Datafolha aponta Serra com 38%; Dilma tem 28% | Fábio Campana

Datafolha aponta Serra com 38%; Dilma tem 28%


Clique em cima do gráfico para ampliar.

De Fernando Rodrigues na Folha de S. Paulo

A corrida presidencial teve pouca oscilação apesar do lançamento oficial da pré-candidatura de José Serra em grande festa do PSDB no último dia 10. Segundo pesquisa Datafolha realizada nos dias 15 e 16, José Serra (PSDB) registrou 38% das intenções de voto contra 28% de Dilma Rousseff (PT).

No final de março, Serra tinha 36% e Dilma marcava 27% no Datafolha. A vantagem do tucano era de nove pontos. Agora, é de dez pontos. Do ponto de vista estatístico, o quadro não sofreu alteração -a margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Nesse mesmo cenário, Marina Silva (PV) teve 10% das intenções de voto. É seguida por Ciro Gomes (PSB), com 9%. Em março, Marina tinha 8%. Ciro estava com 11%. Essas oscilações estão também dentro da margem de erro.

Segundo o Datafolha, 7% dos entrevistados respondem que votarão em branco, nulo ou em nenhum. Outros 8% dizem ainda estar indecisos.

Quando Ciro Gomes é retirado do quadro de candidatos -há ainda dúvidas se o PSB vai lançá-lo oficialmente-, a diferença entre Serra e Dilma alarga-se um pouco. O tucano fica com 42% contra 30% da petista -uma distância de 12 pontos.

Ou seja, Serra “herda” quatro pontos de Ciro. Já Dilma fica com dois pontos a mais sem o candidato do PSB no páreo. Marina Silva vai a 12% (ganho de dois pontos). Nesse cenário, há 8% de indecisos e também 8% dizendo votar em branco, nulo ou em nenhum.

O Datafolha realizou esta pesquisa agora porque também havia feito um levantamento em 24 e 25 de fevereiro, cinco dias após o lançamento oficial da candidatura da petista Dilma Rousseff. Agora, a coleta dos dados se dá também cinco dias após a festa do PSDB para José Serra se lançar na disputa.

Tendências
Embora os números do levantamento do Datafolha sejam semelhantes aos do final de março, é possível identificar tendências ao observar as curvas a partir de dezembro.
Nota-se que Serra voltou a estacionar no seu patamar do final de 2009, quando registrava 37%. Dilma também mostra uma taxa consistente em 2010, sempre de 27% ou de 28%.
Outra curva que aparece clara é a da queda gradual de Ciro. Ele tinha 13% em dezembro. Oscilou para 12% em fevereiro. Foi a 11% em março. E, agora, num período de três semanas, bateu em 9%.
Pela primeira vez, Ciro Gomes fica numericamente atrás de Marina Silva, embora do ponto de vista estatístico ambos estejam empatados.

Segundo turno
Numa simulação de segundo turno, Serra tem 50% e Dilma fica com 40%. No final de março, os percentuais eram 48% e 39%. A variação se deu, portanto, dentro da margem de erro.
O Datafolha testou também um eventual segundo turno entre Dilma e Ciro. A petista marcou 47% contra 36% do deputado do PSB.

Espontânea e nanicos
Ao questionar os eleitores sem mostrar os nomes dos candidatos, o Datafolha registrou agora um empate: Dilma tem 13% e Serra aparece com 12%. No mês passado, a petista tinha 12% e o tucano estava com 8%. Os dois concorrentes apresentam curvas ascendentes.
Pela segunda vez o Datafolha testou os candidatos de partidos pequenos. Apenas no cenário em que não aparece Ciro, dois nanicos pontuam 1% cada: Mário de Oliveira (PT do B) e Zé Maria (PSTU). Nessa hipótese, Serra tem 40%, Dilma fica com 29% e Marina registra 11%.


49 comentários

  1. sábado, 17 de abril de 2010 – 9:26 hs

    Senhores..fica explicado porque os PTetas fizeram uma pesquisa mandraque: pra tentar ressucitar a Dilmula…….a diferença só vai aumentar, quanto mais o tempo passar, mais a população será informada sobre as reais e lamentáveis intenções da candidata PTeta e os números ainda irão mudar..o pior é que a agonia em tentar dar vida a péssima candidata jogou a pouca credibilidade dos caras no lixo…..Ptetas estão fazendo seu papel nas eleições direitinho, ou seja, enlouquecidos com a perda do poder, chegam ao fundo do poço….Serra cada vez mais presidente, Beto pra governador só falta o tempo passar….

  2. renato
    sábado, 17 de abril de 2010 – 9:30 hs

    Lembra o que o Roberto Jefferson falou p/ o Zé Dirceu?”Sai daí Zé”, eu diria o mesmo para o Osmar em relação a Dilma.Sai daí,Osmar!!!Aproveita a porta aberta e vaza na braquiaria.

  3. Wilson
    sábado, 17 de abril de 2010 – 9:33 hs

    Enquanto o tucano Serra sobe….sobe… sobe….

    O PSDB acusa a direção do Instituto Sensus de estar impedindo,o acesso dos representantes do partido aos formulários da pesquisa realizada pelo instituto na semana passada, que apontou empate técnico entre os pré-candidatos Serra e Dilma.

    Na quarta-feira o partido havia entrado com representação no tribunal contra o Sensus, argumentando que o instituto divulgou a pesquisa antes do prazo legal de cinco dias a partir da data de registro na pesquisa no TSE . A pesquisa foi encomendada, segundo o instituto, pelo Sintrapav (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Construção Pesada de São Paulo), que por “coincidência” pertence a Força Sindical e está está ligada ao govrno Lula.

    Na quinta-feira o PSDB conseguiu uma autorização do TSE
    para ter acesso aos documentos, para análise.

    O ministro Joelson Dias autorizou o PSDB a fazer uma fiscalização na pesquisa do Instituto Sensus e mandou notificar o instituto para que apresente sua defesa. O partido também ajuizou um pedido de multa ao instituto.

  4. TUKU NARE
    sábado, 17 de abril de 2010 – 9:35 hs

    Pura EXECRAÇAO, a versao do SENSUS. SEM COMENTARIO.

  5. DES TU KUNARÉ
    sábado, 17 de abril de 2010 – 9:40 hs

    O MONTENEGRO, Presidente do Ibope, jamais arriscaria seu prestigio como o mago das pesquisas eleitorais no Brasil, ao afirmar que Serra vencerá as eleições presidenciais, se não tivesse certeza disso.

