Servidores do Ministério do Trabalho entram em greve por 48 horas | Fábio Campana

Servidores do Ministério do Trabalho entram em greve por 48 horas

Do Portal Banda B
À exceção dos auditores, os cerca de 200 servidores do Ministério do Trabalho e Emprego no Paraná devem aderir à paralisação de 48 horas que a categoria promove a partir de hoje (18).

Entre uma série de reivindicações, os servidores querem a implementação de um novo plano de cargos e salários, além da equiparação salarial com outros setores da esfera federal, como os servidores do INSS.

Com a paralisação, poderão ser afetados os serviços de expedição de documentos, como a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), além de outras homologações e mediações trabalhistas.


3 comentários

  1. CLAUDEMIR
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 17:34 hs

    EU NÃO COMO PODE CHAMAR ESTE PESSOAL DE TRABALHADOR A UNICA COISA QUE ELES NÃO É TRABALHADOR PASSA MAIS TEMPO PARADO DO QUE TRABALHANDO

  2. FABIÉLE
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 11:47 hs

    boa tarde…Acredito que a greve dos servidores do MTE é justa e necessaria, trabalham tanto quanto servidores de outras esferas do executivo, porem recebem os menores salarios, atendem incontaveis pessoas diariamente, atividades que beneficiam os trabalhadores. Devem receber dignamente por isso…

  3. paulo andrade
    terça-feira, 13 de abril de 2010 – 9:16 hs

    caracas o meor salário da esfera federal, tem razão da evasão ser em torno de 40% conforme dizem, qualquer coisa é melhor que trabalhar no mte…………

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*