PT de Curitiba descarta Osmar Dias e pede candidatura própria | Fábio Campana

PT de Curitiba descarta Osmar Dias e pede candidatura própria

Do Paraná Online

O encontro municipal do PT de Curitiba aprovou ontem, 27, uma resolução em defesa do lançamento de candidato próprio ao governo do Estado e contra a aliança com o PDT. A posição do partido em Curitiba contraria o esforço das direções estadual e nacional, que articulam o apoio do partido à pré-candidatura do senador Osmar Dias (PDT) ao governo do Paraná, nas eleições de outubro.

A resolução foi aprovada em votação da qual participaram 135 delegados eleitos no Processo de Eleições Diretas (PED), realizado em outubro do ano passado. Cerca de setenta por cento dos presentes avalizaram o documento pró-candidatura própria. No momento, existem dois nomes postulando a indicação: o ex-prefeito de Londrina Nedson Micheletti e a ex-secretária estadual de Ensino Superior Lygia Pupatto.

O entendimento do grupo que propôs a rejeição à aliança com o PDT é que uma candidatura do próprio partido poderia alavancar muito mais a campanha da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, à presidência da República. Um nome do PT poderia envolver mais a militância na campanha do que o senador pedetista seria capaz, alegam.

A moção será encaminhada ao diretório estadual do partido, que se reúne no próximo dia 10 de abril, para deliberar sobre a política de alianças. Neste dia, a direção estadual espera que Osmar formalize a proposta de coligação com o PT no Paraná.

Durante a reunião de ontem, a presidente municipal do PT, Roseli Isidoro, que integra a ala favorável a aliança, avisou aos participantes do encontro que a moção não terá nenhum impacto na decisão estadual. Sequer será discutida, disse Isidoro, destacando que a discussão das estratégias eleitorais no Estado é de competência exclusiva dos membros do diretório regional do partido.

A posição do partido, em Curitiba, é só mais um dos pontos de discórdia envolvendo a construção da aliança com o pedetista no Paraná. Costurada pelo presidente Lula e a ministra Dilma Rousseff, a coligação com o PDT tem como um dos entraves a exigência de Osmar em aglutinar todos os partidos da base aliada do governo federal em torno da sua candidatura ao governo. A principal dificuldade está em convencer o PMDB a aceitar esse acordo.

Além da pré-candidatura do vice-governador Orlando Pessuti ao governo, o núcleo forte do PMDB, mais próximo do governador Roberto Requião, considera a pré-candidatura de Gleisi Hoffmann ao Senado uma declaração de guerra. Requião também será candidato ao Senado.

A candidatura de Gleisi também cria entraves junto ao PDT, que vê a mudança de posição da ex-presidente estadual do PT na chapa como a chave para aproximar Requião e o PMDB da coligação. Mas, até uma contra-ordem de Brasília, Gleisi é candidata ao Senado e nada a demove desse projeto.


45 comentários

  1. Gleise Hoffmann
    domingo, 28 de março de 2010 – 10:30 hs

    Previsão para a Gleise deixa ela feliz

    http://robertoaciolli.plantao190.com.br/2010/03/27/vaga-de-gleisi-para-o-senado-e-garantida-segunda-vaga-dependera-de-tapas-beijos-e-tiros/

  2. Vigilante do Portão
    domingo, 28 de março de 2010 – 10:35 hs

    Ótimo, que propere, pois assim o Osmar desiste e o Beto ganha no primeiro turno. KKK

  3. RESOLUÇÃO PT CURITIBA
    domingo, 28 de março de 2010 – 10:37 hs

    Segue a integra da Resolução Política do Encontro, aprovado por votação de aproximadamente 85% dos delegados, refletindo a posição dos filiados do Partido dos Trabalhadores no município de Curitiba

