Gleisi ao Senado, Osmar perto da desistência | Fábio Campana

Gleisi ao Senado, Osmar perto da desistência

Do Cláudio Humberto

Lula bateu o martelo no Paraná: Gleisi Hoffmann (PT) não abrirá mão da candidatura ao Senado nem que a vaca tussa. Assim, se cumprir a ameaça, o senador Osmar Dias (PDT) desistirá de disputar o governo.


44 comentários

  1. Benhur
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 10:39 hs

    Se eu fosse o Osmar, desistia ja e me candidataria ao Senado, esta prestes a ficar desempregado!!
    Para desespero da Maria Louca!! kkk

  2. aa
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 10:42 hs

    O Ciro é prova que o PT só pensa nele.
    Acorda Osmar!
    Saia candidato ao senado com o Beto, que voce dá o troco neles, Gleisi fica de fora

  3. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 10:54 hs

    Gentem: Cantei a pedra lá atrás. A prioridade do Petê firmada em encontro final do ano passado em São Paulo, é a de formar bancada congressual suficiente para mandar o Pemedebê prá caixa prego e não ter mais que depender de Sarney, Calheiros, Temmer e outros fisiológicos. Amigo meu petista roxo lá do Interior, participou do encontro e me falou sobre a decisão. Em assim sendo, minha chapa tá completa: Marina Morena Brasileira da Silva, presidente; Orlando Pé Vermelho Pessuti, governador; Osmar e Gustavo, senadores; Accorsi, estadual, e Nishimori, federal. O Accorsi por ajudar o desenvolvimento da cocoicultura no Noroeste e abraçar projetos ambientalistas e por ser vizinho loandense e o Nishimori para substituir junto à colonia japonesa, o ex-deputado Antonio Ueno que intercambiava negócios entre Brasil-Japão.

  4. Jose Carlos
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 10:56 hs

    Nunca diga nunca… quem sabe a quinta comarca se aproxima mais de tornar-se uma província, após 157 de emancipação política… um saneamento geral poderia acontecer… a carreira política dos Mello e Silva poderia findar para gáudio da comarca…. e o próprio Pessuti poderia viabilizar sua candidatura e virar uma pedra no tênis de Chuchu Richa II… quem lembra do azarão Ney Braga em 1960 que só se elegeu montado na garupa da vassoura de Jânio Quadros e depois que o favorito Souza Naves bateu as botas, de repente… às vezes, a morte pode ser virtual, não precisa ser física…

  5. Duval Simões Araújo-Londrina
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 10:57 hs

    Osmar Dias sem mandato seria lamentável para todos nós paranaenses que gostamos de nosso Estado. Se não der o governo com um grupo confiável, vai ao senado em candidatura solo que se reelege com um pé atrás. Apesar que seu antigo grupo abraça sua reeleição imediatamente se assim Osmar quiser, e o PDT, como um dos principais partidos, vai ajudar a administrar o Paraná a partir de janeiro de 2.011, numa frente que trará novos e bons ares ao Paraná. O Povo Paranaense espera essa União de vcs pelo bem comum.
    Vc não pensa como o PT e eles não pensam como vc.
    É casamento fadado ao divórcio no 1º ano!
    E o PMDB te agrediu muito na eleição passada e o povo não entenderia essa aliança. Volta pros seus que é o melhor para o Paraná!

  6. Sabrina
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 11:01 hs

    Estas negociações são nojentas! Tem que se instalar uma grande concorrência, quem ganha é o eleitor que ve abrir o leque de opções.

    Mesmo sabendo que vai ser um saco ver a TV com essa mala da Gleisi candidata, sou a favor da cndidatura dela. Será um grande prazer NÃO votar nela!!!

  7. rato pai
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 11:11 hs

    JOSE CARLOS…O QUE TENS CONTRA A FISÍCA…ELA É PERFEITA E DEFINITIVA…PERMANENTE SEM VOLTA…PENA QUE O POVO NÃO USE ESTA ARMA EM 03/10/2010.

  8. quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 11:12 hs

    Parabéns pra Gleise, será a vitória da Primeira Senadora Paranaense. Vai ser bom para as mulheres, crianças e homens da capital e do interior do Paraná.

