Richa e Rossoni com Aécio Neves | Fábio Campana

Richa e Rossoni com Aécio Neves

O prefeito Beto Richa e o deputado Valdir Rossoni, presidente do PSDB no Paraná, participam amanhã de solenidade em Belo Horizonte da inauguração do novo Centro Administrativo de Minas Gerais, a convite do governador Aécio Neves.

Será um grande encontro de tucanos de todo o país para inaugurar uma obra gigantesca assinada por Oscar Niemeyer.


7 comentários

  1. carlos toledo
    quarta-feira, 3 de março de 2010 – 12:36 hs

    PDT considera briga do PT com Requião desastrosa para Osmar

    Do Jornal do Estado

    Enquanto no PT o rompimento com o governo Requião é visto como ponto de partida para acelerar as negociações para uma aliança em torno da candidatura do senador Osmar Dias ao governo do Estado, no PDT, a decisão do partido foi criticada.

    Presidente em exercício do PDT, o deputado estadual Augustinho Zucchi afirmou que a decisão do PT pode atrapalhar a aliança entre os dois partidos. Zucchi alega que uma das condições para a aliança era a de que o PT atraísse o PMDB de Requião para o palanque de Osmar.

    “O PT tinha a incumbência de atrair os partidos da base do Lula. Com essa decisão, ele afasta um dos principais partidos na construção dessa aliança”, disse, referindo-se ao PMDB de Requião.

    O dirigente pedetista também contesta a avaliação da direção petista local de que o rompimento do partido é com o governador Requião, e não com o PMDB. “Não é muito inteligente excluir o Requião do PMDB. É uma conta que não fecha”.
    Quarta-feira, 3 de Março de 2010 – 12:00 hs. Deixe um comentário.
    « Saída do PT tem
    data marcada

    Richa e Rossoni com Aécio Neves »

    Um comentário

    .

    Temos dito por inumeras vezes, que a principal aliança do Senador Osmar Dias ja esta consolidade, esta aliança é a maioria do eleitorado do PARANA, qual no meio desta confusão antecipada pelos pretendentes a enfrentar Osmar Dias realmente nada beneficia possiveis alianças, não somente com o PT qual por sinal tem uma militancia dividida em varios municipios brasil a fóra, com é caso do Centro Sul, aonde em um dos encontros do PROJETO PARANA em ponta grossa convidamos varios Ptistas a participar do encontro, pois na verdade sempre foi assim no PT existindo sempre duas alas isto torna difcel inclusive o entendimento entre eles própios, o melhor caminho é como tem feito o Presidente PDTPR em exercicio de sua função, o Deputado Estadual Ausgustinho Zucchi, vem conversado com todos os partidos, sempre procurando tratar de forma institucional com todos os partidos e se vir o PT e mais outros juntos de forma clara e transparente aos olhos da população e as militancias ser bem vindo mas de que sentem em uma sala junto com outros partidos inclusive o MDB .
    Para os Pdtistas sera bem vindo todos aqueles que desejarem vir junto ,na grande aliança que o Senador Osmar Dias ja conquistou, com o apoio de praticamente 50% dos eleitores do PARANA em 2006, este deve ser o balisamento para as proximas coligações apartir de 10 junho, quando então estara permitido configurar definitivamente as alianças, outro ponto que merece destaque pelo respeito em que vem sendo tratado pela Direção Estadual PDT/PR sobre a liderança do Senador Osmar Dias, é o respeito para com a Lei eleitoral, qual respeitando a lei demonstra respeitar o povo.
    Parabens a todos da Direção Estadual do PDT.

  2. carlos toledo
    quarta-feira, 3 de março de 2010 – 12:37 hs

    PDT considera briga do PT com Requião desastrosa para Osmar

    Do Jornal do Estado

    Enquanto no PT o rompimento com o governo Requião é visto como ponto de partida para acelerar as negociações para uma aliança em torno da candidatura do senador Osmar Dias ao governo do Estado, no PDT, a decisão do partido foi criticada.

    Presidente em exercício do PDT, o deputado estadual Augustinho Zucchi afirmou que a decisão do PT pode atrapalhar a aliança entre os dois partidos. Zucchi alega que uma das condições para a aliança era a de que o PT atraísse o PMDB de Requião para o palanque de Osmar.

    “O PT tinha a incumbência de atrair os partidos da base do Lula. Com essa decisão, ele afasta um dos principais partidos na construção dessa aliança”, disse, referindo-se ao PMDB de Requião.