    RESOLUÇÃO POLÍTICA APROVADA PELO XVII ENCONTRO MUNICIPAL DE CURITIBA DO PT EM 27/03/2010

    As eleições 2010 representam um grande desafio para o PT Paraná, são o momento de dar um novo rumo ao nosso partido e alterar a dinâmica quase passiva que tem marcado nossas ações.
    O PT do Paraná ainda não fez a transição entre o partido de lutas intensas da década de 90, e o seu papel de ator social que de fato o coloque como alternativa política real no Paraná, e conseqüentemente acumulando forças no campo democrático e popular para contribuir na alteração da correlação de forças, em nível nacional. Temos uma ausência de política estratégica que não nos permite disputar adequadamente os rumos da política em nosso estado.
    Podemos buscar em fatos marcantes do PT do Paraná exemplos que comprovam esta afirmação. Em 1988, o encontro estadual define candidatura própria ao governo e no dia seguinte a esta decisão, a direção estadual anuncia que o PT não lançaria mais candidato ao governo estadual e dobra-se em apoio à candidatura de Requião. Já no ano de 2000 foram feitas algumas intervenções eleitorais que combinadas com o Ascenso popular nos levaram a eleger diversos governos municipais importantes como Ponta Grossa, Maringá e Londrina e nos conduziram ao segundo turno em Curitiba. Em 2002 aproveitando a “onda vermelha”, a eleição de Lula, elegemos seis deputados federais e nove deputados estaduais, e a nossa candidatura à governador atingiu 16,5% dos votos válidos, porém cabe lembrar que alguns setores do PT já no primeiro turno fizeram campanha para Requião. O resultado das eleições de 2004 representou o descompromisso de parte da direção partidária que colocou os interesses pessoais e de grupos em primeiro lugar e nas eleições municipais reduzimos a nossa representação de 13% da população que governávamos para 9%. No processo eleitoral de 2006 apesar da definição de candidatura própria para governo do estado, notamos que ela não era para valer para todo o partido e mais uma vez setores do partido apóiam a candidatura do PMDB, ainda no primeiro turno. Assim chegamos a 9,3% dos votos para governador, reduzimos nossa bancada elegendo apenas quatro deputados federais e seis deputados estaduais e mais uma vez o PT do Paraná não se constrói como alternativa de poder para a população paranaense.
    Diante desta realidade é urgente a constituição de uma nova identidade partidária que passa por definir programaticamente nosso horizonte e produzir uma práxis que seja mais duradoura, consistente e com disciplina militante.
    O PT do Paraná precisa iniciar e concluir a fase de transição entre a sua trajetória dos anos 90, para poder acompanhar os desafios que esse novo momento histórico apresenta, pois precisamos corresponder às demandas que é ir além de governar um país, se já não fosse grandiosa esta tarefa, com a estrutura e desequilíbrios que tem o Brasil, como também de reafirmar nossa política de continuidade e aprofundamento com a revolução democrática e a ampliação da democracia, e conseqüentemente com a participação popular, deixando uma marca na história no país, como também no Estado do Paraná.

    Eleições 2010 – Candidatura própria do PT

    O PT precisa afirmar-se com candidatura própria, por algumas das razões:
    – quem melhor poderá garantir o palanque da companheira Dilma aqui no Paraná é o PT, e uma candidatura própria organiza melhor as frentes de campanha, inclusive atraindo aliados;
    – somente com a candidatura própria é que poderemos manter o coeficiente eleitoral, o que garantiria manter ou elevar a bancada estadual e federal;
    – precisamos aumentar a capacidade do partido na organização da nossa militância, seja em torno de candidatura ao governo, seja em torno de candidaturas proporcionais;
    – nossa candidatura própria tem que ser para valer, produzindo amplo debate interno, deliberação participativa e transparente e, após esta decisão quem descumprir imediatamente será acionado pelo GTE – Grupo de Trabalho Eleitoral, e não havendo o cumprimento da deliberação, acionar a comissão de ética que mesmo durante o período eleitoral, aplicará o Estatuto do PT;
    – garantir o amplo debate aprofundado sobre nosso Programa de Governo;
    – colocar o PT do Paraná em melhores condições de debater o segundo turno, seja qual for o resultado;
    – manter a unidade partidária e a coerência com o movimento social, que não vê em outra candidatura a capacidade de diálogo capaz de aplicar um Programa de Governo transformador;
    – a candidatura ao Senado, que esteja vinculada com a estratégia eleitoral do partido, isto é, a candidatura ao senado sendo a principal articuladora e coordenadora da campanha ao governo do Estado do PT;
    – ampliar interlocução com a direção nacional do PT.
    Nesse sentido acreditamos que a definição por uma candidatura própria é um elemento chave para superarmos a estagnação pela qual passa o PT do Paraná, não nos apoiando em programas que sejam parciais, ou apenas eleitorais. Precisamos de um programa estadual que capacite o PT para enfrentar cenários e ambientes que podem ser mais interessantes, principalmente se ousarmos, utilizando a capacidade de transformar a tarefa, em uma tarefa de todo o partido, na construção do Socialismo.
    Portanto, é preciso se desvencilhar desta aliança com Osmar Dias, um legitimo representante de nossos inimigos de classe e que ameaça a identidade de nosso partido.

