Um documento que desmonta Requião e sua calúnia contra Bernardo | Fábio Campana

Um documento que desmonta Requião e sua calúnia contra Bernardo

O advogado do ministro Paulo Bernardo, Luiz Fernando Pereira, juntou novo documento à representação que promove contra o governador Requião no Ministério Público Federal por danos morais contra o ministro. Requião acusou Bernardo de tentar superfaturar uma obra ferroviária.

O documento é bombástico e desmonta a tese do governador. Trata-se do ofício CEE-G 112/07, que Requião enviou à chefe da Casa Civil, ministra Dilma Rousseff, no dia 18 de dezembro de 2007, no qual solicita recursos federais no montante de R$ 573 milhões para a construção do ramal ferroviário Guarapuava-Engenheiro Bley, conforme projeto da estatal Ferroeste.


50 comentários

  1. O ARAPONGA
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 12:22 hs

    A COISA FICOU FEIA DR. FERREIRINHA , NÉ REQUIÃO?

  2. OSSOBUCO
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 12:23 hs

    Babau, Bob Req!

  3. zeca
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 12:30 hs

    Maravilha,cai a mascara do REQUIÃO,agora só falta ele peeder a eleição e ir pra cadeia.Calunia é assim,desmente noutro dia.

  4. Caixa-Preta
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 12:41 hs

    Pelo que entendi o documento comprova que o PB queria superfatura mesmo. Jà a suspeição levantada pelo Celso Nascimento, é com base numa declaração do Requião, no auge do falatório. Vai ser um tiro no pé este documento, do ministro, é claro.

  5. André
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 12:43 hs

    “expressionante”, o Insano não da uma dentro .

  6. De olho
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 12:49 hs

    Mais uma farsa! Que vergonha para nosso Estado! 8 anos de mentiras e ilusões!

  7. santino
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 12:53 hs

    Mais uns 100 mil reais que vai voar da conta de Requião,apenas porque este fala o que não deve, na hora em que não deve e de quem não deve.
    Em tempo: vai os 100 mil reais, mais a chance de ser a 2ª opção de voto para senador do Paraná.

  8. adriano
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 12:56 hs

    Aí Requião, foi brigar com o Gomyde… agora aguenta o Pereirinha no teu pé. Tomaaaaaaaaaaaaaa!

  9. Chupa Cabra
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 12:57 hs

    prepare bolso Requião mais uma mordida, das pezada!!!

  10. Vigilante do Portão
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 13:04 hs

    Não ouso defender o Requião, entretanto, estão comparando “alhos com bugalhos”

    Cada obra é uma obra.

    Carece saber o tipo de solo, a quantidade de obras de arte (túneis, pontes e viadutos).

    Mais, dependendo do que abrange o projeto, pode baratear ou encarecer a obra.

    Exemplo: no preço estimado, estão adicionados os terminais, os páteos de manobra os armazens de retaguarda, ou apenas a linha férrea.
    Mais, tem algum material rodante no orçamento?
    No caso da Ferroeste, aconteceu extamente isso, a linha estava pronta, acontece que não havia locomotivas e nem vagões suficientes, os armazéns eram pequenos e pouca capacidade dos silos.

  11. FILET MIGNON
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 13:04 hs

    E daí INSANO…”chupa esta manga”!!!
    Mas o que eu quero ver mesmo será o arremate. Processo criminal de Calúnia e Injúria…
    Aliás o que realmente eu desejo é CADEIA PARA O INSANO!
    E o melhor é que em ele estando preso, não mas terá necessidade de GUARDA-COSTAS, né não aprendiz de BUDA-ALEXANDRE CURI?

  12. Ze
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 13:17 hs

    O Requião vai ter uma resposta, do tipo, enviei porque o Paulo Bernardo pediu.

  13. juliana
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 13:20 hs

    até onde eu sei, o ramal ferroviário “superfaturado” é entre Guarapuava e Ipiranga
    Engenheiro Bley é outra história

  14. inner city spy lover
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 13:28 hs

    da lhe Vanusa….é agora que a Maria enlouquece de vez

  15. PINÓQUIO
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 13:29 hs

    Mentir sobre fato que tem número de ofício e protocolo é concorrência desleal.

  16. Pelópidas
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 13:37 hs

    Calou-se o Twitter do FRANGO-atirador.

  17. MUTUKA
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 13:48 hs

    Quero ver se irá pagar a indenização em Grana Viva!
    Levará no sacvo de estopa?
    É o velho ditado.

    Quem fala demais, dá Bom Dia para Cavalo.

  18. juca
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 13:59 hs

    Dá lhe Pereira!!!

  19. PAULO SERGIO MOREIRA
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 14:09 hs

    PB receberá a mesma quantia que o bom e fiel servo tucano Euclides Scalco ?