    Ela ja firmou que dois aspectos foram fundamentais para chegar a esta conclusão: primeiro o confronto dos dois candidatos com nítida vantagem para Serra e sua biografia como candidato mais conhecido, experimentado em vitórias e derrotas ao passo da inexistência de atuação eleitoral da petista. Segundo que as mudanças de comportamento do eleitorado não se operam de uma hora para a outra e que nas ultimas eleições diretas para presidente, todos os que ganharam as eleições, desde Color, os vencedores estva na frente nos seis meses que antecedem o pleito.

    Cá pra nós e agora usando a lógica dos fatos atuais e futuros, para Serra a tendencia é melhorar e para o PT,piorar cada vez mais. Dilma sem o ombro do Lula, neste ultimo mes, já mostrou que é macaco em loja de cristais, vai quebrndo tudo a cada vez que se vira e seu rabo vai derrubando coisas.

    Veja-se aqui no Paraná, onde sabemos com mais conhecimento de causa a sucessão dos fatos. A arrogancia da candidata petista é compartihada pelo PT que se acha o máximo em poder eleitoral e´por isso mesmo (baseado na premissa de que irá eleger Gleise senadora) esnobou o formidável potencial de votos do Senador Osmar Dias para montar o palanque dos sonhos. As especulações ja começam a aparecer, tendo muita gente, inclusive tucanos que não engoliram o rolo compressor pra indicar antecipadamente Beto Richa, a proprorem a formação do segundo palanque para Serra, este com Osmar Dias e outros partidos da base aliada do Lula. Se acontecer isso aqui, o mesmo vai ocorrer em outros estados e daí sim, a eleição se liquida no primeiro turno mesmo.

    Arrogancia é incompatível com a arte de conquistar votos.

  6. Prego de Caixão
    sábado, 17 de abril de 2010 – 9:43 hs

    Acompanhem a regra de três:

    MALUF ——–> CELSO PITTA
    LULA ———–> X

    X= DILDA ROSKOFF

    Precisa dizer mais?

  7. ELEITOR
    sábado, 17 de abril de 2010 – 9:46 hs

    Eu serei um dos que vou mudar meu voto para governador, desistindo do Beto Richa para votar no Osmar Dias se ele formar palanque para o JOSÈ SERRA.

    A eleição principal é a de PRESIDENTE, porque ali que podemos mudar a situação e pensar novamente que este pais volte a se ver livre de aloprados e arrogantes esquerditas que ainda pensam implantar populismo ultrapassado.

    Como magistralmente disse o Serra:

  8. ELEITOR
    sábado, 17 de abril de 2010 – 9:48 hs

    complementando a frase do Serra: “QUANTO MAIS MENTIRAS INVENTREM, MAIS VERDADES ESTAREMOS DIZENDO”

  9. VLemainski-Cascavel-PR
    sábado, 17 de abril de 2010 – 10:01 hs

    Diante de uma análise racional entre candidatos, percebe-se que o currículo de Serra está se impondo cada vez mais.
    Diante de uma análise emocional, percebe-se que o “filho do brazil” não transfere mais votos.
    Numa análise fisiológica percebe-se que os programas sociais já deram o que tinha para dar.
    Para a candidata governista crescer, deverá parar de falar bobagens, demonstrar um pouco de humildade e, se possível, salvar crianças de incêndio, filmada pela televisão.

  10. Ricardo
    sábado, 17 de abril de 2010 – 10:14 hs

    Para ELEITOR.

    Beto Richa sem sombra de dúvidas é o melhor para nosso Paraná.
    Quanto a Osmar…..otimo Senador.

  11. Leitor Atento
    sábado, 17 de abril de 2010 – 10:21 hs

    Caiu a casa da mãe do Chucky!!!!!

    Serra já está disparado na frente, 12 pontos (tem que levar em consideração SEMPRE a pesquisa sem o Dom Quixote de Sobral, que já virou picanha na grelha da Graja do Torto). Agora basta o Aécio anunciar que é vice que o Poste Vermelho despenca nas tamancas.

    A PaTetada vai sofrer a maior invertida da história: com o Lulão com 100% de aprovação, vão perder a eleição com o Serra com mais de 50% no primeiro turno! Tem coisas que a ciência e o petismo não explicam.

    Bye Bye Mãe do Chucky 2010 !!!

  12. SIMONE- PATO BRANCO
    sábado, 17 de abril de 2010 – 10:21 hs

    O POVO NÃO E MAIS TOLO DE VOTAR
    EM CANDIDATO IMPOSTO POR UMA SIGLA
    E, ACIMA DE TUDO, NÃO TER CURRÍCULO
    QUE O CARGO REQUER, NO CASO, DILMA.

  13. rst
    sábado, 17 de abril de 2010 – 10:48 hs

    16/04/2010

    Por que a Folha mente (mente, mente, mente, desesperadamente)

    As elites de um país, por definição, consideram que representam os interesses gerais do mesmo. A imprensa, com muito mais razão, porque está selecionando o que considera essencial para fazer passar aos leitores, porque opina diariamente em editoriais – e em matérias editorializadas, que não separam informação de opinião, cada vez mais constantes – sobre temas do país e do mundo.

    A FSP, como exemplo típico da elite paulistana, é um jornal que passou a MENTIR abertamente, em particular desde o começo do governo Lula. Tendo se casado com o governo FHC – expressão mais acabada da elite paulistana -, a empresa viveu mal o seu fracasso e a vitória de Lula. Jogou-se inteiramente na operação “mensalão”, desatada por uma entrevista de uma jornalista tucana do jornal, que eles consideravam a causa mortis do governo Lula, da mesma forma que Carlos Lacerda,na Tribuna da Imprensa, se considerava o responsável pela queda do Getúlio.

    Só que a história se repetiria como farsa. Conta-se que, numa reunião do comitê de redação da empresa, Otavio Frias Filho – herdeiro da empresa dirigida pelo pai -, assim que Lula ganhou de novo em 2006, dava voltas, histérico, em torno da mesa, gritando “Onde é que nós erramos, onde é que nós erramos”, quando o candidato apoiado pela empresa, Alckmin, foi derrotado.

    O jornal entrou, ao longo da década atual, numa profunda crise de identidade, forjada na década anterior, quando FHC apareceu como o representante mor da direita brasileira, foi se isolando e terminou penosamente como o político mais rejeitado do país, substituído pelo sucesso de Lula. Um presidente nordestino, proveniente dos imigrantes, discriminados em São Paulo, apesar de construir grande parte da riqueza do estado de que se apropria a burguesia. Derrotou àquele que, junto com FHC, é o político mais ligado à empresa – Serra -, que sempre que está sem mandato reassume sua coluna no jornal, fala regularmente com a direção da empresa, aponta jornalistas para cargos de direção – como a bem cheirosa jornalista brasiliense, entre outros – e exige que mandem embora outros, que ele considera que não atuam com todo o empenho a seu favor.