    Subscrevem a resolução os delegados:

  4. pedro
    domingo, 28 de março de 2010 – 11:11 hs

    Esqueceram do Luiz Herllain ele colocou sua candidatura ontem.
    Palhaçada eles acham que decidiram o futuro do parana.
    Estes nativos de Curitiba, Augusto, Joao Paulo, Punhaloni e tantos outros se arrebentaram nos seus discursos inflamados pra nada.
    Tudo vai ser decidido no estadual, e pelo que sei o campo majoritario tem 80% no encontro, portanto viva uma aliança ampla com os partidos que acharmos necessário inclusive o PDT,

  5. SERÁ?
    domingo, 28 de março de 2010 – 11:19 hs

    É, esta aí uma tomada de posição importante. Talvez a demora de Osmar em se definir e também suas idéias com relação à politicas de alianças, onde sempre demonstrou interesse em trazer partidos representantes da direita (PPS e DEM) tenha contribuido, e muito, para essa decisão do PT. Politicamente, mesmo que perca a eleição, poderá o PT sair mais fortalecido. Rewsta esperar um posicionamento da Direção Nacional. Será que acompanhará a decisão estadual ou definirá outros caminhos. É aguardar pois tudo pode acontecer.

  6. Divanir
    domingo, 28 de março de 2010 – 11:21 hs

    Isso PT, Lançem candidato próprio, vocês ajudarão meu candidato Beto Richa e eu agradeço. No Paraná PT não ganha nem para sindico.

  7. Solange Machado
    domingo, 28 de março de 2010 – 11:22 hs

    TWITTER DO CICERO CATANI: Pesquisas tucanas mostram Flávio Arns colado em Roberto Requião e Gleisi distanciada na terceira posição, mas longe de Lupion e Barros.

  8. Mario Lauzone
    domingo, 28 de março de 2010 – 11:32 hs

    Senhor articulista Campana, quero expressar minha preocupação em relação à enorme confusão que o PT está promovendo no nosso Estado. Todos sabem que o senador Osmar Dias não suporta o PT. Assim como o senador Álvaro Dias, o irmão, não suporta Beto Richa. Jogam juntos. Esperava mais dos “líderes” petistas de nosso Estado, principalmente do senhor Jorge Samek. O senhor Jorge Samek se ofereceu, se ofereceu e…. nada. Queria ser o vice de alguém, qualquer que seja, a qualquer modo.
    Lamentável!

  9. Borduna
    domingo, 28 de março de 2010 – 11:39 hs

    Beto ganha em 1º turno e Dilma Top, top no paraná. Já acertaram com Brasília? Ou Lula nada mais manda….

  10. Anti PT
    domingo, 28 de março de 2010 – 11:39 hs

    Ja sabiamso desta postura dos Ptistas, quais atiaram para todos os lados para eles o que importam é assugurar seu empregos.

  11. Marcos Cordeiro
    domingo, 28 de março de 2010 – 13:08 hs

    Se se formular oficialmente essa decisão do PT.. A coisa pode complicar e levarmos para um 2º turno um resultado esperado por poucos… Mas é válido a decisão tomada, pois creio que todos os partidos tem ampla e verdadeira qualquer postulação no quadro político. É aquele velho ditado: ” Porque ser a carruagem se eu posso ser o cavalo?”

  12. LEONEL TUCUNARÉ
    domingo, 28 de março de 2010 – 13:08 hs

    Tudo bem com a resolução do PT postada acima em ter candidatura própria. Só que falta um detalhe. Quem será o candidato. Se somarmos todos os nomes disponíveis no Paraná para candidato a Governador não chegam a 5% dos votos.

  13. Marcos Cordeiro
    domingo, 28 de março de 2010 – 13:08 hs

    É só um ” Se”, desculpe!

