Serra ironiza Lula e diz que Rodoanel não tem problema com TCU | Fábio Campana

Serra ironiza Lula e diz que Rodoanel não tem problema com TCU

Do Estado de S. Paulo

Um dia depois do presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarar que é “um transtorno” fazer grandes obras no País, o governador de São Paulo e pré-candidato do PSDB à Presidência, José Serra, afirmou nesta terça-feira, 30, que sua gestão mostrou competência ao entregar o trecho sul do Rodoanel sem o questionamento de órgãos fiscalizadores do setor público. Em discurso no que deve ser a sua última inauguração antes de deixar o cargo, Serra disse que o Rodoanel não tem problemas com o Tribunal de Contas da União (TCU) e do Estado (TCE), e nem com o Ministério Público Federal e Estadual.

“Eu posso dizer que foi uma obra aprovada inclusive antes de sua conclusão definitiva por todos os órgãos de controladoria do Brasil. Foi dada uma demonstração no nosso governo de competência para fazer acontecer”, afirmou.

As declarações contrastam com o que disse Lula na segunda-feira, 29, durante lançamento da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Ao citar as dificuldades enfrentadas pelo governo para a conclusão da Ferrovia Transnordestina, o presidente criticou o “transtorno” que é fazer uma “obra de grande envergadura” no país. Em outras ocasiões, Lula já havia criticado a ação do TCU, que tem colocado sob suspeita diversas obras do governo federal.

Serra preferiu manter o contraste nas entrelinhas, e disse concordar com o presidente. “Ontem (segunda) o presidente Lula falava da dificuldade de se fazer obra no Brasil. Não basta só ter dinheiro, a gente sabe disso. O problema que o Lula apontou é real”, afirmou. Para o tucano, o fato de estar entregando o Rodoanel sem problemas com os órgãos fiscalizadores é sinal de que São Paulo esta no caminho certo. “Isso valoriza ainda mais a realização que hoje mostramos à nossa população”, concluiu.

O que antes estava programado para ser apenas uma vistoria, conforme divulgado pela assessoria do governo, acabou virando inauguração. Ainda assim, o trecho sul do Rodoanel somente será liberado ao tráfego na próxima quinta-feira. Em alguns lugares ainda é possível verificar que as obras continuam em andamento.

Serra deve anunciar oficialmente que deixará o cargo de governador para concorrer à Presidência nesta quarta-feira, 31. O processo de desincompatibilização deverá ser concluído na sexta-feira, 2, com o envio de uma carta de renúncia à Assembleia Legislativa.

Campanha antecipada

Diante de manifestações de trabalhadores da obra em favor da sua candidatura à presidência no evento, que gritavam Brasil Urgente, Serra Presidente, Serra pediu para que parassem e sutilmente criticou ao PT. “Aqui não queremos campanha antecipada, nem de um lado nem de outro. Se o outro faz, a gente faz um esforço pra ficar quieto.”


35 comentários

  1. RST
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 9:36 hs

    Presidente Lula amplia limite de empréstimos para Serra construir, trecho do Rodoanel e veículo leve sobre trilhos

    O governo Lula autoriza hoje, três dias antes da renúncia do governador José Serra (PSDB), a ampliação da capacidade de endividamento do Estado de São Paulo em R$ 3,3 bilhões. Com a medida, o limite de empréstimos para o governo Serra salta de R$ 11,6 bilhões para R$ 14,9 bilhões.

    Os empréstimos serão destinados à construção do trecho Norte do Rodoanel e à construção de um veículo leve sobre trilhos que irá até o estádio do Morumbi. As cifras poderão ser apresentadas na prestação de contas que Serra fará amanhã, em sua despedida, no Palácio dos Bandeirantes.

    Serra – que investirá no perfil de empreendedor ao longo da campanha, adotando um lema na linha “saber fazer” – poderá incluir a reserva de recursos para o trecho norte como uma de suas obras.