    O desespero se apoderou da direção do jornal quando constatou não apenas que Lula sobrevivia à crise manipulada pelo jornal, como saía mais forte e se consolidava como o mais importante estadista brasileiro das últimas décadas, relegando a FHC a um lugar de mandatário fracassado. O jornal perdeu o rumo e passou a atuar de forma cada vez mais partidária, perdendo credibilidade e tiragem ano a ano, até chegar à assunção, por parte de uma executiva da empresa, de que são um partido, confissão que não requer comprovações posteriores. Os empregados do jornal, incluídos todos os jornalistas, ficam assim catalogados como militantes de um partido (tucano, óbvio) político, perdendo a eventual inocência que podiam ainda ter. Cada edição do jornal, cada coluna, cada notícia, cada pesquisa cada editorial, ganharam um sentido novo: orientação política para a (debilitada, conforme confissão da executiva) oposição.

    Assim, o jornal menos ainda poderia dizer a verdade. Já nunca confessou a verdade sobre a conclamação aberta à ditadura e o apoio ao golpe militar em 1964 – o regime mais antidemocrático que o país já teve -, do que nunca fez uma autocrítica. Menos ainda da empresa ter emprestado seus carros para operações dos órgãos repressivos do regime de terror que a ditadura tinha imposto, para atuar contra opositores. Foi assim acumulando um passado nebuloso, a que acrescentou um presente vergonhoso.

    Episódios como o da “ditabranda”, da ficha falsa da Dilma, da acusação de que o governo teria “matado” (sic) os passageiros do avião da TAM, o vergonhoso artigo de mais um ex-esquerdista que o jornal se utiliza contra a esquerda, com baixezas típicas de um renegado, contra o Lula, a manipulação de pesquisas, o silêncio sobre pesquisas que contrariam as suas (os leitores não conhecem até hoje, a pesquisa da Vox Populi, que contraria a da FSP que, como disse um colunista da própria empresa, era o oxigênio que o candidato do jornal precisava, caso contrário o lançamento da sua candidatura seria “um funeral” (sic). Tudo mostra o rabo preso do jornal com as elites decadentes do país, com o epicentro em São Paulo, que lutam desesperadamente para tentar reaver a apropriação do governo e do Estado brasileiros.

    Esse desespero e as mentiras do jornal são tanto maiores, quanto mais se aprofunda a diminuição de tiragem e a crise econômica do jornal, que precisa de um presidente que tenha laços carnais com a empresa e teria dificuldades para obter apoios de um governo cuja candidata é a atacada frontalmente todos os dias pelo jornal.

    Por isso a FOLHA MENTE, MENTE, MENTE, DESESPERADAMENTE. Mentirá no fim de semana com nova pesquisa, em que tratará de rebater, com cifras manipuladas – por exemplo, como sempre faz, dando um peso desproporcional a São Paulo em relação aos outros estados -, a irresistível ascensão de Dilma, que tratará de esconder até onde possa e demonstrar que o pífio lançamento de Serra o teria catapultado às alturas. Ou bastaria manter a seu candidato na frente, para fortalecer as posições do partido que dirigem.

    Mas quem acredita na isenção de uma pesquisa da Databranda, depois de tudo o que jornal fez, faz e fará, disse, diz e dirá, como partido assumido de oposição? Ninguem mais crê na empresa da família Frias, só mesmo os jornalistas-militantes que vivem dos seus salários e os membros da oposição, com a água pelo pescoço, tentando passar a idéia de que ainda poderiam ganhar a eleição.

    Alertemos a todos, sobre essa próxima e as próximas mentiras da Folha, partido da oposição, partido das elites paulistas, partido da reação conservadora que quer voltar ao poder no Brasil, para mantê-lo como um país injusto, desigual, que exclui à maioria da sua população e foi governado para um terço e não para os 190 milhoes de habitante.

    Por isso a FOLHA MENTE, MENTE, MENTE, DESESPERADAMENTE.

    Postado por Emir Sader às 03:31

  14. Hélder A. Schwartz
    sábado, 17 de abril de 2010 – 11:00 hs

    Estão renovadas as minhas esperanças no povo brasileiro!
    Quanto aos petistas de plantão, com seus discursos eloquentes, onde estão? Há algumas semanas infestavam este site!
    Isso comprova que os ratos são os primeiros a abandonar a embarcação!

  15. Antonio Moreira
    sábado, 17 de abril de 2010 – 11:02 hs

    OLHEM O FINAL DA ENTREVISTA DA DILMA PARA O RBS, MICHEL TEMER POLITICO EXCEPCIONAL, É BRINCADEIRA, TREMENDO PICARETA E VAI SAIR CANDIDATO A VICE DE DILMA, PODE PARAR, A CANDIDATA É PÉSSIMA E SEU VICE CONSEGUE SER MUITO PIOR. DEUS ABENÇOE O NOSSO PAÍS.

  16. sábado, 17 de abril de 2010 – 11:06 hs

    Ahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
    Ahahahahahahahahahahahahahahahahahahha
    Ahahahahahahahahahahahahahahahahahahah
    Tão igual ao Instituto Paraná Pesquisas. Ahahahahahahahahah

    Estão desesperados. Querem ganhar no abafo.
    Agora estou entendendo Chaves.
    A direita é podre, é corrupta e esta perdida. Ahahhahahaha
    Ahahahahahahahahahahahahahahahaha
    Ahahahahahahahahahahahahahahahaha

  17. RST
    sábado, 17 de abril de 2010 – 11:25 hs

    PT vai querer ver a caixa preta do Data-da-Folha ? Bye-bye Serra 2010

    * Publicado em 17/04/2010 Compartilhe Share with Delicious Share with Digg Email Share with Facebook Share with LinkedIn Share with MySpace Share on Google Reader Share with Twitter
    * | Imprimir Imprima |
    * Vote
    Avaliação NegativaAvaliação Positiva (+6)

    A Dilma vai ganhar no primeiro turno

    Saiu uma nova pesquisa do Data-da-Folha -clique aqui para ler.

    (Quando o Globope vai eleger o Serra, de vez ?)

    O TSE deu ao PSDB o direito de abrir os dados da pesquisa da Sensus em que Serra e Dilma estao empatados.

    Interessante, diz amiga navegante, ao meu lado: vamos supor que as duas estejam tecnicamente certas.

    Como é possível haver uma diferença tão grande entre a Sensus e o Data-da-Folha, em tão pouco tempo ?

    Respondo, enfático: se o TSE abrir a caixa preta de TODOS os institutos de pesquisa, essa eleição terá um efeito profilático: jogar no lixo o que não presta.

    Acabar com essa indústria de fazer pesquisa para eleger e desqualificar candidatos.

    O TSE vai mandar abrir a caixa preta do Data -da-Folha ?