  14. TUKU NARE
    domingo, 28 de março de 2010 – 13:21 hs

    NAO BATO EM CACHORRO MORTO, HA MUITO TEMPO O PT, deixou de o partido de quem trabalha, e um partido comum, como os outros, vivemos um novo tempo novo, TEMPO de elegermos as pessoas, e nos comos formiguinhas, que fusamos a terra, silenciosamente, vamos a portos seguros, quem nao seguir a linha de PESSUTI, flavio arns, e gleisyr, vai ter que aprender o BA BA,

  15. Carlos Fernando
    domingo, 28 de março de 2010 – 13:24 hs

    A militância do PT quer que o partido tenha o quanto antes uma candidatura própria, pois é isso que possibilitará ao PT , sair da inação atual e fazer o combate político, nas ruas, nos bairros e nas entidades ao esquema de Beto Richa, que usa a máquina da prefeitura para fazer campanha. Na opinião de Mario Cândido, da executiva municipal, quem ganha com a falta de uma candidatura própria do PT no Paraná, a nível nacional, é José Serra, que aproveita-se da ausência do PT na luta política a nível estadual para crescer com Beto. “O Osmar, por sua afinidade ideológica com o Beto, não faz hoje e não fará nunca o combate político ao prefeito de Curitiba, nem denuncia o uso imoral da máquina da prefeitura. Sem nenhum candidato do PT para defender Dilma e com o Osmar assim, mudo e calado, Beto e Serra ficam livres, sozinhos, crescendo nas pesquisas”, apontou.

    “Beto e Serra estão sozinhos nos bairros de Curitiba, fazendo política, enquanto o PT fica na fiúza do Osmar. O tempo trabalha contra nós.Daqui a pouco não vamos poder fazer mais nada!”, lamentou. “O nosso problema é que a direção do PT no Paraná parece que quer terceirizar para o Osmar Dias o combate ao Beto Richa e ao Serra. E isso ele não vai fazer nunca! Parece até que adquirimos uma dependência quase química de Osmar Dias. E as nossas bases já estão chamando isso de osmarodependencia. Dizem que é semelhante a um tipo de drogadição, com efeitos colaterais que vão piorando com o tempo. Começa com algumas alucinações, nas quais os que estão afetados pensam que vêem Osmar Dias fazendo suas bases eleitorais na UDR e no agronegócio votarem em Dilma.Depois vem a perda de memória e o dependente esquece quem é sua familía, seus aliados, que no caso do PT os trabalhadores rurais e os pequenos proprietários e que Osmar, tal como seu irmão Alvaro, perseguiu o funcionalismo público, os movimentos sociais e a agricultura familiar.Depois vem a paralisia e o PT do Paraná parou, está paralisado, sem candidatos ao governo nem ao senado, perdendo tempo, esperando Osmar decidir-se.Mas a pior fase destes sintomas é a transferência, na qual o afetado começa a delirar e a projetar no outro a responsabilidade pelas decisões que devia tomar ele próprio. No caso, o PT está delegando a Osmar decidir se aceita ser candidato apoiando Gleisi ao Senado e não na vice, ou se ele continua a forçar a barra até conseguir, por decurso de prazo, que o PT contente-se mesmo com uma simples vice para a Gleisi e ceda a vaga para o Senado ao Ricardo Barros e ao Abelardo Lupion, que todos sabem e ele não esconde, são os preferidos do senador pedetista”.

    Mario Cândido, que é oficial de justiça e da AE, Articulação de Esquerda, tendencia interna do PT, prossegue sua bem-humorada analogia com a psiquiatria: “Nesse encontro municipal iniciamos um tratamento. Primeiro, vamos desintoxicar o paciente, impedindo que ele continue tendo acesso à droga que causa a dependência. Depois, vamos fazer um processo terapêutico, com a participação da família na cura, ou seja, de todos os filiados. É importante que durante o tratamento haja uma completa abstinência, para evitar recaídas.”

    Para o dirigente petista, o PT deve voltar-se para a vida, para a sua própria vida, para a sociedade, para a realidade e para as suas bases, que querem uma candidatura própria e um programa para retirar o Paraná do ultimo lugar no sul do país em IDH, em mortalidade infantil, em hanseníase e em distribuição de renda.