    Para o discurso, Serra pediu um balanço das ações de cada secretaria. Ao longo da campanha, apostará no perfil de político que busca soluções para garantir desenvolvimento.Mas, sem citar dinheiro federal nas obras

  2. O Estado de São Paulo Mente?
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 9:39 hs

    Imprima Envie por e-mail Celular Gostei!
    01/04/2009 – 08:36
    Agência Estado
    TCU vê possível superfaturamento em obras do Rodoanel
    Agência Estado
    Tamanho do textoA+A-

    Por AE

    São Paulo – Auditoria realizada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) entre janeiro de 2007 e julho de 2008 encontrou indícios de superfaturamento na construção do trecho sul do Rodoanel, em São Paulo, com participação direta da empreiteira Camargo Corrêa, alvo principal da Operação Castelo de Areia, da Polícia Federal. A Procuradoria da República e a PF requisitaram ao órgão detalhes do suposto prejuízo aos cofres públicos causado pela empreiteira, calculado em R$ 39,6 milhões.

    Segundo o TCU, a obra, com valor estimado em R$ 3,6 bilhões, obteve “permissão de preços unitários até 30% acima dos preços de referência”. O ministro relator do processo, João Augusto Ribeiro Nardes, avalia o processo. A Camargo Corrêa, que trabalha em consórcio com a Serveng no lote 4 do Rodoanel, avisou que já apresentou sua defesa ao órgão.

    O TCU apurou as supostas irregularidades por meio de exame de documentos, inspeções no canteiro de obras e entrevistas. Segundo a auditoria, além dos possíveis desvios da Camargo Corrêa, há indícios de sobrepreço em todos os cinco lotes. Os casos mais graves seriam os dos lotes 1 e 5, administrados pelos consórcios OAS/Mendes Júnior e Andrade Gutierrez/Galvão Engenharia, respectivamente. O suposto sobrepreço praticado pelas empreiteiras teria causado prejuízos na ordem de R$ 83 milhões.

    Ainda de acordo com o texto, Odebrecht/Constran (lote 2) teria praticado sobrepreço de R$ 39,3 milhões, e Queiroz Galvão/CR Almeida (lote 3) sobrepreço de R$ 21,3 milhões. As construtoras OAS, Mendes Júnior, Andrade Gutierrez, Queiroz Galvão, Odebrecht, Constran e Camargo Corrêa apresentaram suas alegações de defesa em meados de janeiro. Os desdobramentos do processos podem fazer com que os contratos sejam refeitos ou anulados e os valores em tese superfaturados sejam ressarcidos aos cofres públicos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

  3. Chupa Cabra
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 9:45 hs

    nossa que conpetencia, os pilar dos viadutos quase matou meia duzia de pessoa, “indicio suficiente que não foi bem feito”, ou super faturado para financiar a campanha do Zé Alagão, cuidado ao passar nos viadutos dos Tucanalhas, pode cair a qualquer momento.

  4. Zé Carlinhos
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 9:52 hs

    E aí petezada, vamos comparar JOSÉ SERRA, grande ministro da saúde, o melhor, grande político e administrador competente, com o “poste” Dilminha Lula da Silva. Vai ser sacanagem hein???

  5. Esses tucanos.
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 9:53 hs

    Há 16 anos tucanos constroem o rodoanel.
    A obra
    Com orçamento de R$ 3,6 bilhões, a obra, que deve abrir para os carros a partir de quinta-feira (1º), é um dos carros-chefe do mandato do tucano, e deverá ser usada à exaustão como propaganda durante a campanha presidencial, assim como outras duas obras da área de transportes: a expansão do Metrô e a ampliação das marginais.

    A reportagem do UOL Notícias passou por alguns trechos da obra recém-inaugurada e detectou que as obras da cabine de pedágio estão em estágio inicial, que a construção de vias paralelas ainda estão em estágio intermediário e que no trecho conhecido como “Pequena Imigrantes” o fluxo dos carros ainda é alternado por conta da pavimentação de uma das pistas.

    O trecho sul do Rodoanel, com 61 km de extensão e quatro faixas de rolamento em cada mão, começa no município do Embu e termina em Mauá (ambos na Grande São Paulo), ligando as rodovias dos Bandeirantes, Anhanguera, Castello Branco, Raposo Tavares e Régis Bittencourt –todas elas perpassadas pelo trecho oeste do anel viário– a Imigrantes e Anchieta, que unem a capital à Baixada Santista.