    Paulo Henrique Amorim

  18. Povão do Paraná
    sábado, 17 de abril de 2010 – 11:31 hs

    Por cá, o presidente da Associação dos Municípios do Paraná, Macir Fudel Junior, que tem o PT como aliado em seu governo municipal em Castro, inclusive com cargos no 1º, 2º e 3º escalões, para os aliados de Beto Richa, diz que é José Serra. Para os seus aliados, incluso o PT, diz que é Dilma. E já dividiu seu pessoal. Os vereadores do PSDB que o apoiam vão de Beto – a quem um dia impediram a concessão de título de cidadão honorário por armação de Fudel Jr – e o resto, aí tem vereador do PMDB et Caterva, vão fazer campanha pra Dilmônio. Mas o incorrigível e investigado pelo Ministério Público e pela Polícia Federal, garante que não está jogando tipo três cantos. Mentirooopoosooo!!!! Enquanto isso a corrupção e os desmandos campeiam lá por Castro, e nas terras dos cupinchas Palmeira e Piraí do Sul. Que não páram de conversar com o Pessutão e com o Osmar. Que vergonha!!!

  19. PATO BRANCO
    sábado, 17 de abril de 2010 – 11:41 hs

    VAMOS GENE PARA O PAIS CONTINUAR INDO PARA FRENTE
    DESDE O GOVERNAO ITAMAR PASSANDO PELOS OUTROS PRESIDENTE, SERRA PRESIDENTE,,, A DILMA AINDA NAO TEM LIDERANÇA PARA SER PRESIDENTE,,TALVES NO FUTURO POSSA ATE TER,, E NO PARANA PARA O VOLTARMOS A SER UM ESTADO NORMAL COM SERENIDADE SEM BRIGAS E RANCORISMOS,,,E BETO RICHA

  20. MESÁRIO SO OBSERVANDO
    sábado, 17 de abril de 2010 – 12:11 hs

    Sabemos que cada ato do governo influiu na pesquisa para ajudar sua candidata.
    Consideremos apenas estes fatos e futuras ações que o governo da petista terá que tomar:

    – compra dos aviões caças
    – estradição do Batistiti
    -indice de reajuste dos aposentados
    -distribuição dos royties do pre-sal
    – imbroglio da Usina de Belo Monte

    vão ajudar a candidata petista ou afundá-la mais ainda.

    E a candidatura do Ciro Gomes, como fica? Parece a estória do se fica o bicho pega, se corre o bicho come……

    Enfim, nuvens negras no hoizonte petista

  21. UM PORTUÁRIO
    sábado, 17 de abril de 2010 – 12:31 hs

    fora com essa “FACÍNORA”!

  22. Brasil - Paraná 2010
    sábado, 17 de abril de 2010 – 13:05 hs

    Serra Presidente
    Beto Richa Governador
    Gustavo fruet Senador
    fora PMDB
    Fora PT

  23. sábado, 17 de abril de 2010 – 13:14 hs

    Mais um engodo petista desmascarado,fica evidenciado que “eles” estão pagando qualquer preço pelas pesquisas,basta ver nas últimas eleições,eles fazem de tudo para se manterem no poder. Imagino o tamanho do rombo que eles estão deixando nos caixas do Brasil,para até a dona Marisa, a inútil, pedir para ela e seus netos a cidadânia italiana,eles vão mandar de qualquer jeito uma guerrilheira para o comando da revolução petista,mas que eles não se enganem a caserna não dorme e muito menos os que “eles” acham que dormem de pijamas com estrelinhas,estes não estão satisfeitos ou a petezada pensa que eles ainda dormem em berço explêndido.Petezada o dia de vocês está chegando,”de qualquer jeito” vão levar um pé na bunda,primeiro no voto , se não chegar o pé terão outros meios , chega de corruPTos,chega de dólares nas cuecas,nas meias,enfiadas sei lá onde,de sanguessugas,chega de corruPTelas,chega de guerrilheiros,nosso país tem e sempre terá um povo ordeiro.
    Chega do Duce e sua família,chega do Cássio oportunista,chega da Dilmafiga,chega do Sir Nei e sua camarilha,chega do Collor de Mello e Silva, chega de deputados estaduais que não fazem nada e defendem o propinoduto do Bibinho,chega de deputados federais ( lembre povo paranaense nós temos o título da pior bancada de deputados federais do país,com apenas um projeto de lei apresentado e nunca aprovado).Paranaenses estes camaradas nunca fizeram nada para nós povo,é tudo engodo, é o ano da vingança,este é o ano de prevalecer o nosso poder sobre este que não prestam,vamos dar um pé na bunda deles para sempre…

  24. Parreiras Rodrigues
    sábado, 17 de abril de 2010 – 13:14 hs

    Marina Morena da Silva cresce a já aparece!

  25. PHINKO
    sábado, 17 de abril de 2010 – 13:15 hs

    http://jovempan.uol.com.br/noticias/politica/54-dos-eleitores-nao-sabem-em-quem-votar-em-2010-196073,,0

    É importante prestar atenção na pergunta espontânea, pois ela mostra um retrato de como o Brasil ainda não está pensando na eleição”, explicou, justificando que, quando mostrado o nome dos candidatos, Dilma aparece com 13%, Serra com 12%, 7% apóiam Lula e 3% o candidato de Lula, que não sabem quem será.

  26. TUKU NARE
    sábado, 17 de abril de 2010 – 13:18 hs

    SIMONE-PATO BRANCO, QUAL SIGLA Vc se referi, o PT nao o existe como partido, olha mulher nao se empolque, 54% dos eleitores ainda nao decidirao,
    essa pesquiza e favoravel a Dilma, pois acomoda os Tucanos em torno do Serra,
    porque com o Serra realmente a eleiçao so tera um turno, e Dilminha sera eleita
    para a felicidade geral da naçao.

  27. TUKU NARE
    sábado, 17 de abril de 2010 – 13:35 hs

    des tu kunare.
    nao fale bobagem o MONTENEGRO intende tao bem de politica, como ele pessava que entendia de futebol, quando foi presidente do BOTAFOGO DE FUTEBOL E REGATAS do Rio, levando o clube a barracota.
    essa pesquiza DATA FOLHA , e otima paraa Dilma, pois sossega os tunanos em redor do serra.

  28. Esses Demotucanos
    sábado, 17 de abril de 2010 – 13:36 hs

    17/04/10 – 09h18
    Publicado Por: Mariana Riscala
    54% dos eleitores não sabem em quem votar em 2010
    Diretor do Datafolha lembra que quadro eleitoral deve mudar com início da campanha
    54% dos eleitores não sabem em quem votar em 2010

    Divulgação

    O diretor do Instituto Datafolha, Mauro Paulino, falou à Jovem Pan da pesquisa sobre a corrida presidencial divulgada neste sábado no jornal “Folha de S. Paulo”. De acordo com ele, não há grandes mudanças estatísticas em relação ao levantamento realizado há três semanas.

