Dornelles volta a ser principal opção de vice de Serra | Fábio Campana

Dornelles volta a ser principal opção de
vice de Serra

Do Josias de Souza, foto de Fábio Pozzebom/ABr

O pequeno PP converteu-se num partido estratégico na sucessão de Lula. Administra o súbito prestígio que adquiriu ganhando tempo.

O senador Francisco Dornelles (RJ), presidente do PP, voltou a frequentar os subterrâneos como principal alternativa de vice de José Serra.

Invadido pelo cheiro de queimado, o comitê de campanha de Dilma Rousseff tenta apressar a adesão do PP à coligação governista.

Assediado pelos dois lados, o PP marcou uma reunião de sua Executiva nacional para a próxima quarta-feira (28).

Antes do encontrou, marcaram-se as cartas. Está combinado que o PP decidirá não decidir. Agendará novo encontro para fins de maio.

Até lá, o PP vai gerir o cerco duplo com um olho grudado no desenrolar da pré-campanha e outro na evolução das pesquisas.

São três as razões que levam o tucanato a fazer carga para que Dornelles aceite compor a chapa de Serra:

1. Embora faça política no Rio, Dornelles é da família de Aécio Neves. Como vice, reforçaria os laços de Serra com o grão-duque do tucanato de Minas.

2. Atraindo Dornelles, Serra se livra de ter de engolir um vice do DEM –opção da qual prefere se abster.

3. O PP de Dornelles alargaria em algo como 2,5 minutos a vitrine televisiva de Serra. Uma necessidade, já que Dilma tem, hoje, quase o dobro de tempo do rival.

As negociações com Dornelles são feitas em segredo. Procurado pelo repórter, um dirigente tucano mediu as palavras.

Limitou-se a dizer que chances de Dornelles virar vice de Serra são, hoje, menos negligenciáveis do que já foram.

Um integrante da cúpula do DEM informou ao blog que sua legenda não teria dificuldades em abrir mão da vaga para Dornelles.

E quanto a Dornelles, o que pensa sobre o tema? Bem, o senador é um político da escola de Tancredo Neves. Segue a cartilha de Minas.

Significa dizer que Dornelles vai procurar não parecer o que é enquanto se mantiver a suspeita de que o outro pode não ser o que parece.

Dito de outro modo: Dornelles tenta não ficar tão próximo que amanhã não possa estar distante, nem tão distante que amanhã não possa se aproximar.

Em público, o senador chama de “boato” a hipótese de se compor a chapa de Serra. Instado a dizer algo que soe peremptório, Dornelles recorre a uma frase que pode significar qualquer coisa:

“Na política, se vendem histórias. Quando um boato ganha força própria, não adianta confirmar nem desmentir. De modo que prefiro não comentar”.

No final do ano passado, em consulta aos diretórios estaduais, o PP concluíra que a maioria pendia para Dilma. Decidiu refazer a sondagem interna.

Por quê? Dissemina-se na legenda a impressão de que a coisa pode ter mudado. Entre os Estados importantes, só na Bahia o PP parece 100% fechado com Dilma.

Nos demais, o partido ou migrou para Serra ou escalou o muro. A eventual conversão de Dornelles em vice do tucano tende a unificar a legenda.

Como a decisão só precisa ser tomada em convenção prevista para junho, o PP decidiu acionar a barriga. Empurrou a encrenca para maio.

Neste domingo, saiu nova pesquisa. Foi feita pelo Ibope. Serra aparece com 36% das intenções de voto. Dilma, com 29%. Diferença de sete pontos percentuais.

Retirando-se Ciro Gomes (8%) da cédula, Serra vai a 40%. Dilma sobe para 32%. Oito pontos de diferença. Num eventual segundo turno, o tucano prevalece sobre a petista: 46% a 37%.

Conservando-se na dianteira até o fim de maio, Serra aumenta as chances de atrair o PP, um partido que se guia pelo aroma do poder.