    Este trecho é o segundo a ser inaugurado no anel viário. O primeiro, o trecho oeste, ficou pronto em 2002 e custou R$ 1,4 bilhão. Já a execução das obras do trecho leste –orçado em R$ 5 bilhões– deve ter início ainda neste ano. O trecho norte, por sua vez, está em fase de estudos, e não há prazo para as obras começarem.

  6. alerta
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 10:03 hs

    PTzada, tão com dor de cotovelo, procuram chifre na cabeça de cavalo.

  7. Chorei largado
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 10:03 hs

    O pau ta torando as campanhas ja estão fervendo, porém o TSE e TRE ainda não acordaro de seus sonos profundos uma inérsia inesplicável.
    O presidente fazendo campanha aberta antecipada os governadores, prefeitos etc. TA LARGADO MESMO.

  8. Duval Simões Araújo-Londrina
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 10:29 hs

    VEJAM ESSA:
    O PAC da propaganda
    Mirian Leitão comenta o exótico lançamento de um programa de quase um trilhão de reais no apagar das luzes de um governo. É pura encenação eleitoreira. Confira:

    “O presidente Lula governa o Brasil há 87 meses. Faltam nove para acabar seus dois mandatos. Por que ele lança, assim no finalzinho, um programa para os próximos quatro anos e além? Para fazer campanha política, óbvio. O presidente alega que é para que o próximo governante não perca um ano sem saber o que fazer, mas para isso existe o Plano Plurianual, que vai até 2011. Do PAC-1, anunciado em 2007, não se concluiu uma única obra de logística. Foram inaugurados alguns trechos de rodovias, mas de ferrovia não adianta inaugurar trechos.”

  9. Viva a Internet.
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 10:31 hs

    quarta-feira, 31 de março de 2010
    Omissão, verdade e mentira no discurso do Serra na inauguração do Rodoanel Sul de SP

    http://festivaldebesteirasnaimprensa.files.wordpress.com/2010/03/rodoanel-sp.jpg

    Rodoanel de São Paulo

    O Serra entregou ontem o trecho Sul do Rodoanel de São Paulo (o trecho em azul marinho, na imagem). Em seu discurso, utilizou omitiu informação relevante e utilizou argumento verdadeiro e um forte argumento falso e eleitoreiro.

    1. Omissão

    No release do portal do governo de São Paulo, não há uma menção sequer ao fato de que o Rodoanel de São Paulo é uma das grandes obras do PAC – aquele programa que as Organizações Serra (Globo, Folha, Estadão e Veja, entre outros) insistem em dizer que não sai do papel.

    No balanço de três anos do PAC (período 2007-2009) a situação da obra era a seguinte:

    RESULTADOS

    – Realizados 44% de pavimentação e 66 obras de arte especial
    – Lote 1 – realizados 12 km de terraplenagem e executados 67% da pavimentação. Concluídas 20 OAEs e em execução, 2 passagens superiores, 4 viadutos e 12 pontes
    – Lote 2 – realizados 7 km de terraplenagem no eixo principal e 2 km nos ramos de acesso na interligação com a Via Anchieta, e 24% da pavimentação. Concluídas 6 OAEs e em execução: 12 passagens inferiores, 5 pontes e 6 viadutos
    – Lote 3 – realizados 6 km de terraplenagem e 37% da pavimentação. Concluídas 10 OAEs e em execução 9 passagens superiores, 2 pontes e 5 viadutos
    – Lote 4 – realizados 17 km de terraplenagem e executados 49% da pavimentação. Concluídas 30 OAEs e em execução 6 pontes, 12 PIs e 4 passagens superiores
    – Lote 5 – realizados 18 km de terraplenagem e 32% da pavimentação. Em execução 1 passagem superior, 7 pontes e 4 viadutos

    Segundo as Organizações Serra, via Contas Abertas, essa obra não seria concluída no prazo, dado ao que tinha sido gasto até então. No entanto, aí está a obra.

