Justiça prorroga prisão de ex-diretores da Assembleia | Fábio Campana

Justiça prorroga
prisão de ex-diretores
da Assembleia

O Juízo da Vara de Inquéritos Policiais acatou pedido do Ministério Público (MP/PR) e prorrogou por mais cinco dias a prisão dos três ex-diretores da Assembleia – Abib Miguel (diretoria geral), José Ary Nassiff (diretoria administrativa) e Cláudio Marques da Silva (Recursos Humanos).

Acusados de falsificação de documentos e desvio de recursos públicos, os três estão presos desde a manhã do último sábado. Também foi prorrogada a prisão temporária do servidor João Leal de Matos, acusado de utilizar documentos pessoais de familiares para empregá-los na Assembleia.

Segundo o MP, o objetivo do pedido de prorrogação é facilitar as investigações que estão sendo feitas pelos promotores de Justiça que atuam no Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado. Em outro pedido cautelar feito pelo MP-PR, por meio da Promotoria de Justiça de Proteção ao Patrimônio Público, o Juízo da 2ª Vara da Fazenda Pública deferiu a indisponibilidade de bens dos quatro requeridos. A indisponibilidade foi estendida a todo o patrimônio em nome deles.


16 comentários

  1. Rei da Selva
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 11:55 hs

    Diretores, gerentes, funcionários, só executam ordens dos menbros da mesa diretora, isso é elementar. A sociedade aguarda, e exige que esses elementos, assumam os delitos cometidos, e não queiram imputar a culpa aos seus subordinados.

  2. Comendador Acácio
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 12:14 hs

    Está rodando na blogosfera…chegou agorinha na minha caixa postal.

    Preste atenção nesta história:

    Quando irrompeu a guerra entre a Espanha e Estados Unidos, o que importava a estes era comunicar-se, rapidamente, com o chefe dos insurretos, general Garcia, que se sabia, encontrava-se em alguma fortaleza no interior do sertão cubano, mas sem que se pudesse precisar exatamente onde.

    Era impossível utilizar correio ou telégrafo, no entanto, o presidente MacKinley, o Justo, tinha de assegurar-se da sua colaboração, e isto, o quanto antes. Que fazer? O seu 1º Secretário lembrou ao presidente:

    – “Há um homem chamado Rowan – o Libanês. Se alguma pessoa for capaz de encontrar Garcia, há de ser Rowan!”

    Rowan foi trazido à presença do presidente, que lhe confiou uma carta a ser entregue a Garcia. De como este homem, Rowan, tomou a carta, meteu-a num invólucro impermeável, amarrou-a sobre o peito e, após quatro dias, saltou de um barco sem cobertura, alta noite, nas costas de Cuba; de como se embrenhou, atravessando um país hostil e entregando a carta a Garcia, são coisas que não vêm ao caso narrar aqui, pormenorizadamente.

    O ponto a frisar é este: Presidente MacKinley, o Justo, deu a Rowan, o Libanês, uma carta para ser entregue a Garcia; Rowan pegou a carta e nem sequer perguntou – onde é que ele está? e alcançou o objetivo.

    Você conhece alguém assim?

    É! Precisa-se, e precisa-se com urgência, de uma pessoa capaz de levar e entregar uma mensagem a Garcia!

    Meus direitos terminam onde começam meus deveres.

    Moral da história: no contexto desta história, alguém “dançou”, e não foi o presidente, foi o que cumpriu ordens, sem perguntar o porquê!

  3. Guardalupe!!!
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 12:19 hs

    É bom que fiquem presos, pois assim não vão contar que são os fantasmas da Assembléia.

  4. Gabriel Antunes
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 12:26 hs

    É certo procurador do MP dizer quanto devem ganhar os procuradores do MP?
    Esses subsidios deveriam ser designados por lei conforme determina artigo 37,X e 39, § 4º, da Constituição Fed/88.
    Mas Não é o que está acontecendo no MP do Paraná!

  5. José Diniz
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 12:56 hs

    Volto a cobrar da PIC: porque temporária e não preventiva?
    1- está havendo clamor público, tanto que até derrubaram as grades do ALEP.

    2- Esse pessoal solto não vai atrapalhar a instrução criminal?

    3- Não é formação de quadrilha?