  9. Marcos Pop
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 11:21 hs

    Que Gleise é candidata ao senado, e favoritíssima, para uma das vagas, até o catador de papéis de rua sabe. Todo mundo sabe que em face disso ela não deixará de ser candidata ao senado. Nem ela e nem o PT estão rasgando nota cem para trocar algo quase certo, pela completa incerteza de uma eleição para a vice de Osmar, que não liderou nenhuma pesquisa ao governo até agora no Paraná. Agora se Osmar vai largar o apoio ao PT e ao Lula em Brasília, é outra história. Ele e o PDT têm muitos cargos sem concurso no governo federal e será que abrirá mão apenas pela reeleição para o senado? Será que Serra tem atrativos para Osmar, além do forte apoio do povo do Paraná retratado em todas as pesquisas?
    Acho que essa novela vai ainda algum tempo. Só não sei se os melhores espaços ainda sobrarão para Osmar até 30/06. Que é bom senador isso é incontestável. Mas que não tem uma posição firme e personalíssima, isso também não tem!

  10. Rudy
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 11:22 hs

    Richa. ……………….governador Osmar………………..senador Gleisi………………….senadora Fruet…………………..deputado federal Artagão Junior………..deputado estadual Requião…………………internado no pinel.

  11. CAÇADOR DE PETISTAS
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 11:24 hs

    PT vai mudar de sigla. Agora é PB-Partido da Bandidagem , honrando sua carreira de Mensalões e agora o BANCOOP?
    BANCOOP -O PARTIDO DA BANDIDAGEM

    Editorial do Estadão – Hoje

    O recém-escolhido tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, está tecnicamente certo quando diz que nunca tinha sido acusado de nada nem responde a processo algum, civil ou criminal, por sua atuação na Cooperativa Habitacional do Sindicato dos Bancários de São Paulo (Bancoop), de que foi diretor financeiro (entre 2003 e 2004) e presidente (de 2005 até fevereiro passado). Mas os seus protestos de inocência só se sustêm graças à letárgica andadura da Justiça brasileira. Datam de setembro de 2006, há 3 anos e meio portanto, as primeiras denúncias de irregularidades na cooperativa, levantadas pelo Ministério Público (MP) do Estado. Em 2007, foi aberto inquérito criminal para apurar delitos da entidade, como superfaturamento de obras, apropriação indébita, desvio de verba e formação de quadrilha. No ano seguinte, uma testemunha disse ao MP que recursos desviados da Bancoop ajudaram a financiar clandestinamente a vitoriosa campanha presidencial de Lula em 2002.

    A testemunha, Hélio Malheiro, era irmão de um ex-presidente da cooperativa, Luiz Eduardo, falecido em um acidente de carro em 2004, juntamente com dois outros dirigentes da instituição. Dizendo-se ameaçado de morte, Hélio foi acolhido no Programa de Proteção a Testemunhas do governo paulista. O seu depoimento foi crucial para o MP caracterizar a Bancoop como uma “organização criminosa” e solicitar a quebra do seu sigilo bancário, como foi noticiado em junho de 2008. Só na semana passada, porém, o promotor responsável pelas investigações, José Carlos Blat, recebeu o papelório — mais de 8 mil páginas de registros de transações entre 2001 e 2008. E foi com base nessa documentação que ele pediu, na última sexta-feira, o bloqueio das contas da Bancoop e a abertura dos dados bancários e fiscais de João Vaccari Neto, acusando-o de “gestão fraudulenta”.

    A apropriação para fins pessoais e políticos dos recursos dos cooperados, fundos de pensão e empréstimos captados pelo sindicato dos bancários transformou 400 famílias em vítimas do conto da casa própria: os imóveis que compraram na planta não foram construídos, mas os lesados continuaram a pagar as respectivas prestações. Segundo a revista Veja, que teve acesso aos autos do inquérito, a Bancoop sacou em dinheiro vivo de suas contas pelo menos R$ 31 milhões. Outros cheques, somando R$ 10 milhões, favoreceram uma empreiteira formada por diretores da entidade, que, por sinal, era sua única cliente conhecida. O responsável pelas obras da cooperativa disse que os pagamentos eram superfaturados em 20%. “Os dirigentes da Bancoop”, apurou Blat, “sangraram os cofres da cooperativa em benefício próprio e também para fomentar campanhas políticas do PT.”