    Do mesmo modo acontecerá com grande parte das obras que têm prazo para o segundo semestre deste ano. As Organizações Serra afirmam que não serão concluídas. Mas é bastante provável que sejam, pelo simples motivo de que não falta dinheiro. Ao contrário das obras do Avança Brasil do FHC e do Serra que tinha 35% das obras paralisadas em 2002 por falta de recursos financeiros.

    Dos R$ 3,6 bilhões gastos nessa obra, R$ 1,2 bilhão são recursos do Orçamento da União. Ou seja, a rodovia é estadual e o governo federal entendendo a importância dela para a logística e para a redução do Custo Brasil, aplicou 1/3 do valor da mesma.

    Governo federal petista para governo estadual tucano. Mostrem um exemplo que seja de atitude semelhante do FHC ou do próprio Serra para com governos de oposição.

    2. Verdade

    “Este é um ganho tremendo para o interior, para o litoral e para outros estados do Brasil porque caminhões que vêm para o litoral paulista não vão precisar mais atravessar a cidade de São Paulo”

    De fato, qualquer obra de contorno de cidades de médio e grande porte é vital para a logística de passagem. Se o caminhão não vai para a cidade de São Paulo não tem porque entrar no trânsito infernal cultivado pelos tucanos há quinze anos.

    Entretanto, muitos caminhões terão que entrar em São Paulo, já que não há Centros de Distribuição (CD) de cargas próximos ao Rodoanel. Se existissem, as carretas iriam para esses CDs, permitindo a desagregação das cargas fracionadas e sua logística em direção à capital em caminhões menores para distribuição das mercadorias para o comércio e a indústria.

    3. Falso e eleitoreiro

    “A obra também será responsável pela significativa redução dos congestionamentos”

    Em alguns sites apareceu a informação de que haveria uma redução de 15% dos congestionamentos.

    Como todos sabem, em São Paulo – incluindo a Região Metropolitana – o motivo dos congestionamentos é o volume gigantesco de automóveis circulando, sem restrição alguma. É assim em todas as grande cidades.

    O Serra e o Kassab vêm há tempos tentando colocar a culpa dos congestionamentos nos caminhões. O que não faz sentido algum.

    São menos de duzentos mil caminhões contra cinco milhões de automóveis.

    Para reduzir os congestionamentos tem que fazer como Londres: criar o pedágio urbano e elevar os preços de estacionamento nas áreas de maior fluxo de automóveis. Não há outra alternativa; nem mesmo triplicar a oferta de trens e metrô resolve.

    Anotem aí e me cobrem depois: a redução de congestionamento, se houver, será irrisória!

    Augusto da Fonseca

    http://festivaldebesteirasnaimprensa.wordpress.com/

  10. Raquel
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 10:58 hs

    Meu Presidente!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! e um dia o Richa o será!

  11. CWB
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 11:06 hs

    VCS TEM CERTEZA DE QUE NÃO FOI A MAQUETE DO RODOANEL QUE ELE INAUGUROU?????????????????

  12. saci
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 11:15 hs

    lógico, ainda não está concluído. aliás o serra “inaugurou” mais um pedaço do rodoanel ontem. pena que ainda não está liberado para os carros, que segundo informações dos jornalões estará liberada a partir de amanhã.
    talvez o rodoanel não tenha problemas com o tcu ainda (visto indícios de superfaturamento já apurados), mas com o ministério público já tem. caso alguém não lembre, recentemente uma pedaço de um viaduto do rodoanel foi colado com cuspe e desabou sobre os veículos que passavam pelo local.

  13. quarta-feira, 31 de março de 2010 – 11:18 hs

    Isso Serra, manda esse bravateiro catar coquinho e que vá enganar os bocós do pt.

  14. ildo baldo
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 12:05 hs

    O PROBLEMA DO RODOANEL DO SERRA É QUE NEM ESTA PRONTO E OS PEDAGIOS JA ESTÂO SENDO COBRADOS
    ESSE É O MELHOR TRABALHO QUE O PSDB FAIS ARANCAR O DINHEIRO DO POVO

  15. Calunga
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 12:17 hs

    Esse caras do PT ficam escrevendo textos do tamanho de um jornal para querer justificar as incompetências e as obras superfaturadas do governo do PT. Niguém aguenta ler tanta asneira. O PT só de deu bem no governo graças a herança deixada por Itamar e FHC. PT saudações.