    “Temos que deixar de correr atrás do Osmar Dias, pois ele só quer a aliança com o PT se nessa aliança conseguir imobilizar a Gleisi na vice, afastando-a da corrida ao senado. E isso ele quase já conseguiu na prática, pois nossa forte candidata, que quase derrotou o irmão de Osmar, Álvaro Dias, agora está parada, junto com o PT, esperando pela boa vontade do senador. Desse jeito vamos terminar ficando com a segunda suplência do Ricardo Barros ou do Lupion”, ironizou.

    Para Mario Cândido, a corrente majoritária do PT não entendeu ainda que a sugestão do presidente Lula para que no Paraná se formasse uma chapa, preferencialmente, com os partidos aliados ao governo federal em Brasília, não significa rendermo-nos às vontades e caprichos de nenhum candidato, mas ter a habilidade de trazer para Dilma o apoio que o PMDB, o PDT, o PR e tantos outros partidos dão ao governo no parlamento. “Duvido que Lula tenha dito para o PT parar com a discussão de candidaturas próprias ao governo e ao senado, até o dia que acertar-se a chapa dos sonhos com Osmar”, sentenciou.

    Os 134 delegados ao 17º Encontro Municipal do PT de Curitiba também aprovaram uma resolução que apóia a realização de investigações profundas na Assembléia Legislativa, para determinar a extensão das irregularidades, bem como seus responsáveis.

    A proposta, aprovada por unanimidade, recomenda também que o partido se empenhe para proporcionar aos seus filiados e à sociedade paranaense, o máximo de transparência possível em termos de informações quanto ao pessoal lotado em cargos públicos cuja responsabilidade pela nomeação seja dos parlamentares do PT e dos outros partidos, em todo o Paraná.

  16. domingo, 28 de março de 2010 – 13:39 hs

    É o que dá unir nada a coisa alguma…adios muchachos,vão chorar em Cuba,Venezuela,Paraguai,Bolívia,etc,ah!não esqueçam de convidar o Duce para a farra do lenço.
    Enfim 2010 chegou…VAMOS DERROTÁ-LOS NO VOTO.

  17. CLOVIS PENA -
    domingo, 28 de março de 2010 – 14:29 hs

    A esquerda funcionária:

    Joga verde prá…..
    Faz que vai mas……..
    Solta balão de ensaio….
    Mostra cabelo em ôvo….

    Depois, vem o poder real de Lula e resolve.
    —————————————
    Perigo mesmo está contido nas últimas previsões de Chik Jeitoso.
    Vai faltar algema.

  18. TO LIGADO!
    domingo, 28 de março de 2010 – 15:18 hs

    Tadinho desses dois. Vão tomar um lanchinho em Matinhos, que fazem melhor do que esse besteirol. Da ansia ver essa baboseira…

  19. LUIS GRINGO
    domingo, 28 de março de 2010 – 15:30 hs

    Importante isso que aconteceu ontem, infelizmente não compareci por estar trabalhando.
    Deixo aqui meu parabens aos companheiros, em especial aos combativos João Paulo e Augusto.
    Isso demosntra que se sair essa vergonhosa aliança com o PDT do Osmar Dias a militancia não vai fazer campanha para ele.
    Pedro, so vc e os 80% da direção estuadual, olha vem da direção entreguista e de direita vão votar no Osmar, pq quem esta lá são os historicos sem votos meu caro.

  20. domingo, 28 de março de 2010 – 15:45 hs

    hahahahhaa

    duvido que eles façam isso…

    só falta rasgarem dinheiro tambem…

    mas seria bom.. assim soh trabalharia de mesario no primeiro turno…

    pois BETO E SERRA VENCERÃO NO PRIMEIRO !!!

  21. Marcos Pop
    domingo, 28 de março de 2010 – 16:39 hs

    Esses pelo menos são autênticos, estão antecipando o que vai acontecer se a coligação se formalizar. Osmar apenas para viabilizar as eleições de Gleise e Dilma. Esses petistas vão votar no Pessuti e ele irá para o 2º turno com Beto. Osmar está muito mal orientado e Alvaro tinha que dar um puxão de orelhas nele. Tem reeleição para o senado certa e quer se aventurar nessa canoa “mais que furada”, que é a coligação com a militância que não lhe quer. MST e latifundiário não combinam Osmar. É água e óleo e não se misturam. Se não for Osmar vai ser outro, mas a coligação de Beto elege um dos senadores.