    A prova mais gritante foi o R$ 1,5 milhão pago entre 2005 e 2006 — quando a instituição estava praticamente quebrada — a uma firma espectral de serviços de segurança, então de propriedade de Freud Godoy, na época segurança de Lula. Cada qual a seu modo, Godoy e Vaccari se envolveram no escândalo do dossiê, a compra abortada pela Polícia Federal de material supostamente incriminador para candidatos tucanos na campanha de 2006. Quando a operação fez água, Lula chamou os seus autores de “aloprados”. Pelo dossiê, os petistas pagariam R$ 1,7 milhão. Nunca se descobriu de onde veio a dinheirama. À luz do que já se sabe das falcatruas da Bancoop, ela pode ter sido a fonte pagadora da baixaria. Tão logo entregou parte da bolada aos encarregados de comprar o dossiê, foi para Vaccari que ligou um dos cabeças da operação, Hamilton Lacerda, então assessor do senador Aloizio Mercadante.

    Mas Vaccari não é o primeiro elo da cadeia. Ele deve a sua carreira ao companheiraço Ricardo Berzoini, que presidia o PT até poucas semanas — e, como tal, foi acusado de autorizar a compra do dossiê. Berzoini alçou o bancário Vaccari à presidência do sindicato da categoria, em 1998. Em 2004, Berzoini salvou a Bancoop da falência, ajudando-a a levantar no mercado R$ 43 milhões — via fundos de pensão de estatais comandados por petistas do grupo dele e de Vaccari. A Polícia Federal chegou a abrir inquérito sobre o prejuízo imposto aos fundos para favorecer a Bancoop. A rigor, nenhuma surpresa, considerando a folha corrida do PT. Mas, a cada escândalo, mais se aprende sobre a destreza com que a bandidagem petista se apossa do dinheiro alheio para chegar lá — e ali se manter.

    Que Vergonha
    Acorda Brasil
    Não queremos Dilma

  12. Curitibano
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 11:30 hs

    Fico feliz que o Senador não tnha se unido a essa Barbie do PT, bonequinha de luxo. Quanto a desistencia do Senador para o Governo eu só acredito se ele mesmo declara isso, vou lamentar muito se isso acontecer e sei que muitos esperam com ansiedade essa declaração não é mesmo sr. Betinho Lenner Richa.

  13. Estela
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 11:31 hs

    Luciano, bom pra que mulheres, crianças e homens, cara-pálida? Só por que ela é mulher??? Ou, quem sabe, por tudo (o que mesmo???) que ela fez pelo PR…???

  14. ERNESTO
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 11:34 hs

    SE ESTA ERA A SENHA PARA O SENADOR CAIR FORA ENTÃO FOI DADA PELO LULA QUE NÃO ABRE MÃO DE TENTAR A GLEISE AO SENADO!
    AGORA É A HORA DE REAVALIAR SUAS POSIÇÕES E DEFINIR LOGO SUA CANDIDATURA AO SENADO!
    JA DISSE E REPITO SERÁ VITORIOSO PELA SUA REELEIÇÃO E POR DEIXAR DE FORA OU GLEISE OU REQUIÃO O QUE, DIGA-SE DE PASSAGEM, PARA NÓS PARANAENSES SERÁ UM GRANDE ALÍVIO!

  15. ABRA O OLHO
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 11:44 hs

    CARO SENADOR, ABRA O OLHO O PT SÓ TEM OLHOS PARA A GLEISE, E O SR ACHA QUE O LULA VAI CONTRA O MINISTRO PAULO BERNARDO, MAIS NEM A PAU INDIQUE O VICE PARA O BETO E VAMOS DERRUBAR O REQUIÃO, VAMOS SENADOR A HORA É ESTA….

  16. O democrata
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 11:48 hs

    Sr josé Carlos,qdo se referir ao nome do Sr Ney Braga,o faça com respeito,pois se vc não sabe foi um dos mais ilustres políticos q. o PR teve,correto,honesto,digno,homem de palavra q. honrava o q. dizia e asssinava,é uma pena q.hoje tenhamos políticos como vemos diariamente na Assembléia Legislativa e Executivo.