  16. ofaxineiro
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 12:35 hs

    O PSDB se quiser ganhar a a eleição tem que barrar nas convenções os candidatos que tem condenação em primeira instância, os ficha sujas….senão perde a eleição

  17. Eita...
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 13:12 hs

    Reinhold Stephanes Júnior chama Zé Dirceu de bandido e Dilma de sequestradora e assaltante:

    Confira:
    http://www.youtube.com/watch?v=HtH9uIKBXio

  18. quarta-feira, 31 de março de 2010 – 13:36 hs

    O único Programa dos PTistas é plantar mentiras e enganar o povo.

  19. Kaiser Sose
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 13:49 hs

    Não tem problemas com o TCU??? Claro… o TCU é tucano.
    Aliás, essa foto mostra bem quem é José Serra.

  20. Marcos Pop
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 13:57 hs

    Os petistas tentando vincular Serra ao governo de FHC, dizem que foi entregista (vendeu estatais para a iniciativa privada). Agora só para lembrar, pergunto:

    – Quem vendeu (“doou”) as instalações da Petrobrás na Bolívia?

    – Quem entregou para um grupo espanhol as rodovias BR 116 e BR376/101, que cobra pedágio do povo?

    – Quem está financiando um metrô na Venezuela?

    – Quanto foi “perdoado” de dívidas de outros Países desde 2003, em troca de apoio a uma “cadeira” no conselho de segurançada ONU?

    Pois é, o pt do sr lula fez tudo isso…

    AQUI NO SUL ONDE SE TRABALHA E QUEREMOS ORDEM, PT NÃO TEM VEZ.
    VAMOS LIMPAR O PLANALTO: CHEGA DE ZÉ DIRCEU REI DOS MENSALEIROS, CHEGA DO GENOÍNO CUECA DOLARIZADA, CHEGA DA MARTA RELAXA E GOZA, CHEGA DOS COMPANHEIROS, SARNEY, COLLOR E MICHEL TEMMER, SEMPRE NO PODER.

  21. OSSOBUCO
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 14:08 hs

    Míriam diz que não entende direito o PAC e ainda assim critica
    Na verdade, eu acho que a Míriam Leitao não quer entender.

    Se quisesse, bastava ler os documentos de apresentação do PAC, que mostra tudo com clareza.

    Para ajudá-la, eu explicarei os PAC 1 e 2, de forma didática, como costumo fazer para a minha neta de três anos. Mas nos próximos posts.

    Ainda sobre a Miriam, ela questiona duramente o Lula por lançar um programa para os próximos quatro anos, quando não sabe quem será a ou o presidente.

    Quero ver se ela vai criticar o Serra que, amanhã, lançará um Plano para São Paulo, para os próximos vinte anos.

    A Míriam é muito bobinha e acha que todo mundo também é…

  22. Laís
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 14:09 hs

    Míriam Leitão? ahahahahahahaha

    O email da Míriam Leitão é miriampig@psdb.org

  23. VLemainski - Cascavel
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 14:28 hs

    Torço e me empenho para que o Serra seja nosso presidente.
    Que diferença na exposição dos assuntos, sem gracejos, mentiras e um verdadeiro respeito à coisa pública e ao que o momento merece.
    Bem diferente do outro lado, onde o povo, quando o “filho do brazil” discursa, fala alto e juntos pomovem a maior esculhambação.

  24. Ironizar por quê?
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 14:30 hs

    Duvla, que pena que vc é mais um que acredita no Serra!

    A Justiça analisa irregularidades nas obras do Rodoanel:

    Laudos apontam superfaturamento no pagamento por terrenos desapropriados pela construção do Rodoanel

    Ah, Duval! Superfaturamento não é irregularidade.

    Rodoanel tem 79 irregularidades graves, o que o mentiroso do Serra não disse é que ele foi obrigado a fazer um TAC-termo de Ajustamento de Conduta com o TCU. Como não tem problemas com o TCU?

    O TCU encontra irregularidades na obra do Rodoanel, mas deixa obra seguir, ah, com o Lula é diferente, mandam para as obras!

