Requião debocha de Bernardo na Justiça | Fábio Campana

Requião debocha de Bernardo na Justiça

No twitter, o governador Requião debochou da atitude do ministro Paulo Bernardo por ter procurado a Justiça para se defender.

“Era melhor explicar publicamente a proposta que fez e eu recusei. O mais é para desviar atenção”, disse o governador, reafirmando a denúncia de que o ministro teria procurado Requião para participar de um esquema de desvio de verba em obras superfaturadas.


9 comentários

  1. sexta-feira, 5 de março de 2010 – 18:02 hs

    Gostaria de saber como fica o Sr. Messias, o lagarta da foia, o que não trabalha mas ganha, e André Vargas, o deputado federal que o indicou?

    O Sr. Messias vai sair ou não?
    E o André Vargas vai obrigá-lo a sair ou não?

    Quero ver o quanto vai durar essa pouca vergonha.

  2. E a compra da sede do PMDB ?
    sexta-feira, 5 de março de 2010 – 18:11 hs

    Qual a verdade sobre a transação ?
    Ou vai ficar na suspeição, para que fim ?

  3. CLAUDEMIR
    sexta-feira, 5 de março de 2010 – 18:34 hs

    CADE O MINISTERIO PUBLICO QUE NÃO VE TUDO ISSO E NÃO INTERPELA O GOVERNADOR POR QUE EU ACHO QUE ELE E CUMPLISE NESTA SITUAÇÃO SE ELE TEM AS DENUCIA QUE APRESENTE NA JUSTIÇA E ELA FAÇA APARTE DELA QUE É INVETIGAR CLARO QUE ESTA INVESTIGAÇÃO NÃO PODE SER FEITA PELA A POLICIA DO PARANA QUE ESTA COMPROMETIDA COM A MENTIRA QUE SE TRANSFORMA EM VERDADE NESTE GOVERNO

  4. @requiaopmdb
    sexta-feira, 5 de março de 2010 – 18:53 hs

    Fábio, depois de 7 anos no poder o Requião descobre que os laboratórios da Paraná Digital não funcionam!
    Vai sobrar pro Pessuti consertar mais esta, se a Arcoverde deixar!
    Veja as twitadas para a Celepar

    @requiaopmdb A Celepar precisa liberar um aumento na banda de velocidade para cada escola que recebe a internet via satélite, assim resolve.
    about 4 hours ago via Echofon @requiaopmdb eles tem 20 computadores, um servidor moderno mas quando dividem essa velocidade entre as máquinas não conseguem acessar
    about 4 hours ago via Echofon @requiaopmdb o acesso à internet é feito via satélite. O problema: velocidade total do link é 200kbp/s, igual a velocidade do celular nosso

  5. André
    sexta-feira, 5 de março de 2010 – 19:51 hs

    Ronaldo, muito inteligente o seu comentário . Parabéns. Só fiquei com uma duvida.Essa esquerda , que você se referiu e os seus ideais era a esquerda da década de70, 80 não é? Era a esquerda antes do PT assumir o governo, não é ? Essa esquerda de hoje , a do Zé Dirceu, que privilegia banqueiros , especuladores e o capital vadio não é a que você se referiu, ou é? Sinceramente, quais são os ideais do PT atual? Alguém sabe? Eu sei, mas prefiro nem comentar .

  6. Ronaldo
    sexta-feira, 5 de março de 2010 – 21:09 hs

    Essa briga do Requião com o Bernardo deveria ser mediada por Emir Sader.

    A miséria moral de ex-esquerdistas

    por Emir Sader, no seu blog

    Alguns sentem satisfação quando alguém que foi de esquerda salta o muro, muda de campo e se torna de direita – como se dissessem: “Eu sabia, você nunca me enganou”, etc., etc. Outros sentem tristeza, pelo triste espetáculo de quem joga fora, com os valores, sua própria dignidade – em troca de um emprego, de um reconhecimento, de um espaçozinho na televisão.

    O certo é que nos acostumamos a que grande parte dos direitistas de hoje tenham sido de esquerda ontem. O caminho inverso é muito menos comum. A direita sabe recompensar os que aderem a seus ideais – e salários. A adesão à esquerda costuma ser pelo convencimento dos seus ideais.

    O ex-esquerdista ataca com especial fúria a esquerda, como quem ataca a si mesmo, a seu próprio passado. Não apenas renega as idéias que nortearam – às vezes o melhor período da sua vida -, mas precisa mostrar, o tempo todo, à direita e a todos os seus poderes, que odeia de tal maneira a esquerda, que já nunca mais recairá naquele “veneno” que o tinha viciado. Que agora podem contar com ele, na primeira fila, para combater o que ele foi, com um empenho de quem “conheceu o monstro por dentro”, sabe seu efeito corrosivo e se mostra combatente extremista contra a esquerda.

