Pablo Pacheco: 'Sinto que fui enterrado vivo' | Fábio Campana

Pablo Pacheco: ‘Sinto que fui enterrado vivo’

De Ruth Costas no O Estado de S. Paulo

O jornalista Pablo Pacheco, de 40 anos, foi detido na ofensiva de 2003 de Cuba contra dissidentes e ativistas dos direitos humanos e recentemente tem sido autorizado a fazer um telefonemade 20 minutos a cada dois dias da prisão para parentes e amigos. É um privilegiado. Alguns presos só podem ligar uma vez por semana.

Na sexta-feira, ele concordou em usar esse tempo para contar sua história ao Estado.

Por que você foi preso?

Por escrever o que eu penso. Fui enquadrado na Lei 88, a “lei da mordaça”, que condena quem atenta contra a “segurança nacional”. Sou jornalista.

Como em Cuba só há jornais do governo, escrevia para sites estrangeiros como o Cubanet (de exilados). Para você ter uma ideia, as provas apresentadas contram imforam 523 artigos e reportagens, recibos da(empresa de transferência de valores) Western Union – pagamentos que recebi por esses artigos –, equipamentos de trabalho como câmera fotográfica e gravador, livros e textos, entre eles a Declaração Universal dos Direitos do Homem. Eu tinha a Constituição dos EUA, imagine só.
Eu também tinha a Constituição da Espanha, mas o problema foi a dos EUA.

Quais as condições da prisão em que você está?

Sinto que fui enterrado vivo. Em uma cela de uns 30 metros quadrados há 27 pessoas. O ambiente é sujo, as doençassealastram e a comida é intragável. Além disso, a violência é constante por parte dos carcereiros. Estou nessa prisão há pouco mais de um ano fui transferido. É uma prisão que também tem pessoas com um histórico psiquiátrico complicado. No tempo que estou aqui já ocorreram
quatro suicídios.

Você tem problemas de saúde por causa dessas condições?

Sim. Tenho dores de cabeça constantes, gastrite, hipertensão e problemas nas articulações.

Como é a relação com os presos comuns?

Cada preso político tem a sua história, mas eu pelo menos sinto que eles têm muito respeito por mim. Sentem que eu posso chamar atenção para um problema
que também é deles – as condições das cadeias cubanas.

Tem esperança de sair?

Sim, mas acho isso difícil enquanto a comunidade internacional não tomar consciência do que está ocorrendo em Cuba. Há um ano houve negociações para uma visita de uma comissão especial da ONU sobre tortura. Ficamos esperançosos, mas a iniciativa não foi adiante. Nada vai avançar enquanto houver políticos
que pensem apenas com mentalidade de empresário e sem humanidade, como o seu
presidente, (Luiz Inácio) Lula (da Silva). E eu nunca pensei que iria dizer isso, porque Lula sempre foi um líder que admirei. Achava que ele era grande. Foi uma imensa decepção ouvi-lo comparar todos nós, presos políticos, com criminosos. O mundo precisa entender que o que há neste país é uma ditadura. E as ditaduras de direita e de esquerda são a mesma coisa. No extremo, elas se encontram.

Sua situação pode piorar por falar com a imprensa?

Todos têm muito medo em Cuba. Aqui, o medo é ainda maior do que a dor. É o que nos causa mais sofrimento. Mas essa é uma luta que vale a pena. Não vamos mais nos calar quando o momento exigir que gritemos. Quero um país no qual todos os
cubanos possamos sentar para conversar, liberais, socialistas, todos enfim. Que possamos dialogar, acabar como medo e o ódio.


9 comentários

  1. domingo, 21 de março de 2010 – 12:04 hs

    FELISMENTE OS MILITARES SALVARAM O BRASIL .

    CASO CONTRARIO CUBA SERIA AQUI . LAMENTO QUE O CONTRIBUINTE BRASILEIRO AINDA PAGUE INDENIZAÇÕES PRA
    ESTES CANALHAS .

  2. SIL
    domingo, 21 de março de 2010 – 13:31 hs

    Infelizmente esses atos, em forma de “lei” ainda existem!

    Mesmo no Brasil, ainda persistem leis que controlam o direito das pessoas se expressarem. Um Estado Democrático de Direito( REAL ), existe somente na idéia daquele que detém o poder ou utiliza isso em sua profissão, pois para os trabalhadores, a idéia de liberdade de expressão ou igualdade de direitos, é apenas discurso de hipócritas!

    FORA REQUIÃO!
    FORA MADSELVA!

  3. justiceiro
    domingo, 21 de março de 2010 – 14:13 hs

    Se Lula fosse realmente um homem sensível ao ser humano, ao trabalhador como sempre apregoou nas suas campanhas, ao assumir a Presidencia da República sua primeira medida seria a de romper relações com cuba e com todos os outros países ditatoriais, onde seus povos vivem no mais extremo estado de miserabilidade, de fome, forçando de alguma forma esses ditadores a implantar o sistema democrático nesses países.
    Pergunta-se, onde está o lado humano desse homem? Será que só pensa em si? Será, aquilo que muitos pensam, ou já sabem? Que Lula não trabalha, os técnicos fazem tudo, só viaja e se delicia com o Poder usando o seu alto cargo de Presidente para sua promoção pessoal.