    O TCU e o PSDB tem ligações íntimas, a saber:

    1. O conselheiro Augusto Nardes é ex-deputadoí., ligado ao PSDB. E foi nomeado Ministro do TCU em 2005 com a ajuda, entre outros, de Guilherme Cunha Costa, funcionário da Camargo Correa. É gaúcho como Germano e foi filiado à Arena, e às siglas que a sucederam, PDS e PP

    2. Foi de Nardes a decisão de aumentar de R$ 62 para R$ 155 milhões o limite para o aditivo contratual da obra, na hidrelétrica de Tucuru

    O presidente nacional do PSDB, o senador Sérgio Guerra assumiu as contribuições recebidas da camargo Correa, ressaltando a ligação umbilical entre as empreiteiras e os partidos burgueses, afirmando que a Camargo Corrêa é uma grande empresa e, como todas as do ramo de construção, tem tradição de contribuir com o partido.

    Tem gente que precisa ler mais! E de outras fontes, de preferência!

  25. Marcos Pop
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 14:32 hs

    OSSOBUCO E DO TEU CARGO EM COMISSÃO JÁ SE LICENCIOU PRA FAZER CAMPANHA PRO kPTa? GANHAR SEM TRABALHAR É CRIME E O DEPUTADO RESPONDE POR IMPROBIDADE…

  26. OSSOBUCO
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 14:42 hs

    Popinho, já lhe disse que sou profissional liberal, se vc não aceita que eu vote na Dilma, é um problema seu. Vc é que deve ser CC do Beto.

    Tenho o direito de postar no blog o contraditório, se vc não gosta de ouvir o outro lado, é sinal que é um fascista enrustido.

    Se vc não sabe como funciona o TCU, leia:

    O TCU é composto majoritariamente por indicados pelo Congresso Nacional entre ex-políticos e funcionários de carreira do Parlamento. No total, os seis integrantes estão assim dispostos: três membros do partido Democratas (DEM) – ministros Aroldo Cedraz (ex-deputado federal), José Jorge (ex-senador) e Raimundo Carreiro (ex-funcionário do Senado); um do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) – ministro Ubiratan Aguiar (ex-deputado federal); um do Partido Progressista (PP) – ministro Augusto Nardes (ex-deputado federal); e um do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) – ministro Valmir Campelo (ex-senador). Integram também o colegiado os três indicados pelo presidente da República: Marcos Villaça (nomeado diretamente por José Sarney); Benjamin Zymler (colocado na vaga de ministro-substituto pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso); e Walton Alencar (também recomendado por FHC na vaga do Ministério Público junto ao TCU).

    Essa segregação partidária é fundamental para se compreender a correlação de forças que atua no colegiado. Recentemente, a Polícia Federal abriu investigação sobre a empreiteira Camargo Corrêa por suspeita de remessa ilegal, superfaturamento de obras públicas e doação irregular a partidos. Por duas vezes, a investigação esbarrou no TCU.

    A primeira, com o filho do ministro Valmir Campelo, Luiz Henrique, diretor de Relações Institucionais da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) e citado na operação como intermediário de supostas doações ilegais da empreiteira Camargo Corrêa para políticos. Valmir Campelo é relator da auditoria que investiga supostas irregularidades nas obras da refinaria do Nordeste, em Pernambuco, que tem participação da Camargo Corrêa.

    A segunda foi com o ministro Augusto Nardes: soube-se, via investigação da PF, que um funcionário da empresa, Guilherme Cunha Costa, atuou para que o ex-deputado Nardes fosse nomeado ministro do TCU, em 2005. Já no cargo, Nardes avaliou o contrato da Camargo Corrêa para a construção da eclusa da hidrelétrica de Tucuruí (PA) e permitiu à empresa obter um pagamento extra, maior que o previsto no contrato – de R$ 62 milhões, o adicional passou para R$ 155 milhões.

  27. OSSOBUCO
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 14:43 hs

    Lula lançou o PAC 2 e as Organizações Serra (Globo, Folha, Estadão e Veja, entre outros) continuarão mentindo sobre o PAC.