    O pré-candidato do PSDB, José Serra, aparece com 38% contra os 28% da pré-candidata do PT, Dilma Rousseff. “Aparentemente, Serra teve um desgaste em razão das chuvas em São Paulo, mas já retomou ao patamar anterior aos temporais. Já Dilma permanece no mesmo patamar”, resumiu.

    Para Mauro Paulino, vale a pena prestar atenção à pergunta espontânea, que não mostra o nome dos candidatos. Quando os cerca de 2.600 entrevistados de 144 cidades do país são questionados sobre quem votarão para presidente, 54% deles não apontam ninguém. “54% dos eleitores não têm ideia em quem votarão, não conhecem nenhum candidato. É importante prestar atenção na pergunta espontânea, pois ela mostra um retrato de como o Brasil ainda não está pensando na eleição”, explicou, justificando que, quando mostrado o nome dos candidatos, Dilma aparece com 13%, Serra com 12%, 7% apóiam Lula e 3% o candidato de Lula, que não sabem quem será.

    O diretor do Instituto Datafolha lembra que a eleição está apenas no começo e que o voto dos eleitores não está cristalizado. “O eleitor está tomando contato agora com a eleição. Esta polarização cria um efeito de segundo turno já no primeiro turno. A qualquer momento, um candidato pode tirar voto do outro. O quadro pode mudar com a campanha eleitoral”, reiterou.

    A grande preocupação de José Serra é com o Nordeste, onde Lula consegue seu maior apoio e, consequentemente, onde Dilma pode conquistar mais votos. Não é à toa que a candidata petista tem 37% das intenções de voto contra 33% do tucano na região. A grande dúvida é saber se o eleitor continuará disposto a votar no candidato de Lula quando a campanha começar, caso não gostem de Dilma.

    Em outras regiões, o tucano conquistou maioria dos votos. No Sudeste, Serra atinge 45% contra 26% de Dilma, com 19 pontos percentuais de diferença na região mais populosa do país. No Sul, ele tem uma vantagem semelhante, de 22 pontos, com 48% e 26% para o tucano e a petista, respectivamente. No Norte e Nordeste, Serra também está à frente com 42% contra 31% de Dilma.

    Mauro Paulino lembra que o candidato Ciro Gomes vem perdendo força. O levantamento realizado nos dias 15 e 16 de abril mostra o candidato do PSB com 9%, sendo ultrapassado por Marina Silva, que tem 10% das intenções de votos. É aí que outro quadro começa a se formar, mas não muito diferente da situação atual. Se Ciro Gomes não conseguir a candidatura, serão apenas três concorrentes: José Serra, que chegará a 42%, Dilma Rousseff, com 30%, e Marina Silva, com 12%.

    Esse número menor de candidatos aumentaria a possibilidade de a eleição ser decidida já no primeiro turno. Mas, apesar disso, Serra ficaria com 42% e a soma de Dilma e Marina também daria 42%, levando a eleição para segundo turno mesmo, como já é esperado.

  29. LUIS GRINGO
    sábado, 17 de abril de 2010 – 13:52 hs

    O TSE abrir a caixa preta de TODOS os institutos de pesquisa, a pesquisa da Sensus não vale, so as que da Serra em 1º.
    Que piada, o que mais me espanta e ver pessoas que se acham inteligentes acreditarem.

  30. dalton gonçalves
    sábado, 17 de abril de 2010 – 14:01 hs

    Carta de Brizola Neto a José Serra
    Reproduzo texto do deputado Brizola Neto (PDT-RJ), publicado no seu excelente blog “Tijolaço” com o títuto “Serra, o Brasil não pode mais”:

    Li boa parte de seu discurso, senhor José Serra. Talvez eu seja hoje o que o senhor foi, na minha idade, quando era um jovem, que presidia a União Nacional dos Estudantes e apoiava o Governo João Goulart no Comício da Central. Quando o senhor defendia o socialismo que hoje condena, o patriotismo que hoje trai, o desenvolvimento autônomo do Brasil do qual hoje o senhor debocha.

    O senhor, como Fernando Henrique, é útil aos donos do Brasil – sim, Serra, o Brasil tem donos, poque 1% dos brasileiros mais ricos tem o mesmo que todos os 50% mais pobres – porque foi diferente no passado e, hoje, cobre-se do que foi para que não lhe vejam o que é. O símbolo do Brasil que não pode mais, que não pode ser mais como o fizeram.

    Não pode mais o Brasil ser das elites, porque nossas elites, salvo exceções, desprezam nosso povo, acham-nos chinfrim, malandro, preguiçoso, sujo, desonesto, marginal. Têm nojo dele, fecham-lhe os vidros com película para nem serem vistos.

    Não pode mais ser o país das elites, porque nossas elites, em geral, não hesitam em vender tudo o que este país possui – como o senhor, aliás, incentivou fazer – para que a “raça superior” venha aqui e explore nossas riquezas de maneira “eficiente” e “lucrativa”. Para eles, é claro, e para os que vivem de suas migalhas. Não pode mais ser o Brasil dos governantes arrogantes, como o senhor, que falam de cima – quando falam – que empolam o discurso para que, numa língua sofisticada, que o povo não entende, negociem o que pertence a todos em benefício de alguns.

    Não pode mais ser o país dos sábios que, de tão sabidos, fizeram ajoelhar este gigante perante o mundo e nos tornaram servos de uma ordem econômica e política injusta. O país dos governantes “cultos”, que sabem miar em francês e dizer “sim, senhor” em inglês.

    Não pode mais ser o país do desenvolvimento a conta-gotas, do superávit acima de tudo, dos juros mais acima de tudo ainda, dos lucros acima do povo, do mercado acima da felicidade, do dinheiro acima do ser humano.

    O Brasil pode hoje mais do que pôde no governo do que o senhor fez parte. Pôde enfrentar a mais devastadora crise econômica mundial aumentando salário, renda, consumo, produção, emprego quando passamos décadas ouvindo, diante numa crise na Malásia ou na Tailândia que era preciso arrochar mais o povo.

    Pôde falar de igual para igual no mundo, pôde retomar seu petróleo, pôde parar de demitir, pôde retomar investimentos públicos, pôde voltar a investir em moradia, em saneamento, em hidrelétricas, em portos, em ferrovias, em gasodutos. Pôde ampliar o acesso à educação, ainda que abaixo do que mereça o povo, pôde fazer imensas massas de excluídos ingressarem no mundo do consumo e terem direito a sonhar. Pôde, sim, assumir o papel que cabe no mundo a um grande país, líder de seus irmãos latinoamericanos. O Brasil pôde ser, finalmente, o país em que seu povo não se sente um pária. Um país onde o progresso não é mais sinônimo de infelicidade.