  4. Esse é o PROBLEMA
    domingo, 21 de março de 2010 – 16:01 hs

    ( o indivíduo que atende pela alcunha de BIGCRAB quando fala em “democracia” lembra de clamar pela volta dos militares. É essa “oposição” que tenta fazer críticas ao Lula por sua postura frente ao governo Cubano.

    Esse é o problema

    Lula e seu Govêrno assumem uma postura pragmática de “Negociação com Governos e não Dissidentes”.

    Isso vale ao Governo de Israel e seus presos Palestinos, os EUA e sua prisão de Guantanamo e também o governo Castrista de Cuba.

    E a oposição, que por falta de outros “motivos” para atacar Lula, assume criticas ao que consideram ” benevolência” para com regimes autoritários, esta na maior “saia justa” .
    Afinal, polítcos do DEMO, da velha ARENA , fazendo criticas à falta de democracia, realmente parece piada. ( de mal gosto )

    Cabe aos verdadeiros democratas do Brasil ( que não estão nesses partidos em evidência hoje) . Cabe aos verdadeiros INTERNACIONALISTAS tomarem pé dessa discussão e favorecerem o restabelicimento de liberdades em todos os países.

  5. Austragésilo
    domingo, 21 de março de 2010 – 17:32 hs

    O comentário acima acertou na mosca!

  6. PABUFE
    segunda-feira, 22 de março de 2010 – 7:22 hs

    ALERTA AO POVO QUE TÁ DORMINDO.

    VOCES NÃO ESTÃO VENDO QUE O LULA , O PT E SEUS RADICAIS QUEREM APROVAR UMA LEI DE MORDAÇA PARA A IMPRENSA BRASILEIRA, NA TAL =LEI DOS DIREITOS HUMANOS= ?

    SE APROVAREM ESTA LEI TEREMOS UMA FILIAL DE CUBA AQUI NO BRASIL E A IMPRENSA QUE FECHEM, VÃO EMBORA, PORQUE O VAI ESQUENTAR A TEMPERATURA CONTRA A LIBERDADE DE EXPRESSÃO.

    OS JORNALISTAS QUE SE CUIDEM. SE A LEI FOR APROVADA VÃO TER QUE SE ENQUANDRAR OU FAZER GREVE DE FOME DE MORRER.

    LEMBREM QUE A DILMA E O LULA ESTÃO EM CAMPANHA, E OS DOIS QUEREM ESTA LEI, POIS SE O LULA FOSSE UM DEMOCRATA DE VERDADE TERIA DEFENDIDO ESTES JORNALISTA E DEIXARIA DE PUXAR O SACO DO FIDEL CASTRO.

  7. jose
    segunda-feira, 22 de março de 2010 – 9:05 hs

    Ao “esse é o problema”:

    Pragmático onde?

    Interferiu em Honduras que aliás deu um show de democracia, mas não deu um pio sobre os cubanos. Mas não diz nada sobre a Venezuela…

    E aquela estória mal contada dos pugilistas cubanos?

    E o terrorista italiano, o Batistti? E as FARC?

    Apoiar um pária interancional como o maluco iraniano, que prega a destruição de um País é ser pragmático?

    E me mostre um documento, principalmente antes de 1964, um manifesto ou coisa que o valha de qualquer um destes que estão no governo (dilma, franklin, ze dirceu, genoíno) a favor de liberdade…duvido que haja…pois é os “pragmáticos” quqe vc defende foram e são chegadaços em ditaduras…

  8. ildo baldo
    segunda-feira, 22 de março de 2010 – 9:29 hs

    O CABLOCO JORNALISTA E BURRO POIS VOCE SÓ PODE DIZER O QUER AQUI NO BRASIL VAI LA EM CUBA E QUER CANTAR DE GALO BEM FEITO É BOBALHÂO QUER DIZER O QUE QUER FIQUE AQUI NO BRASIL DEVERIA SABER DISSO UE USE O TELEFONE A PROXIMA VEIS E AVISE SEUS PARENTES E AMIGOS QUE NÂO SAIA FORA DO BRASIL E FAZER O QUE VOCE QUIS FAZER
    VOCEIS NÂO DIZEM QUE SÓ O BRASIL É O PAIS DA IMPUNIDADE
    PORQUE FOI FOI FALAR O QUE NÂO PODIA NO TERREIRO DOS OUTROS TU VAIS SAIR DE LÁ VE SE APRENDE TÁ BOM

  9. Silvano Andrade
    segunda-feira, 22 de março de 2010 – 9:41 hs

    biggrab

    analfa, ignorante, e loque…

    militares salvaram o Brasil!!!

    é pra ficar louco com este tipo de comentário.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*