  17. Andre
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 11:51 hs

    Existe um projeto de partido. O Senado é onde o governo petista encontrou freio nas suas metas de dominação. Antes a Gleisi no Senado que o Osmar no governo…preciso desenhar?

  18. Calunga
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 12:00 hs

    O PT precisa, e muito, eleger muitos deputados federais e senadores, porque com o Michel Temer na vice, a Dilma, na remota hipótese de se eleger, fica presa fácil e aí o PMDB assume a presidência.

  19. Nortão
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 12:00 hs

    Uma das vagasao senado é da cleisy e pronto…

  20. Ronaaaldo !
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 12:08 hs

    Vai ser bom nada , porque a Barbie paraguaia não vai se eleger (de novo!).
    Petezada jaguara !

  21. Eleitor
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 12:11 hs

    Com o ótimo trabalho em conjunto de Orlando e Osmar, seria ótima alternativa uma chapa dos dois para o governo do Estado, com Gleisi apoiando e concorrendo para o o Senado.

  22. LEO
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 12:25 hs

    ONDE HÁ FUMAÇA, HÁ FOGO!
    PARA ANÁLISE DOS CONSTITUCIONALISTAS.
    Uma mosca zumbizou em meu ouvido um zunzunzum nos corredores do Planalto: dizem que o presidente Lula anda desacorçoado com o desempenho de sua pupila na campanha. Se continuar assim, há perigo de ela naufragar já no primeiro turno! Daí que… poderia estar sendo articulado um plano B, uma manobra salvadora para os petistas: Lula renunciaria ao seu cargo para se lançar candidato a vice de Dilma, e assim poder acompanhá-la em tudo que é palanque . Creem os “grandes pensadores” do PT que com esta alavancada Dilma obterá os votos suficientes para eleger-se presidenta. Mas a estória não termina aí! Depois de eleita, Dilma cumpriria um breve estágio, e em seguida renunciaria por motivo de saúde… Afinal já houve um “histórico” de enfermidade, não é? E assim, Lula assumiria legalmente a presidência e poderia ficar mais 8… OITO ANOS!
    Raciocínio mais do que lógico: …Veja bem você: todas as peças se encaixam quando lembramos que José Alencar desistiu de concorrer ao Senado e Meirelles aceitou permanecer no Banco Central, ambos abrindo mão de projetos pessoais e a troco de quê? De nada? Agora confira: os artigos constitucionais que tratam da eleição não impedem que o presidente se candidate a vice, desde que se afaste do cargo seis meses antes do pleito. Pelo menos é isso que se entende da Constituição nos parágrafos 5 e 6 do Artigo 14, que trata dos direitos políticos. Portanto, se for para acontecer esta trampa… está para estourar, pois de maio a outubro são exatamente 6 meses.
    Seria a concretização do sonho petista do terceiro e até do quarto mandato, claro, sempre respeitando a Constituição… à moda democrática do PT.
    Zummm…. ESTAMOS FERRADOS !!!!

  23. ZE LEANDRO DIAS
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 12:37 hs

    Senhor Duval Simões Araujo,quem causou todo este trantorno na vida política do Osmar Dias não foi o PT, e sim o seu coleguinha Beto Richa que não cumpriu o prometido,agora depois de voces fazerem o que fizeram fica fácil querer trazer o Osmar Dias para o vosso lado,meu filho quem bate esquece fácil,por estas e outras e para o bém do Paraná Osmar Dias e Pessutão estaram unidos e imbatíveis para as próximas eleições,com um detalhe Pessutão o dixará livre para escolher entre ser Vice, ou permanecer no Senado e fazendo um belo trabalho como acabou de fazer unido AO Pessutão ,no caso Banestado.Que por sinal o próprio osmar Dias alega ter sido uma herança de Lener e seu Grupo no qual inclui Beto Richa.