    É por isso, Serra, que o Brasil não pode mais andar para trás. Não pode voltar para as mãos de gente tão arrogante com seu povo e tão dócil aos graúdos. Não pode mais ser governado por gente fria, que não sente a dor alheia e não é ansiosa e aflita por mudar. Não pode mais, Serra, não pode mais ser governado por gente que renegou seus anos mais generosos, mais valentes, mais decididos e que entregou seus sonhos ao pragmatismo, que disfarça de si mesmo sua capitulação ao inimigo em nome do discurso moderno, como se pudesse ser moderno aquilo que é apoiado pelo Brasil mais retrógrado, elitista, escravocrata, reacionário. Há gente assim no apoio a Lula e a Dilma, por razões de conveniência – político eleitoral, sim. Mas há duzentas vezes mais a seu lado, sem qualquer razão senão a de ver que sua candidatura e sua eleição são a forma de barrar a ascensão da “ralé”. Onde houver um brasileiro empedernidamente reacionário, haverá um eleitor seu José Serra. Normalmente não falaria assim a um homem mais velho, não cometeria tal ousadia.

    Mas sinto esta necessidade, além de mim, além de minha timidez natural, além de minha própria insuficiência. Sinto-me na obrigação de ser a voz do teu passado, José Serra. É um jovem que a Deus só pede que suas convicções não lhes caiam como o tempo faz cair aos cabelos, que suas causas não fraquejem como o tempo faz fraquejar o corpo, que seu amor ao povo brasileiro sobreviva como a paixão da vida inteira.

    Que o conhecimento, que o tempo há de trazer, não seja o capital de meu sucesso, mas ferramenta do futuro. Vi um homem, já idoso, enfrentar derrotas eleitorais e morrer como um vitorioso, por jamais ter traído as idéias que defendeu. Erros, todo humano os comete. Traição, porém, é o assassinato de nós mesmos.

    Matamos quem fomos em troca de um novo papel. Talvez venha daí sua dificuldade de dormir. Na remota hipótese de vencer as eleições, José Serra, o senhor será o derrotado. O senhor é o algoz dos seus melhores sonhos.

  31. LUIS GRINGO
    sábado, 17 de abril de 2010 – 14:02 hs

    SIMONE- PATO BRANCO, que é CURRÍCULO para vc?
    Vamos lá
    Collor tinha.
    Maluf tb.
    O governador cassado do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB),o governador cassado da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB),o governador cassado do Distrito Federal, o José Roberto Arruda (DEM), a governadora Yeda Crusius (PSDB), o Celso Pitta, quer mais exemplos?
    O senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) pai do mensalão, Lerner governador do PR que queria privatizar ate povo, o Beto envolvido com fantasmas na ALEP no famoso caso da sogra.
    Por favor Simone, preciso entender explica ai que è CURRÍCULO.

  32. Cristiano
    sábado, 17 de abril de 2010 – 14:12 hs

    Não as pesquisa não garante nada! ja vi no Paraná gente com 72% no incio perder no primeiro turno, quando setembro chegar vai dar pra dizer quem realmente vai ter chance, pesquisa hoje não adianta , amanhã não tem eleição, eleição é em 3 de outubro. parabens pelo 5 anos desse belo espaço de debate.

  33. Cristiano
    sábado, 17 de abril de 2010 – 14:24 hs

    Meu companheiro Fabio! como te acho um profissional que tem compromisso, publica ai matéria do diretor do data folha Sr Paulino, no qual ele disse que 54% dos eleitores não conhece os candidatos e não sabe quem são e ainda não sabe em quem votarão e que quando coloca os nomes 12% diz que votarão em Dilma e 11% no Serra. ajude dar mais informação ao povo, que é vitima de tantos crimes, e a maior deles é não ter acesso informação e Educação. Sei que não vai negar sua trajetória e vai sempre colocar boas informações ao nosso povo, buscando sempre o caminho da verdade.

  34. Polêmico
    sábado, 17 de abril de 2010 – 14:34 hs

    Hahahahahaha.
    Não é isso que se houve na boca do povo.
    o Povo diz que vai votar na Dilma ou em candidato do Lula.

  35. salete cesconeto de arruda
    sábado, 17 de abril de 2010 – 14:39 hs

    Coitado do Serra!
    Todo aquele carnaval e continua praticamente no mesmo?
    Aécio detonou a candidatura do homem – com aquele tapinha nas costas do Fernando e um sonoro – não – à vice!
    Esse Aécio é garoto esperto…
    Lembra o Avô.
    E o Serra ainda vai enfrentar a verdade:
    Quando todos os brasileiros – jovens da periferia – campesinos – mulheres que andam cansadas de galã de novela, pai fiasco… souberem que DILMA foi capaz de LUTAR ARMADA – contra CRUÉIS DITADORES que escondiam até os cadáveres que matavam usando o dinheiro e as armas do POVO/ESTADO – nossa – anotem:
    VAI DAR DILMA NO PRIMEIRO TURNO!
    Vai ter gente fazendo as malas…
    Com direito ou sem direito…
    De novo!
    Salve galera.
    Bom domingo a todos.
    E comemorem…
    SEM MEDO DE SEREM FELIZES!
    E respondam a uma simples pergunta?
    EM QUE NENHUM ESTÃO OS DITADORES QUE SOBRARAM?
    Sim. CANALHAS TAMBÉM ENVELHECEM e MORREM!
    Opa!
    Não era para provocar os BIOMBOS?!

  36. salete cesconeto de arruda
    sábado, 17 de abril de 2010 – 14:42 hs

    Em tempo:
    OS DITADORES com os quais DILMA LUTOU prendiam, torturavam, matavam e consumiam com muitos cadáveres…
    Onde está o deputado Rubens Paiva?
    Leiam BRASIL NUNCA MAIS – antes de criticarem os que tiveram coragem e não fugiram da luta.
    Mais cedo ou mais tarde – seus netos irão ler esse livro. Já está em todas as bibliotecas. E adolescentes são corajosos. Desejam toda a VERDADE!
    E a VERDADE É QUE DILMA NÃO FUGIU DA LUTA!

  37. LUIS GRINGO
    sábado, 17 de abril de 2010 – 16:14 hs

    Para o diretor do Instituto Datafolha, Mauro Paulino, vale a pena prestar atenção à pergunta espontânea, que não mostra o nome dos candidatos. Quando os cerca de 2.600 entrevistados de 144 cidades do país são questionados sobre quem votarão para presidente, 54% deles não apontam ninguém. “54% dos eleitores não têm ideia em quem votarão, não conhecem nenhum candidato. É importante prestar atenção na pergunta espontânea, pois ela mostra um retrato de como o Brasil ainda não está pensando na eleição”, explicou, justificando que, quando mostrado o nome dos candidatos, Dilma aparece com 13%, Serra com 12%, 7% apóiam Lula e 3% o candidato de Lula, que não sabem quem será.

