Clubes têm 30 dias para a identificação de torcedores | Fábio Campana

Clubes têm 30 dias
para a identificação de torcedores

Os três maiores clubes de futebol da cidade, Paraná, Coritiba e Atlético Paranaense foram notificados pela Secretaria Municipal do Urbanismo para o cumprimento da lei municipal que prevê a identificação de torcedores e frequentadores de estádios com capacidade para mais de 15 mil pessoas.

A lei foi sancionada em 5 de janeiro. Os clubes terão mais 30 dias, até 7 de maio, para se adequar à norma.

A notificação foi entregue por um fiscal da Secretaria, com cópia do texto da lei, nos estádios Couto Pereira, do Coritiba; Durival Britto e Silva e Érton Coelho de Queiroz, ambos do Paraná Clube; e Joaquim Américo, do Atlético Paranaense.

Os clubes terão 30 dias para informar oficialmente à Secretaria Municipal de Urbanismo que medidas foram adotadas para cumprimento da lei. Caso tenham dúvidas, devem entrar em contato com a secretaria.

O descumprimento da lei renderá multa de R$ 5 mil. Em caso de nova infração, de R$ 10 mil. Caso a lei não seja cumprida mesmo após as penalidades, será cassado o alvará de localização e funcionamento do estádio de futebol.


5 comentários

  1. quinta-feira, 8 de abril de 2010 – 10:38 hs

    Acho muito boa a iniciativa, e gostaria de ter mais contato pois tenho um projeto que acho muito importante e interessante, para tentar diminuir a violência nos Estádios. Este projeto é do meu sobrinho Kleber Eduardo Nogueira Cioccari, nós estamos terminando algumas adequações, mais seria de grande ajuda se conseguissemos entrar em contato com os Vereadores a até mesmo a Diretoria dos Clubes para apresentar. O Paraná poderia ser o pioneiro nesta iniciativa que além de ser de utilidade pública, traria lucro ao Clube.
    Fico no aguardo de um possível contato para uma futura conversa e apresentação do nosso projeto.
    Abraço.

  2. Pepe Deodato
    quinta-feira, 8 de abril de 2010 – 15:39 hs

    E os clubes amadores, que jogam todos os domingos no campeonato suburbano de Curitiba.
    Como é que fica?

  3. Murisoca
    quinta-feira, 8 de abril de 2010 – 19:04 hs

    Este Roberto está querendo é faturar mesmo. Mais um porra louca inventando algo que só dá certo na idéia dele.

    Para acabar com a violência nos dias de jogos, só tem um caminho. EDUCAÇÃO.

    O que se inventa não passa de mero paliativo para a situação.

    E tem mais se forem pegos gente das organizadas ou não aprontando nas ruas. É cadeia e indenização do patrimônio público.

    Eu também tenho uma idéia para vender aos nobres Vereadores.

    VÃO TRABALHAR MAIS EM PROL DA COMUNIDADE E MONTEM LEIS PLAUSÍVEIS E OPERACIONAIS PARA COLOCAR ESTA CAMBADA DE VANDALOS QUE ESTÁ MANCHANDO O FUTEBOL NA CADEIA E LÁ DENTRO TRABALHO FORÇADO PARA NÃO FICAREM CRIANDO MERDA NA CABEÇA.

    ESTÁ AI A MINHA IDÉIA E NÃO PRECISA DE PONDERAÇÃO E NEM VOU COBRAR NADA POR ISSO.

    Aparece cada louco nesta hora.

  4. CARLOS
    quinta-feira, 8 de abril de 2010 – 22:40 hs

    Parece que o atlético já começou a identificação.Outro dia vi um porquinho com uma espécie de brinco com números na orelha.

  5. Pedrowiski
    quinta-feira, 8 de abril de 2010 – 22:43 hs

    O Atlético já identifica os torcedores faz MUITO tempo. Só a torcida adversária que não (onde ficam os vândalos). Esse lei é ridícula, não coibe nada e na prática não funciona, é casuísmo!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*