19 comentários

  1. Sabrina
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 8:24 hs

    A melhor opção é o Aécio.

  2. Borduna
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 9:01 hs

    Pô, com dois caras feios assim, não vai dar. Olha a foto acima. o ET é uma Gisele perto dele. Esse cara consegue ser mais feito que o Serra. Tem de ser PP? Então peguem o gordinho do Ricardo Barros, este é mais fofinho……

  3. Carlinhos
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 9:09 hs

    Está formada a dupla Pé & Nacova.

  4. Circo Flamejante
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 9:17 hs

    Jesusssss….

    Sai de retro, vai parecer a chapa do Bento Carneiro! Se essa é a linha, deveria colocar o Zé do Caixão de vice!

  5. Marcos Calonga
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 9:27 hs

    Aqui é que está a grande preocupação. É exatamente nos candidatos a vice, que devemos prestar atenção e votar, afinal aqueles que forem eleitos como “titulares”, invariavelmente, renunciarão para concorrer a outros cargos daqui a dois anos; e nós ficaremos sob a batuta de algum vice!!!
    Um absurdo, mas acontece nos países de 3º mundo!!!

  6. asdrubal
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 9:34 hs

    O Arruda está em liberdade. Pode voltar a ser a primeira opção.

  7. salete cesconeto de arruda
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 9:42 hs

    Acho que o Dornelles vai preferir a ESTRELA.

  8. TO LIGADO!
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 9:43 hs

    O filme; O ET e a MUMIA.

  9. Borduna
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 10:06 hs

    E Estamos falando dos destinos de 200 milhões de brasileiros. Cruuuuuuuuuuuuuuuuuzes. A que ponto chegamos…..

  10. Jose Carlos
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 10:47 hs

    Vai ser uma chapa digna dos filmes de terror em preto e branco do século passado… Boris Karloff, Bela Lugosi e Vincent Price não são páreos pára estes personagens… Nosferatu e seu mordomo Igor… será um choque de audiência. impróprio para (QIs) maiores… era bem melhor convidar a Gisele Bundchen, ou até a Daniela Sarahyba…. socorroooooooooo…….

  11. Wilson
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 10:56 hs

    O mineiro de Belo Horizonte e presidente nacional do PP Francisco Oswaldo Neves Dornelles só agrega. Ele é primo do Aécio Neves, sobrinho do presidente Tancredo Neves e do governador do Rio Grande do Sul Ernesto Dornelles e primo do presidente Getúlio Dornelles Vargas.

    Para os cariocas ele é uma importante liderança política, para os mineiros ele ale de ser natural da terra é membro de uma família política tradicional, pois é o sobrinho do Tancredo e primo do Aécio e para os gaúchos ele é o primo do Getúlio e sobrinho do Ernesto.

    O Francisco Dornelles possui uma importante carreira política, pois exerceu uma função de destaque junto ao seu tio na Secretaria de Finanças de Minas Gerais em 1959, durante o governo Jango no período em que o seu tio Tancredo exerceu o cargo de Primeiro Ministro do país foi seu secretário particular, servidor público foi Secretário da Receita Federal em 1979 e em 1985 escolhido Ministro da Fazenda pelo seu tio presidente Tancredo Neves e com a morte deste mantido no cargo por José Sarney.

    Elegeu-se deputado federal pela primeira vez em 1987, sendo reeleito por mais quatro vezes seguidas. Disputou a prefeitura da cidade do Rio de Janeiro em 1992, obtendo o sétimo lugar. Foi também ministro da Indústria e Comércio e ministro do Trabalho.
    Em 2006 foi eleito senador da República pelo estado do Rio de Janeiro.
    Em 2007 foi eleito presidente nacional do PP. Foi reeleito em 2009 para um mandato de mais dois anos.