  20. Jorge Matoso
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 14:15 hs

    Até agora o Requião não respondeu nada. Como ele vai explicar que pediu 573 mi para fazer uma obra que ele dizia que faria com 160 mi? Não tem resposta. ACABOU!

  21. Alessandro T
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 14:22 hs

    Tem caroço nesse angú….
    Requião é esbaforido e inconsequente nas críticas, mas conseguiu segurar a tensão por muito tempo com Paulo Bernardo.
    A intuição de uma porção de gente que acompanha esse conflito é de que existe alguma coisa material contra Paulo Bernardo.
    Espero que no final a verdade venha à tona (duvido) e que os dois se danem (também duvido, mas a esperança é esperança).

  22. Carlos Alberto
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 14:33 hs

    Nem o Samuel Gomes, o careca da Ferroeste, está defendendo o Requião nessa. Silêncio geral. A casa caiu mesmo. O documento não deixa nenhuma margem para defesa. Requião vai ter de atacar mais alguém para desviar o assunto.

  23. Cabeça de Cobra
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 14:44 hs

    Será que não foi assim: Os dois eram bons amigos, daí um deles viu nessa obra uma maneira de ganhar uns trocos. Marcou uma reunião e expôs o “problema” para o amigo. O amigo achou muito legal e resolveu pedir a verba. Só que como R$573 milhões não caem do céu assim tão fácil e o amigão não tem muito jeito para pedir dinheiro, o caso ficou esquecido. Quatro anos depois os dois não mais tão amigos assim entraram em colisão política.
    Só que o amigão que nunca foi bom e está cada vez pior da cachola, 4 anos depois ,esqueceu que tinha pedido a verba através de ofício, e pôs a boca no mundo, como se o único interessado nos $$$ fosse o amiguinho. Agora, alguem achou o pedido através de ofício e o amigão está em maus lençóis.

  24. Borduna
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 14:46 hs

    Ou explica isso, ou Adeeeeeeeeeeeeeeeeus Senado.

  25. Capitão Gancho
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 14:51 hs

    Ontem mesmo, eu e o Peter Pan alertávamos sobre a “maré” estar subindo e com ela, tudo que é podre “irá boiar”.

    Ea maré continua subindo!

  26. claudemir ribeiro
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 14:52 hs

    o PB não tem dinheiro para pagar um bom advgado precisa pegar um do MP. Pobreza.

  27. Jota
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 15:04 hs

    SE FOI O MINISTRO QUE ENCAMINHOU O DOCUMENTO
    DEVE-SE PEDIR O DOCUMENTO DA OBRA CERTA.
    ESTÃO FALANDO DE REMAIS FERROVIÁRIOS DIFERENTES

  28. André Paranaguá
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 15:08 hs

    Requião a mascara caiu. Agora vc deve falar a verdade. Conte que vc só está batendo no marido da Gleisi, porque ela se tornou o voto número 1 dos paranaenses, e te arrebentou. Também para justificar a sua cretinisse de apoiar o José Serra para presidente, assim traindo aquele e aqueles que te elegeram por três vezes governador do estado, digo Lula e o PT.

    Sempre votei em vc, mas agora mudei de opinião. Lanço o movimento “Chega de Requião”, mesmo admirando muito o seu trabalho, mas deu. Precisamos de nova energia e menos insanidade.

  29. Paulão
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 15:17 hs

    Eu sabia, desmontarão Requião com documentos forjados assim como desmontaram a ex-secretária da Receita Lina Vieira, que até os vídeos de segurança do palácio apagaram para dizer que ela estava mentindo. É muita sede de permanecer no poder, doa a quem doer.

  30. Derde
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 15:20 hs

    Uma coisa é passar dinheiro para uma estatal, a Ferroeste. Outra é gastar $ público para fazer uma ferrovia para a ALL, privada multinacional.

  31. Cavalaria
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 15:21 hs

    Parece,eu disse parece, que o Ministro tentou aproveitar a fórmula mágica da multiplicação dos pães.

  32. quinta-feira, 11 de março de 2010 – 15:22 hs

    A realidade sempre é uma só, o marialouca e paulochifrudobernardo, sao farinha do mesmo saco, dois safados que envergonham nosso Estado.

  33. Atenção
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 15:38 hs

    A obra é outra e 3 vezes mais longa do que a que o Paulo Bernardo queria fazer. E seria executada por uma empresa pública, a Ferroeste e não uma empresa multinacional privada. a ALL!

  34. Ve
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 15:46 hs

    Agora todos vao ter que concordar que fizeram caca quando reelegeram ele ao inves de eleger o Osmar

  35. Claudio
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 17:45 hs

    Caixa-Preta:

    leia o que está escrito na notícia: O Requião requisitou para a Dilma R$ 573 milhões para fazer a mesma obra que ele diz que – por R$ 550 milhões – seria superfaturada. Resumo da ópera: Se PB superfatura, Requião super-superfatura (em mais R$ 23 milhões)

  36. Silvano Andrade
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 17:55 hs

    Acho que o governador tem razão nesta estória…

    Apesar que ele foi esperto…pois esta detonando a gleisi indiretamente.

