Requião de maus bofes com o presidente do TSE | Fábio Campana

Requião de maus bofes com o presidente do TSE

Já na porta de saída do governo do Estado, mais uma má notícia para Requião. Foi eleito ontem à noite, em sessão plenária, o novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ninguém menos do que o ministro Ricardo Lewandowski será o responsável por organizar as eleições deste ano.

Lewandowski foi o relator no processo que determinou a retirada de Maurício Requião do cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná. Após a decisão, o governador desceu a borduna no ministro do STF em episódio da escolinha.

Lewandowski permanece à frente do TSE até 2012 e Requião espera não precisar do tribunal até lá.


4 comentários

  1. Austragésilo
    quarta-feira, 10 de março de 2010 – 9:39 hs

    Nada como um dia atrás do outro, né? Quando a verborragia entra em estado delirante, o preço pelos desatinos, por certo, é cobrado mais à frente… Afinal, tudo tem um preço. E, às vezes, a cobrança vem numa hora inesperada ou num momento de sufoco e, ainda, desnudo da capa protetora do cargo. Aí dançou…

  2. Professor Luiz Carlos
    quarta-feira, 10 de março de 2010 – 10:04 hs

    Sábia decisão.
    Pena que com o afastamento do Sr Maurício a SEED ficou ás moscas. Desde 2008 não há qualquer inovação. Quer dizer, o rapaz foi afastado e ele a e a equipe dele desconta nos alunos e nos professores a derrota.
    Nossa última esperança é que o Pessuti corrija muitas coisas ainda em aberto.

  3. PAULO
    quarta-feira, 10 de março de 2010 – 10:51 hs

    PELO MENOS UM PARA FICAR DE OLHO NOS DEMANDOS DO TRESLOUCADO, JÁ QUE OS OUTROS PODERES LOCAIS PREFEREM FECHAR OS OLHOS E TREMER DE MEDO DO CORONEL DO CANGUIRI!

  4. Capitão Gancho
    quarta-feira, 10 de março de 2010 – 12:28 hs

    Tudo que é podre um dia bóia…

    E a maré está subindo…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*