    O dirigente pedetista também contesta a avaliação da direção petista local de que o rompimento do partido é com o governador Requião, e não com o PMDB. “Não é muito inteligente excluir o Requião do PMDB. É uma conta que não fecha”.
    Quarta-feira, 3 de Março de 2010 – 12:00 hs. Deixe um comentário.
    « Saída do PT tem
    data marcada

    Richa e Rossoni com Aécio Neves »

    Um comentário
    Carlos Toledo

    Temos dito por inumeras vezes, que a principal aliança do Senador Osmar Dias ja esta consolidade, esta aliança é a maioria do eleitorado do PARANA, qual no meio desta confusão antecipada pelos pretendentes a enfrentar Osmar Dias realmente nada beneficia possiveis alianças, não somente com o PT qual por sinal tem uma militancia dividida em varios municipios brasil a fóra, com é caso do Centro Sul, aonde em um dos encontros do PROJETO PARANA em ponta grossa convidamos varios Ptistas a participar do encontro, pois na verdade sempre foi assim no PT existindo sempre duas alas isto torna difcel inclusive o entendimento entre eles própios, o melhor caminho é como tem feito o Presidente PDTPR em exercicio de sua função, o Deputado Estadual Ausgustinho Zucchi, vem conversado com todos os partidos, sempre procurando tratar de forma institucional com todos os partidos e se vir o PT e mais outros juntos de forma clara e transparente aos olhos da população e as militancias ser bem vindo mas de que sentem em uma sala junto com outros partidos inclusive o MDB .
    Para os Pdtistas sera bem vindo todos aqueles que desejarem vir junto ,na grande aliança que o Senador Osmar Dias ja conquistou, com o apoio de praticamente 50% dos eleitores do PARANA em 2006, este deve ser o balisamento para as proximas coligações apartir de 10 junho, quando então estara permitido configurar definitivamente as alianças, outro ponto que merece destaque pelo respeito em que vem sendo tratado pela Direção Estadual PDT/PR sobre a liderança do Senador Osmar Dias, é o respeito para com a Lei eleitoral, qual respeitando a lei demonstra respeitar o povo.
    Parabens a todos da Direção Estadual do PDT.

  3. Silvano Andrade
    quarta-feira, 3 de março de 2010 – 14:51 hs

    O cara não para em Curitiba…

  4. JOÃO KASSAB
    quarta-feira, 3 de março de 2010 – 15:31 hs

    O BETO RICHA E O ROSSONI, NUNCA FORAM SERRA. SEMPRE TORCERAM PARA O AECIO. LOGO ISSO VAI FICAR MUITO CLARO. O SERRA DEU UM TIRO NO PÉ QUANDO PRETERIU O SENADOR ALVARO DIAS. ISSO PODERÁ LHE CUSTAR MUITO CARO AQUÍ NO PARANA POIS O BETO COMEÇOU A SUA QUEDA LIVRE E LEVARÁ O SERRA JUNTO.

  5. Roberto
    quarta-feira, 3 de março de 2010 – 16:13 hs

    Se as viagens de Beto em Campanha Richa lhe fossem descontadas, ele teria de pagar pra trabalhar. Mas pelo contrário, deve receber diárias ainda por cima. É o fim…

  6. ERNESTO
    quinta-feira, 4 de março de 2010 – 9:55 hs

    BETO FOI ELEITO PREFEITO PARA UM MANDATO DE 04 ANOS,CERTO? EU VOTEI NELE INCLUSIVE!
    NO PRIMEIRO ANO DE MANDATO VIAJOU O PARANÁ INTEIRO EM CAMPANHA ANTECIPADA,FOI VÁRIAS VEZES AO EXTERIOR , A OUTROS ESTADOS DEIXANDO O DUCCI COMO PREFEITO.
    AGORA RENUNCIARÁ 03 ANOS DE MANDATO PARA SER CANDIDATO A GOVERNADOR.
    PERGUNTAR NÃO OFENDE BETO RICHA:
    SE NÃO QUERIA SER PREFEITO POR QUE LUBRIDIOU O ELEITORADO CURITIBANO COM ESSA HISTÓRIA DE “FICA” SE NÃO PRETENDIA FICAR?

  7. salete cesconeto de arruda
    quinta-feira, 4 de março de 2010 – 13:37 hs

    Tem passarinho – TUCANO – desesperado para saber o que eles conversaram.
    Alguém sabe?!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*