  22. Marcos Pop
    domingo, 28 de março de 2010 – 16:55 hs

    Olhe o final da Resolução:
    Portanto, é preciso se desvencilhar desta aliança com Osmar Dias, um legitimo representante de nossos inimigos de classe e que ameaça a identidade de nosso partido.
    Subscrevem a resolução os delegados

    Pelo menos estão sendo sinceros e justos!

  23. fausto thomaz
    domingo, 28 de março de 2010 – 18:26 hs

    Lygia Pupato não foi aquela Reitora da UEL que roubou de tudo durante a sua gestão ????
    Só em Vale Transporte dava para montar ap mobiliado e tudo…..certas coisas não dá para entender mesmo….

  24. EU SOU A MOSCA
    domingo, 28 de março de 2010 – 21:15 hs

    Na realidade é um bando de porcos ! Pelo q fiquei sabendo , alguns idiotas quebraram o regimento aprovado por integrantes das forças q compõem a executiva . Os citados , Augusto , João Paulo e outros otários q vivem do discurso , não se preocuparam em combater o Beto , nos escândalos do Caixa 2 . O Caixa 2 do Beto , daria à eles , o direito de disputar contra o Osmar as eleições deste ano . Preferiram , um cuidar de sua empresa(João Paul) e , o outro , continuar puxando o saco do Deputado que paga seu salário (Augusto) , este deputado , aliás , que só quer sombra e água fresca , adora um microfone , e agora que todos esperam suas palavras , fica quietinho , quietinho . Tem um eleitorado q só vota em radical petista . Logo , pensando só em si , fica na tecla de anti Osmar e candidatura própria , lógico ,desde q não seja ele o nome . Estas pessoas , estão levando o combatente PT de base e periferia ao ralo . Acordem seus amebas ! Tenham a responsabilidade de pertencer a um partido que governa o País ! PS : Fazem tão bem ao PT q temos q comentar este assunto , neste Blog , q de bobo , não tem nada ! Parabéns ao OTÁRIO q encaminhou a resolução ao Blog !
    Perguntar não ofende : Por que não assina seu nome verdadeiro traidor convarde ?! É assim que deseja construir um nome próprio para disputar o GOVERNO ESTADUAL ?!
    PORCO IMUNDO 111111111111111

  25. rosângela
    domingo, 28 de março de 2010 – 21:27 hs

    O Tadeu Veneri ou o dr Rosinha devem estar esfregando as mãos e ansiosos em disputar para ganhar a eleição de governador. rsrsrsr. Esta decisão não vale muita coisa, só para fazer confusão!

  26. paulo
    domingo, 28 de março de 2010 – 22:33 hs

    o carlos fernando do pt voce nao ten vergonha na cara ta falando do beto veja o q o lula ea tropa de ladrao dele fizeran no brasil nada voce nao tem moral pra fala do beto o pt o rei do mensalao nao tem vergonha bom pra quen acha q destrui o q e dos outros e normal vamos fala oq o pt vai ser varido do páis

  27. Betânia
    domingo, 28 de março de 2010 – 23:44 hs

    “Nossa!!! Que feio!! O que vcs do PT de Curitiba estão fazendo, debatendo em um blog. Eu peço Comissão de Ética para Vcs. Por que não discutiram tudo ontem???? Tinham tempo para isso, Que Feio!!!! Muito Feio!!! falta de respeito e Ética.

  28. Esclarecido
    segunda-feira, 29 de março de 2010 – 1:11 hs

    Bom, o tal de João Paulo não conheço. Quanto ao Augusto, é assessor há 10 anos do Tadeu Veneri, aquele deputado que passou anos criticando o nepotismo do Requião e na hora H acabou votando no Maurício para pegar a “mega-boquinha” de conselheiro do TCE. Tem razão a Mosca quando diz que tem eleitorado que só vota em “radical petista”: tanto o Tadeu como o Rosinha usam apenas uma retórica de “ultra-esquerda” apenas para enganar certa parte do eleitorado, mas, na prática, são menos úteis para a sociedade que a chamada “direita” do PT. Este setor do PT que quer evitar a aliança com o Osmar Dias não está preocupado com a questão moral do Senador, mas simplesmente com a redução drástica das cadeiras do PT paranaense no parlamento, tanto federal com estadual. Me enganem que eu gosto!

