Reposição salarial da PM depende da arrecadação, esclarece Rusch | Fábio Campana

Reposição salarial da PM depende da arrecadação, esclarece Rusch

O líder da Oposição, deputado Élio Rusch (DEM), considerou uma “pegadinha” do governo estadual a proposta que prevê a readequação dos salários dos policiais militares, incorporando benefícios ao soldo da categoria. O projeto tem causado polêmica na Assembleia pela forma e pelo momento em que foi apresentada, às vésperas de o governador Requião deixar a administração estadual.

O projeto prevê duas etapas para os reajustes serem concedidos. Na primeira, o reajuste será aplicado imediatamente. O problema, segundo Rusch, é que não há previsão para concessão do reajuste referente à segunda etapa. Aí estaria a “pegadinha” a que o deputado se referiu.

“Essa segunda fase está condicionada ao aumento do quadro geral do governo do Estado, que é tratado em uma outra mensagem. O projeto que concede reajuste ao quadro geral diz que a aplicação em folha de pagamento ficará condicionada à disponibilidade orçamentária e financeira”, explicou. “A segunda etapa de aumento para a PM só será aplicada se houver aumento na receita do governo e mediante autorização do governador do Paraná”, completou.

Rusch lembrou que por diversas vezes os deputados da Oposição cobraram do governo do Estado a revisão do soldo (salário base do policial militar) que em muitos casos é abaixo do salário mínimo nacional. “Agora, ao apagar das luzes, o governador Roberto Requião decidiu incorporar as gratificações ao soldo. Desta forma os penduricalhos, que eram as gratificações e demais benefícios, deixarão de existir para formar um soldão e valer como salário integral para as aposentadorias”, declarou. “Não somos contrários ao projeto, mas sim aos mecanismos propostos pelo Governo para promover essa readequação”, completou. O projeto foi aprovado em primeira discussão por todos os deputados. Ficou acordado que o plenário, na sessão do próximo dia 22, será transformado em comissão geral para que as eventuais emendas apresentadas sejam analisadas de imediato e assim não retardar a votação do projeto, pois devido à legislação eleitoral tem que ser transformado em lei até o dia 6 de abril.


11 comentários

  1. valdecir
    quarta-feira, 17 de março de 2010 – 21:19 hs

    Resumindo o que o deputado Èlio Rusch (Dem) disse: o governo do paraná vai praticar o famoso enroleition, no fim vai aplicar o famoso golpe eleitoral se vcs votarem em meu candidato eu libero as parcelas seguinte.

  2. Rio Negro
    quarta-feira, 17 de março de 2010 – 21:42 hs

    Esse deputado é um bobão.

  3. Atento
    quarta-feira, 17 de março de 2010 – 22:00 hs

    Na verdade este reajuste para a PM esta mal explicado.
    Quando aumenta e quanto aumenta?
    Não informaram.
    Como vai ser realmente.
    Em que datas acontecerá o aumento e de quanto?

  4. Marmita
    quarta-feira, 17 de março de 2010 – 22:13 hs

    Ta na hora dos funcionários públicos pararem mesmo. É uma safadeza o que esse governo (que continua na mesma com o Pessuti) faz. Pior ainda é o Decreto5455 de novembro de 2009, que proibe o acesso de notícias que não sejam do governo do estado nos computadores do funcionalismo público. Ditadura?Chavismo? quem quer?

  5. FILET MIGNON
    quarta-feira, 17 de março de 2010 – 22:23 hs

    Nossa!
    Coitado do Pessutão!
    Mais uma do INSANO…
    E ainda o INSANO dira: “Eu dei o aumento…. O Pessute é que não repassou!
    Ou… os deputados da oposição se negaram…
    Ou… Ou… O ferrerinha ressussitou!
    Ou…. Dom Pedro I no meu sonho disse: …. Eu sou bom…. Só não sou melhor porque a imprensa canalha não me permite….

  6. Robsoon mano
    quarta-feira, 17 de março de 2010 – 22:52 hs

    Será que os PM vão entrar nesse golpe.

  7. Polêmico
    quarta-feira, 17 de março de 2010 – 23:05 hs

    Deveria mudar as Graduações.
    Hoje tem 17 posto ou graduação.
    deveria ser de apenas 3 e a diferença entre a categoria 1 para a 2 de + 50% e da 2 para a 3 de + 50%
    ai se um Soldado que ganha menos ganhasse 2.500,00, o nível 2 ganharia R$ 3.750,00 e o nivel 3 R$ 5.625,00,
    Ai tenho certeza que os Oficiais de hoje brigariam para um aumento maior.
    Este aumento de hoje fica bom sómente para o Posto de Capitão para cima.

  8. Marcos Calonga
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 9:09 hs

    Dá pra perceber claramente a DEMAGOGIA, se os policiais não recebem salários dignos (assim como os demais trabalhadores) é porque a casa de leis não legislou nada em nosso benefício; mas sim em benefício próprio!
    Basta acompanhar o caso que a RPC vem denunciando!!!

  9. João Batista Silveira Soares
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 10:02 hs

    A forma é beneficiar o alto escalão da PM, enganando como sempre os Soldados, Cabos, Sargentos e Subtenentes. Jamais poderia ser aprovado este falso soldão de campanha. Um Praça em final de carreira jamais poderia ganhar menos que um 2º Ten.
    Justiça seja feita senhores deputados.

  10. Fabiano Godoy Munoz
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 12:08 hs

    Caro Rio Negro, um breve comentário a sua opinião:
    – Quem diz ter delírios de grande estadista, coisa que não o é, não é o nosso Lider da Oposição;
    – Ele também não fica brincando de gato e rato no Twiter, nem vinculando sua pagina pessoal em sites do Governo do Estado;
    – Também não é ele que desagrega, sua base de apoio partidária e até o seu próprio partido em detrimento de interesses pessoais;
    – Não o vejo passeando em helicóptero que deveria estar ajudando o Corpo de Bombeiros a salvar diversas vidas diariamente.
    – Tampouco o vi propondo este projeto absurdo, que além de ter puro objetivo eleitoreiro, faz uma promessa que não pode cumprir, fazendo o que faz de melhor, jogando a bomba no colo do próximo Governador a responsabilidade do seu não cumprimento.

    Concluindo, os BOBÕES são aqueles que vem tudo isso acontecer e nada fazem!

  11. OFICIAL
    quinta-feira, 18 de março de 2010 – 13:27 hs

    NOS JORNAIS SAIU QUE A CONSTITUIÇÃO DE COMISSÃO E JUSTIÇA APROVOU A RESTRUTURAÇÃO DOS SALÁRIOS DA PM, POIS A NOTA CERTA QUERIDOS JORNALISTAS É “A CONSTITUIÇÃO DE COMISSÃO E JUSTIÇA APROVOU A RESTRUTURAÇÃO DOS SALÁRIOS DOS OFICIAIS DA POLICIA” QUE ALIÁS JA GANHAM MUITO BEM PELO QUE FAZEM A DÉCADAS, MAS COMO SÃO ELES QUE MANDAM EM TUDO INCLUSIVE NOS POLITICOS, ISSO SERÁ DIFÍCIL DE SER MUDADO

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*