  38. Calunga
    sábado, 17 de abril de 2010 – 16:47 hs

    Ô Salete você voltou para detonar o Serra? Calma a eleição é só em outubro e ele vai ganhar no 1º turno. A Petezada só acredita nas pesquisas quando lhe favorece.

  39. WILSON
    sábado, 17 de abril de 2010 – 17:27 hs

    NAO DA PRA LER MAIS FOLHA, PERDEU CREDIBILIDADE!!
    OPAAA CAI NA REAL!!!

  40. WILSON
    sábado, 17 de abril de 2010 – 17:29 hs

    VEM MARINA E CIRO, DILMA 1º TURNO COM 80% VOTOS!!!

  41. sábado, 17 de abril de 2010 – 18:53 hs

    SALETE , DE FATO A DILMAFIGA ELA NÃO FUGIU DA LUTA ELA SE ESCONDEU DA LUTA,GUERRILHEIRO(A) ROUBA, EXPLODE E MATA,OU TEM OUTRA COISA MELHOR PARA DIZER,BASTA PEGAR O HISTÓRICO DA CITADA…
    FERRO NELES SEJA NO VOTO OU ….
    CHEGA DE OUVIR E ENGOLIR ESTES FALSOS LIBERTADORES DA PÁTRIA,SE OS MILICOS NÃO DEIXASSEM VOCÊS VOLTAREM NÃO ESTARIAM ATÉ HOJE NO BRASIL APORRINHANDO COM AS SUAS “ESTÓRINHAS”…
    EM 2010 NOSSO VOTO VAI ARRANCÁ-LOS DO PODER E DEVOLVER AO POVO ORDEIRO SEU DINHEIRO ROUBADO POR SANGUESSUGAS,POR LADRÕES DE COFRES,POR DÓLARES NA CUECA,POR PICARETAS QUE SE INTITULAM SALVADORES DESTA PÁTRIA,VAMOS NOS LIBERTAR DAS LONGAS FILAS DOS HOSPITAIS,DE FALSAS OLIMPÍADAS,FALSAS COPAS,2010 SERÁ MARCADO PELO VOTO MAS SE PRECISAR A HISTÓRIA PODERÁ SER BEM OUTRA…
    ABAIXO A MORDAÇA DA IMPRENSA SÉRIA,ABAIXO AOS MALFEITORES DESTE PAÍS,ABAIXO AOS LOROTEIROS DE PLANTÃO…
    CHEGOU 2010 OU TUDO OU NADA

  42. Esses Demotucanos
    sábado, 17 de abril de 2010 – 18:58 hs

    Dilma foi guerrilheira, Serra não?

    José Serra foi um dos fundadores da Ação Popular (AP), um dos braços marxistas da Igreja Católica. Ex-exilado político no Chile e militante da AP (Ação Popular), Serra integrava a frente criada para propagar, no exterior, “falsas denúncias” de assassinato e tortura de presos políticos no Brasil. No esquema de disseminação de “notícias deturpadas” sobre o país, era um “ativo pombo-correio” no circuito Chile/Uruguai. ”

    O que foi a ação popular?
    “Um grupo de esquerda na Igreja Católica, composto entre outros, por Dom Hélder Câmara, Dom Antônio Fragoso, os padres Francisco Lago, Alípio de Freitas e pelos jovens da esquerda católica – Juventude Operária Católica (JOC), Juventude Universitária Católica (JUC) e Juventude Estudantil Católica (JEC) – divergia na forma de ação. Os integrantes mais radicais desses grupos de jovens, impedidos de exercer atividades políticas no seu meio, se agruparam e se estruturaram dentro de novas concepções. Despertados pelo ideal da “Revolução Brasileira”, organizaram um novo grupo, que contava, em sua grande maioria, com universitários, intelectuais e artistas.

    Em janeiro de 1962, em São Paulo, criou-se o Grupo de Ação Popular. Em junho desse mesmo ano, em Belo Horizonte, foi aprovado um documento que alterou o nome da organização para Ação Popular, sendo eleita uma coordenação nacional. Desde o início, a AP teve também um ramo da linha protestante. Um dos seus líderes foi Paulo Stuart Wright, considerado desaparecido político. Sempre caminhando para a esquerda, orientando-se pela linha chinesa e cada vez mais se aproximando do PCdoB, tornou-se dia a dia mais radical. Em fevereiro de 1963 foi realizado o I Congresso da AP, considerado oficialmente como o seu Congresso de Fundação. Seus principais fundadores, na maioria líderes estudantis, foram: Herbert José de Souza (Betinho); Aldo Arantes; Luís Alberto Gomes de Souza; Haroldo Borges Rodrigues Lima; Cosme Alves Neto; Duarte Pereira; Péricles Santos de Souza; Vinicius Caldeira Brant; Jair de Sá; e José Serra.

    Antes de 1964 já circulava o jornal Ação Popular, porta-voz das idéias revolucionárias do movimento. Todos teriam papel de destaque nos atos de subversão e violência no período pós Contra-Revolução de 1964. A AP foi criada em 1962, dois anos antes da Contra-Revolução, em pleno regime democrático (governo João Goulart). Seus fundadores, não tinham, portanto, necessidade de lutar pela liberdade democrática. Os “estudantes inocentes”, “vítimas das truculências dos militares” estavam todos orientados pela esquerda da Igreja e se preparavam para a futura “Revolução Brasileira”, de cunho marxista, quando pretendiam implantar no País uma ditadura do proletariado, orientados pela linha chinesa.

    Entre os muitos atos terroristas praticados pela AP, destaca-se a explosão de várias bombas e principalmente o atentado ao Aeroporto Guararapes, em Recife, no dia 25 de julho de 1966, quando morreu o jornalista Edson Régis de Carvalho e o almirante Nelson Gomes Fernandes. Na ocasião ficaram feridos seriamente o guarda-civil Sebastião Tomaz de Aquino, que perdeu uma perna e o general (na época coronel) Sylvio Ferreira da Silva, além de outras treze pessoas. O número de vítimas teria sido bem maior, não fosse a mudança de local da chegada do candidato a presidente da República, general Costa e Silva, que em campanha, vinha a Recife. A mudança, ocasionada por uma pane no avião que traria o general o fez viajar de carro, desviando-se do roteiro original, o que esvaziou o aeroporto.”