  29. Ninfa
    segunda-feira, 29 de março de 2010 – 9:08 hs

    Blefe. Quem manda é o Lula, esses pelegos do Paraná tem que ficar bem quietinhos…

  30. Paranaense
    segunda-feira, 29 de março de 2010 – 9:30 hs

    candidatura própria sim, né. Agora por favor, vamos colocar gente que tenha o mínimo de condição. Poderia ser pelo menos o Samek, né… Tenham dó

  31. Roy
    segunda-feira, 29 de março de 2010 – 9:55 hs

    Olha, pelo andar tortuoso da carruagem PTista, dá Beto e Pessuti em segundo turno, e de lambuja ferram a Dilma no Estado. Se o patrão Lula não intervir aqui e botar ordem nessa PTzada burra, a vaca vai pro brejo….

  32. Marcia
    segunda-feira, 29 de março de 2010 – 10:46 hs

    Que bom se todo o esse movimento fosse em prol do bem estar do povo, mas parece ser mais vaidade, busca de estatus, competição, poder, alto-afirmação….
    Gente infeliz, sem rumo, como um bando de chupins, bajuladores, ao redor dos que julgam ter o poder para continuarem sem produzir nada de útil…utilizando a maquina do governo em beneficio próprio.
    Por isso o meu voto é sempre nulo, até que surjam candidatos que valam a pena apostar, acreditar.

  33. LUIS GRINGO
    segunda-feira, 29 de março de 2010 – 11:36 hs

    Resposta para eu sou a mosca.
    Esse negocio de quebrar regimento interno e pura balela de quem perdeu o encontro.
    E não foi por uma margem maior porque tinha lá muitas pessoas que ne sabiam para que o encontro servia e que iria ser discutido e votaram a favor da coligação por pressão de quem levou eles lá, te dou uma dica, a maioria era do Portão.
    Para combater o Beto meu caro, se o PT tivesse uma bancada de vereadores no mínimo decente poderia ser mais fácil, para isso a Gleisi teria que ter sido candidata a Vereadora e não a Prefeita na ultima eleição, mais a vaidade, o oportunismo fazem com que ela pense mais nela que no partido. A culpa do Beto ter a chance de disputar esta eleição para governador tem nome Gleise Hoffmann, a corrente interna chamada CNB e seus novos aliados que trocaram o modo de pensar por cargos de assessoria.
    A responsabilidade por ser governo não pode nos levar a fazer coligação com o representante da direita aqui no estado, não pode nos fazer mudar rapidamente o discurso e ter memória curta e esquecer quem ele defendeu para prefeito, quem apoio para presidente, que e quem ele o Omar sempre defendeu.
    Defendendo o Osmar caro mosca e que estamos jogando nossos ideais, nossa historia pelo ralo, desde quando apoiar o representante do agro negocio e ser combativo?
    Traidor pode ser chamado quem esquece as lutas por fisiologismo, covarde pode ser chamado quem assina “EU SOU A MOSCA” e esconde seu nome, otário pode ser chamado que não pensa com cabeça propia e só faz comentários totalmente desnecessários.
    Ficou um recado claro no encontro municipal, o Osmar não pode contar com o apoio do PT, só de alguns dirigentes, o petistas vamos pedir voto para o Pessutão se sair a coligação.
    Meu nome e Luis sou conhecido por Gringo, filiado ao partido dos trabalhadores á 16 anos, fui dirigente regional e municipal.
    E você mosca, quem você e é?

  34. ANTI-PT
    segunda-feira, 29 de março de 2010 – 15:23 hs

    Como é interessante ver a ladrãozada correndo, interessante que no PT não tem ladrão, mensalão, bolsas isso e aquilo, é uma barbaridade!!!!!!!! e o tal do Luiz Gringo ganhou mais ainda minha simpatia pois pertence a mesma turma da Dilma, Delubio, Zé Dirceu(tambem era comerciante em Cruzeiro do Oeste), Genoino, guerrilheiros do Araguaia, assalto a banco, assalto a casa de governadores, sequestro, mortes de civis e militares.

    ô povinho bão sô….