  37. Vigilante do Portão
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 19:01 hs

    Falou bem Alessandro.
    A reação do Paulo Bernardo foi fraquinha, logo de início, tentou contemporizar, depois é que resolveu “processar” o governador e só na esfera cível. Como isso demora, só em 2011.

  38. vidiota
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 19:37 hs

    PÔ. É só gente mais insana que o Insano Maior, que não entende que quem paga a conta gerada por estas bravatas idiotas é o contribuinte.Vamos acordar gente!

  39. Alessandro T
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 20:27 hs

    Pois é “Vigilante do Portão”, PB demorou demais. E bote em conta no assunto o que o Claudio aí em cima falou: a obra referida no ofício é bem mais cara.
    Mas acho bom que esse tipo de documento seja usado, sobretudo pra ver a reação do Requião.

  40. Passado
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 20:50 hs

    O cara só vive de mentiras, fez essa carreira política baseado em farsas, Inventou as aposentadorias do Zé Richa, o cara que levou ele para a Prefeitura de Curitiba e depois traiu ele. Inventou o Ferreirinha, e assim vai, sempre criando factoides…. Mas o Paulo Bernardo não é nenhum santo, pois junto com o Zeca do PT, faliu o estado do MS quando por lá passou e foi secretário….

  41. POLICIAL X
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 21:36 hs

    EU QUERO É QUE O BOB REQ SE FERRE.

  42. Carlos Imperial
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 21:40 hs

    Acho que logo, logo, nem a “Hebe Camargo” vota mais no maridão…

  43. augusto capoeira
    quinta-feira, 11 de março de 2010 – 22:18 hs

    Uma pena, que a disputa sem limite do tal do Requião trás prejuízo pro Paraná.
    Recuperar a rede ferroviária, ampliá-la é fundamental pro desenvolvimento de qualquer estado.
    Não dá aceitar que o Estado elabore um projeto, faça seu orçamento, encaminhe, tenha o apoio de um ministro do Paraná que dá seu apoio, tudo vai se encaminhando pra acontecer.
    Daí um rompante do Governador, mais preocupado com sua eleição, faça disso uma disputa política.
    Espero que o projeto continue, que o governador, junto com sua equipe recnehça que esta prejudicando o Paraná e refaça o orçamento (se necessário), mas não fique fazendo discurso de desunir os esforços.

  44. sexta-feira, 12 de março de 2010 – 2:14 hs

    Falar o quê? vamos aguardar os acontecimentos.

  45. Sou do litoral
    sexta-feira, 12 de março de 2010 – 9:37 hs

    É MUITO APELIDO PARA UM GOVERNADOR SÓ! QUE TAL ELEGERMOS AQUI NO BLOG UM APELIDO OFICIAL AO REQUIÃO ?? TENHO CERTEZA QUE NEM A QUANTIDADE DE VOTOS DO BBB SUPERA ESTA ELEIÇÃO.

  46. Carlos Alberto
    sexta-feira, 12 de março de 2010 – 10:35 hs

    O Requião simplesmente não respondeu NADA. ACABOU. O documento não tem resposta.

  47. Macaco Simio
    sexta-feira, 12 de março de 2010 – 11:11 hs

    Que tal o apelido de PINOQUIÃO.

  48. FILET MIGNON
    sexta-feira, 12 de março de 2010 – 13:20 hs

    eSTA É PARA O cabeça de cobra:

    Estás perdendo tempo em plotar comentários neste blog, ô gajo!
    Vais escrever novela na Globo ou em outro canal qualquer….
    O ofício, com número, data e assinatura representa, sem qualquer dúvida,
    documento que chamamos de “BATON NA CUÉCA”, sem contestação…
    E então, CABEÇA DE COBRA, vais economizando uma “dinheirinha” para comprar e levar GARDENAL para o INSANO PRESO, COM OU SEM GUARDA-COSTAS!

  49. sexta-feira, 12 de março de 2010 – 19:06 hs

    É para se proteger de situações constrangedoras como essa da vaia e para calar a opinião pública a força que o `Reiquejão` quer 4 guarda costas? A segurança pública no Paraná está tão ruim com o Roberto Carlos no comando que nem o governador confia nela e por isso quer que o povo pague uma especial para ele. Ele vai ter a resposta dele nas urnas…

  50. Olho Vivo
    segunda-feira, 15 de março de 2010 – 10:16 hs

    A turma do BBB quer confundir a massa. A operação Ipiranga foi só uma fatia ( não engolida ) do Bolão que está para sair com a revisão dos contratos de concessão das ferrovias para a alegria da ALL e de outras operadoras de ferrovias.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*