    É chegado o momento de a sociedade consciente começar a se manisfestar, VERDADEIRAMENTE, em busca de um novo tempo.

    Digo, à sociedade livre. Aquela que não VIVI À SOLDO DO POPULISMO delirante e quase bolivariano.

    Mas, a sociedade que trabalha, paga impostos e vê – e sente no bolso – que às coisas vão de mal a pior.

    A maquiagem política dos oportunistas é bem feita, mas não convence. Outubro está chegando e na urna é preciso depositar esperança em nomes comprometidos com a seriedade, o respeito público e a honradez.

    Chega de Justus Veríssimos que querem que o povo se “exploda” como diria aquele personagem de Chico Anísio e atualmente bastante lembrando na Assembléia Legislativa do Paraná.

    É preciso limpar o trecho político!

  8. HELIO LUIZ ALMEIDA DE OLIVEIRA
    sábado, 1 de maio de 2010 – 16:57 hs

    E O MP IRÁ MAIS FUNDO……PRO FUNDO DO POÇO HAHAHA

  9. Borduna
    sábado, 1 de maio de 2010 – 17:13 hs

    Esse cara não é deputado atualmente? Vai ser cassado?

  10. LEAD
    sábado, 1 de maio de 2010 – 19:33 hs

    E os outros gafanhotos? Edno e Jonas Guimarães por exemplo?

  11. Anônimo
    domingo, 2 de maio de 2010 – 11:58 hs

    E O HB O MP TEM CORAGEM DE DENUNCIAR ???

  12. Anônimo
    domingo, 2 de maio de 2010 – 12:02 hs

    OS DEPUTADOS DO PARANA SEMPRE FICARAM COM A GRANDE PARTE DO SALÁRIO DOS COMISSIONADOS.
    E A RF . SEUS COMPUTADORES NÃO PEGAM DEPUTADOS NA MALHA FINA?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*