    Mas, foi tudo pelo social (deles, é claro)

  35. DO LITORAL
    segunda-feira, 29 de março de 2010 – 19:08 hs

    De parabéns o PT do Paraná. Enquanto o Osmar fica de frescura a la Dias, o PT tomou outro rumo. Osmar ficou se achando ditando as normas e dando as cartas. Agora ele está ferrado com trê bondes no seu rabo. A candidatura própria do PT, A do PMDB com o Pesuti, fora os nanicos, e de quebra Beto Richa para uma vitória esmagadora do povo. Tudo porque o Osmar é um ditador. Dançou Babaca.

  36. Partido é dos Trabalhadores
    segunda-feira, 29 de março de 2010 – 22:14 hs

    É incrível ler estes comentários falando mal do PT e da Dilma, na verdade estes hipócritas gostam mesmo é chafurdar na lama, são uns lambe botas dos patrões, gostam de serem mandados como animais e ainda abanam o rabo. Chamar Dilma de Guerrilheira mamar na p… dessa oligarquia mal cheirosa. O Osmar é um vendilhão da pátria como FHC, Serra, Beto Richa, mas têm esses paga pau travestidos de inteligentes e conhecedores de “política” do eu estou dando, quem quer comer… E a Gleise barbie Hoffmann fazendo homenagem para o aniversário de Curitiba, que mulherzinha mais fútil, farinha do mesmo saco, só mostrou Curitiba bonita como se fosse garota propaganda do Lerner e agora do Beto. Que rídiculo!!! Quanto à decisão da municipal, isto foi só uma amostra do que está para vir. Com esses vendidos da CNB dirigindo o Partido não precisa nem candidato, o Beto já está eleito. Dizem que a estadual é quem vai decidir, engano… Eles não conseguem nem convencer a tropa deles de que essa aliança é boa. Esta liderança está iludida, o povo trabalhador não quer o Osmar e vão perder também na estadual. FORA DA DIREÇÃO DO PT SEUS E SUAS CANALHAS!!!!!

  37. EU SOU A MOSCA
    segunda-feira, 29 de março de 2010 – 23:07 hs

    Tem razão o Luis Gringo !

  38. EU SOU A MOSCA
    segunda-feira, 29 de março de 2010 – 23:09 hs

    Tem razão o Luis Gringo ! CANDIDATURA PRÓPRIA JÁ !
    E DIGO MAIS : CHAPA PURO SANGUE !
    Tadeu Veneri – Governador
    DRº Rosinha – Vice

  39. LUIS GRINGO
    terça-feira, 30 de março de 2010 – 11:17 hs

    EU SOU A MOSCA
    Gleisi Governadora (afinal ela quer o bem do PT)
    Samek vice (afinal esse ficou rico na itaipu, ta na hora de fazer algo pelo PT)
    Eu sou a mosca para o senado ( esse por saber ser laranja)

  40. LUIS GRINGO
    terça-feira, 30 de março de 2010 – 11:21 hs

    ANTI-PT, eu ia te responder, mais eu gosto muito dos animais.

  41. quarta-feira, 31 de março de 2010 – 15:42 hs

    Em pleno século XXI o Paraná ainda é uma Província em termos políticos. Aqui, o que conta nos conchavos é o oportunismo e por isso nosso estado não tem nenhuma representatividade no contexto nacional. As brigas internas por espaço para se manter no comando de uma população que ainda acredita na retórica, leva nossos políticos a fazerem como o nefasto Requião que diz ser capaz de fazer alianças até “com o diabo” para ganhar eleições.
    Só a Gleisy Offman é capaz de desbancá-lo, o resto é piada. No segundo turno vão se juntar todos contra o Beto Richa. Anota aí.

  42. doutor
    sábado, 3 de abril de 2010 – 15:20 hs

    alcaquete do portão tu é um bundão

  43. doutor
    sábado, 3 de abril de 2010 – 15:27 hs

    naturalmente que num jogo de cartas nem sempre quem tem mais fichas vai ganhar, se ganha o jôgo com uma ficha se joga três dois perde,profissional..

  44. doutor
    sábado, 3 de abril de 2010 – 15:36 hs

    quem tem o presidente, a maquina e vai colacar a dilma presidente não é a oposição por isto e outras cositas masdevemos ter o gôverno do parana está pesquisa de cinco por cento tu deve ter tirado da caximba seu idiota no pt tem macho ari´go.

  45. domingo, 11 de abril de 2010 – 10:20 hs

    É isso aí.
    Chega de Dias, vamos para as noites,
    kkk

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*