  24. MORCEGO NOTURNO
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 12:57 hs

    AOS PUXA SACO DE PLANTAO, ME DIGA UMA COISINHA, SO UMA COISINHA QUE ESTE TAO BELO SENADOR FEZ PELO PARANA EM SEUS ANOS DE MANDATO. E HORA DE EXTINGUIR ESSES DIAS DA POLITICA PELO AMOR DE DEUS. E HORA DE ENTRAR GENTE NOVA NO PEDAÇO. CHEGA DOS MESMOSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

  25. Frederico
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 13:00 hs

    É Dilma lá e Pessuti cá. Requião e Gleisi no Senado. Dr. Rosinha Federal e Tadeu Veneri Estadual.

  26. HAVENGAR
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 14:00 hs

    Olha ai Osmar a petezada comemorando a rasteira que deram vc, vai pra casa indio velho.

  27. salete cesconeto de arruda
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 14:22 hs

    Anotem:
    Osmar vai ser o governador do estado.
    Se fizer uma análise do interior – das entidades e pessoas que realmente tem influência sobre o eleitor – vai dar OSMAR.
    Depois dessa da Assembléia – então…
    Pior que ainda tem o Fantástico de olho também na Câmara Municipal. Ou não?
    E GLEISI com certeza será SENADORA. Levará mais votos ao Osmar sendo candidata ao senado do que na vice.
    Se o Beto não quiser ficar sem mandato – caso possa concorrer – será também candidato ao senado.
    Mas o Gustavo vai dar a vaga?
    Duvido.
    Gustavo – TODOS SABEM – está cansado de ser sombra.
    E Fruet merece ir mais longe!

  28. andré
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 14:37 hs

    Força Gleisi! Queremos você como nossa semadora! E não como mera coadjuvante nas eleições de 2010! Nossa senadora!

  29. josé
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 14:54 hs

    conta outra….

  30. Credo
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 15:04 hs

    Salete, voce se pendura peladona mais uma vez se isso acontecer?????

    HAHAHAHAHAHHAHAHA

    Osmar senaador / Fruet senador
    Beto / Governador
    Serra / presidente

    Dilma / cadeia
    Gleisi / dona de casa
    Salete / Arvore

  31. Observador
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 15:35 hs

    O PT, atualmente, só perde em fisiologismo para o PMDB. Para se perpetuar no poder, se utiliza de qualquer tipo de aliança…Collor de Mello, Sarney, Garotinho, Renan Calheiros e outros não menos qualificados. Lementável. Acreditamos no PT e constatamos que é bem pior que os demais.Osmar, por favor acorde. Não entre nesse barco.

  32. vanderlei curitiba- tingui
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 15:37 hs

    o lulaoo mao de

  33. vanderlei curitiba- tingui
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 15:51 hs

    o lula e o pt que voltem pro m s t porque serra presidente aecio neves vice osmar dias e flavio arns senado gustavo frueeet dep federal e estadual voces escolhem porque com esta robalheira na assembleia aqui do parana nao da para arrisca dos 54 dep 30 estao na mira do ministerio publico sendo investigado quria que voces fizessem alguns comentarios sou bastante democratico porque errar e umano

  34. OSSOBUCO
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 16:15 hs

    Para aa, e o Aécio é prova de que o Serra só pensa nele!

  35. OSSOBUCO
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 16:16 hs

    Não dá para disfarçar como o Campana (Beto Richa) torce para que o Osmar desista da candidatura!

  36. PDT - INTERIOR
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 16:54 hs

    O Senador Osmar Dias é o futuro governador do Paraná. não tem pra ninguém. O PT não serve pra bosta alguma, nunca tiveram votos no PR. Osmar dias sempre teve sucesso nas urnas. OSAMR GOVERNADOR DO PARANÁ.

  37. SALETINHA DE PRANCHITA
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 17:46 hs

    Que lindinha que estão as Bonecas Bárbie…….creio que a paranaense vai ter sucesso , mas a a guerrilheira não, andas falando muita besteria, asneira…….não merecemos isso, nem o povo paranaense, nem los demais brasileiros.

  38. salete cesconeto de arruda
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 18:07 hs

    Credo
    Se isso acontecer sua mãe vai para a playboy.
    E meu CORPO BELO EM TODAS AS ESTAÇÕES ficará em repouso pois o CORPO da sua mãe deve ser bem mais bonito. Né?!
    Vai querer comparar?
    Eu topo:
    Eu e sua – nuas – de mãos dadas em DEFESA DAS CRIANÇAS ABANDONADAS!!!