    O Dornelles é formado em Direito pela Universidade do Brasil, atual Universidade Federal do Rio de Janeiro e especializou-se em finanças públicas na Cândido Mendes/Rio de Janeiro e tributação com cursos no exterior. Obteve o Diploma de Estudos Superiores Europeus no Centre Européen Universitaire na Universidade de Nancy na França Diploma do Programa Internacional de Tributação em Harward Law School – Universidade de Harvard.
    Ele também fez mestrado em Direito Público na Faculdade Nacional de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro e na mesma Instituição fez outorado em Direito Público.

    O Dornelles participou de várias Conferências Congressos e Seminários, como também exerceu outros cargos e funções no Serviço Público, tais quais ter sido secretário particular do Presidente do Conselho de Ministros, membro do Conselho Central da Fundação da Casa Popular, procurador Representante da fazenda na Primeira Câmara do Primeiro Conselho de Contribuintes (Imposto de Renda de Pessoa Jurídica. Ele é titular da cadeira de Direito Financeiro na Faculdade de Direito Cândido Mendes.
    Foi procurador da Fazenda Nacional na Segunda Câmara do Primeiro Conselho de Contribuintes (Imposto de Renda de Pessoa Física). Participou como Membro da Delegação brasileira que negociou acordos para evitar a dupla tributação da renda com os governos de vários países inclusive como chefe de algumas delas.
    Foi nomeado Secretário da Receita Federal – mar. 1979/mar.1985. Membro do Conselho Diretor do Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO) – ago. 1983/mar. 1985.
    Como esteve enquanto presidente da Comissão de Planejamento e Coordenação de Combate ao Contrabando (COPLANC) – jan. 1981/mar. 1985.
    Ele é autor de vários artigos e trabalhos publicados em jornais e revistas especializadas.

  12. Rossby
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 11:12 hs

    O famoso Chico Sobrinho (de Tancredo Neves) de novo na berlinda, quem diria….
    Acho que é mais para guardar lugar para o neto Aécio…
    Não creio muito na veracidade dessa hipótese…. porem como sempre dizia o patriarca dos Neves… Política é como nuvem, numa hora tá dum jeito…. depois tá de outro….

  13. Leonardo
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 11:24 hs

    Deixa de ser burro Marcos CAlonga, o Serra vai deixar de ser presidente pra ser candidato a prefeito. Pelo amor de deus…..

  14. TUKU NARE
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 12:14 hs

    DOR- NELLES= esse cara ainda milita na vida publica, e o pai de toda desgraça nas periferias das grandes cidades, pois esses caras so sabem instruir seus filhos a maneira de embromar o povo.seu nome e uma decepçao para CHICO DE ASSIS.

  15. justino bonifacio martins
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 14:19 hs

    Que dupla de de vampiros: Serra/Dorneles. HAJA RÉSTEA DE ALHO PARA EXORCIZÁ-LOS!
    JBM

  16. PIA...
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 15:24 hs

    PERGUNTAR NÃO OFENDE!

    – A CAMPANHA SERÁ PRA PRESIDENTE E VICE, OU É UM CONCURSO PARA ASSOMBRAR TREM FANTASMA.

    PELAMORDEDEUS!!!
    O SERRA JÁ É FEIO, SÓ QUE ESSE SUJEITO ARRASOU…

  17. ildo baldo
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 16:04 hs

    esse tal dornelis foi o sujeito que levou o salario dos brasileiros a banca rota chegando ha 65 dolares esmagando e deixando o trabalhador sem condiçoes ate de mandar os filhos para a escola ou comprava um chinelinho pro filho e um caderno ou ficava sem comer
    hoje com o dinheiro de quase 300 dolares no bolso enche o carinho no mercado compra calçado e até compra um refrigerante
    É SEU DORNELIS VOCE ACHO QUE NÂO SABE O QUE É ISSO

  18. Marcos Calonga
    quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 16:22 hs

    Tá Leonardo esperto, sua capacidade de entendimento realmente impressiona… típico eleitor brasileiro!

  19. quinta-feira, 22 de abril de 2010 – 17:05 hs

    Somando a idade dos dois, chegaremos perto dos 145 anos. Isso sim que é renovação!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*