As primeiras nomeações de Pessuti | Fábio Campana

As primeiras nomeações de Pessuti

Do Ivan Santos no Bem Paraná

Orlando Pessuti assume o governo daqui a pouco, mas afirma que só vai anunciar as mudanças no secretariado na semana que vem. Mas algumas nomeações já começam a sair, mesmo que a conta-gotas. Segundo o protocolo da Casa Civil, Jairo Queiroz Pacheco é o novo Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Ele – que era diretor-geral da secretaria – substitui Lygia Pupatto. João Mendonça da Silva foi nomeado assessor especial da governadoria.


8 comentários

  1. quinta-feira, 1 de abril de 2010 – 18:32 hs

    PESSUTI !!!!

    Salve a população do Paraná.

    Tire este “secretário” da Segurança !!!

    Faça uma coisa boa pela segurança do Paraná !

  2. Socorro
    quinta-feira, 1 de abril de 2010 – 21:33 hs

    Apoio o Cesar……….

  3. sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 15:05 hs

    Cesar, para o Pessuti fazer alguma coisa boa pela segurança do
    Paraná, ele têm que colocar o Coronel Ramirez, no Comando da
    PM, pois é um amigo pessoal seu e do PMDB e a Corporação está
    pronta para as mudanças.

  4. Foi o Requião
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 16:14 hs

    A nomeação do londrinense João Mendonça, ex vereador do PMDB, foi feita em 29 de março, assinado pelo Requião, como o foi também de Leonidas Chaves.
    Requião deixou a banana de demitir para o Pessuti

  5. Sabir
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 16:33 hs

    Governador Pessuti, sabemos de seus ideais, posso lhe dizer que em razão deixada pelo seu antecessor a peleia vai ser dura e onerosa.
    Vc não precisa de grandes investimentos. Precisa sim de ação.
    Há uma pleiade de homens justos e de bons costumes, quer na PM, quer na PC e tantos outros órgãos, mexa com esse povo, peça-lhes ações dentro dos padrões de honradez e seriedade no servir ao povo.
    A exemplo do atual Cmt PM, que tem experiência do que é fazer segurança pelo interlam Paranaense, profissional de linhagem dentro da Corporação, com calosidade na região glútea por horas de Km rodado em viaturas a serviço da população; dê-lhe carta branca para limpar com os pilotos de escrivanhias que ficam a mercê de apadrinahmento deste ou daquele mandatário político.
    Ação, ação dos agentes de governo, para a atividade fim, é muito mais transparente que dinheiro para fazer campanha.
    Um dos expressivos atos para se fazer a segurança tão reclamada é Policiais nas ruas, é polícia judiciária com pessoal disponível para realizar investigações; a receita estadual pode sim melhorar em muito se houver pessoal para fiscalizar, as rodovias, não apenas das 8:30 as 18:00hs; idem para a saúde pública que se tiver profissionais em condições de cobrir os quatro turnos pode sim melhorar em 95% .
    Penso que pela sua capacidade política administrativa é facíl deduzir que de nada adianta comprar equipamentos, ambulâncias, viaturas policiais se não tem quem opere tais equipamentos.
    Pessuti vire a mesa, significativa parte e com certeza é a maioria do Povo Paranaense espera muito de sua pessoa.
    Feliz Páscoa, com muita vontade de mudar a cara do Paraná no contexto das estrela que ornam nossa bandeira sob o mandamento de ORDEM E PROGRESSO.

  6. juventude
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 17:12 hs

    ja vai tarde “”secretario da falta de segurança”” do parana

  7. Chuck Norris
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 19:37 hs

    Fora “Roberto Carlos”…….a SESP não precisa de vc!

  8. Paranaense
    sexta-feira, 2 de abril de 2010 – 22:34 hs

    Concordo com o Cesar.
    Apoio sua primeira decisão. Aumentar o efetivo da PM.
    Mas não adianta aumentar o efetivo e continuar pagando esse salário miserável.
    Não é de quantidade de Policiais que a sociedade precisa e sim de Policiais bem pagos, bem treinados, com bons equipamentos e que seja resgatada a auto estima dos Policiais.
    Caro Governador. Sabe por que um Policial morreu quando fazia “bico” de segurança em um posto de combustível em Maringá, neste final de semana?
    Porque era honesto.
    Porque queria propiciar melhores condições de vida à sua família.
    Porque queria dar aos seus filhos condições que não teve quando criança.
    Porque com o salário que recebe como Policial mal dá para comprar o básico para alimentar sua família.
    E agora, como ficarão os seus filhos? Já pensou se fosse um filho seu o que o senhor estaria passando neste momento.
    Se o senhor tivesse acesso ao Governador o que falaria a ele?
    Pois é, agora o senhor é o Governador, estão o que vai fazer pela nossa Polícia?
    Vai dar um mísero aumento em sete vezes para ver se consegue alguns votos na próxima eleição ou vai imediatamente valorizar aqueles que arriscam a vida para proteger a sua vida, de sua família e de toda a população?.

    Com a resposta nosso Governador ORLANDO PESSUTI.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*