    Mentira 1 – Nem 50% das obras do PAC estão construídas

    Estamos em março de 2010, a maioria das obras estão previstas para conclusão até dezembro de 2010 e as Organizações Serra exigem que elas estejam concluídas hoje. É burrice ou má-fé?

    A maioria das intervenções são de compartilhamento do Governo Federal com governos estaduais e Prefeituras.

    Habitação e Saneamento são atribuições desses entes e cabe ao Governo Federal apenas viabilizar recursos. O Governo Federal não tem governabilidade sobre a ineficiência do Serra, do Kassab ou do Aécio para utilizar os recursos federais disponíveis.

    Repito: em nenhum momento o PAC informou que todas as obras teriam que estar concluídas até março de 2010.

    ***

    Mentira 2 – As Organizações Serra se baseiam em levantamentos do Contas Abertas e da jornalista do Globo, Regina Alvarez, que dizem que a obra não foi feita porque não foi paga (ainda).

    O Contas Abertas é do deputado Augusto Carvalho do PPS, envolvido no caso Arruda, já que era Secretário de Saúde.O PPS é aliado estratégico do PSDB e do DEM. O Contas Abertas, portanto, é um instrumento de campanha permanente desse Eixo do Mal.

    O Contas Abertas apresenta números de três governos: Governo Federal, Distrito Federal e Rio de Janeiro. Porque será que eles não mexem com São Paulo? Vamos ver o que diz o Contas Abertas sobre a metodologia para o Rio de Janeiro e para a União.

    Rio de Janeiro – Nesta versão você encontrará Relatórios com as colunas, Dotação Autorizada (Orçamento aprovado pela Câmara Legislativa e sancionado pelo Governador do Distrito Federal acrescido ou subtraído por eventuais créditos adicionais e/ou remanejamentos), Empenho Liquidado (Verba já compromissada, no estágio de liquidação, ou seja, encontra-se pronto para o pagamento) e um percentual do valor empenhado sobre o valor autorizado.

    Atenção para os destaques: o Contas Abertas, em relação ao Orçamento do Rio de Janeiro só mostra a Dotação Autorizada e o Empenho Liquidado. Não mostra o fluxo de Valores Pagos!

    União – Nesta versão você encontrará Relatórios com as colunas, Dotação Autorizada (Orçamento aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado pelo Presidente da República acrescido ou subtraído por eventuais créditos adicionais e/ou remanejamentos), Valor Empenhado (Verba já compromissada, ou registrada no orçamento ainda não paga) e Valor Pago (Desembolso já efetuado)

    Aí está o “pulo do gato” que dará suporte a todas as grandes mentiras das Organizações Serra sobre o PAC.

    O fluxo de Valores Pagos é o que permite mentir descaradamente sobre o andamento de uma obra. Porque?

    Porque em qualquer obra, incluindo a reforma da sua casa ou do seu apartamento, há um período de tempo entre a conclusão de parte ou do todo da obra e o respectivo pagamento. Na administração pública – seja o governo Lula, Serra ou Aécio – esse tempo é maior do que quando fazemos uma obrinha na casa ou no apartamento.

    Normalmente, pela tramitação exigida por legislação específica para a administração pública, há um intervalo de dois a três meses entre a conclusão de parte da obra e o seu pagamento.

    Para o usuário ou beneficiário da obra, o que interessa é a obra ou parte dela concluída. Ele não quer saber se já foi paga ou não!

    No entanto, para as Organizações Serra, interessa se já foi pago. Não interessa se parte ou o todo da obra já está pronto.

    Pelo simples motivo de que SEMPRE haverá pagamentos ainda não realizados de obras concluídas.

    O que permitirá às Organizações Serra dizer que “mais de metade das obras não estão concluídas“. Sacou a jogada?

    Reparem que eles não utilizam esse critério para falar das obras do Serra ou do Aécio. Lá o que interessa é a execução física da obra.

  28. Laertes
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 16:10 hs

    Ó Marcos Pop ou Raquel, tenho umas dúvidas que me atormentam e me respondam, por favor.

    – O Arruda, embora na cadeia, poderá ser o vice do Serra?

    – Neste caso, as suas inserções no horário politico do PSDB/DEM será direto da cadeia?