  39. Paula Amaro
    quinta-feira, 29 de abril de 2010 – 21:47 hs

    Osmar, decida antes deste anúncio que você vai ao senado e dê uma surra naqueles que estão te traindo…

  40. Petista de Curitiba!!!
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 2:34 hs

    Parabéns a esses Petista de Londrina vcs vão conseguir atrapalhar a campanha da Dilma apenas porque querem eleger a Barby senadora. Mas podem ter certeza eu como Petista não voto nela só para ela não ganhar e vcs verem que fizeram cagada Vargas faz um favor pedi asilo em Cuba porque vc está conseguindo acabar com a chance da Dilma ser bem votada no Paraná.

    Vergonha esse Petista de Londrina so pensam neles o povo que de PT não tem nada a ver!

  41. Petista de Curitiba!!!
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 15:42 hs

    Engraçado…. Sou petista, também de Curitiba e participei de várias reuniões que discutiram a candidatura da Gleisi ao Senado…
    Até as alas mais radicais (leia-se Tadeu e Rosinha) foram a favor de centrar fogo no trabalho para eleger a Gleisi Senadora…
    Agora, quanto à aliança com o PDT, isso é outra história…
    Não existe consenso no partido e nunca vai existir…

  42. Felipe
    sexta-feira, 30 de abril de 2010 – 23:26 hs

    Tanto o PSDB quanto o PT precisam de palanques fortes para cabeça de chapa, e o único no Paraná que tem essa estrutura prá oferecer é o Senador e Futuro Governador do Paraná OSMAR DIAS. Desse modo, de qualquer jeito, não é conveniente perder tempo, porque o candidato a presidente que se coligar com Osmar para governo, terá no Paraná 65 % a 70 % dos votos. No Paraná e, em outros estados, prá garantir apoio de lideranças que possibilitem ótima votação, terão que ceder e acredito que no Paraná não vai ser diferente. O PDT está livre prá voar no Paraná, recado deixado pelo Lupi Ministro do trabalho.

  43. quinta-feira, 10 de junho de 2010 – 10:54 hs

    O Paraná, um dos Estados mais pujantes da Federação ainda não se livrou do provincianismo político, daí a pouca importância que tem nessa esfera, em âmbito nacional.
    Aqui os pré-candidatos costumam reunir-se na calada da noite para fazer composições que os perpetuem no poder. Não importa o tipo de aliança, a ideologia ou o programa partidário. Requião chegou a dizer que “faria aliança até com o diabo”. Mas o pior de tudo é que os prefeitos dos municípios mais pobres e seus eleitores ainda aceitam viver de barganhas.
    O problema do Senado está posto: Gleyse é candidata; Osmar não sabe como sair do embróglio que se meteu, mas só tem chances de permanecer no Senado. Enquanto isso, Requião maquina para que o “barbudo” saia de seu caminho e seja candidato a governador com o que lhe facilitaria a eleição ao Senado.
    É bom os eleitores ficarem espertos com essas manobras…

  44. quinta-feira, 10 de junho de 2010 – 11:16 hs

    O Paraná, um dos Estados mais pujantes da Federação ainda não se livrou do provincianismo político, daí a pouca importância que tem nessa esfera, em âmbito nacional.
    Aqui os pré-candidatos costumam reunir-se na calada da noite para fazer composições que os perpetuem no poder. Não importa o tipo de aliança, a ideologia ou o programa partidário. Requião chegou a dizer que “faria aliança até com o diabo”. Mas o pior de tudo é que os prefeitos dos municípios mais pobres e seus eleitores ainda aceitam viver de barganhas.
    O problema do Senado está posto: Gleyse é candidata; Osmar não sabe como sair do imbróglio que se meteu, mas só tem chances de permanecer no Senado. Enquanto isso, Requião maquina para que o “barbudo” saia de seu caminho e seja candidato a governador com o que lhe facilitaria a eleição ao Senado.
    É bom os eleitores ficarem espertos com essas manobras…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*