    Não discute as idéias que teve ou as que outros têm. Não basta. Senão seria tratar interpretações possíveis, às quais aderiu e já não adere. Não. Precisa chamar a atenção dos incautos sobre a dependência que geram a “dialética”, a “luta de classes”, a promessa de uma “sociedade de igualdade, sem classes e sem Estado”. Denunciar, denunciar qualquer indicio de que o vício pode voltar, que qualquer vacilação em relação a temas aparentemente ingênuos, banais, corriqueiros, como as políticas de cotas nas universidades, uma política habitacional, o apoio a um presidente legalmente eleito de um país, podem esconder o veneno da víbora do “socialismo”, do “totalitarismo”, do “stalinismo”.

    Viraram pobres diabos, que vagam pelos espaços que os Marinhos, os Civitas, os Frias, os Mesquitas lhes emprestam, para exibir seu passado de pecado, de devassidão moral, agora superado pela conduta de vigilantes escoteiros da direita. A redação de jornais, revistas, rádios e televisões está cheia de ex-trotskistas, de ex-comunistas, de ex-socialistas, de ex-esquerdistas arrependidos, usufruindo de espaços e salários, mostrando reiteradamente seu arrependimento, em um espetáculo moral deprimente.

    Aderem à direita com a fúria dos desesperados, dos que defendem teses mais que nunca superadas, derrotadas, e daí o desespero. Atacam o governo Lula, o PT, como se fossem a reencarnação do bolchevismo, descobrem em cada ação estatal o “totalitarismo”, em cada política social a “mão corruptora do Estado”, do “chavismo”, do “populismo”.

    Vagam, de entrevista a artigo, de blog à mesa redonda, expiando seu passado, aderidos com o mesmo ímpeto que um dia tiveram para atacar o capitalismo, agora para defender a “democracia” contra os seus detratores. Escrevem livros de denúncia, com suposto tempero acadêmico, em editoras de direita, gritam aos quatro ventos que o “perigo comunista” – sem o qual não seriam nada – está vivo, escondido detrás do PAC, do Minha casa, minha vida, da Conferência Nacional de Comunicação, da Dilma – “uma vez terrorista, sempre terrorista”.

    Merecem nosso desprezo, nem sequer nossa comiseração, porque sabem o que fazem – e os salários no fim do mês não nos deixam mentir, alimentam suas mentiras – e ganham com isso. Saíram das bibliotecas, das salas de aula, das manifestações e panfletagens, para espaços na mídia, para abraços da direita, de empresários, de próceres da ditadura.

    Vagam como almas penadas em órgãos de imprensa que se esfarelam, que vivem seus últimos sopros de vida, com os quais serão enterrados, sem pena, nem glória, esquecidos como serviçais do poder, a que foram reduzidos por sua subserviência aos que crêem que ainda mandam e seguirão mandado no mundo contra o qual, um dia, se rebelaram e pelo que agora pagam rastejando junto ao que de pior possui uma elite decadente e em vésperas de ser derrotada por muito tempo. Morrerão com ela, destino que escolheram em troca de pequenas glórias efêmeras e de uns tostões furados pela sua miséria moral. O povo nem sabe que existiram, embora participe ativamente do seu enterro.

    ——————————————————————————–

  7. bimbo
    sexta-feira, 5 de março de 2010 – 21:38 hs

    Bob Requi tá com medo, tá com medo!!!!!
    de não se apossar da presidencia do PMDB estadual, de não se eleger senador, de não se eleger presidente da reléspublica, de perder o helicoptero, de deixar de ser arrimo de familia, do MP condená-lo, do TC PR reprová-lo, de ir pro condominio fechado PCE,

  8. Servidor
    sábado, 6 de março de 2010 – 1:06 hs

    Na situação descrita, se verdadeira, o Governador terria cometido o crime de Prevaricação, pois tinha o dever de ofício de provocar o sistema de justiça criminal para que a lei penal fosse cumprida…..

    REQUIÃO, O FUNCIONALISMO PÚBLICO ESTÁ FAZENDO CONTAGEM REGRESSIVA PARA QUE VC SAIA DO PODER E LEVE CONSIGO OS SEUS ASSECLAS!!

  9. TWITTER - NOVIDADE ??
    sábado, 6 de março de 2010 – 15:02 hs

    Escândalos em Brasília

    Depoimentos mostram que Arruda era informado sobre operações policiais

    Arruda era informado de operações antecipadamente, diz ex-policial. Depoimentos são novas provas apresentadas contra governador à PGR

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*