    – Sua alteza acha que, agora que os presos podem votar, os presidiário votarão em massa na chapa Serra /Arruda, especialmente os presos por roubo em solidariedade ao colega?

    – Nas viagens internacionais do pres. Serra para dar palestras nas universidades, o Arruda será liberado da cadeia para assumir ou haverá algum impedimento? (naturalmente que neste caso deverá ser escondida a chave do cofre do Planalto).

    Respondam, por favor.

  29. OSSOBUCO
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 16:18 hs

    Os tucanos enterraram São Paulo. Depois de FHC enterrar o Brasil.

    – A economia de São Paulo não cresce.

    – O desemprego aumenta em São Paulo.

    – A participação de São Paulo no PIB diminuiu.

    . Em lugar de construir estradas, como faziam os governadores que queriam servir aos fazendeiros de café, o problema de São Paulo é investir em educação.

    (E a educação de São Paulo é o que se vê nas ruas: os professores em greve, indignados com o “salário PSDB” – o Pior Salário Do Brasil. (PHA).

  30. Calunga
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 16:27 hs

    Por que essas caras do PT, que gostam de escrever bastante, não fazem a comparação dos curriculos do Serra e da Dilma? Certamente não teriam o que escrever da sua candidata.

  31. roger
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 16:39 hs

    PRA PENSAR: O BURACÃO DO METRO, O VIADUTO QUE CAIU NO ROODOANEL NÃO TIVERAM A MESMA CACETADA POR PARTE DA GRANDE MÍDIA PAULISTA COMO FOI O CASO DO AEROPORTO DE CONGONHAS E SEUS GROOVES. GROVE CREDO ASSIM É A ÉTICA DOS TAIS DEFENSORES DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO. LIBERDADE DE EXPRESSÃO É DIREITO DO CIDADÃO EM SER BEM INFORMADO E NÃO EM SER MASSACRADO POR PANFLETEIROS FERNANDISTAS A SERVIÇO DE FAZER O POVO BRASILEIRO ENGOLIR O SERROTE VAMPIRO GOELA ABAIXO. EM SUMPAULO TA TUDO DOMINADO PELOS TUCANALHAS QUE DEITAM E ROLAM. NÓS PARANAENSES NÃO DEVERIAMOS SER DISCÍPULOS DOS INTERESSES DA PAULISTADA. O QUE É BOM PRA SUMPAULO É RUIM PRO PARANÁ.

  32. Divanir
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 16:43 hs

    Lula não é bobo é um larápio tão esperto quanto qualquer outro não se engane
    Luiz Inácio Lula da Silva
    Pres. De Honra do PT – 1995 – 2002

    Palavras de Lula quando oposição ao governo FHC, gravado em 2000.

    No Brasil o voto não é ideológico, lamentavelmente as pessoas não votam partidariamente, e lamentavelmente você tem uma parte da sociedade que pelo alto grau de empobrecimento, ela é conduzida a pensar pelo estômago e não pela cabeça, é porisso que se distribui tanta cesta básica, é porisso que se distribui tanto ticket de leite, isso na verdade é uma peça de troca em época e assim você dispolitiza o processo eleitoral, você trata o povo mais pobre da mesma forma que Cabral tratou os índios quando chegou no Brasil, tentando distribuir bijuterias e espelhos para ganhar os índios, ele vai distribuindo alimentos, você tem como lógica manter a política de dominação que é secular no Brasil.

    http://www.youtube.com/watch?v=Gg7ocjHPYIA&feature=related

  33. LEONEL TUCUNARÉ
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 17:31 hs

    Laertes, vou responder : você é uma gracinha.

  34. TUKU NARE
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 21:52 hs

    OLHA AQUI J. SERRA, tu podes ate ganhar o meu voto, se Vc. fizer um curso de gestao de recursos de terceiros, no BORDEL DA DONO ZURMIRA.

  35. OSSOBUCO
    quarta-feira, 31 de março de 2010 – 21:56 hs

    Calunga, enquanto o Serra era presidente da UNE e de medroso fugiu do Brasil quando os milico tomaram o poder, a Dilma ficou e combateu os milicos!
    Prefiro a biografia da Dilma!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*