Gasto de Lula com publicidade sobe 48% em 6 anos | Fábio Campana

Gasto de Lula com publicidade sobe 48%
em 6 anos

De Rodrigo Rangel – O Estado de S.Paulo

A propaganda do governo Luiz Inácio Lula da Silva chegou, no ano passado, a 7.047 veículos de comunicação de todo o País. O número é 1.312% superior ao de 2003, primeiro ano do governo Lula, quando 499 veículos receberam verba para divulgar a publicidade oficial.

De 2003 a 2009, a Presidência da República, ministérios e estatais gastaram R$ 7,7 bilhões com propaganda. Os gastos do ano passado, de R$ 1,17 bilhão, superaram em 48% os R$ 796,2 milhões investidos no primeiro ano de governo.

O aumento expressivo do número de órgãos em que a publicidade oficial é veiculada se deve a uma mudança de estratégia da comunicação do Palácio do Planalto: desde que Lula chegou ao governo, a ordem é regionalizar a propaganda e diversificar as maneiras de fazer o marketing governamental chegar à população. Os veículos que divulgaram publicidade federal em 2009 estão espalhados por 2.184 municípios, contra 182 em 2003.

Valor triplicado. Só com a publicidade institucional da Presidência da República, destinada a difundir a marca e os feitos do governo, foram gastos R$ 124 milhões no ano passado.

O volume é três vezes superior ao de 2003, mas não acompanha, proporcionalmente, a ampliação do número de veículos escolhidos para divulgar a propaganda federal. Isso significa que veículos de comunicação de abrangência nacional tiveram de dividir a verba que recebiam antes com órgãos regionais – alguns deles de pequeno porte, o que inclui rádios e jornais de interior sob controle de políticos de partidos aliados.

Televisão, jornal, rádio e revistas, nesta ordem, foram os meios que mais receberam recursos em 2009. Para emissoras de TV, foram destinados R$ 759,5 milhões, 64% do total. Jornais receberam R$ 115,4 milhões e rádios, R$ 104 milhões.

Maior crescimento. A internet aparece em quarto lugar em valores absolutos, mas é o veículo que registrou o maior crescimento no volume de verbas sob Lula: os gastos do governo com publicidade na rede mundial de computadores saltaram de R$ 11,4 milhões em 2003 para R$ 36, 3 milhões em 2009.

As despesas com propaganda em outdoor são as mais inconstantes nas planilhas da Secom. Curiosamente, de 2003 para cá, os picos de investimento nesse tipo de mídia se deram em 2004 e 2006, anos eleitorais.

Em 2006, quando o presidente Lula concorreu à reeleição, o governo gastou R$ 19,9 milhões com publicidade em outdoors – no ano anterior, 2005, a despesa fora de R$ 7,7 milhões e no ano seguinte, 2007, de R$ 3,4 milhões.

Sete anos. Em 2004, ano em que houve eleições municipais, há outro ponto fora da curva: as despesas chegaram a R$ 21 milhões. Somados, os gastos com publicidade oficial em outdoors nos anos eleitorais de 2004, 2006 e 2008 chegam a 60% da despesa total com esse tipo de mídia ao longo dos sete anos de governo Lula.


7 comentários

  1. salete cesconeto de arruda
    domingo, 25 de abril de 2010 – 12:31 hs

    Quem tem mais programas sociais – tem mais o que divulgar.

  2. domingo, 25 de abril de 2010 – 12:36 hs

    Cadê o CANALHA do Duce agora pra bater no Lula,pra vir dizer o qunto gastou em propaganda!!!
    Então cadê o MPF,MP,TJ para começar a entregar as ações criminais e inviabilizar a campanha do Duce,ele não tem mais a sua imunidade,que tal agir agora ou vocês vão esperar para ver se ele se elege????????Depois,cadê os defensores da moralidade Pública,o Duce não é mais nada,basta uma das denúncias para impedí-lo de candidatar-se ao senado ou a varredor de rua por no mínimo 8 anos,desta feita,a Inês já era….
    2010 é o ano da revanche,vamos dar um pé na bunda de toda esta gente,do Zé Bonitinho,do Urtigão,do Duce e seus familiares,enfim vamos mudar pra valer,vamos voltar ao que é melhor para o Paraná,FFFFOOOOORRRRRAAAAAA CAMBADA PÉ NA BUNDA DELES….

  3. Jango
    domingo, 25 de abril de 2010 – 13:07 hs

    Não me canso de desancar essa excrescência que se chama “publicidade oficial”, que nada mais é que propaganda descarada de governo e não raro do governante. Milhões ou até bulhões (se considerarmos o país) são literalmente torrados nesta imoralidade. Poucas vezes são questionadas essas aplicações desvirtuadas de dinheiro público que enchem as burras das empresas de propaganda, enquanto faltam verbas necessárias às prioridades nacionais de educação, saúde e segurança públicas. A melhor e mais eficiente publicidade oficial ou mesmo propaganda do governo e do governante probo (vocábulo desprezado descaradamente pelos agentes e mandatários públicos) é a obra ou o serviço posto a disposição da sociedade. O resto é essa excrescência que nossos parlamentares e a propria sociedade civil não são capazes de por fim alterando o permisso constitucional de permite essa demasia, essa prodigalidade imoral com o dinheiro público, cujo benefício é NENHUM para a nação. Até quando vamos tolerar essa situação ? Ficamos somente nas seguidas notícias de aumento de verbas de publicidade e nada mais ?

  4. domingo, 25 de abril de 2010 – 17:30 hs

    É POR ISSO QUE O LULINHA FILHO DO PRESIDENTE GASTOU 147 MILHÕES NA COMPRA DE DUAS FAZENDAS….CADE A RECEITA FEDERAL…..

  5. Divanir
    domingo, 25 de abril de 2010 – 18:06 hs

    JANGO, concordo com você, a melhor propaganda de governo é sua obra posto em benefício da população. Estes bilhões gastos de forma a divulgar o governo Lula deveria ser envestido em moradias, saúde e segurança pública, transpereceria melhor aos olhos da população, há não ser aos olhos de alguns puxa-sacos, não é mesmo Salete?
    Quem tem mais obras realizadas, não necessita de tanta divulgação, elas falam por si só.

  6. Duval Simões Araújo-Londrina
    domingo, 25 de abril de 2010 – 19:17 hs

    Não é a toa que a RPC e a Gazeta do Povo viraram petistas duma hora pra outra. O mesmo ocorrendo com os ratinhos da Rede Massa de manobra. Devem ter recebido muito nestes últimos seis anos. E ainda deve estar rendendo. Alguém que sabe se habilita a dizer quanto ou vão falar só no horário eleitoral gratuito?

  7. ILDO BALDO
    domingo, 25 de abril de 2010 – 20:30 hs

    QUE TAL VOCEIS FALARAM TANTO DO REQUIÂO PORQUE NÂO ANUNCIAVA NESSES CANAIS DE TELEVISÂO
    E AGORA VEM FALAR DO LULA QUE AJUDOU TANTO ESSES MORTOS DE FOME QUE MAIS PARECE UM SACO SEM FUNDO
    ISSO É IPOCRESIA

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*