  43. Rst
    sábado, 17 de abril de 2010 – 19:35 hs

    O hacker
    – Olá, como vai?
    – Indo.
    – Te chamo de hacker ou de cracker?
    – Chame do que quiser, oras.
    – Ok. Como foi que você fez para invadir o sítio do Partido dos Trabalhadores?
    – Foi mais fácil do que imaginava. Quebrei o código.
    – E como funciona isso?
    – Você entra nas configarações do sistema e conversa com os programas dele.
    – E como você faz para a página não abrir e depois mandar o usuário para outro lugar?
    – Simples, a gente instala um programa espião que, toda vez que um computador acessa aquele endereço eletrônico, o sisteminha que tá rodando em paralelo leva o usuário para outro lugar.
    – E você fez isso a pedido de alguém do PSDB?
    – Adoraria, porque teria ganhado uma grana. Geralmente nós não trabalhamos para alguém. Nós usamos nossas ferramentas e nosso conhecimento por pura diversão. Funciona como os pichadores. Quando você quebra um sistema importante e consegue tirar “o cara” do ar você ganha publicidade, acumula pontos com a moçada, respeito, entende?
    – Sim. E dá para descobrir quem fez o serviço?
    – Claro. Tudo o que fazemos na internet deixa rastros. O que tentamos é confundir os investigadores depois. Abrimos pistas falsas, seguimos caminhos tortuosos e, assim, dificultamos o trabalho de identificação.
    – Mas dá para te achar?
    – Sempre dá.
    – E você não tem medo de ser reconhecido e preso?
    – Honestamente? Não.
    – Por quê?
    – Porque tem gente grande que adorou o que eu fiz e já me falou que pode me ajudar, se eu quiser…
    – Ué, mas como eles te descobriram?
    – Eu que descobri eles, hehehe…
    – Mudando um pouco de assunto, você se considera capaz de fraudar qualquer sistema?
    – Todo sistema é passivel de fraude. O que precisamos é apenas tempo.
    – E o que você acha do sistema eletrônico de votação adotado no Brasil?
    – Fácil de fraudar.
    – E como funcionaria essa fraude?
    – É só você inverter o código. Por exemplo, o sujeito vota num determinado candidato que a máquina mostra, mas o sistema registra o nome de outro. Dá para fazer também, tipo: cada dois votos para determinado número, um é encaminhado o outro… São várias fórmulas.
    – Simples assim?
    – É.
    – E por que ninguém diz isso?
    – Não sei.
    – Teve um político, o Brizola, que dizia que a urna tinha que imprimir comprovante. Seria mais confiável?
    – Claro, em caso de dúvida era só contar os papelzinhos.
    – Ahhhhhhh.

  44. walter
    sábado, 17 de abril de 2010 – 21:20 hs

    kkkkkkkkkkkk e tem demotucano acreditando kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  45. Robert - Maringá
    domingo, 18 de abril de 2010 – 2:19 hs

    Na eleição para o gov. da Bahia, os “institutos” mentiram, tentaram manipular o povo afirmando que o candidato da GANG do ACM venceria no 1º turno . JACQUES WAGNER foi vencedor, no primeiro turno.
    Aí vem esses branquelas-olhos-azuis do Paraná papagaiar essa mentira monstruosa do data-m…… da “Foia de Sum Paulo”.

    O que dá raiva é ver paranense apoiar esse FDP do Serra. Se o povo do nosso estado soubesse o quanto esse crápula do serra prejudicou o nosso estado ( e o Brasil, também), meteriam pedra nesse sujeito asqueroso.

    Governante paulista nunca fez nada pelo Paraná (nem pelo Brasil). Se (se) o Vampiro ganhar a eleição, ele vai “brindar” o Paraná com um importante ministério (esportes, lazer, previdência). Talvez o careca ditador aceite a indicação de algum estafeta lá em Brasília. O alvaro dias é um ótimo nome para essa função.

    Acorda, 5ª COMARCA.

  46. Calunga
    domingo, 18 de abril de 2010 – 10:29 hs

    Essa petezada sempre se divertem antes da eleição.

  47. CAÇADOR DE PETISTAS
    domingo, 18 de abril de 2010 – 15:02 hs

    Esta é realidade das pesquisas á Presidente para o desespero da Petezada, eleitoes da sem qualificação Dimônio.

    Somente os Petistas não conseguem ver isso. José serra é o mais qualificado para administrar o Brasil. Foi ministro da Saúde, Governador, tem uma longa experiência política enquanto que Dilma sequer foi eleita Vereadora ou melhor Presidente de Bairro além de que, todos conhecem o passado de Dilma, assalto a mão armada, sequestro, formação de quadrilha e mentiras, mentiras e mais mentiras.

    ACORDA PETEZADA
    JOSÉ SERRA – PRESIDENTE
    BETO RICHA – GOVERNADOR

  48. salete cesconeto de arruda
    domingo, 18 de abril de 2010 – 15:46 hs

    Nego
    Leia BRASIL NUNCA MAIS.
    Talvez você entenda a CORAGEM de uma MULHER – como a queria ESTRELA/DILMA – nossa GUERREIRA – GUERRILHEIRA – como todas as mulheres e homens brasileiros que não FUGIRAM DA LUTA!
    Qual seu nome?
    Tens medo de que?
    Em que NINHO te escondes?
    Não tens MEDO do Serra?
    Sei.

  49. salete cesconeto de arruda
    domingo, 18 de abril de 2010 – 18:33 hs

    Nego e Calunga
    1 – Eu não detono o Serra. O Aécio já o detonou! E o FHC quando aceitou rasgar a constituição brasileira para obter um segundo mandato – também. Com tantos líderes no partido e por ambição ficaram com o príncipe que virou sapo;
    2 – Se todos os brasileiros – JOVENS – ricos e pobres – tivessem a coragem de irem para a luta ARMADA – os ditaDURA teriam virado ditaMOLE – assim que tomaram o poder que era do POVO e VOLTOU PARA O POVO GRAÇAS AO GOVERNO DO PT. o GOVERNO DO FHC – todos sabem – tanto que Lula ganhou a eleição – era mesmo dos medianos e suas elites.
    Quanto a MARAVILHOSA ESTRELA – mais corajosa do que muitos machos – Leiam o livro: BRASIL NUNCA MAIS! Aposto que irão compreender finalmente – a CORAGEM DA MOCINHA – que não partiu para fora do Brasil na hora em que o país mais precisa de líderes.
    Queria ou não foi isso o que aconteceu:
    UM PARTIU E DEIXOU SEUS LIDERADOS PARA TRÁS. Era seu direito. Respeito. Mas não faria o mesmo.
    A OUTRA FICOU E LUTOU – ARRISCANDO A PRÓPRIA VIDA!
    Essa é a verdade!
    EM TEMPO:
    Qual seus nomes?
    Do que e de quem se escondem?
    Acham que são mais importantes do que o dono da casa?
    QUE TAL UM DEBATE AO VIVO – sem máscaras ou codinomes?!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*