    Nada tenho contra os acusados, pois são acusados e, segundo nossas LEIS, são inocentes até que se prove o contrário!!!
    Mas PIC, terei o maior prazer em debater com vcs esse assunto, pois quando é pobre e negro como eu JOSÉ DINIZ, os critérios são outros!!!!
    Esse é um pensamento meu, baseado em minha história. ” Não acredito em democracia com capitalismo!”
    José Diniz

  6. Pedro Vigário Neto
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 13:19 hs

    – Parabéns a Vara de Inquéritos Policiais e ao Ministério Pùblico;

    – Precisamos de bons exemplos neste País;

    – Chega de impunidade;

    – Tô de saco cheio.

    – Vamos lá, não tem muito segredo: Investigação + julgamento + cadeia;

    Abraço.

  7. não sou laranja
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 13:35 hs

    Não ria das desgraças dos outros, pois um dia você pode ouvir o som de sua própria gargalhada……

  8. Senivaldo Santana
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 13:57 hs

    Deixa esta gente solta, ele vao pegar e destruir mais provas ,decisao acertada do operadores do direito de nosso estado Parana deixa a justiça trabalhar…
    Tem que liberar eles depois que entregar todo o esquema de corrupçao da casa?
    Liberado vai direto para presio de segurnça maxima chanado Cataduva aqui mesmo no Paraná

  9. Senivaldo Santana
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 13:59 hs

    Deixa esta gente solta, ele vao pegar e destruir mais provas ,decisao acertada do operadores do direito de nosso estado Parana deixa a justiça trabalhar…
    Tem que liberar eles depois que entregar todo o esquema de corrupçao da casa?
    Liberado vai direto para presidio de segurança maxima chamado Cataduva aqui mesmo no Paraná.

  10. salete cesconeto de arruda
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 14:12 hs

    … logo… logo… derrubam o ninho…

  11. Serginho Rosa
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 15:01 hs

    PARABÉNS ao Juíz da Vara de Inquéritos Policiais que acatou o pedido do Ministério Público do PR. Lugar de LADRÂO é a cadeia!
    A lei vale pra todos, ta certíssimo o MP.

  12. Austragésilo
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 16:20 hs

    Ilustre Comendador Acácio
    Bem lembrado. Eu conheço a história original dessa Carta. Até aí, tudo bem.

    Discordo apenas do desfecho: “alguém “dançou”, e não foi o presidente, foi o que cumpriu ordens, sem perguntar o porquê!”.

    “Sem perguntar o porquê”? É claro meu caro Comendador que os tais sabem e muito bem, o que acontecia, como acontecia e quais eram às ordens a serem seguidas.

    E, obviamente, pela destruição de papelada oficial em casa particular de funcionário da Casa de Leis, a coisa é ainda mais séria. Com o devido respeito, ali não tem inocentes.

    Todos são cúmplices. E mais: também os demais deputados que silenciaram duante anos, são coniventes.

    E ainda: claro, claríssimo que a Presidência da Casa e a Mesa Diretora estão atoladas até o pescoço. Afinal, para que serve estas duas instâncias?

    É um balaio, só!

  13. Tiozão
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 17:02 hs

    Vão mofar na cadeia, quando irão pegar e trancafiar os da mesa ? kakaka… tá chegaaaannndo na calada da noite a PF ronda !

  14. odorico paraguassu
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 21:26 hs

    lamentavel que o ex nobre colega jornalista não posta mais comentários ….esta havendo uma repressão a liberdade de imprensa….quem diria hein……

  15. Anônimo
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 8:18 hs

    A coisa poderia ser mais transparente, o MP tá levamdo branda demais as ações tomadas, pois os veradeiros culpados são os senhores Deputados qua estão impunes, se escondendo at´raz desses laranjas que estão presos! A quem o MP quer enganar???? A população não merece esse descaso por parte do Poder Público e quer ver os deputados envolvidos presos tambem!
    Chega de conivência por parte do MP!?!?!?!?

  16. Marcos Cordeiro
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 8:19 hs

    A coisa poderia ser mais transparente, o MP tá levamdo branda demais as ações tomadas, pois os veradeiros culpados são os senhores Deputados qua estão impunes, se escondendo at´raz desses laranjas que estão presos! A quem o MP quer enganar???? A população não merece esse descaso por parte do Poder Público e quer ver os deputados envolvidos presos tambem!
    Chega de conivência por parte do MP!?!?!?!?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*